sábado, junho 02, 2007

Imobilidade e Dificuldades 21

Em...Almada o trânsito está a ficar tão caótico a ponto de incomodar quem sempre foi sereno...
Os senhores que ocupam a Câmara Municipal de Almada possivelmente pensam que os moradores não são gente, não têm poder de observação e que são tão palermas que não se apercebem das asneiras que estão sendo feitas em Almada sobre ordenamento de Trânsito. Já não bastava o caos provocado pelas obras do MST, como ainda estamos a ser vítimas do “extraordinário” Plano de Mobilidade Acessibilidades 21. Dois em um é demasiado para a nossa paciência. Os almadenses estão já aperceber-se o que irá ser a infernal vida no centro da cidade quando o MST - Comboio Vai e Vem Vazio /Sempre em Teste, estiver a circular em Almada na versão municipal, isto é, no meio do principal eixo viário da cidade, de Cacilhas ao Centro Sul, em Espaço Canal com os “elegantes” postes de suporte da catenária no eixo da via e com as perigosas passagens de nível. Ainda agora a procissão vai no adro e, já a Av. Rainha D. Leonor, na Cova da Piedade, está transformada num imbróglio só possível devido a total falta de visão e senso para reorganizar o trânsito, sem falar das árvores plantadas na faixa de circulação, na R. do Cabo da Boa Esperança. Quando a totalidade das viaturas que se dirige a Almada/Cacilhas ou vindas daí para a Cova da Piedade, tiver que usar essa via, os moradores de Almada e os residentes daquela Avenida irão verificar “in locu” o inferno em que a Câmara Municipal os colocou e aperceber-se-ão quanto vão perder em qualidade de vida. A semaforização da Rotunda da Praça Cte José Braz está a complicar drasticamente todo o trânsito nas ruas que lhe dão acesso, assim como nas ruas que da mesma escoam trânsito e, ruas adjacentes.
Nas horas de ponta, aquela área transforma-se num congestionado arraial do pára-arranca automobilistico, com o aumento da quantidade de dióxido de carbono e monóxido de carbono a ser lançada para a atmosfera. Dirão os sábios municipais que as pessoas têm de deixar de andar de automóvel. Perguntamos nós : Se é assim, perante o manifesto e conhecido fundamentalismo doentio da Câmara Municipal de Almada contra o automóvel, será legítimo que os residentes tenham de pagar o Imposto Municipal de Circulação, quando são impedidos de circular na cidade ? Cidadão tem direito a questionar e o dever de o fazer.

18 comentários:

moisés disse...

Acessibilidades 21?
Mais um trabalho encomendado, e bem pago, ao exterior.
Acompanhado pelo tal senhor engenheiro que diz sim a tudo.

Mas atenção às próximas novidades em matéria de circulação.

Anónimo disse...

Diga-me uma coisa.. o senhor teve algum pedido recusado na CMA, ou é ódio pessoal em erupção?

Em vez que publicar posts que destroem toda e qualquer iniciativa ou projecto da CMA, tente apontar alternativas coerentes e viáveis a cada caso..

Já pensou que se a Câmara e o seu Corpo executivo fosse assim tão mau, não estaria onde está há 20 anos? Se ganham eleição atrás de eleição é porque a maioria da população considera o trabalho positivo.

Aliás, a Presidente de Almada tem o apanágio de ter conseguido eclipsar nomes sonantes nas corridas Autárquicas: Maria José Nogueira, Narama Coissoró, Torres Couto entre outros... Isto não me parece uma realidade digna de alguém que não mostra trabalho e não tenta solucionar os problemas do Concelho. Volto a dizer.. se o trabalho fosse insatisfatório, ela não venceria a corrida tantas vezes.

Tente auxiliar a Autarquia com sugestões pertinentes, e deixe-se de comentários destrutivos, mesquinhos e despropositados... porque para casos de vigarice e de irregularidades, já basta Lisboa e outras localidades, que por coincidência ou não, vestem outra cor politica.

bem haja

Anónimo disse...

Na questão dos eclipses não se esqueça do José Vieira....

O Zé DEMOCRATA disse...

Estes blogs estão a arranhar muita gente. Provavelmente é por essa gente não poder controlar os blogueiros e as verdades reveladas, tal qual controlam a comunicação social e em especial a local.
Viva o pessoal dos blogs!
Abaixo os falsos democratas e candidatos a ditadores.

Anónimo disse...

Este blog e outros existentes da nossa praça, andam a serem financiados por um grupo capitalista americano, ligada a uma seita religiosa com ligações a redes terroristas.
Qualquer dia estes esquerdistas fanatáticos ainda fazem algum atentado à nossa Presidente, pois para eles o inimigo principal não è a Direita, porque essa é quem os financia para denegrir a obra feita pela CDU em todo o concelho de Almada.
Para calar estes falsos blogueiros, que pairam na nossa cidade, tem chegado a força do próprio povo de Almada, a qual tem sido mais que suficiente para que eles ao zurrarem contra a autarquia, mostrem a sua verdadeira consciência moral e cívica.
Passados 33 anos sobre o 25 de Abril, levantam-se certas vozes que embora se digam defensoras da Liberdade, não nos enganam pois nós sabemos onde andavam antes da revolução (quem não se lembra da vossa filiação na Legião e Mocidade Portuguesa).
Meus senhores, já é tempo de olhar sem palas e assim vermos como tem sido injusta a vossa conduta para quem tem dedicado tanto da sua vida ao concelho de Almada.
Ao evocarem José Martins Vieira, é bom que o façam, mas com dignidade e respeito, pois ele foi para além do primeiro presidente da câmara eleito democráticamente, um grande Homem servindo com Amor e carinho a terra que o viu crescer, deixando na sua sucessora a mais competente figura para elevar ALMADA num progresso e desenvolvimento indiscutivel, cuja obra tem sido reconhecida pelo povo nos actos eleitorais.
Por hoje fico por aqui...

outro anónimo disse...

Olhe que não camarada!
Estou deveras impressionado com tamanha verborreia deste caro anónimo que tirou um exclusivo com reserva, de democrata autoritário.

no name boy disse...

Não me dirijo a ninguém. Apenas despejo algumas notas soltas.

Quem é que eclipsou José Martins Vieira? A D. Maria Emília e o próprio partido. Foi bem claro.

A liberdade de escrever é inalienável, pelo que essa censura ao dono do blogue me parece descabida.

Descabidas são, muitas vezes, as participações de ALGUNS anónimos. Esses sim, usando uma verborreia nojenta porque não sabem ser de outra forma nem têm argumentos aceitáveis.

A obra da CDU em Almada é relativa. E a que existe, porque existe, não tem a chancela da D. Maria Emília. Perdoarão a comparação mas tem que ser feita. Aqui - Almada - como na Madeira - Alberto João Jardim - os dinheiros usados tiveram uma fonte toda poderosa. A União (?) Europeia. Os fundos comunitários.
Claro que os fundos poderiam ter sido mal geridos mas, para quem neste blogue, também faz comparações, vejo-me forçado a fazer as minhas, ou seja, a obra não depende da côr política de quem a faz mas sim do poder que a quer fazer.

A escrita vai longa. Desculpar-me-ão.
Boa semana.

Anónimo disse...

Meu caro
No Name Boy

Essa da verborreia nojenta tem graça de alguns anonimos tem piada.
Na sociedade em que vivemos, onde todos dão lições de moral, resta somente dizer que nojento é o seu comentário ao comparar o obra de Alberto João, seu grande admirador pelo que vejo, à obra de autarcas da CDU como José Martins Vieira e Maria Emíia de Sousa, esses sim verdadeiros representantes do poder local.
Quanto aos Fundos Europeus, isto não é resposta cabal, pois se a Câmara Municipal de Almada tem sabido gerir em beneficio da população, isso só prova que eles são defensores da causa pública, o que certamente ainda você não reparou, face à sua cegueira política.

Snr
Outro Anónimo

Prezo por ver que não foi longo no seu comentário, muito embora não gostasse do meu comentário, a que apelidou de tamanha verborreia.
Diga-se de passagem que este blogue, embora oriundo de uma seita religiosa com ligações a redes terroristas, financiado pelo regime americano, não não me dá direito a reserva de espaço, mas senão for nós a comentar, quem o faz?
Vocês que colocam as postagens e comentam com cobardia aquilo que não é verdade.
Ora deixem-se de lérias e vejam se prestam pelo menos um bom serviço a quem por dá dinheiro para denegrir a obra da autarquia.

Por hoje já chega, para a próxima levam mais para contar ao vosso patrão...

no name boy disse...

Pense bem se fôr capaz.
Você é demagogo e incompetente mental.
É daqueles que pensa que não é por mim é contra mim.
Comparei e repito a comparação. E digo-lhe que não gosto do senhor Jardim nem um bocadinho.
O que não impede que se lhe reconheça obra.
Se a reconhece ou não é um problema seu.
Sobre o que mais diz, outro disparate mental, quando põe lado a lado, e vamos aos nomes, o senhor José Vieira e a dona Maria Emília, está a cometer um erro de apreciação descomunal.
Porque não tinham nada a ver um com o outro.
José Vieira sim, era um autarca, um homem, um amigo, daqueles de quem o povo gostava.
Maria Emília deitou-o abaixo e de resto nada tem a ver com o seu antecessor.
Os tempos são outros? Pois são. Se José Vieira não tivesse sido esfaqueado, e pelas costas, pelos seus camaradas, alguns, e se não tivesse falecido, talvez as coisas fossem agora de outra forma.
Pergunte à dona Maria Emília se alguma vez andou às escondidas a "passar" o "Avante". Sim no tempo da clandestinidade. Sim no tempo em que a senhora era bancária.
Digo-lhe eu já que não.
E agora digo eu que é melhor ficar por aqui.
Foi você que desafiou. Eu tinha-me limitado a dar a minha opinião.

Agora, medite. E aconselhe-se.
Apesar de tudo ... cumprimentos.

EMALMADA disse...

Quando se fala assim, como o ultimo interveniente, mandam as boas normas que se aconselhe uma boa e eficaz reciclagem intelectual porque a crise é grande.
Não vale a pena tentar desviar o curso da matéria em causa, porque os almadenses sabem muito bem que em matéria de trânsito o que a CMA está a fazer é nada de positivo, um vazio total, que está a prejudicar a população, o concelho e o bom nome de Almada

no name boy disse...

Sobre a apreciação que faz a este blogue e apesar de ninguém me ter passado procuração, o que você diz é duma crueldade de quem realmente não tem tomado os comprimidos.
Porque ao contrário de si há quem goste de Almada.

no name boy disse...

O último interveniente fui eu, meu caro.
Creio que não se refere a mim. Ou refere?

EMALMADA disse...

Referia-me ao ultimo anónimo. Quando comecei a escrecer ainda não havia a sua intervenção "no name boy".
Aqui fica a correcção

no name boy disse...

Entendido.

Joao disse...

Tenho de dizer que acredito na honestidade e idoneidade da CMA.
Mesmo com alguns erros de estratégia cometidos nos últimos 20 anos, o trabalho geral do executivo de Almada é bastante favorável.

Aliás, apesar de eu não ser comunista, se bem que de esquerda, eu louvo a conduta dos comunistas no panorama politico português. São por norma sérios, e não estão na politica por dinheiro, estrelato ou favorecimento individual. Isto é um facto!

Arrisco ainda mais.. As autarquias comunistas encontram-se entre as mais merecedoras de menções honrosas quanto à sua gestão, projectos e ética.

Neste horizonte actual de lavagem de roupinha suja sobre peculato e escândalos de gestão, de certeza que não ouviremos nomes de autarcas CDU nessa CegaRega, e muito menos ouviremos o nome da Presidente de Almada.

E volto a frisar.. eu não sou comunista.

Rui disse...

VOCêS FALAM MUITO MAS A MARIA EMILIA TÁ LÁ HÁ 20 ANOS PORQUE O POVO QUER!! É ASSIM EM DEMOCRACIA PESSOAL!! VOCÊS SÓ LADRAM, LADRAM MAS SÃO INCAPAZES DUMA IDEIA PARA MELHORAR A CIDADE..COMO DIRIA O OUTRO ESTÚPIDO TECNOCRATA DO PS "HABITUEM-SE"..O POVO FALA E DECIDE..DÁ-LHES EMÍLIA!!

Anónimo disse...

Salazar também esteve lá 40 anos e também diziam que era o povo que queria!
Quem tem sede de poder gosta de se perpetuar. O povo "ladrava" mas era inacapaz de ter uma ideia melhor, foi preciso a tropa...
"habituem-se" diziam os de então, tal qual diziam ao povo russo os que ocupavam o poder lá..."é a vida" para os resignados e "carneirinhos".
E que diz aos gastos com o MST que o Estado está a pagar.

no name boy disse...

Ao Rui nem respondo. Olhe o nível.
Ao João, digo que apreciei o seu comentário.
Quanto à parte final do mesmo, e passo a citar:

"Neste horizonte actual de lavagem de roupinha suja sobre peculato e escândalos de gestão, de certeza que não ouviremos nomes de autarcas CDU nessa CegaRega, e muito menos ouviremos o nome da Presidente de Almada".
(fim de citação)

Sr. João
Olhe que não será bem assim. O tempo o dirá.

Cumprimentos.