domingo, março 25, 2007

Ambiente e Qualidade de Vida

Em...Almada, dado a importância e oportunidade deste comentário,( no anterior "post") feito por um visitante que diz não residir no concelho, mas utilizar os autocarros quando aqui se desloca, damos-lhe devido destaque, na convicção de estarmos a contribuir para um melhor ambiente e melhores serviços dos transportes públicos em Almada no futuro, se os responsáveis pelos TST a isso forem sensíveis.
Muito obrigado pelo contributo.
JJJ disse... Por motivos profissionais desloco-me frequentemente ao vosso concelho, utilizo o comboio até à estação do Pragal e nas deslocações internas utilizo habitualmente o táxi ou os autocarros dos TST.
Constato que realmente as viaturas que circulam pelas ruas de Almada e especialmente aquelas que habitualmente utilizo, não têm as condições mínimas para os fim a que se detinam, que é o de tranportar pessoas, além de que cobram preços muito elevados pelo serviço que é péssimo.
Quando verificamos que esta é uma empresa certificada e ao lermos a visão a missão e os valores que a administração tem como compromisso, só podemos constatar que:ou "copiaram" a visão e missão de alguma empresa de transportes do Norte da Europa, ou no dia em que a estavam a escrever deveriam estar muito bem instalados num hotel em Paris, Londres ou por ai e da janela da sala deviam ter uma visão esplendida dos autocarros que por lá circulavam.
É que os autocarros dos TST poluiem muito e por isso lançam muito CO2 para a atmosfera, estão ferrugentos, quando chove já me aconteceu ter de abir o chapéu de chuva no seu interior,e habitualmente estão sujos.Vou só transcrever a visão e a missão para vosso conhecimento e fazerem os vossos juízos.
VISÃO
"Os TST pretendem reforçar o seu papel de agente activo na política de mobilidade, assumindo a sua responsabilidade social na promoção das acessibilidades, através da procura de uma melhor segurança rodoviária e qualidade ambiental."
MISSÃO
"O serviço de transporte rodoviário na Península de Setúbal, assegurando o adequado nível de mobilidade aos agentes económicos da região, dessenvolvendo acções para a melhoria da qualidade ambiental, racionalizando a utilização dos recursos energéticos, potenciando o desenvolvimento das actividades económicas, sociais e de lazer, contribuíndo, assim, para melhorar o nível de vida da população que serve."
Pergunto como é que estas viaturas conseguem passar nas inspeções?Será que as autoridades Escossesas permitiam a circulação destas viaturam nas suas estradas? Sábado, Março 24, 2007 3:51:00 PM

5 comentários:

Anónimo disse...

Não são só os almadenses a verificarem que estão mal servidos pelos TST.

Anónimo disse...

Do meu ponto de vista, depois do MST em funcionamento teremos mais poluição do ar e piores autocarros...
senão vejamos:
os autocarros circularão, preferencialmente prependiculares ao MST para não haver sobreposição de percursos, já que os utentes terão tendência a usar os mais económicos se tiverem o mesmo caminho a percorrer. Ora o MST vai ter prioridade em todos os cruzamentos, logo, os autocarros que já são (na sua maioria, uma bela porcaria!)maus, passarão a estar a fumegar em todos os cruzamentos, esperando a passagem de SUA EX. cia, assim como os automóveis... portanto mais fumaceira!
Depois, como os utentes estarão divididos entre o MST e os autocarros, estes terão menos clientela, logo menos rendimento, logo menos melhoria de qualidade!!!!
Deste modo, o meu palpite é que teremos mais poluição atmosférica e sonora... Oxalá eu me engane.

piedade disse...

É isso que vai acontecer. Aliás o estudo mandado fazer pela CMA sobre o ruido,também aponta que este vai aumentar nos arruamentos periféricos ao MST e logicamente a poluição também aumenta pelas razões que apontou.
Inteiramente de acordo.
Só a câmara não quer ver o óbvio.

Polis disse...

Se não for para melhorar a qualidade do ar o comboio não serve para nada e nesse caso temos que deixar os agentes poluentes incluindo os automóveis a energias poluentes à distãncia conveniente do casco urbano.
Já repararam para os cortinados das vossas casas? Vamos lá a lavar isso e andar a pé e de bicicleta.

piedade disse...

Há muitas maneiras de melhorar e piorar a qualidade do ar.E o imposto de circulação.A Cma quer tirar automóveis de circular mas também quer as receitas do imposto.