terça-feira, dezembro 25, 2007

Cautelas e Caldos de Galinha

Em...Almada, leu no semanário Regional "Margem Sul" de 21 de Dezembro de 2007 a propósito da inauguração do segundo troço do Metro Sul do Tejo:
"A extensão do Metro Sul do Tejo ao Fogueteiro, Lavradio(Barreiro) e Costa da Caparica vai depender da viabilidade económica destes novos percursos, defendeu o ministro Mário Lino, durante a abertura do novo troço".
Foto do semanário "Margem Sul"
Refeitas as contas, depois do subsídio dos 70 milhões à Concessionária, o preço total de construção da 1ª Fase que terá 13,5 Km, dos quais já estão concluídos 8 Km, importará em 338 Milhões de Euros, o que dá um custo médio de 25,037 Milhões de Euros/Km.

O custo inicial da 1ª Fase era de 19,851 Milhões/Km, http://emalmada.blogspot.com/2007/08/mst-um-tgv-peso-de-ouro.html . Estamos agora perante um agravamento de 5,186 Milhões/Km.

É muito dinheiro por Km para um comboio que durante a maior parte do dia anda com 3 ou 4 passageiros.

Neste custo total não estão incluídos os 55 Milhões de euros suportados pela Concessionária.

Daí talvez que o ministro já se refira à expansão do metro com sérias reservas, apontando com muito cautela e caldos de galinha a hipótese da extensão da rede em função da rentabilidade desta 1ª fase.

Apesar destas cautelas a Presidente da CMAlmada continua a sonhar muito alto.

Custa-lhe cair na real....

16 comentários:

marcelino disse...

Os sonhos da presidente ficam muito dispendiosos aos almadenses e ao tesouro nacional.
Os almadenses perdem a cidade e o tesouro fica desfalcado.

Repórter disse...

Se eu tivesse estado presente, diria: "importa-se de repetir?"

Anónimo disse...

o presidente da MST diz no JN que o novo percurso está a atrair mais gente.
Caso tenha passado de 2 passageiros por viagem para 4 aumentou 100%!
É muito, muita gente.
O que vemos é mais algumas pessoas nas horas de ponta. O resto do dia é desolador para o investimento a que nos obrigaram.
Tenham dó dos portugas.

Ponto Verde disse...

Excelente imagem, três ex-Comunistas...

almada disse...

Um dos problemas da direita é que com tanta cegueira e ódio politico não consegue distinguir uma boa decisão política de um burro, que normalmente são os seus confrades.

O futuro está na alternativa aos transportes pessoais e principalmente aos transportes que não utilizem petróleo.

Ainda não perceberam isso?
Pelos níveis de poluição?
Pelo preço do petróleo?
Vejam lá se se enxergam homens

Anónimo disse...

Em Almada referenciado nos blogues do ano no a-sul .

Anónimo disse...

O problema dela é nao ter os pés assentes na Terra, nem ver as realidades.

Anónimo disse...

Vamos recordar:
A maior maioria em Almada é a abstenção.
As oposições têm mais votos do que a CDU.
Portanto é a 3ª. força que governa Almada com uma percentagem de eleitores que a suportam muito baixa. Por isso a apregoada legitimidade não é tão grande como todos e cada um possa pensar.Desçamos aos números e veremos que as distâncias para a CDU estão a um metro de serem ultrapassados e o futuro vem já aí. Se queremos mudança preparemo-la com mais aprofundamento e participações democráticas.

Anónimo disse...

Aqui está aquilo que eu chamo um raciocínio verdadeiramente "democrático" (e alucinado).

Em 2005 houve eleições legislativas. Como é sabido, o PS conseguiu obter a maioria absoluta dos deputados eleitos (não dos votos, muito longe disso!).

Então recordemos: as "oposições" tiveram mais votos que o PS.

As "oposições" mais a abstenção (segundo este raciocínio delirante, a abstenção em 2005 nas legislativas foi a "segunda força"!), upa upa, nem é bom falar.

Mas o PS governa! Com toda a legitimidade democrática! Ainda que para nossa desgraça, mas isso são contas de outro rosário ...

Agora, gostava de ver, ah se gostava, a "santa aliança" a governar Almada: PS + PSD + BE + CDS-PP + MRPP + abstenção! Seria lindo, lindíssimo!

Comentários destes ajudam-nos todos a perceber quais os objectivos destes blogs. Eu é que não consigo (como disse noutro espaço já, e por erro meu) deixar-vos a falar sozinhos.

armando disse...

Os tipos apoiantes da Emília continuam "redond(os)antes" nos raciocinios.
Impossivel raciocinarem fora do círculo viciado.

EMALMADA disse...

Saudamos e agradecemos a escolha de a-sul.
Por Almada e pelo concelho.

Paulo da Silva Palonça disse...

Realmente, que tertúlia de palhacitos cheios de ressabio até ao dedinho do pé! Ridiculos até à última casa! Vão piando.. piando piando e depois agarram-se, como é costume! Oléeee :)

Anónimo disse...

Digam o que disserem paulos da silva palonsos,a vocês torna-se dificil verem que o vosso controle está a acabar.
É só uma questao de abrirem a cabecinha para deixarem se seguir os métodos totalitários e fascizóides próprios de comunistas falhados.

Anónimo disse...

Chamar a este pessoal "comunistas" é uma ofensa aos que são efctivamente comunistas.
Quando lhes chamavam "social-fascistas" achava que era errado, mas hoje, não sei, não...
Um bom ano para todos.

armindo disse...

Ora aqui está um excelente comentário, se bem que lhes chamaram "comunistas falhados"

Anónimo disse...

A Maria Emilia parece triste nesta foto.
Será devido aos protestos contra o metro e à grande despesa que dá aos contribuintes?
Quem me responde?