quarta-feira, abril 02, 2008

Viaduto Em Perigo

Em...Almada, já se referiu em tempos, ao estado de conservação do Viaduto da Av. Bento Gonçalves sobre a Rua Cidade de Ostrava, cuja condições não são as desejáveis, nem recomendadas, para a circulação automóvel e muito menos serão para suportar carga adicional rolante do MST.
O viaduto apresenta várias fissuras na sua estrutura de betão e degradação de malha de ferro de sua construção devido a infiltrações de águas pluviais.
As fotos mostram alguns aspectos nada abonatórios do estado actual.
1. Tecto e Parede
2. Muro de Suporte 3. Estrutura Superior 4.Fixação do Gradeamento 5. Estrutura Superior (outro aspecto)
Vão dar ínicio nos próximos dias à colocação dos carris do MST sobre esta estrutura fragilizada, sem terem feito obras de conservação e recuperação.
Que segurança futura vão ter as pessoas ao passar sobre um viaduto neste estado de conservação e que vai suportar mais uma sobrecarga com a passagem rolante do metro/comboio sobre uma estrutura degradada ?

17 comentários:

samuel disse...

Estamos em presença de uma boa obra da srª Emília, até que a desgraça aconteça.

Anónimo disse...

A manter-se o estado actual do viaduto - sem obras sérias e a sério de manutenção - vai acontecer o que ninguém deseja mas que é inevitável.

Ninguém quer mas, pelos vistos alguém não está para aí virado.
Tipo "quem vier atrás que feche a porta".

No caderno de encargos da obra MST a quem competirá esse trabalho? À dona da mesma? À CMA?
Seja a quem fôr, quando a desgraça acontecer, lá vêm todos.
Sirenes, businas (com s ou com z?), lágrimas e,naturalmente as comissões de inquérito.

almadense disse...

Para lá do mau estado em que se encontra o viaduto já se esqueceram que ele sofreu mais uma sobrecarga antes do metro começar a rolar?
Tem suspenso no lado poente uma conduta de água com grande diametro.
A irresponsabilidade é maior.

Anónimo disse...

E quando o comboio (vulgo M.S.T. ou 3V- Vai e Vem Vazio) tiver necessidade de fazer uma qualquer travagem de emergência em cima deste viaduto?
Sabem qual o elemento que absorve a energia cinética da composição ferroviária, resultante de tal travagem?
Exactamente OS CARRIS, ASSENTES NA ESTRUTURA do VIADUTO ...
Quais as consequências?
- Numa primeira fase o eventual "deslizamento" das actuais estruturas horizontais no mau estado que as fotografias bem documentam...
- Numa segunda fase, a sua eventual queda, por falta de apoio num dos extremos (o extremo oposto ao sentido da marcha da composição ferroviária)...

Este problema de segurança não merecerá agora uma intervenção séria do colaborador da C.M.A. que, em tempos, tanto se preocupou com o traçado pela rua de Alvalade que havia sido proposto pelos moradores (Então tão estranhamente contestado e depois aceite pela C.M.A. a "troco" sabe-se lá de quê...)?

Como as pessoas têm a memória curta e só aparecem a contestar as coisas quando lhes "encomendam" o sermão (e eventualmente lhes pagam para isso)...

Nota:
É pouco provável a queda de um viaduto, mas já caíu um junto ao hospital da Amadora-Sintra. Recordam-se?

Anónimo disse...

A queda de um viaduto é pouco provável, desde que o seu estado de conservação seja adequado. O que não é minimamente o caso de que aqui se fala.

Esse tal junto ao Hospital Professor Fernando Fonseca (vulgo Amadora-Sintra) estava bem mem melhor que este e foi o que se viu.

Há que tomar medidas, dizemos nós pessoas de bom senso.
Os responsáveis viram a cara para o lado e assobiam.

Anónimo disse...

A Milocas só está preocupada com a conta bancária que deve crescer até às eleições para manter o 1º lugar do tal "podium"... e poder construir o novo edifício da CMA no actual parque de estacionamento no Centro -sul... isto, se não arranjar algum patito que lhe faça a obra "à borliu".
Este ano voltou a arrecadar 2 milhões de euritos resultantes dos nossos e vossos impostos de IMI.
É cá uma ganância!!!!
Se o tal viaduto vier a ruir, a culpa volta a ser de quem fez a obra- o Estado - porque não acautelou estas infraestruturas, não é?

Anónimo disse...

As imagens são claras e dão-nos alguns motivos de preocupação. Nâo sabemos até que ponto a dona da estrutura mandou efectuar vistorias de modo a concluir da necessidade ou não de uma intervenção de reforço. Quero crer que a CMA não será suficientemente irresponsável ao ponto de pôr em risco a vida de pessoas; se a estrutura não teve qualquer intervenção, em principio, deve ter sido com o aval dos técnicos competentes. Esperemos sinceramente que nenhuma tragédia ali aconteça.
Oliveira

manuel o. penteado disse...

Não há meio termo em responsabilidade ou irresponsabilidade nestes casos.
O caminho é só um.

Anónimo disse...

O anónimo das 10:54 levantou uma questão muito pertinente. Penso que é altura de nos interrogarmos do porquê da obsessão de MESousa com as contas e com os superávites. O normal nos autarcas é quererem mostrar trabalho. Por isso, em muitos casos, gastam mais do que deviam. Esta pelo contrário, "parece" obcecada com a poupança fazendo lembrar AOSalazar, e a obra apresentada é, diga-se em abono da verdade, pouca e má.
Ora, porque será que esta autarca é, "aparentemente", diferente dos outros ?
Como não acredito em Fairy Tails, tenho para comigo que não é inocente esta postura.
Mas gostaria de ouvir outras opiniões antes de dar a minha.

Sotnas

Anónimo disse...

Não tarda alguém faz um livro dedicado a MES.
Com capa negra, muito negra, prefácio de Osvaldo o tal, editado na Soeiro Pereira Gomes.

Isto é para desanuviar, amigos.
Se formos a levar tudo à letra, a senhora sai pela porta grande e nós seremos acometidos de um qualquer AVC.

Mas que temos que andar à coca, lá isso temos.

Anónimo disse...

Alguém mande estas fotos para a comunicação social.

Anónimo disse...

O sotnas (ou Santos) de novo ao seu melhor estilo. Conveniente, não é? Dêem lá a vossa opinião primeiro, que depois venho eu e pumba ... termino com o problema. Já estamos habituados ao estilo.

Este sotnas (ou Santos) opina sobre tudo. Sabe de tudo. Mas ...

Eu faço-lhe a vontade. Quer a minha opinião, eu dou-lha.

Sabe porque é que esta autarca é diferente de outros? Porque é rigorosa na gestão. Mais rigorosa que outros, muito mais rigorosa que outros (e você nem dá conta como se trai a si próprio, sotnas (ou Santos), mas isso não lhe digo ...)!

Não há nenhum superavit em Almada. Há previsão de investimentos em vários anos, e garantia dos recursos necessários para que esse investimento se concretize. Há programação, planeamento, boa gestão.

Investimento em quê? Em infraestruturas, equipamentos colectivos, escolas, parques urbanos, e outras coisas, muitas outras coisas, para benefício da nossa vida colectiva! Sabe o que isso é? Não, claro que não sabe o que isso é, já que diz que a "obra é pouca e má". O que revela uma de duas coisas: ou ignorância pura e simpes, ou má fé e más intenções. E eu sei que é a segunda hipótese que o move, sotnas (ou Santos).

Basta andar um pouco pelo Concelho de Almada para perceber como você vem para aqui de má fé, com objectivos inconfessáveis de mentira. Tem todo o direito de não concordar com as opções tomadas pela Câmara Municipal - ao contrário dos almadenses que as têm apoiado sucessivamente. Mas não tem o direito de mentir.

E mente sabe porquê? Porque diz que a obra é pouca e má! Não é, caro sotnas (ou Santos), e você sabe muito bem que não é! Eu sei que você sabe, e no entanto vem aqui e mente.

Não peça a opinião dos outros para dar depois a sua. Dê logo a sua própria opinião. E não levante suspeições gratuitas, é feio, muito feio. O que pensaria de mim se eu levantasse relativamente a si as mesmas suspeições que você levianamente aqui levanta relativamente a pessoas de bem, eleitas pela população, e sem absolutamente nenhuma mácula na sua actividade pessoal e política? O que pensaria se eu lhe pagasse na mesma moeda? Certamente não gostaria, pois não?

Agora que já tem a minha opinião, vá lá, encha-se de brio e dê-nos a sua.

Anónimo disse...

Sotnas
Explica você ou explico eu?
Este senhor anónimo, ao seu estilo, teima em chamar mentirosos a todos os que não forem da sua (dele) opinião.
À boa maneira salazarista.
Que de resto é a forma que esta senhora - que o anónimo defende - usa para dissuadir os menos atentos.
Não creio que valha a pena entrar em grandes conversas conflituais.
Cada um com a sua e não vale ensinar.
O anónimo intelectual pensa que está certo? Pois que pense.
E aproveite o resto do pouco tempo que sobra para o fazer.
Depois, tudo será obra do passado.
Não esquecido. Quando muito perdoado, porque eles não sabem o que fazem.
Só se deixa enganar quem quer.
Estamos a um ano e meio da hora da verdade.
Aguardemos mas, entretanto, exercitemos as nossas mentes para ler os anónimos que ainda por aqui hão-de passar que como este último estão a ver o "alimento" fugir.

Anónimo disse...

Para o último anónimo,

Entradas de leão, saídas de sendeiro ...

Conhece o ditado? Se não conhece, devia informar-se sobre o seu sentido.

Grande começo, o seu: "Explica você ou explico eu?", como quem diz, "vamos lá pôr esta gajo (peço desculpa do termo mais brjeiro) na ordem, qu'a gente é que sabe!".

Mas explica o quê? O que é que você me explicou ou o que é que você tem para me explicar?

Que é um homem (ou mulher) de fé? Que tem uma esperança secreta para daqui a um ano e meio? Que é daqueles que acerta as contas no momento certo? Vingança é a sua máxima?

Você é certamente um pobrezinho, coitado. Deve estar a tresloucar, de certeza.

Mas o que é que você explica, afinal?

Vá lá, sotnas (ou Santos), responda-me lá como deve ser. Não se deixe abalar por este coitadinho que deve ter comido qualquer coisa que lhe fez mal ...

PS: não lhe chamei mentiroso - ao sotnas (ou Santos) por discordar das suas opiniões. Chamei-lhe mentiroso - e reafirmo - por ser MENTIRA o que aqui escreve sobre a obra feita neste Concelho de Almada. E isso é factual, não é do domínio do subjectivo.

Anónimo disse...

Ele anda aí...
E,o que incomoda, é o seu estilo pateta.
Não sou pobrezinho (quer que lhe mostre a minha declaração do IRS?)
Posso estar a tresloucar porque estou a perder tempo com aquilo que se deita nos contentores:lixo. Que é o que você é.
Pronto, agarre lá esta para vir a correr dizer que eu o ofendi.
Mas quem diz a verdade não merece castigo, não é?
Responder-lhe-ei quando e sempre que eu entender que estão reunidas as condições para o efeito.
Que pelos vistos, será ... nunca!
A sua patroa já lhe deu a receita?
Os seus correlegionários estão a usá-lo?
Tenha paciência que para peditórios já dei.
Cure-se homem!

Anónimo disse...

Anónimo das 2:26,
Grato pela sua solidariedade.
No entanto, como já tinha prometido no passado ao anónimo das 11:25, recuso-me terminantemente a comentar as suas (dele) afirmações. E promessas são para cumprir.

Sotnas

Anónimo disse...

Mas este tipos andam todos passados?
Onde é que eles andam ? A contar histórias de fadas sobre Almada?
Isso é para adormecer as nossas crianças, e mesmo assim algumas já não acreditam em fadas...
Tirando o espaço, e só o espaço, em que daqui a algum tempo, o comboio irá passar, tudo o resto é mau demais para ser verdade. Sujo, tudo sujo, uma porcaria.
As cidades com uma dimensão parecida com Almada, por esse portugal fora,são tão diferentes, mais limpas, mais bonitas, sem os mamarrachos que são construidos aqui, enfim, tudo diferente.
E aqui é que está tudo bem?
Como dizia o outro,eternizado pelos "Gatos", " e eu é que sou o burro?"