quinta-feira, julho 26, 2007

A OPOSIÇÃO QUEIXA-SE ?

Em...Almada, chama à primeira página um comentário feito neste blog, por um (a) anónimo(a), deveras preocupante para todos os almadenses e que nos deve interrogar sobre os propósitos daqueles que dominam o executivo camarário, para assim procederem.
Parece que nas reuniões de Câmara e da Assembleia Municipal a oposição é muito mal tratada pelos senhores da maioria.
Para um partido político que controla a Câmara e a Assembleia Municipal e que se diz respeitador da democracia, isto é uma vergonha.
Em Almada a democracia foi metida na gaveta pelos autarcas que têm maioria absoluta. Compete à oposição denunciar junto da população, os comportamentos, atitudes arrogantes e ditatoriais destes falsos democratas.
Estamos no "tempo do antigamente" ou pior.
Parece-nos que pior... pelo menos em Almada, porque no antigamente, sabiamos com quem lidavamos, agora estes vestem pele de cordeiro para nos enganar.
(clique na foto para aumentar)
Foto do BM Janeiro 2007
Anónimo disse... "Quero esclarecer o "EMALMADA" que o Ps já apresentou na Assembleia municipal uma chamada de atenção para o problema dos pombos na cidade.... e quem assobiou para o ar foi... adivinhem!
A verdade deve ser reposta e basta de tantos ataques às oposições.Antes deviam ir assistir a uma sessão de Câmara ou da Assembleia Municipal e verão como a "situação" trata os autarcas da oposição.É uma verdadeira falta de respeito.
Na Sessão de Câmara não raras vezes a Presidente nega o direito de intervir aos vereadores da oposição.De uma vez, pelo menos os do PSD até abandonaram a sala em protesto por não lhes ter sido dada a palavra. Só que a comunicação social não dá por essas coisas e depois parece que as oposições não fazem nada.
Por outro lado na AM, os deputados são ignorados quando o assunto lhes desagrada, porque responder seria ter em atenção o que se disse.
Ando a ler o livro da Zita Seabra e ela diz que os que saíam do Partido é como se nunca tivessem existido... Assim fazem com as palavras da oposição... É como se nunca tivessen sido ditas... e a comunicação social, o que faz em relação a isso? Não dá por nada!!!!
Por isso, caro "EMALMADA" antes de criticar as oposições(que o são, de facto)veja bem quem é que bate palmas na AM ao executivo camarário e quem o afronta e depois falaremos. " Quinta-feira, Julho 26, 2007 10:09:00 AM
Nota: no "Post" ao qual o anónimo adicionou este comentário, não fizemos qualquer critica às oposições, embora já tivessemos feito em outros "Posts".

22 comentários:

Joao disse...

Ora muito bem, parece que a ideia aqui é criticar a CDU e apenas a CDU e não, como deveria ser, apresentar soluções alternativas para questões pertinentes. Ao longo deste blog tem-se criticado sobremaneira a oposição, mas bastou um anónimo narrar uma situação, possivelmente hiperbolizada, mas que degrine a condução de uma sessão de assembleia por parte da maioria comunista, para que seja um mote perfeito para atacar a Câmara de Almada.

Capacite-se quem pensa o contrário, que Almada é gerida pela CDU há 20 anos por sufrágio universal, logo significa que os almadenses acreditam na governação CDU. Não será com ataques toscos e muito menos com relatos ressabiados contra a Câmara que mudará alguma coisa.

É certo e sabido que uma maioria absoluta, seja ela a nível autarquico ou legislativo, possibilita ao partido vencedor um controlo maior sobre o plano de prioridades. Isto é lógico. A maioria do PS no Governo faz com que este possa legislar e executar conforme pretenda sem intervenção com impacto por parte da oposição.

Num prisma autárquico, ainda que os cargos de vereação possam ser multipartidários, situação esta que irá ser alterada no futuro em caso de maioria absoluta, a verdade é que a oposição pouco pode fazer contra a aplicação de uma medida pretendida pelo partido maioritário. A isto se chama MAIORIA ABSOLUTA.

Em vez de criticar e de denegrir um partido que detém maioria absoluta, é mais sensato para a oposição tentar investir e convencer o cidadão no periodo de campanha. Certo? Se a CDU é assim tão má, porque razão há vinte anos é eleita para governar em Almada, e ainda por cima com maiorias absolutas?

Ora isto não faz muito sentido se o executivo camarário da CDU em Almada é tão nefasto, segundo os relatos patentes neste blog.

José disse...

Ora aí está, duma penada ficamos a saber que a madeira é um modelo de democracia e de respeito pelas oposições, já que está no poder o senhor A.J.Jardim há tanto tempo que o partido de Almada.
Não vamos comparar os dois porque um é um caso a ser tratdo no foro médico e o outro , o de Almada, não o é.
Mas que dá que pensar, lá isso dá.

EMALMADA disse...

joao
O Sr mostra ser especoalista em caldeiradas demagógicas condimentadas com pitadas democráticas.
Junte a sua à lista da câmara e baixará o preço da demogogia municipal.
Perante tanto trabalho, honestidade e competência vossa, os restantes portugueses estão deslocados neste subúrbio de Lisboa.

Joao disse...

Sr Em Almada

Se se sente tão infeliz em Almada, e se não tem o poder de alterar o sufrágio universal que elege consecutivamente a CDU com maioria
absoluta, nesta "coutada comunista", como o senhor a define, porque não luta pela sua felicidade noutro local?

Desde a primeira vez em que visitei este blog, tudo o que encontrei aqui foram rancor e ressabiamento para com a Câmara de Almada. Não encontrei nenhuma sugestão ou critica construtiva. Apenas maledicência e uma grande vontade de enxovalhar.

O sr Emalmada falou num post anterior em manipulação de imagem e de alteração da realidade urbana para ilustração de postais no site e no boletim municipal. Ora o que o sr faz é precisamente o mesmo mas de maneira diferente. O sr realça com prazer tudo o que possa tornar Almada um sitio mau e feio. Nunca o vi, nem que fosse uma única vez, salientar um local de Almada que fosse bonito e que merecesse uma visita. E olhe que Almada tem tantos...

O que lhe interessa é denegrir a CDU e a sua Câmara Municipal, nem que para isso tenha de difamar, enxovalhar e "manipular" a realidade de Almada.
A Almada que o Sr ilustra neste blog e nas suas fotografias feias, não é apenas as casas devolutas e os caixotes do lixo de Cacilhas que o sr vai a correr fotografar quando estes estão cheios. Almada tem muitos pontos de interesse, muitos locais de rara beleza, e também alguns alguns que de facto merecem alguma intervenção para melhoramento. Agora, pegar somente nos pontos fracos, hiperbolizá-los e explorá-los ad nausium só para atingir a Câmara Municipal.. por favor. Haja paciência!

Sabia que Lisboa não é só o CCB, a Baixa e o Chiado ou o Parque das Nações? Sabia que existem várias casas devolutas, existem Chelas e Alcantara, e o Bairro Alto à luz do dia está completamente vandalizado?

Vamos culpar quem? A Câmara Municipal?

Sabe o que penso? O seu grande problema não é a melhoria de Almada. O Sr nem se importa muito com esta cidade, porque se se importasse, seria notório algum carinho nas palavras quando falava dela. O que transparece são sentimentos de angústia e azedume.

Logo o seu problema é com a Câmara Municipal e com a CDU. Se for isso, por favor poupe Almada à sua guerrinha pessoal e passe a tratar esta cidade com mais respeito porque quer estiver alheio a tudo isto, ao ler o seu blog, vai pensar que o senhor está recluso num campo de concentração.


Bem haja

Bravo disse...

Gostei desta :"ad mausium". Já temos clássicos latinistas na CDU operária. A continuarem assim qualquer dia começam a falar a língua do império ianqui, introduzida nas Escolas Primárias pelo nosso 1º de quem o Prof. de Inglês Charrua também nada gosta, tal a forma como dele falou.
Emalmada aceite o desafio e em vez de abandonar continue a seu trabalho cívico em prol da liberdade e do pluralismo como melhor entender. Almada é de todos os que cá nasceram, ou para ela vieram morar, sejam ou não apoiantes da CDU. Deixem-se de ameaças ou convites à mudança. Fica mal.
E a infeliz referência aos campos de concentração a quem quer respirar liberdade e que situa o debate no campo do politicamente correcto merece o meu repúdio.
A teoria da denegação talvez explique o surgimento de tal expressão discursiva. Que a vontade individual se limite a sê-lo. Mas há coisas que doem de ler.Viva a liberdade de expressão!

blue eyes disse...

Sabe o Sr. João que apesar de não ter força, por inferioridade numérica pode, e deve, fazer constar em acta a sua posição sobre qualquer assunto.
Já leu as actas? Conferiu alguma postura da oposição no que a isso diz respeito?

A credibilização do poder não se faz pelo tempo de duração mas pela qualidade da mesma ou, infelizmente neste caso, pela falta de alternativa credível.
Ou acredita que a maioria é mesmo maioria?

O que quer o senhor dizer quando "convida" outro ser semelhante a si a mudar de terra?
Eu sou almadense e não mudo. Porque o havia de fazer?
Explique lá essa teoria, se faz favor.

Não veja nas minhas palavras qualquer animosidade mas gosto de esclarecer e ser esclarecido.

Cumprimentos.

Joao disse...

Boas tardes a todos

Parece que o post que deixei causou algum incómodo. Pois claro que sim.
O mais engraçado é que foram precisamente agarrar-se ao que é menos relevante no meu texto: quem está mal, muda-se! É apenas uma expressão muito utilizada. Não vale a pena agarrar-se a ela e desconstrui-la como é costume fazer-se quando não tem argumentos.

É uma verdade que o propósito aqui é enxovalhar quem trabalha e quem foi eleito por SUFRÁGIO UNIVERSAL!

Qual é a parte do sufráfio universal que é custosa de perceber?


Disse ainda que a maioria não é absoluta? O que quer dizer como isso? Que existiu uma grande abstenção? Então nesse caso, em vez de tentar denegrir, ofender e espernear como fazem os meninos birrentos que não podem brincar como gostariam, toca a trabalhar e a fazer uma boa campanha para convencer os almadenses que vale a pena ir votar.


Agora se com uma boa campanha e uma oposição de peso, a CDU continua a vencer... bem meus amigos, nesse caso não há dúvida: A CDU e a sua Câmara Municipal são excelentes mais valias para Almada.

Bem haja

Joao disse...

Sr Bravo

Quem lhe disse a si que eu sou da CDU e versado em latim? Está a tirar elações muito rapidamente.

Simplesmente observo o que me rodeia, e parece-me positivo o trabalho da CDU em Almada. Porque não o consideraria?

Pela polémica do metro de superficie? Ora bem, no Porto há uns anos , com uma Câmara PSD passou-se exactamente o mesmo que se passa em Almada. Mais tarde todos ficaram satisfeitos.

Compreende que eu deveria desconsiderar o trabalho da Câmara de Almada pela intervenção da ECALMA e pela redução do estacionamento? Não me parece. O trabalho feito é muito positivo. Não só é necessário, como deveria ter sido feito há muito mais tempo. Há que acabar com esta falta de noção de estacionar onde calha e sem consequências. Existem parques subterrâneos com bastante espaço e que não são utilizados. Existe ainda a possibilidade de alugar, a residentes, o dito estacionamento subterraneo por um valor bastante reduzido. Mas não. As pessoas acham que devem estacionar no passeio e de preferÊncia de graça. Isto passa-se em mais algum lado? Por favor...

Outro louvor que reconheço a esta Câmara Municipal é o batalhar febril pela implementação do Pólis na Costa. Este projecto foi adiado durante anos, mas finalmente está em execução. E está porquê? Porque o Governo acordou bem disposto e com vontade de gastar? Não. Foi porque o executivo camarário bateu-se para o arrancar do projecto.

Este Pólis na Caparica é um projecto megalómano que custará duas vezes mais do que qualquer outro Pólis. E no final, ainda se descobre que a Câmara Municipal de Almada consegue apresentar excelentes contas. Tão boas que pode ser credora de outras Autarquias. É assim que deveria ser com todos, meus amigos.

Tenham muita paciência, e apesar de eu não ser filiado em coisíssima nenhuma, considero o trabalho da CDU como exemplar.

Bem haja

blue eyes disse...

Quem é que não tem argumentos, Sr. João?
Você disse o que não queria dizer, quando escreveu "quem está mal, muda-se"?
Então sugiro-lhe alguma reflexão antes de deitar cá para fora o que não deve.
Argumentos? Refere-se a quê? Serão necessários muitos argumentos para deitar abaixo a sua prosaica e mediana intervenção?
Nem faz falta um gesto desses.
Os factos e os actos falam por si.

Sufrágio universal? Onde, Sr. João?
Que parte das eleições é que o senhor não entendeu?

Esta frase sua é uma pérola. Cito:

"A CDU e a sua Câmara Municipal são excelentes mais valias para Almada".

A CDU e a sua Câmara? Mas a Câmara pertence à CDU ou é governada por elementos que dizem pertencer a essa coligação?

Que confusão reina na sua cabeça, amigo.

Não entre por aí.
Não quero tirar-lhe a pouca razão que lhe vislumbro, aqui e acolá. Mas há coisas que não lembram a ninguém.
Ou o senhor também "engolui" a cassete?

Cumprimentos.

blue eyes disse...

Senhor João

Os louvores não se reconhecem, dão-se ou fazem-se.

Pólis? Acha que é agora? Eu afirmo que não!

Quem disse que todo o trabalho da CDU em Almada foi negativo?

Polémica com o MST? E acha que não há razão para polémica? Conhece o dossier? Se não conhece, não se pronuncie.

A ECALMA a fazer um bom serviço?
Onde? Quando?

Imagino já que não vivemos na mesma cidade.
Só falta que o senhor diga que Almada é uma terra limpa, cujas vias rodoviárias não têm um único buraco, e outras coisas que se conhecem.
Estou certo que o meu caro não está a considerar Almada apenas como cidade. É que Almada concelho tem 11 freguesias e quase todas estão empobrecidas.

Afinal esta governação CDU faz trabalho de fachada? Não quero acreditar mas, pelo que vejo...

Senhor João

Tem, naturalmente, direito à sua opinião. E, sendo ou não filiado em coisa nenhuma, nada o obriga a seguir a "voz do dono".

Cumprimentos.

Fernando Sousa da Pena disse...

Sem querer esmiuçar em espaço exíguo - mas de saudável liberdade - um debate de anos, gostaria apenas de acrescentar dois pontos.

Em primeiro lugar, uma maioria absoluta em sucessivos sufrágios não pode ser ignorada. E pelo que pude constatar no exercício de um mandato na Assembleia Municipal, a oposição não tem sabido oferecer alternativas credíveis. Poucas ideias, falta de visão estratégica global para o concelho, paradigmas de desenvolvimento urbano obsoletos, candidatos sem chama.

Mas do mesmo modo não se deve confundir maioria aboluta com reconhecimento público absoluto. Deixe-me explicar, Sr. João, se estiver disponível para ler, que o nosso modelo de financiamento autárquico é perverso. Por exemplo, mais de metade das receitas ordinárias da CMA provêm do sector imobiliário. E a lógica é esta: construção a eito (opção claríssima no PDM), que gera muitas receitas, com que se faz obra de "encher o olho", que conquista muitos votos. E depois lá vem o Pólis, de méritos muito discutíveis, mas que é um óbvio atestado de incompetência ao poder autárquico.

Em segundo lugar, Sr. João, o que pôde fazer neste espaço - contradizer, contestar, reclamar, explicar - nem sempre é possível nos espaços de pura propaganda financiados pelos contribuintes. Designadamente, o Boletim Municipal é campanha eleitoral contínua e nele não há lugar a contraditório. E não é mérito da CDU, mas erário público. Recordo apenas que noutras autarquias (não da CDU, note-se), o boletim tem espaço para a oposição (vereadores, deputados municipais) e para a população.

Portanto, se a maioria tem aspectos muito positivos no seu trabalho e se a oposição necessita de encontrar um melhor rumo, a verdade é que o exercício das suas tarefas é fortemente condicionado pela perpetuação de um aparatchik que ao longo dos anos tem confundido a Câmara Municipal com o partido e que dispõe de meios de propaganda muito desiguais.

EMALMADA disse...

Oh Senhor Joao deixe de falar em CDU e fale PCP, seja realista e objectivo.
Para além de máscara o que é a CDU?
Falar de coisas bonitas de Almada feitas pelos actuais autarcas? Onde estão?
Criticar sim, porque para fogo de vista e demagogia barata já basta o Boletim Municipal e o Sr. joao.

O Sr.joão deve ter uma coceira à flõr da pele e para isso nada melhor que um bom creme antipruriginoso com emoliente adequado, complementado com um relaxante que ajude a digerir as críticas.
Então o Sr quer escorraçar os almadenses que estão na sua terra e que criticam com toda a legitimidade a má gestão do município?
Afinal o Sr. também é daqueles que se julgam donos de Almada.
Há que fazer criticas e deixar de ter medo de criticar.
Só por algum complexo de deficiente formação cívica é que há quem não aceite criticas.

Almadense disse...

Este blog é simplesmente um autentico esgoto, onde escorre MERDA e acima de tudo tem como proprietário um CAGALHÂO.
Cheira tão mal que nem merece ser visitado, quanto mais comentado.
É pena que se ande a ocupar espaço na blogesfera com blog tão nojentos, onde a credibilidade das suas postagens seja uma autentica FARSA.
EMALMADA é uma corja de MENTIROSOS.
Este palhaço que dá por nome Blue Eyes é tão cobarde que para além de GAY assumido nas ruas de Almada, anda agora armado em moralista.

EMALMADA disse...

almadense
Não se desoriente.Estabilize-se.
Nós continuaremos com calma e sem reagir aos seus (vossos) insultos a pugnar por Almada, indifentes à vossa verborreia.
Uma vez produzidos por quem os produz e para o ar, acabarão por cair em cima de vós(os insultos), dado que ao vosso lado só estão vocês.

EMALMADA disse...

almadense
julgo que que você não é um alamadense verdadeiro.
Um verdadeiro almadense não usa tal vocabulário indigno.
Você deveria ser comedido na sua postura e conduta na defesa das razões que diz ter.

EMALMADA disse...

Deixe de assinar por "almadense" porque isso constitui um insulto e agressão aos almdenses.
Não abuse dos almadenses!

blue eyes disse...

O almadense, salvo seja, não me parece ser uma pessoa normal. Por isso, tenho que lhe conceder um desconto.
Mas não posso deixar passar certas coisas ditas por seres que de vez em quando, de tempos a tempos, (re)aparecem, não acredito que mandatados. Mas que não sabem o que dizem, lá isso não.

Perdendo um bocadinho do meu precioso tempo, sempre lhe digo que deve evitar a ofensa.

E se este blogue é, como diz, um esgoto, o que anda você aqui a fazer? A alimentar-se? Só pode.
E não ofenda os palhaços. Nem os gays. Cada macaco no seu galho.
A propósito de galho. Qual é o seu?

Bravo disse...

Saúdo a entrada do Sr. Fernando Pena pelo enriquecimento que trará ao debate neste blog. A sua visão ecológica e ambientalista dos problemas do Concelho poderão ajudar-nos a pensar nas melhores soluções para os problemas do Metro e da Costa. A degradação no Ginjal continua: depois de levarem os fios de cobre, agora até os candeeiros desapareceram. Será que a autarquia ou a EDP têm algo a dizer?

Jac disse...

My host country has blocked me from traslating your page. I have send an objection regarding this. I am sorry.

I dunno if there is any other way to read it.
Thanks for your deffort.

aviador disse...

È só para informar que nasceu um novo blogue sobre Almada

www.alma-da-nada.blogspot.com

José disse...

Os vários problemas de Almada não se resolvem, como é bom de ver, com os blogs, mas quando a única alternativa é o uso deles, então devemos saudá-los e fazer deles um instrumento.
Penso que não devemos responder a quem de uma forma reles vem para estes foruns de discussão dizer o que lhes vai na "alma" ponto final.
As várias oposições que temos em Almada é que não têm tido, ou força ou saber, para desmascarar duma forma eficiente estes anos de "enganos", porque com papas e bolos se enganam os tolos...e o pcp é mestre nisso.
Boa noite.

Fernando Sousa da Pena disse...

Agradeço o simpático cumprimento, provavelmente de um ex-colega de Assembleia Municipal, que me confere uma responsabilidade adicional.

Creio que os comentários agressivos que aqui foram deixados falam por si e dar-lhes importância já é muito mais do que aquilo que eles merecem. Mas que o seu autor pelo menos veja a tremenda diferença. Neste espaço deixam-no fazer uso da sua liberdade até para o insulto. O que seria inconcebível na cartilha marxista.