quarta-feira, dezembro 19, 2007

A CMA dá Maus Exemplos

Em...Almada leu no semanário "Notícias de Almada" de 14 de Dezembro de 2007, que os moradores dos Bairros Sociais Camarários estão contra a decisão da Câmara Municipal actualizar as rendas, mediante a aplicação do Decreto-Lei 166/93, a que não era obrigada, segundo disseram.
Foto "Notícias de Almada"
A Câmara Municipal diz pela voz do seu vereador da Habitação Social "Não concordo com muitos pontos da lei, mas não podemos deixar de a aplicar porque ela tem a ver com o princípio de Justiça Social com o qual eu concordo, ou seja quem ganha mais, paga mais."
Alegam os moradores que há aumentos muito elevados para as possibilidades económicas dos residentes e que a Câmara Municipal de Almada, antes de lhes actualizar as rendas deveria fazer obras, na qualidade de senhorio, já que anda a exigir aos senhorios e proprietários de imóveis que façam obras de conservação nos seus prédios, quando ela mesma não faz obras em suas propriedades, arrendadas ou não.

Dizem que em mais 30 anos desta autarquia, nunca viram a realização de obras de conservação em tais imóveis.

Se a CMA exige aos proprietários obras de conservação nos seus edifícios, conforme legislação, porque não cumpre também nos prédios de que é proprietária?
Clique sobre o doc. para aumentar e ler
- Em vez de andar a gastar dinheiro dos munícipes em autopromoção nas televisões e em Raids Todo-o-terreno e com deslocações de comitivas (debaixo de um chapéu de Campanha de Solidariedade) a África, porque não emprega essas verbas na recuperação do seu parque habitacional e em programas de apoio, livres (sem amarras partidárias) às populações mais carenciadas do concelho para sua mais rápida e melhor inclusão social?
- Se gasta milhares de euros todos anos em fogos de artifício porque não emprega essas verbas na recuperação do seu parque habitacional?
- Se gasta milhares de euros todos anos em espectáculos musicais para sua propaganda e promoção demagógica, porque não emprega essas verbas em situações prementes e essenciais à vida comunitária, como a limpeza urbana, cuidar de zonas e recantos verdes e árvores?
Porque anda a CMA a queimar o dinheiro da população, que compra as casas muito caras (devido aos seus "critérios" que impõe aos construtores), que paga IMI dos mais elevados, que paga elevadas taxas/tarifas na factura do consumo de água e agora vai ter de pagar estacionamentos por a Câmara não ter exigido a construção de parqueamentos e garagens nos prédios ou porque permitiu mediante pagamentos ou contrapartidas a si, que os construtores não cumprissem essa obrigação ?
A Almada desta Câmara não é a Almada dos Almadenses.

16 comentários:

Vigilante disse...

Este comentário em nada está ligado à postagem, mas não queria deixar de informar um asunto delicado.
A segurança de vários locais em Almadasão efectuados pela empresa Grupo8. Mas a CMA está a terminar com a maioria dos serviços e postos para colocação de serviços melhorados, ou seja, substitui-se seguranças por ex- varredores de lixo, ex-cantoneiros, ex-pedreiros, etc.
A quase totalidade dos serviços que eram efectuados durante a noite, foram dados por terminados, por isso não me admira que comece a haver mais vandalismo por esta Almada, apenas para poupar mais uns "trocos" vá-se lá saber para quem.

Anónimo disse...

É esbanjar massa sem prestar contas. Por isso estão agarrados ao tacho com unhas e dentes.

Anónimo disse...

No meio deste esbanjar de dinheiro há uma situação que nos parece , no minimo caricata.
É a deslocação a um país de expressão oficial portguesa, seja para passeio , seja para rallye todo o terreno, dizendo que seria uma acção de apoio às populações.
Mas sendo esse mesmo país detentor das maiores riquezas, seja petróleo, seja diamantes, das quais Portugal nunca irá sequer se aproximar... o que se pretende?
Trabalhar para a fotografia?

Repórter disse...

Talvez trabalhar para a exposição. Que ainda pode ser vista no Fórum Municipal Romeu Correia.

Mas, a dúvida colocada, é pertinente.

EMALMADA disse...

Em Almada não há petróleo nem diamantes, mas a CMA descobriu um filão de platina na construção civil de onde saca dinheiro aos construtores e urbanizadoes, os quais depois descarregam aquilo em que foram onerados sobre os cidadãos compradores de casas e assim esta autarquia diz que é a primeira em boas contas.
Pudera assim qualquer um pode dizer que tem saldo positivo.
Por isso se dá ao luxo de fazer expedições, fazedoras de "caridade", com seu séquito até Àfrica.
Como se isto não seja caricato, ainda vem mostrar-se no Boletim Municipal pago por todos os almadenses, tentando arrastar-nos nas suas boas intenções turisticas, quando por cá, Almada é a capital do lixo.

Anónimo disse...

Emalmada, você não se trata? Cura sei que não tem, mas pelo menos podia tratar-se, raios. É mesmo patológico!

EMALMADA disse...

Não!
Nunca me convenceram, nem me convencem.
Prefiro a liberdade, o pensar livre, o ser cidadão, exercer a cidadania a ser escravo de qualquer opção politico-partidária, muito menos a vossa.
Não gosto ser funcionário de um partido, nem alinhar pelo espírito de carneirada.
Disse!

Ponto Verde disse...

Ao EmAlmada os votos de continuada e necessária intervenção em 2008 com desejos sinceros de Boas Festas.

Pedro Pantas disse...

O que voce não gosta é de estar desesperado, como está, e constatar que a maioria não vê fundo algum naquilo que você diz.

É disso que você não gosta.

Anónimo disse...

Disse, Emalmada? E se eu não acreditar? Não disse nada, vai continuar a dizer!

Você, Emalmada, ao contrário do que pretende afirmar, representa a antítese do pensar livre, do exercício da cidadnia. Sabe porquê? Precisamente porque lhe falta a responsabilidade! É um irresponsável naquilo que afirma. Já aqui escrevi várias vezes. Mas volto a fazê-lo: em muitas e muitas situações, você é um caso de polícia e tribunais. Escreve coisas que só um tribunal poderia apreciar e, estou certo, sancionar por difamação e calúnia. Em todas as situações, você é patologicamente anti.

Só isso pode explicar o perfeito disparate que escreve sobre a construção civil em Almada.

Então você acha lógico o que escreve? Diz que a CM Almada saca o dinheirinho todo aos construtores e urbanizadores. Depois diz que estes últimos sacam esse dinheirinho todo aos compradores. Mas mesmo assim, acha que tudo isto é um território de betão. Não percebe o disparate que diz? Então é tudo doido? Construtores e urbanizadores, por um lado, e compradores do outro, são todos doidos? Se a CM saca assim tanto, porque será que uns insistem em construir e outros em comprar? Ou não será, antes, que tudo isto que você diz não passa de um verdadeiro embuste para enganar o parceiro do lado? Você mente, deliberadamente, para atingir os seus objectivos de se afirmar anti qualquer coisa. E isso é a antítese do pensar livre, da cidadania!

Se você tem sido, em tantas ocasiões, tão crítico relativamente ao betão - cá para mim, você é exactamente o contrário, mas é mais "bonito" vir para aqui dizer que não, vá lá saber-se porquê (é assim como o solidário do Ponto Verde, também diz que é uma espécie de ecologista ...) - e ao mesmo tempo critica a CM Almada por taxar esse betão? Não acha que taxar a construção civil pode ser um factor de equillíbio racional e importante no controlo e gestão do território? Não acha que por essa via se pode contribir para a redução da pressão do tal maldito betão sobre o nosso território? Não acha que essa seria uma política municipal correcta para arrefecer os ímpetos da construção civil? Pois olhe, Almada por acaso (não sei se por esta razão, se por outras) é dos Concelhos da Área Metropolitana de Lisboa que menos cresceu em termos urbanísticos nos últimos 20 anos! Se por uma vez quiser ser responsável, consulte e intrprete (correctamente) os dados estatísticos disponíveis no INE!

Mas já estou para aqui, ainda por cima a esta hora da manhã, a perder demasiado tempo consigo.

EMALMADA disse...

Obrigado ponto verde. Em 2008 vamos continuar a intervir.

EMALMADA disse...

anónimo
Não precisa dizer mais. A cidadania está convosco. Sempre foram e sois os melhores, só não percebo porque nunca venceram umas legslativas e onde governam sabe-se bem como é.
Por aqui vai funcionando o "caciquismo democrático" de tal dita esquerda, nas autarquias que dominam.
Informo-o que não sou construtor civil nem estou ligado a qualquer empresa ou empreendimento semelhante.
Quanto à cidadania é obrigação de todo cidadão exercê-la, assim como fazer política.
Não gostam disto?
Paciência. Façam um curso intensivo para aprender os princípios básicos.

Carreira disse...

Desejo um bom Natal ao autor do blogue e a todos os seus leitores.

José Carreira

(www.cegueiralusa.com)

EMALMADA disse...

Deixamos a todos os intervenientes, sem excepções, neste fórum de livre expressão de ideias,os nossos melhores VOTOS DE BOM NATAL e DE UM NOVO ANO MELHOR QUE 2007, com mais democracia participativa e intervenção dos cidadãos para libertar e dignificar o concelho de Almada.

Repórter disse...

Espreito e deixo os melhores votos de um grande Natal.
E um melhor ano novo.
Bem precisamos...

Saúdo-vos todos,com fraternidade.

Papoila disse...

Que este Natal seja bem passado na companhia da família e com muita paz e saúde.

São os votos do Lado Certo.