terça-feira, junho 12, 2007

A Autarquia e os Autarcas

Em...Almada, em continuidade do mesmo tema, divulga hoje mais um recorte do Jornal de Almada, de 10 de Julho de 1987 do tal "Baú de Recordações" que não agrada a muita gente, em artigo de Manuel Lourenço Soares, onde a figura de José Martins Vieira é enaltecida.
(clique sobre a imagem para aumentar e ler)

Como já aqui afirmámos é natural que a uns, isto agrade a outros menos..... recordando que o autarca teria completado 59 anos, no passado dia 10 de Junho.

10 comentários:

observador disse...

E ainda alguém virá dizer que aqui só se ataca o José Vieira...
Prova-se o contrário.

António Luis disse...

Para melhor conhecimento da personalidade e do caracter deste grande Homem, leiam a entrevista dada ao escritor Artur Vaz no seu livro ALMADA GENTE NOSSA Volume I editado pela Junta de Freguesia de Almada em 2001.

Alfedo Tinoco disse...

Sem pretender enaltecer a obra de Artur Vaz, nem o artigo de Manuel Lourenço Soares, direi que tanto num como noutro caso, ficou bem traçado o perfil do meu amigo e companheiro de partido José Martins Vieira.
Agora não me falem em saneamento político, o José Martins Vieira abandonou a câmara por vontade dele e pelos motivos que ele e a própria familia saberá.

observador disse...

Não é verdade, caro alfredo tinoco.
Não vamos passar horas a fio discutindo esse facto que talvez nem a própria família saiba adequadamente.
Mas não será tempo de deixar a alma e o espírito de José Vieira em paz?

Um almadense disse...

Penso que sim. Mas se houve aproveitamento da alma e do espirito de José Martins Viiera foi este blog, na tentativa de denegrir a actual presidente da Câmara amiga de Martins Vieira até ao último dia de vida.
No entanto, já que alguém referiu a obra de Artur Vaz ALMADA GENTE NOSSA Volume I editada em 2001 e na qual eu também sou biografado direi que devem ler a entrevista de José Martins Vieira, pois para além de ser o seu último depoimento conhecido marca de uma forma clara o seu entendimento sobre a intervenção politica da sua sucessora.
Este é em meu entender um documento histórico sobre um almadense que merecia mais respeito pelo blog EMALMADA.

david disse...

Não consigo vislumbrar porque as notícias alusivas a José M. Vieira deixam os apoiadores da Srª dona Emília Neto de Sousa assaz preocupados e assanhados.
É capaz de haver gato.

observador disse...

Convém que fique claro que a actual presidente da CMA nunca teve esse grau de amizade por José Vieira.
Se o tivesse, porque carga d'água lhe puxava o tapete do poder?

um almadense disse...

Volto mais uma vez a afirmar que pelo comentário do Snr Observador tira-se a seguinte ilação:

Tem sido intenção do blog EMALMADA, denegrir a imagem da actual presidente da Câmara, colocando a memória do meu intimo amigo José Martins Vieira, como arma de arremesso.

Mais uma vez afirmo que devem ler a entrevista de José Martins Vieira publicada obra de Artur Vaz ALMADA GENTE NOSSA Volume I editada pela Junta de Freguesia de Alamda em 2001, pois ela é a prova cabal da vossa falsa concepção sobre a renuncia do camarada José Martins Vieira da presidencia da autarquia.
Termino pondo um ponto final neste assunto:
RESPEITEM A MEMÓRIA DOS MORTOS..

EMALMADA disse...

Quem é que se sentiu ofendido com a publicação destas reais e antigas notícias do Jornaal de Almada?
Quem não deve não teme.
Quer-nos parecer pelo que lemos nestes comentários, as notícias não foram do agrado de algumas pessoas de então e de agora.
Será que naquela data houve alguma tentativa para controlar o Jornal de Almada?
Pelo teor de alguns comentários feitos a propósito, neste blog, esta questão faz algum sentido.

observador disse...

Mantenho o que disse porque sei o que digo.
A partir daqui, o meu silêncio.
Em honra do José Martins Vieira.