segunda-feira, março 17, 2008

O TGV de Almada às Moscas

Em...Almada, leu no semanário Expresso de 15.03.08 que as novas estações da linha azul – Terreiro do Paço e Santa Apolónia – cujo custo foi de 290 milhões de euros, estão a ter menos passageiros do que o previsto, comprometendo a meta anual de exploração.
clique sobre a imagem para aumentar
(Imagem do semanário Expresso)
O MST – Metro Sul do Tejo – ou TGV (Transporte Geralmente Vazio) de Almada, em exploração na linha 2 Corroios/Universidade/Corroios, transporta uma média de 8 passageiros por composição e também compromete a meta estabelecida, causando uma despesa diária elevada ao Estado que tem de ressarcir a concessionária por as composições andarem vazias, mas a comunicação social não fala deste défice e escândalo.
Porquê?

12 comentários:

Anónimo disse...

Não imaginava que o TGV (transporte geralmente vazio) tinha "tanta" afluência.
Média de 8 passageiros por composição?
Caramba! Aquilo deve ser um aperto...

Há ou não alguém que mexa os cordelinhos para pôr os jornais e as TV's a falar disto?
Não me digam que está tudo comprometido?
A SIC tem, como sabemos, ao domingo à noite, o "Nós Por Cá".
Vou tentar falar com o Nuno Santos.
E há a TV Norte que não faz publicidade a Almada.

Pedro Lopes, o outro

Anónimo disse...

Veja o que se passa também em Almada, em

www.psdalmada.blogspot.com

Ao seu Lado...

Anónimo disse...

Gostaria de trazer um tema para discussão: as notícias vindas a lume sobre a Ponte 25 de Abril neste fim de semana, notícias que vêm no seguimento de outras mais antigas.


Sotnas

Anónimo disse...

Penso que a Cidade/Concelho de Almada tem pouco interesse para a comunicação social. O MST não é uma obra necessária em Almada mas está apadrinhada pelo Governo, por isso é que Maria Emilia está confortávelmente sentadinha no seu trono, intocável como convém.

A Srª não sabe o que é pôr o pé na lama, andar a pé só mesmo dentro do seu gabinete. Na rua é vê-la no seu novo BMW. Tenho falado com pessoas e ouvido outras nos cafés: "É desta que Maria Emilia vai cair..."
Não acredito muito na tese de que o MST será o seu calcanhar de Aquiles" mas estou ansiosa por saber o que vem a seguir.

Anónimo disse...

Almada tem uma Câmara Comunista há muitos anos e, verdade seja dita, nada do que de bom ou mau nasce nesta terra foi devidamente noticiado pelos orgãos de comunicação social.
Porquê fazer publicidade aos comunas? isso é alimentar mais o poder instituído. A mesma fórmula aplica-se ao MST. Trata-se de uma obra que peca pela falta de funcionalidade mas o impacto visual que produz é o do progresso... acredito no poder dos media, mas isto é notícia para cair em "saco roto".

Moradora Almada

ricardo disse...

Um senhor crescido do concessionário disse no início do ano que o TGV de Almada tinha muitos passageiros e mais teria logo iniciassem aulas na Universidade.
Iniciaram-se, já estão de novo em férias e o crescido senhor ainda não informou se os 7000 alunos, como a emilinha falou, viajaram todos de TGV durante as aulas.

Anónimo disse...

Este Srs crescidos deviam é estar caladinhos porque quanto mais falam mais se enterram.

Escudam-se nos estudantes da Universidade para arranjar passageiros para o eléctrico, mas esquecem-se que estes meninos têm, na sua maioria, veículo próprio.

Olhem é para a porcaria do traçado do metro. Na Ramalha, à porta das garagens das pessoas. Que lindo!!. Uma pessoa vai tirar o carro da garagem e leva com o metro em cima.

Na cidade vão cortar o trânsito nas artérias principais, para quê? caramba!. Mais do que um Electrico, Almada precisava era de um Hotel decente.

Cada vez mais me convenço que Almada é uma cidade de passagem para a outra margem, o metro só vem confirmar isso mesmo.

Anónimo disse...

E acham que a MES está preocupada com o povo? Ou com as suas necessidades? Ou com as necessidades da cidade?
Nada disso!
MES está-se borrifando para tudo isso.

O comportamento quase fascista dessa velha "raposa das estepes algarvias" que um dia entrou em Almada e não mais a largou é sinónimo do quero posso e mando.
E à boa maneira salazarista por detrás daquele sorriso cínico, diz que quem não é por ela é contra ela.

Será que somos obrigados a aturar esta senhora? Mais do mesmo? Por mim chega!!!

Anónimo disse...

É curioso que só com esta péssima gestão do MSTejo é que a oposição cidadã em Almada se faz ouvir. E antes ? Antes MES não era autista, prepotente e autocrata ? Sempre o foi. E Antes ? Antes MES não tratava Almada como se tratasse do seu quintal das traseiras ? Sempre tratou. Fico satisfeito com esta súbita manifestação de participação cidadã na vida da nossa terra mas não posso deixar de lamentar que só agora muitos cidadãos tenham acordado para a nossa triste realidade quando há já muitos anos que estão perante nós todos os erros e incompetências de MES e da sua equipa. Equipa que, diga-se em abono da verdade, não possui vida própria, sendo apenas uma correia de transmissão da senhora e ai de quem se lhe oponha!

Congratulo-me com a tomade de consciência que vejo neste blog, mas creio que ainda não é suficiente para podermos ter a certeza de apear a senhora do cadeirão do poder que ela toma como garantido e como seu.

Sotnas

Anónimo disse...

Por aqui só se diz porcaria e não é pouca.
Contra o bota-abaixismo estúpido do costume defendo o metro hoje e sempre!!!
PCP VAI VOLTAR A VENCER ELEIÇÕES QUER QUEIRAM OU NÃO!!
O MEU VOTO VAI PARA ELES QUE FAZEM ESTA TERRA AVANÇAR!!

Anónimo disse...

Avançar para onde?
Almada tem avançado no subdesenvolvimento e na miséria colectva lado a lado à boa vida dos dirigentes da autarquia.

Anónimo disse...

Todos têm direito à indignação.
A confirmação está no desabafo patético do anónimo da 1:28:00 que se indigna pelo facto de não lhe assistir outro argumento senão o de, em letra maiúscula, "vomitar" o que a verdade lhe causou: uma enorme indisposição cerebral.

Mas tem o direito à opinião. Se é que o que escreve é uma opinião.

Vote onde quiser, tem esse direito, mas olhe que uma andorinha não faz a primavera e a maioria real está a acordar da letargia de vários anos.