terça-feira, julho 10, 2007

A 1ª das 7 Maravilhas da Gestão Municipal

Em...Almada, apareceu um painel publicitário que nos deve levar a pensar no que somos e queremos para Almada enquanto munícipes deste concelho da margem esquerda do Rio Tejo, frente à Capital, embora "distante" de Lisboa.
No Centro Sul somos surpreendidos com um"tranquilizante" super painel esponja para apagar o menos bom e os males de Almada:
(clique sobre as imagens para aumentar )
"Somos o primeiro. Somos Solidez" Traduz um um embuste e contraste se olharmos para a Almada real, por exemplo : Antigo Quartel dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas, adquirido pela CMA há dois anos, encontra-se neste estado: Almada Velha, encontra-se em acentuado estado de degradação, com muitos edifícios em ruínas o que dá uma péssima imagem da zona e da qualidade da gestão e conservação do património urbanístico do concelho:
Prédio que se encontra parado na Rua da Liberdade há alguns anos, correndo versões dentro do mesmo tema, sobre as razões que levaram o proprietário, segundo parece um grande comerciante de Almada a suspender a edificação: A higiene e limpeza urbana continua a ser uma chaga do calvário diário de quem circula a pé pelas ruas e avenidas de Almada. Se nos referirmos a zonas menos expostas a situação agrava-se: " Somos o Primeiro. Somos Solidez" Solidez em quê ? Para quê ? Para Servir quem? Com que sacrifício dos residentes deste concelho? Recuemos um pouco no tempo e recordemos que quem hoje diz isso:
- é capaz de ter criticado um governante de outros tempos, que tendo umas boas toneladas de barras de ouro como reserva, nos cofres do Banco de Portugal, um escudo forte e as finanças equilibradas, mantinha o país atrasado, pobre e o seu povo a viver com dificuldades, submetido à vontade única, também dita democrática, que se manteve por quatro décadas (nada de confusões, não estamos a elogiar esse governante!),
- já se esqueceu que em Janeiro 2007 o Semanário "Expresso" colocava Almada num "honroso" 34º lugar no Ranking das 50 melhores cidades portuguesas para viver,
-já se esqueceu que em 30 anos a Costa de Caparica viu degradar as suas excepcionais condições naturais e seu potencial atractivo de zona turística e praia de qualidade da Grande Lisboa,
-já se esqueceu quem em Almada a tributação da derrama é elevada,
-esquece que nas tarifas associadas ao consumo de água de abastecimento, o montante pago é superior ao valor do gasto em água,
-esquece que o custo da construção em Almada é dos mais elevados do país, reflectindo-se esse custo no preço dos apartamentos e no valor do IMI a pagar anualmente ao município, (todos os custos inerentes à construção, sejam eles quais forem vão sair do bolso dos compradores),
-esquece que em Almada os transportes públicos são caros e servem mal a população,
-esquece que Almada está a perder gente jovem e condições para atrair novos residentes,
-esquece que o número de habitações e lojas à venda em Almada está a aumentar,
-esquece que a actividade comercial de Almada está a entrar em situação agonizante.
À custa de quê e de quem se é primeiro "em boas contas"?
Daí se compreenda aquele "Obrigado Almada"
De facto só alguém estranho a Almada e que vê Almada como fonte de receita lhe pode agradecer o sacrifício. Só Pode!
Há quem tenha bons carros, exiba aparente desafogo económico,mas em casa viva na miséria, não faça uma alimentação/gestão variada e equilibrada, não tenha práticas diárias de higiene, mas use "bons perfumes" para desfarçar os maus cheiros....
Esta não é a Almada dos Almadenses !

29 comentários:

MASTER JAY disse...

Isso é tudo birríce/dor de cotovelo? Será o sr. cego? É provável..Acorde primeiro, fale depois..

Anónimo disse...

Boa, boa, "EMALMADA"!
Isto é um verdadeiro rol de misérias contrapostas à demagogia do que se vê das janelas do edifício do Largo do Município...
Hoje vão ser oferecidas medalhas a alguns Yes-Men ... sugiro que se ofereça à presidenta uns binóculos para ela ver mais longe!

blue eyes disse...

Quem chama cego a outro estará a ser incorrecto para com os cegos.
Senhor Gay, perdão, Jay, não se enerve.
As coisas são o que são e como são.

O Boletim Almada constitui, na sua mais recente edição, uma aberração jornalístico-municipal.
E também lá vem essa frase: "somos o primeiro". Provavelmente inspirada na RTP. Lá vai o Município ter que pagar direitos de autor.
Somos realmente o primeiro em muita coisa. Boa e muito má.

Contudo e se me permitem, esta não é a minha Almada.
Eu nasci cá. Os "patrões" não!!!

EMALMADA disse...

master jay...
Informo que a fala foi produzida enquanto acordado e observador da realidade.
Falar a dormir para as realidades de Almada, é a prática e o que está nos planos de algumas conhecidas pessoas desta autarquia.

EMALMADA disse...

anónimo (a):
Estas são algumas das misérias que conhecemos.
Provavelmente existem outras e maiores, que desconhecemos.
Os contributos são bem-vindos e enriquecem a participação e intervenção do cidadão em benefício de todos.
Hoje talvez alguém, maliciosamente, ofereça à Srª Presidente uns binóculos virados ao contrário para que ela continue a ver os munícipes muito pequenininhos,supostas criancinhas...

EMALMADA disse...

blue eyes:
Tive oportunidade de folhear hoje o Boletim Municipal. Concordo com sua análise.

Ponto Verde disse...

Também vi o painel e fotografei para comentar, não há pachorra para estes politicos. E no Seixal vão pôr que ali não se têm portado bem e que a autarquia está na Banca-rota! Sinceramente.

José disse...

Há qualquer coisa de estranho em tudo isto, senão vejamos.
Qunado o Governo aperta o cinto dos Portugueses, pondo em primeiro lugar o combate ao défice, o partido da CMA, grita, barafusta, eu sei lá que mais.
Mas quando uma Câmara desse mesmo partido, se vangloria de combater o défice das contas camarárias, a coisa já é épica?
Afinal em que ficamos?
"Há vida para lá do défice"???????
Algo vai mal no reino...de Portugal!

EMALMADA disse...

ponto verde
Para nos tramarem, eles não dormem. Dão-nos doses sucessivas de entorpecentes.
Por isso, é preciso estarmos atentos.

Nacho Chupa-mos disse...

Tanta dor de corno que para aqui vai, tanto ressabiado que barafusta ahahahah..
Pois é, já lão vão muitos anos que a Câmara de Almada é CDU e tem feito obra!!!
PS, PSD, CDS E BE nem têem chance porque o Povo sabe reconhecer o trabalho da Câmara.
Bem podem barafustar, difamar, caluniar e injuriar mas contras factos não há argumentos...
Está lá escrito preto no branco as contas da CÂmara de Almada no Tribunal de Contas!!
Isto aqui não é Lisboa, nem Felgueiras ou Salvaterra de Magos, nem Marco de Canavezes amiguinhos corruptos :)
Almada é exemplo financeiro!! E muito mais..
Abram os olhos seus tolinhos.

Anónimo disse...

Para o anterior interveniente que pense nisto.
A "outra senhora" também tinha boas contas mas o povo passava fome e vivia na miséria, segundo vocês diziam.
Para lá disso é preciso ver de onde vem e como vem o dinheiro.

blue eyes disse...

Oh senhor nacho...
Você é outro doente.
Como têm sido conseguidas as tão badaladas receitas que levam a CMA ao topo da classificação?
Ou será que estes senhores ocupacionistas têm algum cofre com barras de ouro, como o "outro" tinha e do qual os senhores do seu tipo tão mal disseram?
Pense no que acabou de escrever. E vai sentir-se muito mal. Ai vai vai.

Luana disse...

Tanta hipocrisia que até agonia...

Boas contas?

A CMA tem-nas certas do ponto de vista contabilístico, não se nega. Entre o "deve" e o "haver" o saldo é positivo em termos financeiros... nada mais!

Isso não significa que os cofres do município sejam bem geridos do ponto de vista sócio-económico.
Ou seja, feita a análise de qualidade, ponderados os custos-benefícios da estratégia política adoptada, a posição da CMA no ranking desceria, certamente.

Basta ver a forma como se desperdiça o dinheiro dos contribuintes levianamente: que benefício traz a Almada (à sua população, entenda-se) afixar cartazes de pura vaidade por algo que não passa de uma falácia (boas contas não é sinónimo de boa gestão)? Quanto terá custado aquele material (grafismo, execução, afixação)? Não seria melhor empregue noutro lado?

Se isto é motivo de regozijo... andam mesmo cegos...

EMALMADA disse...

Os camaradas camarários ou municipalizados já estão estrebuchando por tudo quanto é sítio. Esquecem-se do que dizem porque o que é defeito nos outros se for feito pelos camaradas é ou terá de ser sempre virtude!
É por isso que são tão parecidos em muitas coisas.
Já são notórias as contradições e muitas vezes disfarçam mal, apesar de se esforçarem.
As limitações vão aparecendo. Reconhecimento é devido.

Anónimo disse...

Almadenses temos de começar a ver e observar tudo o que temos à nossa volta. Senão o fizermos mais dia menos dia estamos a afundarmo-nos neste atol de podridão autárquico

blue eyes disse...

Não duvide, caro anónimo.

Anónimo disse...

Uma correcçãoà gralha:
~Senão... deve ler-se: Se não..
Aceitem esta desculpa!

José Lourenço disse...

A verdade é que não temos vergonhas em Almada como se revelou em vários municipios. Segundo a ordem de ideias nesta string de comments, boas contas não significa qualidade e boa gestão.. que jeitoso! Então, vigarice e vamos "encher os bolsos", pode significar uma boa qualidade e uma óptima gestão?

Tenham dó. Se viesse à opinião pública que havia deficit e que a Câmara de Almada andava a desviar dinheiro, não faltaria...
É uma pauzinho de dois bicos não é?

Mas uma coisa é certa: Se a gestão da CMA fosse vergonhosa, a CDU não venceria tantas vezes as eleições. Recuso-me a acreditar que os eleitores de Almada sejam todos cegos ou parvos. Querem fazer uma aposta sobre quem vai ganhar as proximas Autarquicas? Era capaz de ser um jogo giro :)

EMALMADA disse...

Vergonhas reveladas ou vergonhas não reveladas serão sempre vergonhas vergonhosas que não dignificam ninguém.
Embora nos pareça que algumas pessoas andem perseguidas pelo fantasma do "encher os bolsos" há muitas maneiras de fazer contas para apresentar resultados positivos.
Empresas há com má gestão e que só apresentam contas positivas porque venderam património, não é verdade?
Mas isto é só um exemplo, nada mais, porque outros existem.
A maioria da CDU de facto é uma maioria absoluta, se calhar porque não houve recontagem dos votos.
Até é maioria absoluta só com 20,4% dos votos dos eleitores inscritos.
Em termos de reprentatividade, diga-se que não é muito saudável...e aconselharia a terem mais respeito pelos munìcipes.
79,6% dos eleitores não votaram CDU.
Perante a ajuda que as oposições estão dando à CDU, a população almadense tem razões mais que suficientes para se abster e assim permitir que só os votos dos fiéis convocados sejam suficientes para uma reeleição CDU pela negativa!
Será mais uma com 20% e Almada a afundar-se cada vez mais, infelizmente!
Quem conhece Almada e o país sabe bem do subdesenvolvimento e do caos existentes por estas bandas do concelho de Almada.

aviador disse...

Venho saudar o EMALMADA.

Também fiquei admirado (?) com o dito cartaz.

Solidez financeira era o que não faltava ao anterior regime autoritário.

Será que a presidente virou ?
NADA ME ADMIRA

Continuemos a lutar por ALMADA

Também vou fazê-lo no meu recente
Blogue www.malaviada.blogspot.com

Para já as criticas ao Festival de Almada. Mas preparem-se pois tenho muio em carteira.

blue eyes disse...

Caro Jose Lourenço
Até sou capaz de ir no seu jogo.
Vamos nessa?
Sugira a melhor forma.
2009 fica já ali. Sabemos que 2008 vai ser um ano de investimento no populismo e nas boas ideias. Para ganhar balanço. O dinheirinho, nosso, eventualmente poupado, vai servir para os meses dourados, em que a autarquia tudo vai fazer para apelar ao voto, o que seria um mal menos não fosse mais um gesto de tentar enganar o povo.
Mas olhe que o povo começa a abrir os olhos e os tais 20,4 % que o "emalmada" referiu são bem capazes de diminuir...
Cumprimentos

Lourenço disse...

Tem muita razão quando diz que Almada e o seu Concelho tem má fama. Mas sempre a teve por razões históricas. Não é um apanágio tornado possivel pela gestão CDU da CMA.

A degradação de alguns espaços, que este blog tão bem sabe apontar, sem apresentar soluções ou opiniões construtivas, diz mais sobre a conduta de algumas pessoas, do que propriamente sobre a gestão camarária.

A margem esquerda do Tejo sempre foi terra de gente simples e dedicada à labuta. Nunca teve o prestígio de Lisboa e da linha de Cascais, que desde tempos remotos sempre manteve o seu elitismo upscale. Este status quo da linha de Cascais não nasceu com certeza das gestões camarárias PSD de há 30 anos. Foram sobretudo razões históricas que condicionaram o seu presente.

É mais fácil gerir e fazer brilharete em terras que desde sempre foram priviligiadas, quer a nível de investimento privado, público e de elite. Não há muito a errar aqui, para mostrar retratos coloridos e bonitos.. ou melhor, até há, porque Lisboa é uma vergonha em termos de gestão dos dinheiros públicos. E todos sabemos que uma Câmara não deve depender completamente do Estado. Deve sobretudo saber gerir a sua autonomia e empowerment.

Almada por sua vez, foi uma terra da classe trabalhadora sem direito a marinas, palacetes e casas solarengas, mesmo que geograficamente sempre tenha possuido vantagens paisagisticas inquestionáveis.
Almada sofre o estigma de ser terra de gente indigente e iletrada, mas na verdade a maior pobreza de todas, é a pobreza de espirito de muita gente que não ama a sua terra, e critica por criticar.

José disse...

Quando um dia não exercermos o n/ direito de cidadania, ou seja, ver, estar atento, criticar, apontar soluções, então não vale a pena estarmos aqui.
Os blogs servem para isso mesmo, dado que face à subserviência dos jornais e jornalistas, pelos vários poderes, só publicam aquilo que lhes convém, ou que não podem fugir.
Do que eles gostam mesmo é dum bom tiroteio, com uns mortos à mistura , se possivel, ou então dum valente corte de estrada (a ordem pode não ser esta, está claro). Quanto ao que está certo ou errado, enfim , isso fica para depois...

EMALMADA disse...

O sr. lourenço deve ter o trauma esquerdista negativista "complexo de classe trabalhadora" e de certo, ou não é de Almada ou não conhece as gentes de Almada,ou segue uma qualquer cartilha politico-partidária, daí perder-se num arrazoado inconsequente.
O sr. devia dizer o que escreveu aqui, a alguns almadenses de gema que infelizmente já nos deixaram e veria a resposta que lhe davam.

EMALMADA disse...

Sr. lourenço as soluções para resolver alguns problemas devem ser encontradas pelos eleitos em sintonia com a população.Para outros problemas terão de ser os eleitos a encontrá-las, mas sempre no respeito pelos eleitores.Afinal não foi para isso que foram eleitos?... Para resolver problemas.

blue eyes disse...

Sr. Lourenço
Será por isso que Almada teve que esperar por gente que veio de fora (nenhum dos governantes é almadense) para evoluir (?) no tempo e no espaço?
Não estamos em tempo de demagogia, embora seja de realçar quem sempre "deu o litro" pela sua terra.
Almada deve muito a essa gente simples e deve pouco, quase nada aos "foreigner"...

Anónimo disse...

O que se passa de mau em Almada é nada mais que incompetência primária e consequente má gestão.

Fala-Verdades disse...

O vosso problema é não terem espaço para se infiltrarem, e a CDU hermética como é, não é amiga de orientar tachos. Era melhor se a CM fosse PSD não era?

É assim meus amigos! Se a Politica fosse levada pela maioria como um Dever, um Gosto, Um talento e um Dom... a vida seria bem melhor. Agora, ser vista como um trampolim de caça ao tacho.... as coisas correm mal, e Portugal não sai desta fantochada.

Passa-se isto com PS , com PSD e CDS que são os piores na arte da tachada, e com certeza a CDU também.

Agora, pelo menos na CDU, ninguem se mete na politica por dinheiro. Sabiam que eles não usufruem dos lucros de um cargo executivo? Ah pois é, vai tudo para o partido e não ha luxos nem vivendas nem piscinas. Desta forma, que se mete na Politica, vindo da CDU, para ganhar dinheiro não é de certeza!

EMALMADA disse...

Oh fala-verdades,
o disco está falhado ou é dos soluços de dor de de ver as misérias de Almada?