segunda-feira, setembro 01, 2008

Almada Foi Sacrificada

Em...Almada, a Câmara Municipal não representa os munícipes. Os autarcas defraudaram o mandato que os eleitores lhe conferiram.
A Câmara Municipal representa apenas os detentores do Poder Local.
Representa-se a si.
Constitui uma estrutura do Poder instalado, divorciada da realidade, das necessidades do concelho e dos almadenses. A falta de consciência moral dos cidadãos fundada em direitos individuais, existente na sociedade antes do 25 de Abril de 1974, gerou uma falta de consciência moral colectiva e criou um vazio social que levou os cidadãos a ficarem sujeitos abusos do Poder praticados por oportunistas que se aproveitaram da situação para assaltarem a cadeira do Poder, por via eleitoral, em nome da defesa dos direitos das populações. Atingido o objectivo, esqueceram-se de tudo que antes disseram e prometeram.
Mudaram de rumo e a prática já não corresponde ao que antes haviam dito. Os resultados estão à vista na imagem de um concelho degradado, na miséria e no subdesenvolvimento social e urbano galopantes. Almada vive momentos difíceis. Almada encontra-se destruída. O principal eixo viário da cidade correspondente à zona da cidade com maior movimento de cidadãos foi transformado num canal ferroviário para transportar trabalhadores, de manhã para Cacilhas (barco) e para comboio no Pragal em direcção aos seus locais de trabalho e à tarde, de regresso a suas casas. Os seus habitantes foram sacrificados a ficar com piores acessibilidades, a terem dificuldades para usarem suas viaturas e o comércio local foi destruído. Almada deixou de ter vida.
Seus habitantes passaram a ser explorados, a ser financiadores de um metro de superfície somente útil à empresa exploradora e àqueles que ganharam dinheiro fácil(mente) com o negócio. A orografia da cidade foi alterada para pior. As ruas e avenidas estão transformadas num conjunto contínuo de mini caminhos, de lombas, de planos inclinados, carrocéis e mini montanhas russas, para automobilistas e peões. Devido à implantação do MST, à fuga dos almadenses do centro de Almada à desconfiguração da sua zona central, à saída de serviços para a periferia e à agonia do comércio local, as alterações provocadas na vida da cidade deixaram em Almada a imagem de um desastre ambiental urbano, resultado da incompetência de seus autarcas. Almada já não é uma cidade.
É um ridículo acidente orográfico urbano.

60 comentários:

Anónimo disse...

Os almadenses tiveram azar.

Anónimo disse...

O Comercio local de Almada está de facto em agonia enquanto a Senhora Presidente apresenta saldo positivo no ano económico. Fica gloriada! Parabens MES conseguiu o objectivo a destuição e a miseria. 25 de Abril sempre para si e para os outros que sentem a tal agonia acima referenciada?... Minha Senhora não tenha apego ao poder até ao fim, até porque já consegui atingir o seu objectivo, fome e miseria dos comerciantes. Numa palavra rápida. Vá embora....... JÁ TEM RUGAS DEMAIS.

Anónimo disse...

Tá bem abelha..
Se fosse do PS ou PSD já era a maior de certeza..
Os velhos do Restelo multiplicam-se infelizmente, mas contra factos não há argumentos, ou quem votou na actual Câmara é tudo burro, analfabeto ou não conseguem ver o que certos "iluminados" conseguem alcançar??
É por isso que o pais está assim, 34 anos de PS, PSD e CDS destruiram por completo este pais..

Anónimo disse...

Se o MST fosse concebido para servir os Almadenses, serviria o Hospital GARCIA DE ORTA, o Bairro do PICA-PAU AMARELO, etc., em suma, serviria o povo, todos aqueles que dele efectivamente precisam...
Com a imposição da Presidente da CMA, temos um comboio regional que apenas serve para ligar os diversos centros urbanos (Almada, Seixal,Moita, Montijo, Alcochete, etc...)
No futuro que se aproxima, estão a ver um qualquer turista que visita Lisboa (por exemplo o BIL GATES, quando vier mostrar o Oceanário de Lisboa aos netos, tal como já fez com o filho), aterra no Aeroporto de Lisboa (ALCOCHETE) "apanha" o comboio regional em sentido inverso (Alcochete - Almada), e cá está na nossa linda cidade...
Assim é que é, CASTIGAMOS" o turista, pois, antes de chegar a Lisboa, pode apreciar o "PROGRESSO" de Almada... cidade na qual, à falta de imaginação (formação), uma "competentíssima" equipa de autarcas no pós-25 de Abril, "plantou" o MST no coração da cidade, DESTRUINDO-A...
Só restarão esplanadas, comerciantes falidos e idosos a verem passar os comboios...
Os comerciantes mudandam-se...
Os idosos morrem...
Os actuais autarcas reformam-se e "refugiam-se" nas suas terras natais (Alentejo e Algarve...
Ficaremos então com um museu arqueológico urbano para mostrar os devarios do poder político reinante há trinta anos em Almada, museu que já conta com "belíssimos" exemplares de edifícios ao abandono, como este blog vem mostrando de forma isenta e exemplar (as fotografias não enganam)...

OBSERVADOR disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Conversando com um cidadão Almadense, comunista convicto, reformado e com uma informação mediocre,ácerca das alterações de trãnsito que lhe retirou os autocarros que lhe permitiam movimentar-se de ao pé da porta para todo o lado, informou-me com ar grave, "estas alterações não são da responsabildade da M.Emilia,são do estado,de quem manda nas estradas"; é sem dúvida um retrato fidedigno da maioria do eleitorado PCP que até aqui costumava dar a maioria politica a esta gente. Quase me lembrei dos radicais islãmicos que seguem o lider não importa para onde, não importa para quê,não importa que vitimas constroem,cegos que se deixam guiar, satisfeitos só por seguirem no rebanho. Só a evolução demográfica poderá pôr fim a esta situação, entretanto,a grande marcha continua...
Oliveira

José Justino disse...

O anónimo das 12:12 é de vistas muito curtas.
Como a Câmara é do PCP ele só vê o que lhe disseram para ver e não consegue ver mais nada.
Será que tudo o que a MES tem feito é o melhor?
Não haverá nada errado?
A perfeição nunca foi alcançada em lado nenhum.
Será que foi alcançada em Almada por esta edilidade?
Ó homem, desça à Terra porque a distância a que você está não consegue mesmo enxergar.
Você está completamente cego.
A lavagem que lhe fizeram ao cérebro fez-lhe mesmo mal.
Vá ao oftalmologista porque talvez ainda consiga melhorar.
Sinceramente, desejo as suas melhoras...
E olhe que essa do "tá bém abelha" já não se usa. É muito velhinha.
Actualize-se...e seja mais inteligente.

Gustavo disse...

Almada, o Concelho do Betão

Anónimo disse...

"Os resultados estão à vista na imagem de um concelho degradado, na miséria e no subdesenvolvimento social e urbano galopantes.
Almada vive momentos difíceis.
Almada encontra-se destruída".

José Justino,

Sabe de quem são estas palavras? E concorda com elas? Se concorda (e a mim quer parecer-me que só poderá concordar, tal é a violência que você dedica ao anónimo das 12:12), que legitimidade lhe assiste para atacar mal educadamente o tal anónimo das 12:12? Não será você ainda pior que ele? Acha mesmo que Almada é a imagem do subdesenvolvimento? Acha que Almada está destruída? Acha que vivemos em Almada o "fim do mundo", o caos? Acha mesmo que tudo o que Almada tem conseguido, tudo o que se tem feito, é mau? Acha você, para compensar o que infundadamente acusa o tal anónimo de pensar, que tudo é mau em Almada?

Quem é que você se julga, afinal, para julgar os outros inteligentes ou menos inteligentes? Olhe, só por essa sua atitude de arrogância (para além da má criação) fico por cá convencido de que é você quem, de facto, muito fica a dever à inteligência...

Anónimo disse...

Oliveira,

Se eu trouxesse para aqui referências a tiradas de "anti-comunistras convictos", você ia ficar vermelho de vergonha! Mas VERMELHO mesmo!

E trago já uma; talvez perceba, por ela, quem são os "medíocres" ...

Você é capaz de dizer uma barbaridade como isto: "é sem dúvida um retrato fidedigno da maioria do eleitorado PCP que até aqui costumava dar a maioria politica a esta gente. Quase me lembrei dos radicais islãmicos que seguem o lider não importa para onde, não importa para quê,não importa que vitimas constroem,cegos que se deixam guiar, satisfeitos só por seguirem no rebanho."

Você insulta de forma mais que "medíocre"! E mente! Descaradamente! Quais foram os autocarros que foram retirados em consequência das alterações de circulação introduzidas recentemente? Quais foram? NENHUM! Você insulta de forma mais que medíocre, e mente com todos os dentes que tem na boca!

Aí está uma referência concreta a um "anti-comunista convicto" que o deve deixar ... vermelho de vergonha!

Anónimo disse...

Duas carreiras (Almada e Pragal) foram transformadas numa só.
Mas vêm aí mais alterações.

Anónimo disse...

Quanto a carreiras, estamos conversados.
O Carreiras terminou a carreira...
Quanto às demais carreiras, dos TST, hão-de ser "racionalizadas" até à sua erradicação do tecido urbano...
O comboio regional, pomposamente designado por MST, ou TGV (Transporte Geralmente Vazio) precisa de utentes, à força, ou não...
A Fertagus, também... o MST está "encarregado" de "empurrar" para lá os passageiros...
Isto foi dito publicamente por um dos responsáveis do MST, com palavras mais simpáticas, claro...

Anónimo disse...

Uma coisa parece ser certa. No canal do metro (que nome giro) não vão circular transportes públicos.
Quem decidiu esta aberração? Quem consentiu? Quem se lixa?
Quem anda de BMW e de Toyota Prius?

Zé Broncas

Pedro Santana disse...

Zé Broncas

Você é a coisinha mais ressabiada que o sol cobre. Pois olhe, perco o chá consigo... vá pregar o seu sermão de ressabio para os peixinhos na Caparica. Ou então, mude-se para a outra banda e junte-se aos tios de Cascais e apregoe na praia da Cruz Quebrada.

Digo-lhe já que pode bater-se à vontade, mas com argumentos desses, não vai adiante nem por nada. Você bem queria broncas, mas a maior bronca é a sua falta de diplomacia, cidadania e delicadeza. Está mal aqui? Então pense no que vai fazer para o ano. Porque não duvide... vai-se vencer de novo.

Anónimo disse...

Pedro Santana já o disse, mas eu reforço: este Zé Broncas é a coisinha mais pequenina e ressabiada que pode existir.

Imaginem só: no corredor do Metro não vai haver transportes públicos! O homem nem se dá conta da estupidez que diz. O Metro é, por excelência, um transporte público, homem!

Portanto, para além da mentira - vaim continuar a haver outros transportes públicos no canal do Metro - a estupidez pura e simples.

Então transferir uma parte dos utentes de autocarros a gasóleo, poluentes e barulhentos, a maioria deles muito desconfortáveis, lentos porque circulam na mesma via de todos os outros automóveis, para um transporte rápido, seguro, confortável, não poluente e que circula no seu próprio espaço com prioridade, é mau? É uma aberração? "Lixa" alguém?

A maior bronca (se calhar, a única bronca mesmo, é mesmo este ... Zé Broncas!

Anónimo disse...

Foi tudo atrás da propaganda e publicidade enganadora. O que está a ser construído é realmente um canal, não são as ruas e avenidas de outras cidades europeias que surgiam nas fotos da propaganda, antes da construção do metro. As gerações vindouras de almadenses vão pagar pela teimosia e obstinação de tipos que amanhã vão estar a assobiar para o lado, ou então a gozar a sua reforma na casa do algarve, comprada em condições muito simpáticas aos construtores cá do burgo, que por acaso tambem têm alguns emprrendimentos para os lados de Vila Real de S. António

Anónimo disse...

Porquê este ódio tão grande contra um benefício óbvio e claro para a nossa (dos Almadenses) qualidade de vida, que o Metro Sul do Tejo obviamente representa? Porquê este despautério todo de insultos, mentira e pura demagogia? Porquê tanta animosidade relativamente a um investimento que, em todo o mundo, é encarado como mais-valia de grande significado para a vida das cidades? O que é que move esta histeria toda?

Mante-se com quantos dentes se tem na boca utilizando os argumentos mais falaciosos que se possa imaginar.

O comércio tradicional está a falir por causa do Metro! Imagine-se. Só que basta percorrer as zonas em obra (e as fases de obra são sempre, em qualquer parte do mundo, difíceis) para perceber a retinta mentira que é esta afirmação: o comércio local não está a falir coisíssima nenhuma! Atravessa dificuldades, é verdade, mas essas são exactamente da mesma natureza das dificuldades que a política desgraçada dos Governos do PS e do PSD vem impondo ao nosso país e ao nosso povo há mais de 30 anos! São dificuldades que se calhar apenas não afectem os "Zés Broncas" que andam por aqui, que provavlemnete - e pelos vistos - vivem bem, vidas desafogadas.

O viaduto da Av. Bento Gonçalves está em riscos de ruina! Imagine-se só! Duas fotografias da estrutura do viaduto servem para justificar a atoarda! Os engenheiros da obra devem ser todos incompetentes ou então vendidos a interesses obscuros. E certamente estão a preparar a catástrofe para os Almadenses!

Os Almadenses fogem do centro da cidade! Imagine-se só! Deserto absoluto, é o que o centro de Almada é neste momento! Só que basta percorrer as zonas do centro de Almada para facilmente perceber a mentira retinta que esta afirmação constitui!

"A orografia da cidade foi alterada para pior"! Imagine-se só! Nem um simples dicionário se dá o autor deste blog ao trabalho de consultar para evitar dizer asneiras deste quilate! (orografia - do grego óros, montanha + graph, r. de gráphein, descrever
s. f.,
descrição das montanhas;
parte da Geografia que estuda a parte sólida do globo terrestre (in dicionário on-line da Texto Editores/Periberem)!

Porquê tanto ódio e tanto disparate? Expliquem-me lá!

Anónimo disse...

os companheiros da senhora foram recrutados para virem a terreno defendê-la.
São sábios, senhores absolutos da verdade e justos defensores do tachos que os alimentam. Estão a sentir o chão a fugir debaixo dos pés.
Para mim só têm uma coisa a fazer se quiserem continuar com os tachos: obterem acolaboração do PS PSD e BE que são incapazes de apresentarem candidatos alternativos.
Os da oposição continuam a colaborar com a MES.

Anónimo disse...

Caro anónimo (último),

É perda de tempo puro e simples responder-lhe. Mas sempre fica registado: se assim é como você diz, porque é incapaz de contrariar um único dos argumentos que aqui avancei? Porque será que apenas é capaz de insistir no ódio e no disparate? Estranho ...

Você, por exemplo, foi recrutado por quem e para quê? Ah, por ninguém; você é livre, e por isso diz livremente aquilo que pensa! Pena é que aquilo que pensa seja apenas insulto! Você está bem para o Zé Broncas e para aquela história da inteligência ...

Anónimo disse...

Para quem não acredita que o centro de Almada está a perder habitantes recomendo a leitura dos dados recolhidos no Censos de 2001.

No período de 1991 a 2001:

A freguesia de Almada passou de 22.550 para 19.367 habitantes ( perdeu 3.183).

A freguesia de Cacilhas passou de 8.637 para 7.030 habitantes ( perdeu 1.607).

A freguesia da Cova da Piedade passou de 24.906 para 20.787 habitantes ( perdeu 4.119).

Significa que o centro de Almada tem estado a perder todos os anos cerca de 890 habitantes, pelo que já nesta década deverá ter perdido mais cerca de 6.236 habitantes.

Isto apesar de no mesmo período o número de alojamentos ter aumentado em cerca de 700 fogos.

Muitos desses habitantes foram para os arrabaldes da Charneca da Caparica...

É claro que, apesar dos 30 anos de poder local da CDU, podemos sempre atirar as culpas aos outros e dizer que a culpa é dos outros... dos Governos dos malditos democratas do PS, PSD e CDS...

Haja paciência, que todas as ditaduras acabam e esta não está de muito boa saúde.

João Eduardo

Anónimo disse...

Para todos os anónimos que desancaram em mim, só porque disse o que sinto e que corresponde à realidade, a minha gargalhada de desprezo.
De facto cometi um lapso ao não tratar o MST por transporte público. Mas foi um lapso intencional. A menos que queiram que eu lhe chame um transporte com pouco público.
Já para não falar no preço que esse transporte público vai custar. Falo em bilhetes e passes, e não no custo da obra que disso já nem vale a pena.
Senhor Pedro Santana quase Lopes não brinque com coisas sérias.
Com que então vamos ter um elefante azul sobre rodas para servir a população.
Vocês, críticos da treta, são uns tristes.
Enojam-me.
Não por terem as vossas opiniões mas porque quem não é por vós é contra vós.
Onde é que já se viu disto?

Zé Broncas

Anónimo disse...

O Zé Broncas, para além de broncas (bronco), é ao que parece também flor de estufa. Não se lhe pode apontar nada ...

Oh homem, sinta à vontade aquilo que quiser. Mas não me venha dizer a mim que o que você sente tem que ser o mesmo que eu sinto. Isto é, não transforme em realidade - como você faz - o seu ressaibo.

Desprezo sinto eu pelas suas alarvidades. Só me pergunto é a mim próprio porque é que continuo a perder tempo com os seus dislates...

E não se iluda, você nunca chegará a poder ser "contra mim". Porque só é contra mim quem pode, e você não pode! Daí, também, que você nem sequer chegue a enojar-me, não tem condição para isso.

João Correia disse...

Isso é um problema conjuntural das grandes urbes. Toda a Grande Lisboa passa pelo mesmo: assaltos, dificuldades económicas, desertificação. Quem vive mesmo em Lisboa - Centro? Poucos.

Em Almada, os mais jovens preferem comprar casa em predios novos, como por exemplo Santa Marta do Pinhal que é baratinho comparativamente ao Pragal.

Não se deve misturar problemas conjunturais e globais para os jogar como arma de arremesso à Câmara ou à sua gestão. Não tem nada a ver com comunismo ou não-comunismo.


Se seguirmos por aí, mais depressa têm culpa os sucessivos governos incompetentes nos últimos 35 anos. Comunistas? Acho que não.

O estado de Portugal que alastra a Almada (Almada ainda é em Portugal) é sintomático da mudança dos tempos. Que tem o MST ou as obras a ver com alguma coisa?

É preferivel uma cidade como estava? É mau haver requalificação dos espaços? Estava melhor aquele mamarracho do repucho e a rotunda MFA? Eu acho que não.


Bem haja

Pedro Lopes disse...

Qual sacrificada, qual tanas!!

Apesar de eu não ter qualquer ligação ao orgão camarário, vejo que são feitas aqui, neste blog, acusações graves que deviam ser fundamentadas e ponderadas antes de ser publicadas. Confundir liberdade de expressão com deboche é um erro.

Olhe que muitas vezes o anonimato na Internet é uma falsa segurança.Ainda arranja problemas se não justificar aquilo que diz. Há um leitor deste blog que fala constantemente em caso de psquiatria e de policia.. começo a achar que ele tem uma certa razão.

Anónimo disse...

O senhor anónimo das 2:22:00 PM picou-se.
O que esperar duma coisa como você?
Eu sou contra si e contra as suas ideias. Porque quero e porque posso.
Ao contrário do que pensa (supondo que pensa), você pode vir a enojar-se com o que lhe estou a preparar. Em público, você vai sentir-se tão pequenino que vai arrepender-se de ter nascido.

Saudações do camarada (chiça!)
Zé Broncas

Anónimo disse...

Zé Broncas,

Já não perco mais tempo consigo!

E desiluda-se: pode querer, mas NÃO PODE!

Anónimo disse...

Posso posso.
E acredite que vai ter que levar comigo na altura própria.
Perder tempo? Tudo é relativo.
Mas nesta fase ainda fica ao seu critério.

O camarada (chiça!!!) Zé Broncas

Anónimo disse...

Ainda há quem designe a destruição de Almada por requalificação urbana !
Que descaramento!

Anónimo disse...

Comentários deixados no blog http://www.a-sul.blogspot.com relativos a Almada e à suposta comunista Maria Emilia Neto de Sousa


Anónimo disse...

Porque razão a Emilia aceitou que viessem para Almada os desalojados de outros bairros de Lisboa?
A Emília recebe todos os sem tecto, mas depois não lhes dá condições para sairem da miséria.
Alimenta essa miséria e a falta de cultura e cidadania em que vegetam para garantir votos, vendedendo-lhes ilusões.
A Emília tem uma politica pura de trapaceira.
É uma verdadeira artista a vender ilusões a incautos.

9/05/2008 10:28:00 AM
Anónimo Joana AL disse...

Ao Sr. Anónimo de hoje, dia 5 que refere o comércio de Almada, digo-lhe tem toda a razão...a Senhora Presidente já perdeu completamente o decoro...sabendo quem circula em Almada que entre a Praça S.João Baptista e a a "Antiga Fonte Luminosa" que já não existe, não se pode circular (somente residentes e veículos autorizados), a dita Senhora afirmou,há coisa de 2 dias,ao chegar à Rua Luís de Queirós(Capas Negras, onde os comerciantes se queixam da falta de compradores, que não percebia porque é que as pessoas se queixavam porque ela tinha ali chegado com a máxima das facilidades...pois é nem todos podem passar 2 sinais vermelhos, circulando de BMW e "chauffer"...assim acho que qualquer pessoa chegará com mais facilidade a qualquer lado...mesmo aqueles que possam ter alguma dificuldade motora ao se deslocarem...pois é,Sr.a Presidente ir ao cabeleireiro de "chauffer" há muito que não é acessível não só à maioria como a quase todos e por muito que as obras que decorrem possam vir a servir bem a população de Almada, há que admitir também e com humildade o transtorno que estas tem causado à população. Honesto mesmo só o "burguesismo" tão declaradamente assumido para quem a quis ouvir....

9/05/2008 08:54:00 PM

São Pedro disse...

Tal foi a cartilha comunista que a Maria Emília estudou!
Estou banzado com os seus fracos rendimentos económicos comparativamente ao do seu povo trabalhador e explorado pelo capitalismo.
Ela ganharia o que ganha se estivesse num país comunista a sério?

EMALMADA disse...

Porque só faz coisas boas, tudo o que a Câmara Municipal de Almada faz tem de ser aplaudido pelos almadenses?

Roldão disse...

Os camaradas do PCP mostraram no concelho de Almada o que sabem fazer: destruir.

Anónimo disse...

Em Almada não ó PCP que governa, quem governa Almada é um conjunto de burgueses, que de comunista apenas tem o cartão. Os outrora defensores dos trabalhadores e da classe operária, não hesitaram em arrastar o partido para o logro em que se tranformaram os estaleiros da Lisnave, capitularam perante o capital e a especulação imobiliária, encerrando em definitivo a hipótese de algum dia num futuro a médio, longo prazo ali ser novamente erguido um novo estaleiro de construção e reparação naval

Anónimo disse...

Que é feito da luta pela manutenção do espaço ocupado pela Lisnave como espaço industrial, e que custou à câmara que o mesmo fosse retirado do PDM?
É cedendo ao regateio do capital que se honra o sangue e lágrimas dos trabalhadores e das famílias que se bateram contra a polícia de choque enviada pelo pai da democracia - mário soares?

Al-Ma'dan disse...

Caro anónimo das 7:19 PM,
Que MESousa y sus muchachos são burgueses e não comunistas não me restam dúvidas.
Aliás, coloco-lhe uma questão: quem é hoje comunista ? O que é ser comunista em 2008?
Gostaria que me esclarecesse.
Mas, não é pelo facto de ser burguesa que MESousa é má presidente de câmara: ela é má presidente porque não tem categoria nem competência para estar à frente dos destinos de Almada. A senhora não sabe e não quer desenvolver Almada, porque, caso contrário, lá se ia a CMAlmada para a oposição.
Relativamente a novos estaleiros navais no espaço da ex-Lisnave na Margueira, não sonhe com isso, porque tal não voltará a acontecer: a indústria de construção e reparação naval está em crise desde há muito, e são os maiores estaleiros nomeadamente na Europa os alemães e franceses que dominam o mercado. Para reparação existe a Lisnave de Setúbal.
Assim, não vejo mal a requalificação do espaço da Margueira. O que me parece é que, mais uma vez, MESousa não saberá
realizar tal requalificação porque além de não ter competência nem categoria para uma obra com aquela envergadura, provavelmente nem quererá, porque mais 10.000 habitantes nas freguesias de Cova da Piedade e Cacilhas, representam novos eleitores que não serão provavelmente eleitores CDU. Assim, o aparecimento de milhares de novos eleitores iria desquilibrar o barco eleitoral da CDU em Almada, barco de si actualmente já bastante fragilizado devido ao mau trabalho da equipa de MESousa à frente da autarquia.

Anónimo disse...

O que eu sei é que, quando o Charles Manson sair da prisão, vem tudo para a rua fazer a revolução de coktail na mão.

Anónimo disse...

O anónimo das 08:47:00PM fez uma observação muito realista, correcta e inteligente.
Não há mais nada a dizer.
De facto a vinda de novos habitantes que viriam de fora não trariam os vícios de que muitos habitantes antigos enfermam, e assim as votações seriam diferentes.
A MES sabe isso muito bem e daí a sua marcha atrás.

OBSERVADOR disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

novo Post JSD Almada

www.jsdalmada.blogs.sapo.pt

JSD Almada

Roldão disse...

Da Emília só há a dizer que ela é ridícula e incompetente.
Os outros que a acompanham são tão maus quanto ela.
Também estão lá a encher o saco das esmolas.

Anónimo disse...

Qual é a diferença, qual é ela?
Em almada o executivo comunista tem ao longo de dezenas de anos alimentado os bolsos de técnicos e dirigentes municipais que participam, orientam e preparam decisões relativas a grandes loteamentos e obras de vulto no concelho, vidé comentários ao post condições de segurança em obra. No caso do Almada Forum, o autor do projecto é também consultor da CMA na área do planeamento, embora rezem as más linguas que o mesmo não percebe nada do assunto.
Em almada o executivo comunista é lesto e célere no levantamento de processos disciplinares a operários, cantoneiros, motoristas e jardineiros, incluindo-se neste caso um processo movido contra um operador de reprografia (comunista) que num momento de desespero terá chamado corruptos a quem de facto o era. Contra os tubarões que se instalaram na CMA, e que se encheram com o desbarato do betão nunca foi movido qualquer processo de intenções, aliás são considerados pessoas altamente competentes.
Em almada, MES, presidente do executivo comunista, manda calar um membro da comissão de trabalhadores (comunista) perante uma audiência de trabalhadores estupefactos.
Em Almada, o executivo comunista manda fazer verificações de situação de doença a trabalhadores de baixa, mas não manda fazer verificaçãoes de presença de técnicos e dirigentes municipais nos escritórios e gabinetes de projecto que toda a gente na câmara sabe a que estão associados

É assim em Almada!

Al-Ma'dan disse...

Quando um dia se fizer a história do triste consulado de MESousa em Almada, muita coisa que tem andado escondida verá a luz do dia e todos os podres virão à superfície.
Talvez nesse momento possamos entender muito do que não entendemos actualmente: por exemplo, porque é que após 33 anos a CMAlmada ainda não conseguiu fazer de Almada um concelho decentemente limpo.
Provavelmente muitas surpresas surgirão.

Anónimo disse...

É por má organização do trabalho, maus dirigentes, maus encarregados, trabalhadores desmotivados, deficiente cobertura geográfica e atribuição de competências às juntas de freguesia e, sobretudo, por Almada ser habitada por bastante gente porca

Anónimo disse...

... GENTE PORCA, onde naturalmente se inclui o autor do comentário anterior (Terça-feira, Setembro 09, 2008 10:23:00 PM)...

Anónimo disse...

Acordou um anormal.
Exactamente o mais recente anónimo.(Terça-feira, Setembro 09, 2008 10:23:00 PM)
Tem andado escondido? A estudar o ambiente?

Al-Ma'dan disse...

Caro anónimo das 10:23:00 PM,
Sinceramente não acredito que os almadenses sejam, em média, menos asseados que os demais portugueses.
Como sabe, o problema da limpeza é nacional, mas não me consta que os almadenses sejam mais porcos que os outros portugueses.
O que acontece é que a CMAlmada limpa menos do que a maioria das outras câmaras. Porquê não sei. Talvez porque a iluminada MESousa pense que a limpeza não é importante para se ter um bom concelho. Ou, pior ainda, porque ela não queira fazer de Almada um bom concelho.
Por exemplo, estive na passada 2.ª feira na Maia (arredores do Porto) e, pelo menos o centro da cidade, é um mimo em termos de limpeza. Parecia que estava na Suiça. E não só a limpeza: pelo menos no centro da cidade, fiquei positivamente impressionado com o ordenamento, com a quantidade de árvores, com os espaços verdes em abundância e bastante bem tratados, com o bom e bem estimado mobiliário urbano! E com o Metro do Porto que lá passa mas que contrariamente ao que sucede em Almada, tem espaço para circular e deixa espaço, quer para os automóveis quer para os peões, circularem. O único ponto negativo, pareceu-me a arquitectura, apesar de não ser feia de todo, pareceu-me demasiado rectilínea e fria.

Cumprimentos

Anónimo disse...

Esta vila (não cidade) e uma montra do pior de Portugal, da corrupçao, do desleixo e da falta de respeito pelas pesssoas.

Anónimo disse...

« Maria Emília de Sousa é empregada bancária e presidente da Câmara de Almada. Natural de S. Bartolomeu de Messines, em Silves, onde nasceu em 1944, a autarca apresenta na declaração de rendimentos entregue ao Tribunal Constitucional no ano passado um total de 63 537 euros de trabalho dependente e 18 861 fruto de pensões.

Não há mais qualquer tipo de rendimentos registado na declaração entregue. Possui um segundo andar em Almada, onde vive. Militante do PCP, preside à Câmara desde 1987."
In Correio da Manhã

Anónimo disse...

Que vergonha !!!

Anónimo disse...

Eu me pergunto será que as pessoas que votam esta senhora sabem destes rendimentos quando estes passam verdadeiras dificuldades para chegar ao fim do mês ou será que pensam que da a metade ao partido.

Anónimo disse...

Essa senhora e os seus acólitos tomaram Almada de assalto e prometeram, sabe-se lá porquê, fazer um péssimo trabalho, ao contrário do que prometeram.

Lembram-se da frase propaganda mentirosa "Almada Promete e Cumpre?

Eduardo Alves disse...

Bem , estamos a entrar no campo demagógico em época de saldos e refugo.

Vergonha, os rendimentos da senhora porquê?

A senhora teria de trabalhar de borla e vestir-se como uma camponesa para provar mérito no trabalho?

Eu estou em crer que se entrarmos por aí,teriamos de varrer os partidos todos de uma ponta a outra e a autarca de Almada ainda saía ilesa no meio de tanta vigarice, peculato e enriquecimento sem causa que abunda tremendamente fora do PCP.

É melhor não entramos por aí. Vamos limitar a critica ao trabalho da senhora e deixar esses pontos de lado, porque quer-me bem parecer que esse é de todos o menor problema que a senhora tem.

Não nos esqueçamos das vergonhaças recentes de Felgueiras, de Oeiras, de Lisboa, da Figueira da Foz, de Salvaterra de Magos, da ilha da Madeira, entre outras localidades onde casos gritantes de pouca vergonha e de acumulação de altos cargos em empresas públicas com acumulação de reformas, são o pãozinho nosso de cada dia.

Devemos criticar a realidade de Almada com a maior justiça possível.

Até porque.. até porque... o artigo do Correio da Manhã e do 24 Horas debruçou sobre os rendimentos de vários autarcas, não foi só a Presidente de Almada... e os rendimentos da senhora foram equiparáveis aos dos outros políticos auditados.

Ninguém acredita que um político deva trabalhar gratuitamente.Um Estado de direito não funciona assim. Seja PCP ou CDS.

Até porque meus amigos, a senhora tem obra para mostrar. Tem um plano e um projecto para Almada, concordemos ou não. A senhora pegou numa área com carências, com dificuldades económicas,com um passado de sub-investimento comparativamente a Lisboa, e investiu num projecto de enriquecimento do concelho. De 1989 até 2008, vamos lá a ver o que a senhora fez e não fez por Almada... Foi tudo mau? Fou uma incompetente assim tão grande?

Sinceramente, sejamos coniventes ou não com o ideal que a senhora defende, teremos de admitir um rigor e determinação no seu trabalho. Foi uma mulher de armas que agarrou Almada de frente e tornou-a maior. Erros? Claro que sim, Maria Emilia não é nem A Super Mulher ou a Fada Boa do Norte.

É uma mulher com uma visão, com um sonho, com capacidade de trabalho e sobretudo, com muita fibra.

É o tipo de pessoa com a qual podemos não concordar, mas inevitavelmente teremos de respeitar.

cumprimentos

Santos Magalhães disse...

A mulher não é de visão. É de miopia social e de ignorância em requalificação urbana.
Relativamente aos seus rendimentos, deveria ficar só com o suficiente para se manter e dar o restante àqueles que nada ou pouco têm, aos sofredores. É isso que um comunista solidário deve fazer.
Como má comunista que é até se alia á religiãp - ópio do povo - para se governar em votos.
Ela não é solidária. Fala em tal para ludibriar os pobres, os mais carentes e com a ajuda de capitalistas ela é uma refinada aliada do capital, da globalização exploradora dos mais carentes.
O que fez por Almada?
Destruiu ALMADA!

Al-Ma'dan disse...

Caro Eduardo Alves,
Sou, desde há muitos anos, um frontal opositor ao trabalho de MESousa à frente dos destinos de Almada. Contrariamente ao que diz, acredito que MESousa não tem projecto algum para Almada, vai improvisando sem rumo certo.
Também, não me parece que a senhora seja assim tão respeitável como o senhor afirma: é sobretudo uma hábil manipuladora, que se tem mantido no poder à custa de subsídios e outros que tais, que vão comprando os votos de que ela precisa para se manter na presidência da câmara, prestando um serviço ao seu partido e a si própria; Almada vem apenas no fim: se ela pusesse Almada à frente, a nossa terra não estaria no estado degradado e calamitoso em que se encontra. Porque para além de não possuir competência para administrar Almada, a senhora também sabe que não pode, a bem do seu partido, colocar esta terra na sendo do progresso: se tal acontecesse adeus oh câmara municipal para a CDU.
Mas num aspecto estou de acordo consigo: os rendimentos da senhora.
Sinceramente não me parecem demasiado elevados e se ela doa ou não metade ao seu partido, a mim tanto se me dá.
Não esqueçamos, porém, que estas declarações de rendimentos, são apenas um pró-forma: ou acredita que um autarca corrupto coloque os rendimentos provenientes da corrupção na sua declaração de IRS ? Eu sei que estas declarações servem apenas para sossegar algumas almas mais desassossegadas, mas não nos venham deitar areia para os olhos, com elas. Estas declarações nada demonstram acerca da honestidade, ou falta dela, de quem exerce cargos políticos.

Anónimo disse...

Senhor Eduardo Alves
Não discuto nem tenho esse direito as suas opiniões.
Não me interessa saber se aprecia o trabalho de MES. É uma perspectiva sua que temos que respeitar.
Mas não posso deixar de discordar do senhor quando a compara a outras gentes.
Porque ao compará-las - e é clara a intenção que tem em relação ao que pensa dessas pessoas - está a dar razão a quem desconfia da má gestão de MES.
Oeiras, Lisboa, Madeira, Felgueiras, Salvaterra de Magos, etc. Não diz o senhor, e eu concordo, que esses são exemplos altamente negativos?
A ser assim, MES embarca no mesmo transporte. O da falta de transparência.
Mostrou obra feita? Pudera! Se ao longo destes anos todos que são muitos, não tivesse feito uma coisa razoável ou mesmo boa, como a classificaríamos?
Permita-me a comparação. MES está para Almada como Scolari esteve para a selecção nacional.
Ao princípio grandes ideias, depois a execrável teimosia.
Com esta senhora e seus pares, Almada não vai a lado nenhum. Apesar de lhe reconhecer algumas coisas menos más.
Isto não é a quinta de MES. Para quintas, e das grandes, basta a que possui na Trafaria mas que não terá declarado.
Este gesto mutilou a sua seriedade.
A quinta está em nome da filha?
Agrava-se a situação.
Porque ao fazer isto, enganou propositadamente quem de direito.
Além de que MES tem, ainda, por esclarecer o célebre relatório da ex IGAT.
Ou isso não é defeito de governante para quem a seriedade passa ao lado?

Alonguei-me. Sorry.

Cumprimentos e boas reflexões.

Al-Ma'dan disse...

Anónimo das 7:25:00 AM,
Pois, pois, estas declarações, como disse anteriormente, são apenas para descansar algumas almas mais sensíveis. Todos os outros, sabem muito bem que todos os titulares de cargos públicos podem enganar as declarações, nomeadamente, colocando bens no nomes de familiares, ou até do periquito e do cãozinho; ou, por exemplo, contas numeradas na Suiça.
Não nos venham é atirar areia para os olhos com essa idiotice das declarações.

Cumprimentos,

Al-Ma'dan disse...

Anónimo das 7:25:00 AM,
Pois, pois, estas declarações, como disse anteriormente, são apenas para descansar algumas almas mais sensíveis. Todos os outros, sabem muito bem que todos os titulares de cargos públicos podem enganar as declarações, nomeadamente, colocando bens no nomes de familiares, ou até do periquito e do cãozinho; ou, por exemplo, contas numeradas na Suiça.
Não nos venham é atirar areia para os olhos com essa idiotice das declarações.

Cumprimentos,

Anónimo disse...

Amigo Zé Broncas,
Voçê que é um homem tão informado sobre tudo o que a CMA faz e se apresenta como grande defensor da Presidenta MES, podia-me informar onde trabalha a filha da referida Senhora. Eu sei que sabe, não sei é se tem coragem para o aqui revelar.
Quanto ao escândalo do MST, basta ver o relatório do Tribunal de Contas e ter boa vista para observar o desastre diário de Almada...
Antes que me chame nomes, eu assumo-me já como um dos "ressabiados" a que refere e que fruto dos meus 55 anos (a viver em Almada, não tive o previlégio de nascer no Alentejo) e de trabalhar no duro cheguei ao luxo de poder possuir um Toyota Yaris... mas agora não me deixam andar nele!... nem a mim nem a quem tem carro!?!?! se soubesse não tinha comprado o carrito...
Continue Zé Broncas que a sua escrita encanta... pelo menos até voltarem os Gatos Fedorentos.
Bom trabalho na Câmara para si... eu cá vou para o trabalho que isto agora não está fácil de chegar à Ponte...é uma grande fillllllaaaaaa!

Anónimo disse...

Onde é que leu a minha saída em defesa de MES?
Leu mal, senhor, leu mal.
Nem de MES nem deste poder autárquico.
Leu mal, senhor, leu mal.

Sou capaz de lhe dizer onde trabalha a filha da presidente (e não presidenta).
Neste momento é a responsável pela ETAR de Mutela.

Como vê, não tenho problema nenhum. Até porque é público. Não estou a cometer nenhuma inconfidência.

Sempre me tenho manifestado contra o "acidente MST".
Assim como contra os BMW's e os Toyota Yaris.
Uma vez mais leu mal, senhor, leu mal.

Auto apelida-se de ressabiado. E como tal me isenta de qualquer culpabilização.
Não lhe chamei nem lhe chamarei coisa nenhuma a não ser dizer-lhe que anda distraído.
Lê mal, interpreta mal e isso é preocupante.

Prometo que quando os gatos fedorentos regressarem continuo a escrever.

Deseja-me bom trabalho na Câmara?
Mas eu trabalho na Câmara?
Eis uma novidade. Quer ver que ainda sou promovido a funcionário público mesmo sem querer!?

Bom trabalho para si, seja onde fôr.
E paciência com a filaaaa.
É mesmo uma chatice.

Anónimo disse...

Mas aqui alguém acredita que os principais culpados da desordem urbanística de Almada são os técnicos da câmara?
Não se esqueçam que eles cumprem ORDENS da MES e que se não obedecem vão para o olho da rua.

O que acontece é que a MES adora uma boa urbanização cheia de betão, para receber as taxas e os impostos, que depois utiliza para distribuir apoios e subsídios pelas células do PCP disfarçadas de colectividade, associações, clubes, ipss, etc... que garantem os votinhos nas urnas.