quarta-feira, março 18, 2009

A Triste e Abandonada Almada ( III )

Em...Almada, a actividade económica, o atractivo como cidade e a qualidade de vida dos moradores têm vindo a diminuir.
ALMADA está à venda.
Hoje, quem caminha ao longo do antigo e principal eixo viário, ocupado pelos carris do comboio MST, ou quem visita a cidade, vê que não há movimento de pessoas. Mesmo em arruamentos laterais, Almada perdeu movimento e vida. Só ganhou em congestionamento de trânsito, poluição ambiental e ruído.
Consequência das perturbações e incómodos provocados pelo comboio MST, a situação está a levar os almadenses a abandonar da cidade. Por isso muitos moradores colocaram suas residências à venda. Muitas lojas também já fecharam.
As fotos são apenas alguns exemplos dos muitos andares/apartamentos, (incluindo uma garagem) , que estão à venda ao longo do Espaço Canal do MST :
clique sobre as imagens para aumentar

As dificuldades na mobilidade e acessibilidades de pessoas e viaturas criadas pela inserção ridícula do MST, aliada ao ruído que este provoca, bem como a perseguição que a Câmara/Ecalma fazem aos automobilistas e moradores que possuem viaturas, têm provocado nos munícipes um sentimento de repúdio e revolta a permanecerem e viverem Almada.

É visível que Almada está pior e a piorar.
As filas de trânsito são constantes todas as manhãs na Bi-Av. Bento Gonçalves, Ruas Conceição Sameiro Antunes, Alberto Araújo, e Rotunda do Brejo, entre outras.
A Av. 23 de Julho no Laranjeiro também é palco diário de frequentes e complicados congestionamentos de trânsito.
À tarde a mesma cena repete-se no Centro Sul para aceder a Almada.
Na Bi-Av. Nuno Álvares Pereira as filas de trânsito são frequentes a qualquer hora.
As ambulâncias têm muitas dificuldades em circular nas estreitas e entupidas faixas de rodagem.
Almada está incapaz para se viver.
Câmara Municipal de Almada CAPAZ DE MENOS FUTURO.
Almada Terra de Autarcas que não respeitam os munícipes.

11 comentários:

fernando sousa da pena disse...

Falta acrescentar o caos no novo cruzamento da Av. 23 de Julho com a R. da Cruz Vermelha. Dizem que os semáforos são inteligentes. Mas alguém não foi assim tão esperto...

Mais um desconchavo desta autarquia.

Anónimo disse...

Esta cidade é ridícula, ridícula pelos seus cidadãos e ridícula por seus autarcas, que são a conseqüência de seus ridículos cidadãos.

Anónimo disse...

Para quando a ida de MES e seus capangas para outras paragens bem longe daqui?

Ponto Verde disse...

Falta falar da farsa que são as Novas Obras anunciadas ... assunto dos parques hoje no blogue a-sul.

Almada está deserta . cresceu para a periferia, perderam-se zonas verdes, aumentou o alcatrão, a circulação automóvel que agora se proíbem de entrar na cidade ... surreal!

Anónimo disse...

Animem-se todos, pois vem aí uma nova escultura, a colocar na rotunda Centro Sul. É mesmo disso que este Concelho está a precisar.
Mais uns euros (muitos) gastos para nada!!! Só servem para a Fachada.
Foram gastos milhões de euros em obras, mas finalmente temos direito às devidas compensações: filas intermiváveis todas as manhãs, paragens de autocarro no meio das avenidas que obrigam os condutores a parar também, tudo isto em prol do progresso, das questões ambientais e... de muita incompetência.
No meio dos slogans que têm surgido sobre Almada, só um é válido: "Almada, Cidade da Incompetência dos seus Autarcas".
Mário Fernando, Munícipe deste Concelho

Anónimo disse...

Essa escultura está a ser ultimada em Viana do Castelo - empresa METALOVIANA - custa uma pipa de massa, em ferro e com 30 metros de altura.
Para que serve? Significa o quê?
Esperar para ver.

Anónimo disse...

Com 30 metros de altura, pode ser que sirva para ajudar quem quer sair da zona da Ramalha para a via junto ao estádio do Cova da Piedade, sem ter de mergulhar no caos de trânsito a que é totalmente alheio.
Em cidades lideradas por gente inteligente certamente já se tinha pensado há muito tempo na construção de passagens superiores desniveladas para permitir fluência rápida do tráfego e evitar perdas de tempo inúteis em filas.
Isso sim, seria a favor do meio ambiente, promovendo a satisfação e a qualidade de vida dos residentes.
Há muitos anos que não se viam engarrafamentos como se vêem agora. Foi preciso gastarem-se milhões e fazer tantas obras de "melhoria" para "avançarmos" para o passado.
É uma vergonha!... Mas temos o objectivo final: o Metro!...


Mário Fernando

Anónimo disse...

Em Almada tudo foge...

Os moradores, os pequenos comerciantes e investidores e não só...

Vejam bem, até os grandes industriais da hotelaria, mesmo antes de concluirem os seus investimentos no novo hotel do Pragal, já o têm o dito hotel à venda...

Dá para acreditar nos autarcas que temos?

Almada está a um metro do futuro ou do abismo?

Anónimo disse...

Já que a Nossa Senhora de Fátima cá vem (com o que eu concordo, pois dá movimento á cidade),esperemos que a MILITA nãe esqueça de pedir PERDÂO por ter ESTRANGULADO a ÙNICA AVENIDA que Almada tinha, só para ter um PRÈMIO na mão. Quem lho deu não sabe que os gazes nas outras pequenas ruas triplicaram e que para ELA ter esse PRÈMIO temos a classe dos COMERCIANTES DESTRUIDA, e consequentemente ALMADA MORTA.SR PRESIDENTE PEÇA PERDÃO PELO TEMPO QUE ESTÁ A LEVAR A RECONHECER QUE ESTA AVENIDA CORTADA ESTRANGULOU TODA A CIDADE.Peça tambem por ter criado a ECALMA que multa todos os visitantes a €60. Não tenha vergonha de mostrar que reconhece que errou, a Nossa Senhora PERDOA_LHE porque ELA sabe que não foi de PROPÒSITO. O Indignado

Anónimo disse...

è de lamentar que todo o mundo só saiba falar mal. Penso que quem conheceu Almada e quem conhece, vê as melhoras que sofreu. Quanto ao metro todos falam mal mas a grande maioria anda nele e da pior maneira...sem pagar! Quanto ao que falam de Almada vê-se mesmo que não conhecem mais nada. E quanto às casas que se vendem, todos sabemos que não é plo metro mas sim por falta de dinheiro, pois se sairem um pouco da toca e visitarem outros lugares logo vêem que é geral em Portugal. Quanto ao comercio em Almada, boa desculpa que arrajaram, o metro, aprendam a servir bem e a saber vender e mudem os velhos e maus habitos dos horarios que só servem a quem nada faz e talvez o comercio volte a nascer em Almada, da minha parte é dificil...pois gosto de ser bem atendida e principlamente por pessoas simpaticas. É infelizmente um velho habito portugues, adoram dizer mal mesmo sem saberem de que....

Anónimo disse...

De facto não dá para entender o que é que o povo quer afinal. O que esperavam? Uma Almada degradada, feia, que ponha toda a gente a correr para o outro lado?
Com o metro sul do tejo, bem como outras estruturas recentes, a imagem do concelho é apenas favorecida, atraindo pessoas (ao contrário do que os Srs. dizem).
Quanto á questão de uma maior venda de apartamentos, lojas e afins, não atribuam as culpas ao MST. Se não se preocupam com as causas ambientais, lá isso é com vocês. O que eu quero dizer no fundo, é que não vejam apenas o lado negativo das coisas, saibam também olhar para o positivo. Eu sou jovem, tenho 21 anos, e sei bem o quão diferente está almada. E mais bonita.