sábado, novembro 10, 2007

À Direita ou À Esquerda, a Mesma Dificuldade

Em...Almada, publica de novo, já o fizera em 20 de Setembro de 2007, um autocarro dos TST, face às dificuldades para curvar que encontra na mesma rotunda do post anterior, vindo da Rua Cidade de Ostrava e pretendendo curvar à esquerda para a Rua Ramiro Ferrão, é obrigado a galgar essa rotunda.
Alguns comentadores, defensores de tudo que a CMA faz, não aceitando críticas ao trabalho desta, têm acusado o administrador deste blog de ser de direita.
No post anterior o autocarro curvava à direita.
Para desfazer possiveis equívocos desse tipo, revelamos que não somos tendenciosos e também mostramos um autocarro com dificuldades em curvar para a esquerda.
No caso presente o autocarro até vai ao "centro"... da rotunda!
Será que esses defensores da CMA serão capazes de ficarem mais tranquilos quanto às tendências políticas do EMALMADA e mais concientes das dificuldades colocadas pela rotunda a veículos de maiores dimensões?

9 comentários:

S.O.S. M I S É R I A disse...

Que prazer conhecer mais uma cidade deste lindo Portugal, pois estou eu quase sozinha num site esperando colaboradores, já que o grupo de fundadores não tem muito tempo para ocupar-se, cada um ocupa-se de seus blogues...enfim, vem tomar um café lá no SOS. Te rece beremo com carinho.
Abraço
Alda Inacio

Anónimo disse...

O que é que a estupidez tem a ver com ser de direita ou de esquerda? Há estúpidos nas duas "alas ideológicas", por assim dizer.

O que este autocarro está a fazer é precisamente aquilo para que serve aquela rotunda. Se ela é galgável, ao contrário do que alguém com um QI elevadíssimo disse no post anterior, é precisamente para ser galgada quando necessário. E quando necessário não é apenas em caso de emergência. Para este efeito serve perfeitamente o link aqui deixado atrás sobre Zurich, julgo que pelo Red Devil.

A função daquela rotunda foi e é acalmar o trânsito naquele local específico. E essa função, digam o que disserem, está conseguida. Para além de acalmar o trânsito, reduziram-se em muito os acidentes no local.

Dizer isto não é dizer bem da esquerda e mal da direita, ou vice-versa. É, de facto, uma questão de seriedade e de inteligência (certamente não de QI ...). E mais, caros e caras, certamente não foram os políticos, a quem com a máxima propriedade podemos considerar de esquerda ou de direita, que conceberam, desenharam, estudaram a posição, dimensão e colocação física da rotunda. Foram os técnicos! Portanto, a menos que achemos que os técnicos actuam em função de orientações políticas, e lhes foi dito "concebam a rotunda com este diâmetro e nesta posição" pelos políticos, a maior para dos disparates que aqui têm sido ditos sobre a Câmara Municipal não passam disso mesmo: disparates.

Agora, a questão da direita e da esquerda (e fui eu quem a trouxe para este blog) é outra. Em primeiro lugar, até nem tem muito a ver sequer com partidos políticos. Tem mais a ver com a postura perante a vida. E o que o autor tem demonstrado nos sucessivos posts que vem publicando é uma postura de direita, assumidamente. Digo mais, reaccionária. Porque apenas sabe dizer mal destruindo. Como já aqui disse, nem sequer se trata de crítica, que é salutar e bem vinda. Trata-se, tão somente, de destruir porque se está em oposição.

Ora oposição não é isso. Oposição é sério, é mesmo muito sério. Oposição não é dizer mal por dizer. É ser objectivo e apresentar alternativas. Por exemplo, qual é a alternativa a esta rotunda que o autor do blog apresenta? Nenhuma, nada, zero. Diz mal porque diz mal. Diz mal porque foi a Câmara Municipal de que ele não gosta que a mandou conceber, desenhar e construir. Para resolver os problemas dos cidadãos.

Por isso, sobre direita e esquerda, complemento aqui a minha opinião: o autor deste blog é de direita (pelo menos assume uma posição típica da direita) e é reaccionário - dizer mal apenas porque não se é partidário da maioria é uma posição reaccionária, seja ela adoptada por quem quer que seja.

manuel p. maia disse...

Se aquilo que designam por rotunda galgável não é para ser contornado, deixem de lhe chamar rotunda e tirem o sinal de obrigatoriedade de contornar, porque então todos poderão galgar.O sinal obriga todos.
Em Zurique vê-se "pastilles" não rorundas, não há sinal de obrigatoriedade de contornar.
Não se misture nem se baralhem as duas
Rotunda em francês é "rotonde" é uma placa circular e não uma pastilha.há pastilas circulares, ovais, elípticas. Têm outras funções.
No concelho a asneira está solta para os lados da CMA na matéria de trânsito e querem que seja considerada inteligência superior.

na clandestinidade disse...

A incompetência grassa na Câmara de Almada desde que os lugares de chefia foram entregues à “Família e amigos” da Sr.ª Presidente.
Vejam o que diz o IGAL sobre os últimos “concursos” abertos para as chefias na Câmara de Almada.
O partido já não controla a câmara, a gestão política e técnica está entregue a um grupelho de incompetentes e oportunistas que nada tem a vez com Almada.
Os seus interesses pessoais sobrepõem-se aos interesses do colectivo.

Anónimo disse...

Um "douto" anónimo ao afirmar que quem critica e não apresenta alternativas é de direita (sic), está a fazer-nos lembrar um tempo que já esperávamos encerrado e esquecido no baú dos "tesourinhos deprimentes".
Mas eles de vez em quando, e quando nós os vamos esquecendo, lá voltam á carga.
Ainda não perceberam que a critica, mesmo quando não se apresentam soluções, é salutar.

almadense desiludido disse...

Afinal o anónimo ainda não desistiu de se referir à minha pessoa, o que muito me honra pois sinto-me importante com tanta relevância.

Lá tenho que o corrigir, uma vez mais.
A rotunda ainda em causa foi mandada construir pela administração da CMA.
Os técnicos conceberam-na e os trabalhadores de uma firma ao serviço da CMA executaram-na.
Só falta que o anónimo diga que foram estes trabalhadores os culpados pelo tamanho da mesma.
E é evidente - só não vê quem não quer - que qualquer trabalho feito ou mandado fazer pela autarquia tem que ser fiscalizado.
Se estiver de acordo com o programado, siga para bingo. Se não estiver, rectifica-se.
E eis que surge mais uma pedra a atirar à CMA. A fiscalização limitou-se à assinatura da factura pelo trabalho executado e desde logo fora de questão a reestruturação da rotunda que tanto tem dado que falar e escrever.

Como já aqui foi referido, nenhuma rotunda é para ser galgável. Apenas e em casos de extrema necessidade, os bombeiros as poderão galgar. Mas com cuidado.

E deixe lá o link e Zurich. Já lhe mandei dizer que o exemplo não cola.

Tenha um bom domingo e aproveite o sol. Far-lhe-á bem.

Ah! Não se esqueça que tinha decidido encerrar o diálogo comigo.

Mas não resistiu à tentação, não foi? Mesmo com indirectas ...

João Almeida disse...

Quem viaja sabe que é vulgaríssimo e eficiente:
http://www.flickr.com/photos/lancashire/1105732906/
http://www.flickr.com/photos/didbygraham/335652921/
http://www.flickr.com/photos/40668118@N00/366371391/

JA

Anónimo disse...

Acalmar o transito...diz o anónimo
Quando fizeram a rotunda junto ao tribunal velho, tambem qualquer coisa falhou...Algum tempo depois tiveram de transformar parte do passeio em faixa de rodagem

Duarte disse...

Direitas e esquerda para a gaveta.
A rotunda está bem concebida, o espaço é pequeno e a mesma foi bem conseguida conseguindo desempenhar o efeito para o qual foi feita. As rotundas ditas de galgáveis ou apenas placas giratórias, nem sempre são feitas de lancil de rampa desnivelado, que mts vezes de galgável não tem nada, sendo assim adopta-se uma zona de viragem a pavmento perfeitamente regular e uma zona mais interior em pavimento mais irregular, que dado o desconforto a que circula nessa parte mais central, é evitada a circulação na parte central. Desta forma a zona central é só usada em caso excepcionais (veículos longos e pesados) para curvarem melhor. Dadas as características deste veículos, circular na zona pavimentada ou na zona mais central, de pavimento mais irregular é indeferente.
Consegue-se então evitar aceleras, e condutores mais irracionais, os distraídos ;)