quinta-feira, maio 10, 2007

Normas de (In)Segurança em Obras MST

Em...Almada realizam-se obras do MST, sem respeitar e cumprir as Normas de Segurança preconizadas na Declaração de Impacte Ambiental de 11 de Dezembro de 2002.
Na Declaração de Impacte Ambiental (DIA), relativa ao Metro Sul do Tejo, aprovada com “parecer favorável condicionado”, pelo Secretário de Estado do Ambiente em 11 de Dezembro de 2002 lê-se nos Descritores Ambientais o seguinte: Ordenamento do Território e Sócio-Economia (Fase de Construção) : ........................................................................ - Criar condições mínimas de circulação pedonal, com segurança para peões e a devida sinalização das obras, efectuando uma boa iluminação dos percursos durante o período nocturno.
- Sempre que for efectuado o corte total de um passeio, assegurar o atravessamento em segurança para o passeio do lado oposto, através por exemplo da colocação de semáforos provisórios durante a fase de obra.
AS NORMAS DE SEGURANÇA NÃO ESTÃO A SER CUMPRIDAS.
Onde está a fiscalização? Que segurança para cidadãos e peões? Há três anos a CMA também se serviu de deficiências idênticas para indisponibilizar terrenos. Agora como é? Na Av. Bento Gonçalves as faixas de rodagem foram invadidas por material variado de intervenção na obra e redes delimitadoras, nos dois lados da avenida. À noite não há qualquer sinalização luminosa ou reflectores luminosos para além de grande parte da iluminação pública no local do obra se encontrar apagada. Em caso de acidentes como será depois dos danos causados por incumprimento das normas de segurança na obra. Não se faz prevenção? Estas deficiências para além de outras, verificam-se em toda a zona intervencionada. Tendo o Estado pago para que a obra decorra conforme a DIA, não estando as normas de Segurança a ser cumpridas pergunta-se para onde vai o dinheiro da despesa com a segurança, que não é efectuada?

10 comentários:

moisés disse...

Lá estão vocês com a falta de segurança. Isso já é um pesadelo.
Basta olhar-se para a fotografia para se ver que qualquer andante passa muito bem, mesmo sem fazer piruetas.
Vai pelo que resta do alcatroado, vira à esquerda, reza para não levar com nenhum carro em cima, tem cuidado com a escavadora e o poste e o assunto está resolvido, não sem que antes se active o CODU por motivo de precaução.

Anónimo disse...

Está a ser levantado um problema que não é exclusivo da Bento Gonçalves, nas obras em Cacilhas e na Afonso Henriques existe a mesma situação.

Anónimo disse...

E o inspector da segurança, segundo já li algures é um jeitoso da CDU, mais precisamente o Presidente da Junta de Freguesia de Almada, que por acaso até é reformado de qualquer coisa...
Claro que só vê a falta de segurança, quando quer e o que é preciso é que as obritas andem depressa para se inaugurar tudo antes das eleições!!!!
Grande lata!

moisés disse...

Nesta obra, o que não faltam são casos destes.

Votante da CDU disse...

Gostaria de solicitar a este Blog, que apresentam provas do trabalho feito pelos v/autarcas eleitos.
Só que o BLOCO DE ESQUERDA, para além de não merecer a confiança da maioria do povo de Almada é um grupelho de extremistas e de Gays.
É tanta a vossa obra que um simples cagalhão chegaria para vos presentear.

EMALMADA disse...

Tenham paciência. Nós vamos continuar a expor as nossas razões, e a pugnar por Almada.

Alfredo Tinoco disse...

Essa de pugnar por Alamda tem muita graça.
A minha gargalhada de desprezo vai para o vosso conceito de pugnar. Vocês só sabem dizer mal, de tudo e de todos, e principalmente da força política CDU.

moisés disse...

É evidente que há gente que dá mais crédito a "votantes da cdu" do que a gente que quer credibilizar as razões que os assistem.
E, conversas de chacha comigo, não.

Sérgio Pinto disse...

Mas, afinal, o que fez o BE a esta gente que vem para aqui comentar
Parece-me mais pessoal com dor de cotovelo do que outra coisa...
E porque não falam,também, do PS ou do PSD? Da oposição que não fazem e da conivência que mantêm com a CDU (por omissão ou, pior ainda, por passividade ignorante?).
Tenham tento na língua e se querem criticar a oposição, não falem apenas do BE (eles não vos agradecem a publicidade).
Assumam-se.

moisés disse...

Boa intervenção, sérgio pinto.
As opiniões exclusivas contra o BE fazem lembrar Salazar que fazia constar que "quem não é por nós é contra nós".
Afinal onde está o extremismo?