sexta-feira, maio 04, 2007

Enxaquecas de Almada

Em...Almada, infelizmente são muitas as asneiras e os erros que o cidadão vai observando no dia-a-dia da exemplar Requalificação Urbana em curso, que nos vai deixando tristes, tristes e envergonhados.
A foto, dos Paços do Concelho, está inserida correctamente. porque com ela queremos dizer que Almada, com esta Requalificação Urbana a ser levada à prática pela actual autarquia, está ficando de pernas para o ar.
Acabei de dar uma volta pela Cova da Piedade e Laranjeiro (ex-Estrada Nacional 10) com pessoa amiga entendida em sinalização de trânsito e vias de circulação viária.
Dentro dos nossos humildes conhecimentos de cidadãos e condutores automóvel, já nos tinhamos apercebido de algumas e graves asneiras existentes, levadas à prática por esta Câmara, no âmbito do seu plano de Acessibilidades/Dificuldades 21, inserido naquilo que designa por Requalificação Urbana, aproveitando as obras de meter um comboio no meio do principal eixo viário da Cidade, desqualificando-a.
As asneiras, os erros de sinalização, a ausência de sinalização, a incorrecta sinalização, o incorrecto traçado de faixas de rodagem, as ratoeiras e obstáculos aos automobilistas, são tantos, que bem podemos dizer que Almada está sendo sacrificada por pessoas com alguma insensibilidade para resolver problemas importantes dentro da cidade e também pela incúria, pelo desleixo e pela incompetência de uns quantos que estão a destruir Almada.
Nos obstáculos aos automobilistas já se vêem perdas de óleo do motor por batidas das viaturas nos exagerados e incorrectos desnivelamentos do piso de circulação e batidas de pneus em lancis de separadores insensatamente implantados.
Onde estão "os cientistas", estudiosos e entendidos em tráfego urbano?
Para os almadenses é doloroso dizer isto, mas tem de ser dito. Não nos venham votantes ou não votantes da cdu ou do pcp dizer que somos “ bota-a-baixo militantes”! Não, meus caros ! O que vamos vendo e o que nos mostram pessoas mais entendidas nas matérias, é muito grave, triste e, revoltante que Almada esteja a caminhar para o descalabro. Almada tão perto de Lisboa.... tão longe da Capital e bem mais perto do que se designa por cinzento subúrbio. É Triste !
O problema não é de partidos políticos. É de pessoas. De serem ou não serem competentes e da falta de participação dos cidadãos na vida colectiva, de se interessarem e terem voz activa nas decisões políticas. Da falta de coragem para dizer: BASTA, RESPEITEM-NOS ! Almada chegou a este caos, porque quem está no poder não sabe gerir e quem está na oposição opta por não ser oposição. Por vezes, até acaba por apoiar quem está e depois os que estão, gozam-nos e malham-lhes nas costas.
Almada está doente. Está de pernas para o ar. A continuar assim, entra rapidamente em extinção. Deixemo-nos de ilusões e de virtuais encantos. Não aceitemos a cenoura. É urgente recuperar Almada!

28 comentários:

Minda disse...

Também eu já fiz esse percurso e deparei-me com uma série de dificuldades a nível da sinalética do trânsito, com algumas situações potencialmente geradoras de graves acidentes de viação, como é o caso de quem circula no sentido sul/norte, logo ali à entrada do Laranjeiro, a seguir à bomba de gasolina, quando quer virar para o Feijó, e se depara com um traçado no piso e sinais verticais que confundem os automobilistas e os levam a entrar em sentido contrário (já observei várias situações destas e só por milagre não aconteceram acidentes mas a confusão ficou instalada com filas de carros esperando que os condutores fizessem a manobra de inversão de marcha).
Almada está, de facto, bastante e gravemente doente. Os sintomas já há muito tempo que eram evidentes, mas a indiferença e acomodação de uns, o oportunismo de outros e a "partidarite aguda" de muitos, a juntar ao medo da mudança (talvez mesmo, de existir! - como diz o Fernando Gil), tem levado a esta inércia permissiva dos eleitores almadenses.
São estes cidadãos (alguns de entre eles meros críticos de bastidores mas que não têm coragem de, publicamente, dizer BASTA!) que, sobretudo por omissão dos seus deveres cívicos, acabam por permitir que Almada seja (des)governada impunemente e levam a que os poucos que ousam exigir os seus direitos sejam achincalhados.
Sendo certo que em Almada nem tudo o que a CDU faz, ou fez, é criticável, e que há autarcas competentes e funcionários zelosos, o certo é que a atitude de prepotência da maioria e, em particular, a arrogância de muitos e a forma sectária como actuam, impede que se faça uma gestão autárquica equilibrada
Mas a situação actual, como dizes e eu concordo, é, também, consequência directa da ausência de uma oposição firme. E acrescento: falta-nos uma oposição conhecedora, empenhada e, sobretudo, credível, que tenha coragem de enfrentar os interesses instalados, de assumir posições claras e apresentar alternativas exequíveis, não se limitando à denúncia do faz de conta, seja porque almejam partilhar as milhagas de um poder que é, afinal, apenas ilusório (exemplo disso é o caso de Cacilhas, onde o PSD aceitou fazer uma coligação pós eleitoral com a CDU), ou por outros motivos quaisquer, entre eles a ignorância e a incompetência.
É duro de ouvir? O "barrete" só serve a quem o enfiar.
É pois, como dizes e muito bem, urgente recuperar Almada. Eu estou disposta a isso!

piedade disse...

A desorganização no trãnsito instalou-se em Almada por ordem da cãmara municipal. Melhor fora que antes de avançar para obras se fizessem estudos sérios por pessoal habilitado e credenciado.
Não deveria haver lugar para amadores sem supervisão de responsáveis idóneos.

Anónimo disse...

Eu não sou votante da CDU, mas sempre quero dizer à "MINDA" que a crítica à oposição lhe assenta que nem uma luva!
Pois não são os rapazes do seu partido que, na Assembleia Municipal, mais loas tecem à Presidenta e seus muchachos? Por vezes mais parecem da bancada da CDU, tantos são os sorrisos e denguices duns para os outros, já para não falar dos depoimentos que fazem na AM e nos jornais locais!
Antes de vir falar das faltas graves da oposição, olhe bem para o desempenho dos seus partidários e depois falaremos.
Nem toda a oposição tem tempo e disponibilidade para estar atenta a tudo o que ocorre, mas chegado o momento de falar, ei-los que se levantam e criticam, conforme sabem (pois claro!), e com as armas que têm ao dispôr.
A senhora vive, ou trabalha num ambiente que é propício à crítica política.... pois faça-a e exiba-a, mas não deixe de criticar os seus correligionários para que não sejam eles os mais ferozes defensores da MIMI !
E já agora ainda bem que começou a colaborar neste BLOG, pois é preciso engrossar a fila dos que , com coragem, sabem opôr-se ao poder instalado que qualquer dia tem tantos anos como os que o Salazar teve em Portugal... já só faltam 7...

sousa disse...

Almada não está a caminhar para o descalabro. Já está no descalabro. Acentuado pela incompetência que diariamente mostram os técnicos da Câmara mas, igualmente, por técnicos de uma firma a quem o Município pagou e paga um balúrdio para estudar o Plano de Acessibilidades 21.
Aqui, os responsáveis autárquicos, passaram um atestado de incompetência aos técnicos camarários. Não pode haver qualquer dúvida. Porque lá anda o engenheiro X na peugada do grupo Y, a tomar notas no seu bloco de gelo.
Tem havido reclamações. Muitas e de há muito tempo a esta parte. Mas, quem pode pode.
Não entremos pela questão dos votantes ou não votantes nisto ou naquilo.
Um dos anónimos critica a comentadora Minda de nem sei bem o quê. É mais uma procura da esmeralda perdida...
E você, o que tem feito? Por onde andará?

EMALMADA disse...

minda, o caso que referes próximo da estação de serviço foi um dos muitos que observámos: é nuito grave essa situação.
Muitos outros existem num curto percurso, como o de três (!) rotundas sucessivas em mais ou menos 40 metros. Um automobilista que cumpra na integra o sinal de circulação obrigatória, entra na mão contrária.
Enfim, casos graves, tristes mas também ridículos, de consequências imprevisiveis para a integridade física dos cidadãos e não só.
Quando o autismo político se junta a alguma incompetência, está o caldo entornado.
É isto Requalificação Urbana? Para onde foi o dinheiro gasto com tanta asneira?

Minda disse...

Caro Anónimo. Não costumo, responder a provocações, nem tão pouco vou agora fazê-lo.
Todavia, achei que precisava escrever algumas palavras de esclarecimento dirigidas, não a si (cujas acusações valem o que valem por virem de alguém que não tem a coragem de assumir quem é), mas a todos aqueles que por aqui passam.
É que, enquanto V.ª Ex.ª se esconde atrás do anonimato e pode dizer o que bem lhe apetece (está no seu direito, não o nego) sem consequências para a sua imagem pessoal, eu não utilizo qualquer máscara e todos me podem identificar – só isso, já marca a diferença de carácter entre mim e aqueles que gostam de invectivar todos os que têm opiniões contrárias, mas apenas enquanto protegidos pelo manto virtual do anonimato.
Por isso, quero dizer, mais uma vez (porque já aqui o disse num anterior comentário) que o meu trabalho enquanto autarca, membro da Assembleia de Freguesia de Cacilhas (eleita pelo Bloco de Esquerda) se encontra documentado no blog http://be-cacilhas.blogspot.com no qual podem ler todas as minhas intervenções (que estão, igualmente, registadas nas Actas oficiais daquele órgão autárquico e que estão disponíveis para consulta pública). Depois de o conhecer na prática (e não por ouvir dizer a terceiros) é que o podem criticar.
Tenho feito, até à data, uma oposição firme mas construtiva, fruto da minha longa experiência ao nível da gestão autárquica (sou directora de serviços num órgão de âmbito supramunicipal, onde exerço funções há cerca de vinte anos). Não entro em jogos de politiquice barata e sempre me tenho pronunciado, frontalmente, nos locais adequados para o efeito (seja a assembleia de freguesia ou as instituições a quem compete receber as queixas dos cidadãos – entidades da administração pública central e local ou até nos tribunais), ao contrário de muitos que preferem cruzar os braços e aguardar, serenamente, que outros resolvam os problemas.
Porque não basta levantar a voz, é preciso agir!

Colega da MINDA na Assembleia disse...

Mais uma vez a cobra MINDA vem com o seu veneno, acompanhada por lagarto Sousa. Como almadense e acima de tudo como cidadão atento e responsável direi:
A linguagem da senhora MINDA, a autarca Ermelinda Toscano, do bloco esquerda, só tem criticas para o vosso blog, enquanto na Assembleia de Cacilhas, porta-se como uma "cabrinha mansa", não apresentando criticas à camara. Aliás,a sua conduta é deplorável tanto politicamente, é daquelas pessoas que não liga aos "provocadores", assim define quem discorda de si. Não lhe toquem no traseiro, senão ela berra e começa deitar pela boca aquilo que normalmente as cabras fazem por detrás...
Qunto ao senhor Sousa direi somente, que representa um vómito de Almada, um carneirinho que segue a Minda, mas no fundo gosta muito de leite de bode.
Agora quanto à vossa iniciativa de publicarem a foto dos Paços do Concelho de pernas para o ar, isso é bem demonstrativo de que vocês andam e pensam ao contrário das pessoas normais.
Ou sejam, não passam de um bando de esquerdistas, fanáticos e podem desde já ficarem cientes que eu não me escondo, aliás estou sempre bem perto da Minda, autarca Ermelinda Toscano, na Assembleia de Freguesia de Cacilhas.
Foi eleito pelo povo cacilhense, estou na Assembleia para dignificar o povo que me elegeu ao contrário de outras pessoas que se meteram na política, para obterem protagonismo e andam escondidas pelas ruas de Almada, porque tem medo da sua própria carapaça.
Ermelinda Toscano, peço-lhe que tenha um pouco de postura, o povo de Cacilhas é digno de respeito. Não suje com as suas palavras odiosas a imagem do concelho onde vive. Que moral tem para se apresentar como sua defensora. A politica também se faz com acções morais e civicas, portanto deixe de ser imoral e olhe na próxima Assembleia de Freguesia, olhos nos olhos, para mim.

EMALMADA disse...

O status que usurpou Almada por via eleitoral deve andar convencido que cidadão é ignorante ou deverá ter uma postura de cordeirinho perante os eleitos com maioria absoluta. por ser absoluta, mas que vale o que vale.
Enganam-se cidadão tem o dever de participar, fazer críticas, denunciar erros, opinar.Acontece que "os poderosos eatão/astavam habituados a mandar nos seus fiéis e estes por ventura devido a deformação cívica pensam que têm de divulgar sempre a palavra dos donos e aprovar as suas acções como indiscutíveis.
Seguem a mensagem publicitária adapatada à sua política "O que é Nacional é bom" , aqui será "se é do partido então é bom e é o melhor" Grande ilusão.
O melhor, é o cidadão estar atento e participante para não deixar candidatos a ditadores colocarem o "pé em ramos verde".
Não se irritem com as críticas porque vocês valem o que valem e deixem de insultarem as pessoas com palavreados menos dignos, porque se querem enveredar por aí, o que é lamentável e traduz vossa personalidade, educação e deformação moral e cívica, este não é o local adequado.
Aqui fala-se de Almada, discute-se e debate-se Almada, porque a democracia constroi-se assim.Não é com desejos velados de o partido A, B ou C, ou pessoas x, y ou z, desejarem continuar no poder a todo o custo, a concorrer com Salazar ou Aberto João Jardim , que tanto criticam.
Nunca entendi muito bem aquilo que se designa por "espírito de carneirada" e a fidelidade intransigente ao partido e à sua nomenklatura, seja ele ou ela qual fôr.
Quando o cidadão abdica de pensar e segue alucinadamente o ou os "mestres" deixa de ser pessoa, "vende a sua alma ao diabo".
Não estavam habituados a serem criticados, porque até controlam
alguma comunicação social e amedrontavam os criticos.Assim os afastavam ou procuram afastar através da intimidação e do insulto.
Aqui o controle escapa-lhes.
Tenham paciência.Sejam gente e integrem-se nas regras democráticas.

Anónimo disse...

BLOCO DE ESQUERDA = A MERDA DO COSTUME, CAMBADA DE BOMBISTAS E BONS VIVANTS FREAKS COM A MANIA DE SEREM REVOLUCIONÁRIOS..FUMEM UMAS GANZAS QUE ISSO PASSA..

Votante da CDU disse...

Depois de um periodo de férias no Alentejo,volto novamente ao v/blog para vos trazer uma mensagem de solidariedade a todos os que tem neste blog tomado uma posição na defesa dos reais ineteresses do povo de Almada e no caso concreto na CDU.
Ao ler os vários comentários vindos daqueles habituais e sempre desvairados que quando saiem do curro só vem a CDU como inimigos, fazendo-nos lembrar os delfins de Salazar, que me fizeram passar anos em Caxias devo simplesmente que este blog está prestar um mau serviço a Almada, pois para além de ser um covil de esquerdistas e fundamentalistas são portadores da Mentira e do Insulto perante a realidade do progresso e desenvolvimento que os autarcas da CDU tem feito pelo concelho de Almada.
Gostaria de pergumtar onde estava a Ermelinda Toscano dos Infinitos, o Reporter do Pó de Ser, o Sousa que penso não o Sousa o chefe dos legionários em Almada, o Luis Éme do Casario do Ginjal aquele que critica a autarquia mas que anda sempre à espera de algumas migalhas para alimentar uma parte do ego do seu clube.
Almadensese é tempo de não vergarmos a nossa voz e se for necessário partir para a luta.
Voltaremmos a erguer barricadas contra os falsos democratas que como bem ficou expresso neste blog por um anónimo não passam BONS VIVANTS FREAKS COM A MANIA DE SEREM REVOLUCIONÁRIOS...

abcd disse...

eu realmente não vos percebo... tanto a cdu como o be são de esquerda, de extrema esquerda, não percebo como é que se tentam acusar uns aos outros de serem de esquerda quando toda a gente sabe que são ambos extremistas desse lado político! querem se voltar para a direita? ninguem diria! discutam realmente os problemas da cidade e deixem as poltikisses da minda e do sousa e de cacilhas!

sousa disse...

Não quero que este blogue seja ainda mais prejudicado com intervenções de baixo nível.
Não quero participar nisso, nesse ambiente.
Por isso, aconteça o que acontecer, escreva-se o que se escrever, não me verão aqui mais.
Cumprimentos ao dono deste blogue e desculpe se a minha participação prejudicou o bem estar do EMALMADA.
E repito, não vale a pena dirigirem-me a palavra porque a resposta será...nada.

EMALMADA disse...

Não desesperem aqueles que estão a entrar em pânico com as criticas ou ideias aqui apresentadas e não gostam.
Continuaremos o nosso exercício de cidadania, porque nada nos liga a quem quer que seja, unicamente estamos umbilicalmente ligados a Almada, onde vivemos.
Assim com CALMA, não de Ecalma perceba-se, e com muita SERENIDADE continuaremos a cumprir as nossas obrigações de cidadãos.
"Apreciamos" e vamos avaliando a vossa "prestação".
Não gostam?
Só têm uma coisa a fazer : reciclagem político-social, um curso de educação e boas maneiras(pode ser nocturno).
Cumprimentos

EMALMADA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
EMALMADA disse...

Só mais uma coisa. As vossas intervenções estão sendo avalidas até no estrangeiro, já repararam?

CENSURADO disse...

Gostaria de saber porque razão exite censura no blog EMALMADA.
Para bem da verdade seria bom postar aquilo que foi censurado.
ABAIXO A CENSURA, afinal é assim que vocês são democratas?

EMALMADA disse...

Meu caro assinante "censurado" V. Exª não invente. Usa o termo "censurado", mas V. Eª não foi censurado.V. Exª está a aproveitar-se de uma situação que não existe. Não faça guerrilha desta maneira.É essa a maneira de estar na sociedade e em política de V. Exª?
O comentário que aparece excluído com a informação "esta postagem foi excluída pelo autor" significa que quem fez o comentário é que optou por excluí-lo!
O autor referido é o do comentário e não o do blog. Informo-o ainda que no presente caso o autor do comentário foi o ´emalmada` comentador, que o excluíu devido a gralha ortográfica, publicando depois de corigido e é o que está imediatamente inserido.
Neste blog não há censura.Nem nunca houve.
As asneiras ou impropérios que cada um escrever, aos próprios lhes caberá a responsabilidade, mesmo quando anónimos.Pode continuar a comentar que nenhum comentário seu será excluído pelo autor ou administrador do blog.
Acho que deverá pedir desculpa aos visitantes deste blog por ter tentado fazer-se passar por censurado ou vitima, o que é feio tê-lo feito.
Será capaz de pedir?

Votante da CDU disse...

Pelo que vejo os ratos estão a abandonar o porão do navio...
Falei no passado e ele vai-se embora. O Sousa afinal era o tal chefe do destacamento da Legião em Almada.
Quem diria...
Agora vem com o rabinho entre as pernas a fugir, já lhe descobriram
o rosto, a manta caiu e a personagem saiu de cena.
Procura-se novo actor para o peça que o teatro EMALMADA representa todos os dias.

Anónimo disse...

Já repararam no granel que vai na Prça/Largo Comandante José Braz com o trãnsito devido aos semáforos.? E na r. cabo da Boa Esperança ? E o empedrado na entrada do Bairro a partir desta rua?
É tudo para melhorar trãnsito?

Anónimo disse...

Ao colega da Minda na Assembleia:
Ó meu grande estúpido. Sim, tu!
Então vais cometer um deslize desses e deixar a malta do partido entalada só porque não gostas da gaja?
És mesmo burro, meu socialista de m****.
Achas que ficaste bem no retrato? Achas mesmo? Julgas que o pessoal não sabe, já, quem tu és?
Só fazes asneiras, pá!
Vê se te calas que fazes melhor figura.
Sérgio Pinto

moisés disse...

Sabe-se que são ambos.

EMALMADA disse...

Apesar de tudo menos digno, que algumas pessoas aqui possam vir dizer, continuaremos a denunciar e divulgar aquilo que achamos não estar ou ser correcto para o dia a dia do cidadão em Almada, em consequência da prepotência e da arbitrariedade dos autarcas que fazem de Almada sua propriedade privada e terreno de colheitas.
Entretanto, agradecemos a todos, as visitas com que nos têm distinguido.

Minda disse...

Pensei bastante antes de escrever estas linhas.

Não só porque queria ter a serenidade suficiente para, com algum distanciamento, poder analisar o que aqui se passara (refiro-me, evidentemente, às forma menos correcta, quiçá aviltante mesmo, como alguns "comentadores" se portaram) mas porque quis, sobretudo, consultar quem melhor do que eu sabe lidar com este tipo de situações.

E apesar de chocada com a desfaçatez e falta de carácter de algumas pessoas que aqui resolveram destilar, de modo gratuito, injúrias difamatórias sobre quem se limita, apenas, a defender opiniões pessoais livremente, achei ainda mais intolerável o facto de alguém acabar por vir a colocar em causa a dignidade de um órgão autárquico, colocando sobe suspeita de calúnia todos os seus membros, apenas para descarregar a bílis gerada por um notório e retraído complexo de inferioridade.

Mesmo com as necessárias cautelas (no mundo virtual e anónimo podemos ser quem quisermos) quanto à credibilidade da identificação como membro da Assembleia de Freguesia de Cacilhas, aqui feita por um anónimo qualquer, o certo é que fica sempre, em quem ler estes comentários, a legítima dúvida de que essa pessoa possa existir e, efectivamente, pertencer àquele órgão deliberativo.

Por isso, há que clarificar duas situações antes de dar por encerrado este triste episódio. E podem ficar cientes de que vou continuar a proceder como sempre o fiz até ao momento: com coragem, frontalidade e respeito pelos meus adversários, assumindo aquilo que digo, aceitando as críticas daqueles que as fazem com hombriedade e, principalmente, exigindo que me tratem de modo igual.

Primeiro

Venho, por este meio, esclarecer os possíveis leitores de que eu, Ermelinda Toscano, membro da Assembleia de Freguesia de Cacilhas, considero indigna a forma como os membros deste órgão autárquico são, injustamente, envolvidos nesta "contenda".

E assumo aqui, publicamente, a defesa intransigente deste órgão autárquico, aquele que melhor representa os cidadãos pela proximidade à comunidade local, no qual muita honra tenho em participar.

Assim como quero que fique bem claro que, ao contrário do que os leitores possam pensar depois de ler os comentários acima proferidos, os autarcas nele representados (13 no seu total: 6 da CDU, 4 do PS, 2 do PSD e 1 do BE), pese embora as divergências em termos políticos que os caracterizam, sempre souberam respeitar-se e fazer valer as suas opiniões sem recorrer à ofensa pessoal.

Segundo

Informo que, para quem não sabe: este tipo de escrita, com ofensas explícitas e directas à personalidade de uma pessoa em concreto, proferidas com intuitos dolosos (mesmo utilizada a coberto do anonimato - embora, hoje em dia, até seja fácil identificar quem subscreve estes actos na medida em que, sendo quase sempre cometidos por leigos, é possível chegar à origem/autor dos mesmos), configura o tipo de crime previsto e punido nos artigos 180.º a 189.º do Código Penal.

Considerando que, mesmo com as cautelas derivadas da incerteza quanto à eventual veracidade da afirmação proferida (no que respeita ao facto de ser ou não membro da Assembleia de Freguesia de Cacilhas), o certo é que quem assim se identificou acabou por reduzir, substancialmente, o universo dos possíveis "prevaricadores"… talvez com intenção deliberada de provocar na visada uma reacção emotiva, que a levasse a cometer o deslize de acusar alguém em particular e, assim, poderem-na acusar de falta de carácter.

Todavia, lançado que está o anátema sobre a Assembleia de Freguesia de Cacilhas, fica a suspeita razoável sobre a possibilidade de ter sido um dos seus membros a utilizar aquela linguagem ofensiva em relação a um dos seus pares, desrespeitando-o e ofendendo a sua honra e dignidade pessoal, além de ter contribuído para o desprestígio daquele órgão autárquico ao criar na mente do leitor a ideia de que aquele é o comportamento provável entre os autarcas que a ele pertencem.

Quem assim agiu, fê-lo de modo irreflectido e se calhar nem sequer se apercebeu de que acabou por "virar o feitiço contra o feiticeiro". Ou seja, deixou fundamentos suficientes para dar início a um procedimento criminal não contra quem ele acusava mas, eventualmente, contra si próprio e terceiros que nada têm a ver com a situação.


A terminar este longo mas necessário esclarecimento, cumpre-me desejar que, a partir deste momento, o diálogo entre "comentadores" deste blog passe a ter um outro nível mais compatível com a seriedade dos assuntos aqui colocados a debate, independentemente das posições de cada um. Com respeito. A bem da Democracia e dos princípios constitucionalmente reconhecidos como direitos dos cidadãos e a que todos devemos obediência.

EMALMADA disse...

minda, concordo inteiramente com tuas palavras.

Há blogs que pelos assuntos/temas tratados incomodam algumas pessoas, outras por falta de civismo e educação não sabem dialogar ou discutir pontos de vista diferentes.
Temos vindo a notar que este blog é frequentado por alguns provocadores cujo único objectivo é desestabilizar.Outra coisa não sabem fazer e ao actuarem assim revelam-se.
Continuaremos nosso caminho e a lutar por uma Almada onde LIBERDADE não seja palavra vã, nem esconderijo para uns poucos oprimirem e denegrirem muitos.

Anónimo disse...

Obrigado ao Emalmada e a todos que com anonimato ou não dizem educadamente o que pensam. Ficou esclarecido que é fácil de revelar por quem tem esse poder donde partiram os comentários.
Não desistam de ser livres.
Todos os comentadores têm que ter consciência que as autoridades chegam facilmente ao computador donde foram enviadas as mensagens e que por isso devem ficar contidas dentro do respeito que todos nos devemos merecer.O nome pode ser fictício mas o computador tem dono e está identificado e deve ser usado por cidadãos com responsabilidade. Defendamos com inteligência e sentido crítico os nossos pontos de vista.
Espero que haja condições para todos falarem neste grande forum de participação que não silencia ninguém mas onde temos de ser responsáveis pelo que afirmamos para uma Almada para todos.
Gostaria de ter o direito de participar educadamente como anónimo. Se tal não for possível deixarei de fazer comentários. Obrigado. Embora continue a visitar-vos porque vejo com entusiasmo o que se vai passando a nível da intervenção cívica não oficial.

EMALMADA disse...

Agradecemos o incentivo.
Com as pedras que nos atiram vamos construindo humildemente o edifício da nossa indignação, sem esquecermos os nossos direitos de cidadãos e munícipes.

Anónimo disse...

Estou de acordo com tudo o que está escrito nos comentários anteriores. Almada está em queda livre e tudo graças à "mimi=maria emilia" que se agarrou ao poder como uma lapa e não o quer largar, custe a quem custar! Não é só o que se verifica no exterior em termos urbanísticos é também o clima interno que se vive, dentro da autarquia. A "mimi"julga-se dona do poder e que está acima da lei, mas creio que terá os dias contados na cadeira do poder em Almada!!! Pois consegue somar ilegalidades/irregularidades na sua gestão interna. A CMA está a ser alvo de inspeções/averiguações por procedimentos fraudulentos na nomeação dos dirigentes (Directores e Chefes de Divisão) - talvez mais de 14 (catorze dirigentes). Consegue nomear dirigentes sem concurso público! "julga que como é para as afilhados, amigos e sobrinhos ... os concursos não são necessários" e também consegue nomear alguns dirigentes mesmo que não tenham vículo à FP (para ocupar cargo dirigente deve ter vinculo à FP e ser sugeito a concurso - é o que a lei determina.). Mas, a justiça não está a dormir, pois o Tribunal Administrativo já está em campo a averiguar as ilegalidades praticadas pela maioria CDU e, esperemos que tenha a "mão pesada", para não deixar impune estas irregularidades!!!!
É assim meus amigos a "mimi" parece que não aprendeu nada com o 25 deAbril, pois para quem era suposto defender os trabalhadores, está contra eles .... é prepotente, ditadora e acho que se devia ir embora.
Pode ser que com a acumulação de irregularidades a lei/justiça a obrigue a ir embora.

jjr disse...

Continue a debitar tudo, só não debita o principal! A sua vida pública (sim ñ pode ser privada!)Aquilo que é visto na Via Pública ñ lhe fica bem! Ainda ñ percebeu que foi gozada, aproveitada e depois deitada fora? Sabe do que estou a teclar! Mas, quando ñ impera o bom senso, estamos sujeitos a tudo! A honestidade e Personalidade, são só para quem as tem! E esses, ñ teem um em casa e outro na rua ou, em sítios pouco dignos! É assim que sonha? Faltando ao respeito a quem quer que seja? Passando por cima de tudo e todos, que grande Democracia, esqueceu que a sua liberdade começa onde acaba a do seu vizinho? Ñ a consideramos nem reconhecemos com moral para contestar o que quer que seja!