domingo, outubro 12, 2008

O "Verde" é só Disfarce

Em...Almada, os autarcas que têm destruído o concelho e a cidade de Almada, são VERMELHOS fundamentalistas por dentro, disfarçados de verde na paisagem, para passarem despercebidos, seduzir e enganar.
"camaleão em equilíbrio ecológico"

32 comentários:

Ponto Verde disse...

Para os verdes a obra é autárquica para receber os louros da "novidade" , é do Governo Central para pagar ao comerciantes os desconfortos da mesma!

Anónimo disse...

Os que temos por cá são autênticos camaleões.
Falo desta administração aberrante.
Mudam de cor como lhes dá mais jeito.

lisboeta adoptivo disse...

É desolador constatar o estado a que a cidade de Almada chegou.
Almada é cidade ? vazia, sem aquela atracção natural em beleza limpeza e arranjos de espaços e zonas verdes, que possam cativar quem a visita.
Surpreendeu-me a destruição das avenidas para dar lugar a linhas férreas. Almada não tem outras idênticas, nem outras entradas que possa rivalizar com o que havia.
Almada sofreu um arraso muito próximo de catástrofe urbana.
Do lixo que vi, só direi que minha aldeia transmontana é mais limpa que esta cidade.

mário santos disse...

Os escrevinhadores oficiais não gostaram do retrato ocultam-se à camaleão.

Fernando Sousa da Pena disse...

Verdes. Em quê? Mas não se esperaria outra coisa dum partido que nasceu apenas para disfarçar o nome "comunista" atrás de uma coligação.

Se o partido fosse ecologista à séria, os seus dirigentes locais há muito teriam arrepiado caminho nas políticas autárquicas de destruição do espaço natural, de agressão paisagística, de construção desregrada, de impermeabilização dos solos, de desrespeito pela lei do ruído, de desfiguração do espaço público, de desleixo pelos espaços verdes e pelas zonas litorais.

Verdes? Só se for de náuseas pela tremenda imundice que a Câmara Municipal deixa acumular por todo o concelho, com elevada probabilidade o mais sujo de Portugal.

Anónimo disse...

Almada não merece gente tão boa como vocês os maldicentes do costume..

Anónimo disse...

Oh Fernando Sousa da Pena,

Anda nauseado? Tem bom remédio, mude-se para uma terra de que goste, homem.

Mas por favor, não minta. Náuseas? Tremenda imundície? Destruição do espaço natural? Agressão paisagística? Construção desregrada? Impermeabilização de solos? Desrespeito pela lei do ruído? Desfiguração do espaço público? Desleixo pelos espaços verdes? E pelas zonas litorais?

Você sabe do que fala, Fernando Sousa da Pena? Duvido! Francamente, duvido!

E já estou como o outro anónimo que me antecedeu: Almada, de facto, não merece gente tão boa, tão impoluta, tão séria como vocês! Não merece mesmo!

Fernando Antolin disse...

Seria bom que Fernando Sousa de Pena não tivesse razão,mas infelizmente tem.Bom seria também que ao invés de insultos e desqualificações pessoais,procurassemos um diálogo que permitisse tirar Almada deste atoleiro,para que justamente nos pudéssemos orgulhar da nossa terra.Não vale a pena,só por amor à cartilha partidária,não querer ver o que entra pelos olhos dentro.Vivo desde 1986 no concelho,já há dez na cidade de Almada e gostaria de poder continuar a recomendá-la,como fiz de início,a amigos.Infelizmente não posso.Ninguém fica diminuído por reconhecer que errou,ao contrário,agora persistir na atitude de "só fazemos bem,tudo é muito bom e quem nos critica é um tipo do pior",faz-nos lembrar tempos que não gostaríamos que regressassem.Esta cidade merecia que a tratassem com o respeito que merece e não como uma coutada de iluminados.

Anónimo disse...

Um natural de Almada que tenha estado no estrangeiro ou num lado qualquer nestes 3 ultimos anos certamente que ao chegar a Almada fica com vertigens tanta transformação para pior terá que ir a um psiquiatra para ver se não está a delirar, com o trasito caótico em sentido inverso com as pessoas todas perdidas e sem paciencia já só querem sair de Almada porque as ruas de maior fluidez está tudo fechado. Com as viaturas estacionadas no espaço canal até os sujeitos das pisas a andar no espaço canal para fugir do transito, espectaculo...Os Comerciantes aflitos pelo facto de não haver transito nem pessoas na cidade. A MES deveria ter vergonha na Cara já enrrugada. Tudo francamente mau. Cá embora Senhora para bem longe e tenha vergonha de si.

maria disse...

Um dia destes entrei num estabelecimento para fazer uma compra e fui abordada por outra cliente que começou a dizer-me que Almada vai ficar muito bonita, outras cidades da Europa também têm um metro, que as pessoas não compreendem, isto é o futuro e por aí fora era só elogios à Câmara e ao metro.
Situação estranha e anormal ser abordada por desconhecida, quando eu não tinha sequer feito qualquer referência ao assunto que me falava.
Levou-me a pensar terá a CMunicipal pessoas na rua para elogiar a obra?
Pensei com os meus botões : Alguma coisa vai mal neste lado errado da margem sul.

Anónimo disse...

Claro que sim...
Nos centros de trabalho do PCP, fizeram autênticas "lavagens aos cérebros" dos militantes, de modo a pensarem todos com a mesma cabeça...
Eu já ouvi o mesmo "discurso" na margem norte...
"Quando estiver terminado vai ficar muito bonito, blá, blá, blá, ...".

Anónimo disse...

Antes verde ou vermelho que laranjinha, xuxialista ou popularuxo das feiras..

Anónimo disse...

Lavagem cerebral fizeram muitos pseudo-bloguistas a muita gente para ser contra tudo e mais alguma coisa que tenha a ver com a Câmara..
Pelos vistos as pessoas até gostaram de ter mais passeios na avenida central de Almada, pois há mais pessoas a andar na avenida.
Saia do seu escritório/quarto e vá ver de facto as pessoas a circularem.
Convêm é abrir os olhos, custa ao principio mas talvez se habitue.
Continuam a haver camelos e gente estúpida em geral em segunda fila para ir beber o cafézinho da praxe em plena avenida principal..
Para quem dizia que não iria ter largura para passar ambulancias ou carros de bombeiros..
Vocês são bons demais para esta cidade, Almada não vos merecem..
Vão-se embora e o ambiente será mais puro..

Anónimo disse...

Estão de volta os guerreiros autistas da Emília, sem argumentos para defenderem "a obra" do regime.
Os munícipes são "camelos e gente estúpida"?
Quem é que mora na rua Mendo Gomes Seabra e vai ao cabeleireiro na Praça do MFA, a 500 metros, de BMW com condutor?
Os passeios ainda não são suficientemente largos para ela e vereadores deixarem os carros comprados à conta dos almadenses e deslocarem-se a pé.

Com que então os munícipes são CAMELOS e gente estúpida?

Onde chegou a desorientação de mentes dos camaradas diante da "obra" da incompetência dos autarcas!

Anónimo disse...

Os comunistas portugueses são brilhantes nalguns aspectos;em primeiro lugar ao criarem os Verdes, ocuparam um espaço politico que era inexistente em Portugal, depois disso, tendo o espaço ocupado, têm uma possibilidade no futuro para fazer a mudança total quando o comunismo não for mais que uma memória. A contradiçâo está no grupo politico,'PCP', que pariu estes verdes, a realidade dos países comunistas é uma agressão constante ao ambiente," veja-se a Sibéria, a China, a Coreia do Norte,a Ucrania", como pode um grupo de ecologistas ser credível quando está aliado a um partido que causou e continua a causar tanta tragédia ambiental? Mais contraditório é verificar que em termos internacionais, quase todos os grupos ambientalistas têm uma vertente de esquerda muito próxima do marxismo que permite fazer uma leitura de congeminação internacional nascida do ventre do KGB numa tentativa de esticar os seus tentáculos para manter talvez as suas estruturas agora debaixo de uma capa aparentemente mais responsável e apelativa.
Oliveira

Anónimo disse...

Cuidado,se não temos o cartão do PCP já não somos Almadenses e fora, o que é que isto ne recodda?

Al-Ma'dan disse...

Os camaradas continuam sectários e cegos: os problemas de Almada são provocados pelos almdenses que não são vermelhos e esses, o melhor é irem embora, pois assim acabam-se os problemas. Efectivamente, esta gentinha não vale nada. Mas, que os almadenses do contra vão embora é de facto o maior desejo desta gente, pois se tal acontecesse, ficariam ainda mais à vontade para desgovernar esta terra que consideram o seu quintal particular.
Sugiro que não lhes demos essa satisfação, e sobretudo porque Almada e os 170.000 almadenses merecem que continuemos a tudo fazer, ainda que nos pareça pouco e com poucos resultados, para elevar a qualidade desta terra com tantas potencialidades que se têm perdido ao longo destes 34 anos.

Fernando Sousa da Pena disse...

Hesitei quanto à resposta, porque me parece inútil debater com pessoas que insistem em falar de uma cidade de fantasia, moderna e exemplar, que só existe nos discursos, nos caríssimos anúncios de televisão e no boletim municipal.

Porque a Almada do quotidiano dos seus cidadãos não é a da propaganda do regime. Aliás, o profundo estado de decadência do concelho contrasta com a ficção senil que tentam impingir-nos. E, esta, por si só, atesta a incapacidade de gestão que, de modo preocupante, mais emerge em cada dia que passa.

Quanto à sugestão de ir embora, também entendo. É própria de uma certa forma de ver a política, fundada numa doutrina que deixou atrás de si muitos horrores na história da humanidade.

Mas olhe que nasci e sempre vivi em Almada. É também a minha cidade. Embora cada vez menos me reveja nela, arrasada que tem sido por um poder local sem norte.

Anónimo disse...

Ao animal anónimo de Outubro 14, 2008 1:59:00 AM só lhe digo:
- Vai apanhar no olho que talvez fiques a ver melhor!

Fernando Sousa da Pena disse...

Ao autor deste blog. É muito bom ter um espaço de debate livre, num concelho em que a propaganda oficial manda muito mais. Compreendo que a discussão seja por vezes acalorada. Mas, por diversas vezes, o único argumento é o insulto. O que me parece corromper o espírito da sua iniciativa.

O anónimo de Outubro 14, 2008 1:59:00 AM e o anterior deveriam ver apagadas as suas intervenções, não por censura mas por respeito para com todos os que desejam debater com seriedade os problemas e o futuro de Almada.

EMALMADA disse...

Faço um apelo para que os intervenientes neste blog não utilizem expressões menos próprias para este espaço público, dirigidas a intervenientes, sejam eles quem forem, mesmo por detrás do anonimato.
Também é preciso estar atento a provocadores cuja existência encapotada é realidade que não devemos ignorar.

Anónimo disse...

Continuam os comentários pouco dignos e educados.
Para se mostrar que temos razão não é preciso insultar seja quem for...
Estes comentários desajustados mostram porque razão esta maioria se vai mantendo! Se subissemos o nível das intervenções alguns não entenderiam...
É uma tristeza viver entre gente desta... de facto emigrar é a solução, já que não vejo hipótese de os desalojar.
Continuam a minar todas as instituições que podem influenciar o sentido do voto. Cada dia que passa é isso que acontece.
Agora foi um chorudo subsídio ao Externato Frei Luís de Sousa... qual terá sido o interesse? Seguramente deixá-los de boca doce que as autárquicas veem a caminho e como diz a czarina, " o caminho faz-se caminhando"... Mesmo com a espada sobre a cabeça, porque o sucessor já está a afiar o dente (até foi pôr dentes novos e compor o visual....) para a substituir, mesmo assim o vício de manipular vai somando e seguindo.
A PONTA DO VÉU

Anónimo disse...

É só xuxialistas, laranjinhas, popularuchos das feiras todos abespinhados com os vermelhinhos..
O que se chama a pessoas que estacionam na avenida principal em almada em segunda fila para ir as compras ou beber cafézinho como vejo todos os dias?
Também já vi acontecer derivado desta situação ambulâncias e carros bombeiros ficarem entalados no trânsito por alguem se lembra de estacionar como lhe apetece..
Chama-se falta de civismo e infelizmente é uma doença hipercontagiosa que também há por este blog infelizmente.

Anónimo disse...

Fernando Sousa da Pena,

Fez mal em ter ficado pela hesitação. Devia ter consumado, no sentido negativo, essa sua hesitação. Isto é, devia ter-se abstido.

Você vem para aqui com generalidades, dando uma imagem "desgraçada" do concelho que diz que é o seu. E com isso, confirma o conselho que lhe dei: se este concelho é o seu, e já sabemos todos que as suas teses e as do seu partido não têm eco na maioria (esmagadora) dos almadenses, e se se sente tão enjoado, tao nauseado, tão infeliz como aqui tem dito, então o melhor (para a sua saúde, nada mais) é obviamente procurar outro local onde possa ser feliz.

Agora, em função daquilo que diz, este concelho pode ser o "seu". Mas que não lhe tem uma pontinha só que seja de amor, isso não tem.

Fez mal em ter ficado pela hesitação, repito.

Anónimo disse...

Um dos temas mas falados neste blog é da limpeza urbana de Almada, ou da falta dela.

Quem quiser pode fazer uma pesquisa no Google por "IX concurso nacional de gestão de residuos urbanos", só por curiosidade.

Almada, que tanto fala em ambiente não ganhou nenhum prémio, ao contrário de outros municípios, com muito menor capacidade económica.

Mas que talvez gastem melhor o dinheiro dos contribuintes, pois claro!

Anónimo disse...

Almada não ganhou nenhum prémio? Mas havia mais do que um prémio? E Almada candiatou-se ao prémio? E ...

Ora aqui está mais uma forma de fazer demagogia barata. Almada não ganhou nenhum prémio no concurso promovido por uma entidade privada no domínio dos resíduos sólidos. Pois não, só uma cidade (no caso vila) poderia ganhar. Uma por cada categoria (havia várias, consoante o número de habitantes). Mas o que é que isso significa, no concreto?

Isto é pura demagogia! Barata! Não brinquem comigo. E vão lá, façam a pesquisa no google e divirtam-se ...

Anónimo disse...

O anónimo 10:49: 00 teve um rasgo de inteligência suprema e escreveu no vazio.

No concreto vêem os almadenses, Almada é o concelho do lixo.

Anónimo disse...

Ainda não entendi bem se o anónimo das 10:49 é um militante reformado (visitante de blogs por passa tempo) ou se tem um tachito qualquer e mais não é que um "desdobramento" do Gabinete de Relações Públicas da MES...
No primeiro caso é bem provável que seja retribuído com senhas de presença, no segundo com umas horitas extraordinárias, por trabalho nocturno...
Não ponha penas no pavão. Não merece a pena...
O lixo está à vista de todos...

Fernando Sousa da Pena disse...

Por acaso entendo que queiram calar as vozes discordantes. Velhos hábitos...

Quanto ao resto, nada mais há a dizer. Se aos factos - muitos! - opta por frases de propaganda, então seja feliz neste seu concelho paradisíaco.

Anónimo disse...

Tanta gente com mãos nos bolsos com conversas de café, diz mal deste, mal daquele..
Mas vocês não fazem nenhum na vida??
Para quem critica tanto a Câmara e tudo o resto é porque tem tempo para dar à lingua..
já compraram o passe do metro ou não? Se já compraram já podem andar de café em café a dizer mal de tudo, especialmente da Câmara..
Vêem como o metro os beneficia?? Podem fazer uma tournée má-lingua por toda a linha parando em vários cafés e enriquecendo o comercio local..
E ainda dizem que as coisas não são feitas a pensar na população mal dizente..

Anónimo disse...

Ná...cá para mim este é o funcionário do partido nomeado para fazer estes fretes.
Isto não é só colar cartazes, também têm que fazer vigilância à população...

Anónimo disse...

Exactamente!
Temos aqui mais um controleiro de serviço, ao serviço do partido...
Nos dia de hoje, um autêntico bufo do antigamente.