terça-feira, junho 30, 2009

Aquele abraço agridoce

Em...Almada, nem tudo é agreste para todos na Almada Nascente, no Metro Sul do Tejo, no Programa Polis ou em outras frentes do combate...
Abraço de conjuntura? Abraço de circunstância? Abraço do peito? Abraço por interesses comuns? Abraço para a fotografia?
Abraço teatral?
Abraço envenenado?
Abraço político?
Abraço de biunívoca humildade?
...ou Abraço de Peniche?

14 comentários:

opinião própria disse...

No fundo eles admiram-se mutuamente...

Anónimo disse...

Estou mesmo a adivinhar o que estão a dizer:

Ela: Obrigado Pá por teres chumbado o "Manathan de Cacilhas". Fizeste-me um grande favor.
O negócio agora está nas minhas mãos.

Ele: Conte comigo para ajudar a senhora em tudo que estiver ao meu alcance.Temos à nossa frente um grande futuro político.

Anónimo disse...

Ao contrário de outros dirigentes (Mota Pinto, Mário Soares e António Gutteres) José Socrates é recebido com pompa e circunstância no lançamento do Costa Pólis na sua qualidade de Ministro de Ambiente e já na qualidade de príncepe herdeiro.

Saudado pela MES agradecida por lhe ter reconhecido o poder sobre um território sagrado do operariado da outra banda (a LISNAVE).

O que ambos conseguiram foi ter terrenos que mantendo as potencialidades não se desenvolveram. Aqui as coisas só se fazem como ela quer. Isto significa que muitas vezes não se fazem porque os investidores se desinteressam.
Vai sendo tempo de reconhecermos que a Manathan teria avançado se se tivesse tentado negociar e corrigir alguns exageros em altura em zona sísmica.
Verifico que os partidos todos se calam e deixam a senhora continuar a elogiar o seu projecto para o local. A verdade é que o atraso de uma década no arranque foi fatal.

Agora virão os Manelinhos mais uma vez parar tudo porque não há dinheiro? Em Portugal a população não só vai envelhecer como vai diminuir porque não havendo postos de trabalho não há necessidade de construir arcos ribeirinhos nenhuns.

Os grandes senhores não têm por hábito falar deste território. Mesmo os gestores e os próprios autores do projecto da Manathan de Cacilhas (com Graça Dias à cabeça), talvez por respeito pela MES não se importam de atirar às malvas a sua ideia, parecendo que se contentaram com os honorários.
Lamentável atitude cívica e intelectual ou falta de orgulho na sua criação?
Santa Lopes internacionalizou-se com FranK Guérry (obra nada) MES com Sir Richard Roger (obra nada).
Ficámos a saber que nos circuitos da arquitectura mundial não há só o Meyer de Brasília, mas também estes de Nova Yorque e Londres.

Afinal o que queremos?
Ser poupadinhos como mandava Salazar ou megalómanos como um píncepe do petróleo ou um dirigente da próspera China?

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Que diria o Bórgia deste abraço?
Agora que foi de férias e pelos vistos é info-pobre, senão teria computador próprio... muito gostaríamos de saber a sua (dele) opinião sobre este abracinho.
Mas infelizmente o Bórgia tem computador só no serviço...
é por essas e por outras que a produtividade dos portugueses é o que é!
Mas pode ser que ao regressar ainda nos possa dizer qualquer coisinha.

Anónimo disse...

Para mim, das hipóteses que sugere, a que me parece mais plausível é:
abraço de circunstância...
mas isso sou eu que sou bem intencionado!

EMALMADA disse...

Os dois comentários anteriores eliminados foram-no a pedido do autor (anónimo), porque o 1º não era dirigido a este blog e o 2º era o seu pedido para apagá-los, onde também solicitava sua eliminação.

Anónimo disse...

EMALMADA, fez bem em ter esclarecido o motivo da eliminação dos comentários.
É que talvez já houvesse alguém a pensar que o lápis azul existia aqui.

Falando dos abraços.
Cada um dos figurantes tem uma faca na mão.
Cada um deles usa um sorriso cínico.
MES deveria ter tirado os óculos escuros.
Ensinaram-me isso. Quando se fala com alguém, principalmente em circunstâncias que a educação aconselhe.
A verdade é que ninguém me disse que a MES é bem educada.

Anónimo disse...

Faltou-me falar sobre Borgia essa peça importante da blogosfera.

O seu trabalho não lhe dá tempo para estas coisas.
Agora anda mais preocupado com outro blogue.
Vejam se descobrem porque Borgia tem outro nome. Lá.

Anónimo disse...

Hoje mais um técnico abandonou o Departamento de Urbanismo da CMA. Desta vez foi o arquitecto António Viegas, que mesmo sendo do PCP não agradava aos interesses dos tubarões instalados. Foi para a Câmara de Alcochete para Chefe de Divisão.

Anónimo disse...

A fulana não é
bem educada
nem educada
nem minimamente educada.
É mal educada,ressabiada e insulta as pessoas quando vê o caldo entornado.

Anónimo disse...

O António Viegas saíu da CMA porque se tornou persona non grata por não fugir das regras para agradar a quem quer que fosse.
E essa maneira de estar incomoda muita gente.

Socrates=Emilia disse...

Foi educada na zona de Alhos Vedros. É resabiada, vingativa odiosa, mal formada e cínica. esta criatura tem tudo o que há de pior no ser humano.
Comunas vejam aqui o abraço amigo entre os dois ditadores. Não é por acaso que o PS nunca apresenta alguém capaz para correr com esta corja.Mesmo assim convém votar no PS para tirar a maioria absoluta em Almada. O PSD mantem 1 deputado. qualquer voto a mais no PSD e no CDS é um voto para o lixo, favorecendo a corja CDU.












amigos. votem nela votem. seus palermas.