quinta-feira, dezembro 11, 2008

"A verdadeira democracia" ( III ) ou a "maiacracia"

Em...Almada, termina hoje com o terceiro post o espaço destinado à entrevista feita ao Sr. José Manuel Maia, presidente da Assembleia Municipal de Almada, pelo semanário SEMMAIS.
Esta terceira parte refere-se à parte náutica da entrevista, em que como alguém disse num comentário, devido à maneira como remam, a embarcação não sai do mesmo local, daí a estagnação do concelho de Almada e da cidade.
Para leitura e conhecimento de toda a parte final e náutica da entrevista onde para além do remar, alguma água corre... apresentamo-la na integra.
Clique sobre o doc. para aumentar e ler
- Quem conhece alguma coisita dos trabalhos da AM e algumas reacções e declarações do Sr. Maia a propósito de uma ou outra situação, conclui que nem tudo o que o Sr. Maia diz encaixa numa lógica de coerência democrática e pessoal.
- O Sr Maia diz "Temos toda a informação sobre os grandes projectos que estão a ser desenvolvidos no concelho".
* Parece que não é verdade, porque ele já tem dito o contrário, quando lhe convém, evidentemente...
- Diz o Sr. Maia que "tem de haver um eleito (como ele, dizemos) a tempo inteiro na AM senão não é possivel haver controle a uma câmara da dimensão da de Almada".
*É curioso como o Sr. Maia controla a presidente e a Câmara! Não deve ser difícil, porque sendo todos do mesmo partido, o PCP, já estavam habituados ao controle, para além do interno, sobre os cidadãos.
- Diz o Sr Maia " Quando na Câmara o vereador da oposição levanta um determinado problema e o mesmo é resolvido pelo executivo, então a sua resolução é contributo de todos".
BONITO e democrático!
*Mas, quando o vereador da situação PCP-CDU levanta um determinado problema e o mesmo é resolvido pelo executivo (os representantes do povo) então a sua resolução, é contributo só da CDU-PCP! - Diz "Conseguimos uma boa relação com....o associativismo popular?
*Qual associativismo popular? Aquele das células da Câmara ou do partido, nas colectividades ou associações, a que a CMA dá subsídios? Dizem associativistas e cooperativistas dos bons e velhos tempos do verdadeiro associativismo popular, que isso não é associativismo, mas uma forma de segurar votos nas autárquicas e manter "agarrados" os dirigentes dessas colectividades, geralmente afectos à Câmara, ou ao partido. Estão lá para segurar também a base eleitoral e dar aquela força popular à Câmara, que bem precisa.
"NEM TUDO O QUE PARECE, É e NEM TUDO O QUE É, PARECE".
"maiacracia" NÃO É DEMOCRACIA.

11 comentários:

Anónimo disse...

Só na AM de Almada é que há fiscalização e controle a uma câmara. Tudo porque é a CDU com maioria na AM e o presidente Maia a fiscalizarem.
Por coincidência fiscais e fiscalizados são todos da CDU.

Trabalham todos em casa e para o mesmo.
Exito absoluto e transparência.
Não poderia ser melhor com gente tão boa a gerir.

Anónimo disse...

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1058063

Anónimo disse...

Força EMALMADA!
Quer me parecer que os mordomos (ou criadas de servir) da MES estão a ficar nervosos...
Porque será?!...

Anónimo disse...

Que Câmara tem uma praça como a de Almada abandonada, quando uma bom mercado é quem dá vida ao centro de uma cidade ? Que Câmara não dá ajudas e iniciativas para que a juventude volte a encher as ruas de vida?

Só a incompetência deixa que Almada esteja morta e que a cada dia o esteja mas.

Anónimo disse...

Maia, maduro Maia quem te lixou...

Tão democrata que ele era.
Quem não de recorda dele na Comissão de Trabalhadores da Lisnave.
O menino cresceu e apareceu.
Estima a patroa assim como a patroa o estima a ele.
Pobre gente. Imbecis sem eira nem beira.
Mas que ainda assim conseguiram destruir Almada. Cidade e Concelho.

Esta gente deve ser afastada quanto antes.
Está nas nossas mãos consegui-lo.

Anónimo disse...

O Maia mora ou não em Lisboa?
Onde vota? Almada ou Lisboa?
Ainda nenhum dos meninos do coro municipal apresentou um atestado de residência do Maia ou terá possibilidade de apresentar dois?

Anónimo disse...

Os " DEMOCRATA" amigos de si próprios. Almada está no estado que está pelo facto dessa gente puxar para o mesmo lado ERRADO. Sr. MAIA faço um convite a si e à sua pandilha para fazerem compras no Comercio tradicional. Por incrivel que pareça ninguem vê esta gente a passer a pé a fazerem compras a falarem com as pessoas e darem um cheirinho de DEMOCRACIA daquela que apregoam. 33anos, são donos de Almada. O povo na devida altura vai correr com voces garantidamente por um justa causa a "liberdade de Almada" .

Graffiter disse...

Qual "escrevinhador " qual raio que os parta?? Para que se cansam? Porquê? Se estão azedos e injustiçados, é fazer a trouxa e sair.. porque em 2009.. sabem o que vai acontecer? Pois sabem. Não se esgotem com tanta caloria gasta em vão.. Vão correr para o parque da paz e aprendam a fazer o pino sem mãos.. pode ser que quando baterem com a cabeça ganhem algum juizo...

Anónimo disse...

O escrevinhador dito graffiter já anda a falar sózinho.
É mais um apanhado pela campanha de fidelização MES.
É a luta pela sobrevivência na subserviência e na bajulação política.
Assim não é possivel banir o caciquismo político.

Anónimo disse...

Coitado do Grafitter!...
Anda a abusar nos medicamentos...
Ou então é ainda a excitação de ter ido à praça de touros co Campo Pequeno...

Anónimo disse...

O escrevinhador está em vias de se suicidar.