domingo, novembro 23, 2008

O NEGÓCIO QUE DESTRUIU ALMADA

Em...Almada, as dificuldades nas acessibilidades já são parte do vida diária de todos que aqui vivem.
Quem quiser entrar ou sair de Almada tem de fazer longos percursos complementados com sinuosidades do traçado dos caminhos/carreiros, por onde as viaturas têm de circular e ainda permanecer longos minutos em filas de trânsito.
Duas fotos, faixa descendente, da dividida "avenida" Bento Gonçalves, hoje transformada em dois trajectos sinuosos mais adequados para gincanas do que para acesso ou sair de uma cidade:

Do outro lado, via ascendente para entrada em Almada, a sinuosidade é idêntica, com lagura só para uma viatura e com o comboio entre as duas vias. A Câmara continua a designar os dois caminhos por avenida. Não é, já foi.

Almada foi escandalosamente adaptada para albergar o comboio da presidente.
Os danos ficaram para os almadenses, residentes e para a actividade económica da cidade.
Toda a orografia da cidade ao longo do designado espaço canal foi modificada para servir sua exª o comboio da srª e, prejuízo dos munícipes.
Os almadenses sofreram com as obras de muitas maneiras. Foram vítimas da falta de respeito que a presidente da Câmara e seu elenco, sempre manifestaram pelos munícipes, quer antes, durante e após as obras de destruição de Almada, para a realização um devaneio seu : destruir o principal eixo viário de Almada e as principais avenidas com um comboio.
Quantos almadenses sofreram traumatismos em consequência de quedas durante as obras e estão ainda sofrendo por isso?
Quantos munícipes, sobretudo idosos, vieram a falecer em consequência de quedas/atropelamentos durante as obras?
Quantos munícipes, sobretudo idosos ficaram mais debilitados em resultados de acidentes durante as obras?
Quantos almadenses sofreram danos materiais e sociais consequência de negligência ou não, nos trabalhos executados e nunca foram ressarcidos dos danos?
Quantas vezes viaturas de bombeiros já se viram em dificuldades para chegar onde era premente a sua presença?
A presidente da Câmara e seu séquito, não têm consciência dos malefícios que provocaram ao concelho e aos almadenses?
Será que os partidos da oposição não viram antecipadamente e não querem ver agora, a desgraça que seria/é para Almada o comboio / MST tal como a presidente o quis inserir e inseriu na cidade?
A poluição, o ruído e dificuldades na mobilidade e acessibilidades aumentaram para muitos almadenses.
Muitos munícipes alertaram para os perigos deste projecto da presidente da Câmara municipal, mas interesses pessoais no negócio, parece terem falado mais alto para algumas pessoas.
Hoje, Almada está prejudicada e destruída.
A população com sérios danos às costas, perdeu qualidade de vida.
Será que ninguém vai ser responsabilizado por todos prejuízos para o concelho e sua população, mormente a que reside ao longo do espaço canal e numa grande área envolvente?
Depois do desastre total da destruição de Almada, os almadenses ainda estão a pagar a publicidade vergonhosa que a presidente da Câmara está a promover ao seu comboio em painéis, na imprensa escrita e nas televisões, disfarçada de promoção a Almada.
ISTO NÃO É SÓ ESCANDALOSO.
É UM GRANDE ESCÂNDALO QUE ENVERGONHA OS ALMADENSES.

16 comentários:

Anónimo disse...

É deveras contrastante a Câmara municipal dizer que tudo está a ser feito ( a propaganda) em colaboração com a Associação dos Comerciantes (ou com o Sr Luís?)e ver-se nas reuniões de Comerciantes o mesmo Sr. Luís ser vivamente criticado por todos os comerciantes.

Quem é a Associação de comerciantes?


Um pacto entre a MES e o LH?

Já agora, O que faz também a oposição em Almada?


Vá lá, sr. escrevinhador municipal ou srª ou menina aninhas diga das suas para nos distrair.

Anónimo disse...

Agora que esta obra vai ser inaugurada, é de bom tom fixar na ideia quem a mandou executar desta maneira, para que no futuro, quando se gastarem mais uns valentes milhares ou milhões de euro no alargamento da Bento Gonçalves, se saiba quem cometeu tamanho erro. Repare-se como a czarina anda a contra ciclo ao querer uma cidade mais limpa, retirando os veículos poluentes da cidade,o governo central assina um acordo com a Renault/Nissan para pôr a circular no país veículos eléctricos. Gasta-se assim o erário público em politicas desgarradas que não têm em conta uma estratégia concertada de desenvolvimento e ao mesmo tempo constroi-se algo que se sabe de antemão vir a ser corrigido no futuro.
Oliveira

Anónimo disse...

A Av. 25 de Abril foi hoje palco de uma cena que vai ser vista e revista por alguns almadenses e moradores onde o espectáculo ocorrer.
Fruto da incompetente presidente da Câmara que dá pelo nome de Maria Emília , Almada ficou sem avenidas e faixas de circulação largas.
Hoje pela manhã cedo frente à estação dos correios naquela artéria, hoje canal do MST, avariou um autocarro dos TST.
Resultado a circulação em direcção a Cacilhas foi bloqueada, obrigando todos os veiculos a galgar o espaço canal do metro, danificando pneus e jantes e a circular sobre os carris.

É muito desagradável ver o triste resultado da requalificação urbana que a ditadora Presidente da Câmara fez no concelho.

Só cerca das 11 h e 30 minutos a situação foi normalizada com o reboque do autocarro.

A oposição não tem uma vassoura para mandar esta mulher para o lixo?

Que mais e negativo podem os almadenses esperar da medíocre presidente de Cãmara?

Almada e seus habitantes que ainda dormem, vão sofrer no futuro o resultado de estarem há 20 anos subjugados a esta desastrada autarca.

Anónimo disse...

1-Lembram-se da tentativa de salvar o dragoeiro que existia na Rua António Nobre em Cacilhas e que foi transplantado para o jardim da casa da Cerca?
Foram necessários meios excessionais visivéis no seu transporte. Da sua morte não houve notícia, nem foram divulgadas as causas do fracasso desta boa intenção da MES.
2-Quem descia a Av. 25 de Abril pelo lado esqº.no Verão de 2005 ainda pode abrigar-se do sol à sombra das tílias que de cima a baixo ladeavam a Avenida.
O Comboio precisou de espaço e grande parte das tílias foram para uma alameda junto ao lago, no Parque da Paz.
Também tivemos notícia do seu transplante, creio que mais uma vez no Boletim Oficial e nas palavras da MES.
Hoje os troncos jazem cortados pela moto-serra na defunta Avenida das Tílias do Parque da Paz. Resistiram ao 2º Verão apenas duas tílias. Uma delas morrerá se não for cuidada na próxima estação quente e a outra só com muito carinho ficará a testemunhar o património botânico que foi transferido para dar lugar ao comboio.
Poderá o Município responder neste blog aos eleitores que como eu desejam que se salvem as duas tílias que restam? Ou quererá a Câmara continuar a ignorar a blogosfera mesmo que escondida no anonimato?
Hermínio

Anónimo disse...

O MST vai ser inaugurado em festa.
Dia 26, não é?
E que tal se os que não concordam com esta aberração saíssem à rua e ordeiramente se manifestassem?
Como alguém já sugeriu, faixas negras nas varandas e janelas.
Eu estarei lá. Não me amordaçam.

Esse senhor Luis, o da Associação da treta, mais uma vez deu a mão aos euros públicos para sortear um automóvel a quem compre nas lojas aderentes à iniciativa.
Colaboração de MES, bem entendido, que esta coisa de dar, está a dar.
E com esta lenga lenga o Sr. Luis, da Associação da treta, anda todo contente dizendo: "Anda Boby que já enganámos mais uns quantos".

Ah pois é.

Anónimo disse...

NÃO ESQUEÇA!

DIA 26 COLOQUE A SUA FAIXA OU PANO PRETO À JANELA!

VAMOS MOSTRAR QUE SOMOS MUITOS!

NÃO SE ESQUEÇAM QUE A CDU GANHA, PORQUE DELES VÃO LÁ TODOS...

VAMOS MOSTRAR A NOSSA FORÇA, AFINAL REPRESENTAMOS 80%

REPASSEM A MENSAGEM POR MAIL, SMS, ETC...

Anónimo disse...

Bem podem gritar, apelar, mobilizar. Dia 26 veremos ...

Escandaloso, mesmo, é este Em Almada continuar impunemente a mentir e a insultar tudo e todos (tudo e todos, não, é claro!). Mas isso é que é escandaloso! Só que o faz impunemente porque se acobarda atrás do anonimato. Que também não dá para mobilizar coisa nenhuma, como veremos ...

Anónimo disse...

Quem é que vai colocar panos ou faixas pretas à janela dia 26? Quem? E porque há-de alguém fazer uma coisas dessas? Contra o que protestam? Estão de luto porquê? Racionalmente, digo eu.

Será que ainda não se percebeu que são ressabiados, "velhos do Restelo" (no mau sentido do termo), perdedores (que sempre serão perdedores), que aqui vêm incitar eventuais incautos a "protestar" contra algo que lhes é útil e que os serve? Será que não se percebe isso?

Senão, porquê estes apelos anónimos, não assumidos, envergonhados? Porque não assumem - com os seus nomes próprios - aquilo que defendem? Porquê?

Dia 26 aí estaremos para ver estes demagogos e cobardes todos! De faixa preta ao peito, ou nas janelas ...

Anónimo disse...

E tu, anónimo das 10.26:00PM porque não te identificas?
Mas não é preciso, todos sabemos que é o "escrevinhador Oficial" ou com outros pseudónimos para disfarçar.
É sempre o mesmo nojo...
Porque não te identificas?
Chamas cobarde aos outros. E tu o que és?
Todos sabemos...

Anónimo disse...

Deste (a) palerma das 10:26:00 já sabemos o seu nome: Anónimo.

Agora vamos ao que interessa:

DIA 26 ALMADA VAI TER O SEU CARNAVAL FORA DE ÉPOCA:

O CORSO DOS FOLIÕES E FOLIONAS VAI DESFILAR DENTRO DE UM COMBOIO ( PARA SE PROTEGEREM DOS OVOS ATIRADOS PELOS ALMADENSES) AO LONGO DOS CARRIS INSTALADOS NO MEIO DAS ANTIGAS AVENIDAS DA CIDADE DE ALMADA.
PARA DECORAR O DESFILE CARNAVALESCO DESTE CORSO E REGALAR A VISTA AOS CONVIVAS JÁ FOI COLOCADA RELVA SINTÉTICA NAS ZONAS CARECAS DO ESPAÇO CANAL.
A PORTA BANDEIRA E MESTRE SALA DOS CARNAVALESCOS É A AUTORA E IDEÓLOGA DO COMBOIO NA QUAL SE FAZEM TRANSPORTAR FOLIÕES E FOLIONAS.

DEPOIS DO DESFILE ESTÁ PREVISTO UMA VISITA GUIADA ÀS PINTURAS GRAFITIS de ALMADA, AOS PRÉDIOS EM RUINAS E ÀS RUAS SUJAS DE ALMADA.

NO FINAL SERÃO TODOS RECEBIDOS JUNTO AO CONE DE ALUMÍNIO NA PRAÇA DO MFA PELA PRESIDENTE DA CÂMARA E UM REPRESENTANTE DOS COMERCIANTES E RECEBERÃO LEMBRANÇAS:

UMA MINIATURA DO AUTOMÓVEL A SORTEAR PELA CÂMARA A QUEM FIZER COMPRAS NAS LOJAS AINDA ABERTAS, UMA RASPADINHA PARA ESTACIONAMENTO E UMA SENHA QUE OS HABILITA AO SORTEIO DE UMA BICICLETA E DE UM BMW IGUAL AO DA PRESIDENTE DA CMA.

NEM TUDO O QUE ANDA SOBRE CARRIS É METRO!

Tiago disse...

Eu penso (e isto é uma mera opinião)que ao haver a chamada gincana na Bento Gonçalves, fará com que os carros circulem a menos velocidade, e que com isso haverá menos sinistralidade mais segurança para os peões etc.! Mas volto a dizer que é apenas um ponto de vista, e mais digo que quando frequentava a Anselmo de Andrade tinha medo de atravessar a avenida mesmo com sinais, porque aquilo era uma autentica via rápida...
Em relação ao deserto paisagístico ou sinalético na praça do MFA é algo que tem que ser revisto com urgência mas também aquilo é uma zona onde não deveria existir carros pois um sinal à entrada da mesma os proíbe.. mas como a culpa não é da CMA não se olha a esse facto tão relevante...

Anónimo disse...

Ao anónimo atrasado mental já nem respondo.
Cansei.
O tal que escreve em nome da madrinha e dos seus lacaios.

Ao Tiago, tenho que dizer que concordo, em boa verdade, com parte do que diz.
Mas não posso aceitar que para se evitar um mal se faça outro.
As saliências que foram construídas, sabe-se lá porquê, nas várias artérias onde circulará o MST são criminosas.
Não vão evitar velocidades e vão destruír viaturas que passem por cima das armadilhas.

Anónimo disse...

Como chamavamos ao Americo Tomaz,corta fitas,estes ainda são piores.

Anónimo disse...

Ao anónimo que me chama atrasado mental, respondo. Não no mesmo tom, porque não sou igual a ele, mas fazendo a mesma perguanta a que ele não me respondeu: quem é que no dia 26 vai colocar faixas pretas nas janelas e nos braços? Quem? E porquê?

Em vez de me insultar, vá lá, responda à minha pergunta. Porque se você acha que eu sou lacaio de alguém, você é muito mais que lacaio de outros. Ainda por cima cobarde mesmo, porque para além de anónimo, apenas insulta como resposta.

Al-Ma'dan disse...

Caro Hermínio,
Sou testemunha do que afirma acerca das tílias transplantadas para o Parque da Paz. Efectivamente, de boas acções está o inferno cheio e as árvores foram transplantadas mas posteriormente não foram cuidadas nem sequer regadas durante o Verão. Resultado: a maioria delas morreu.
Infelizmente, em Almada, devido ao mau trabalho da câmara municipal o que importa não é trabalhar e servir o concelho, o que importa é fazer publicidade do que se faz. Por isso, o objecto de publicidade, uma vez utilizado, já não importa e é deixado em auto-gestão. Foi o que aconteceu com as tílias.
É o que acontece frequentemente com tudo em Almada.
Por isso, estamos como estamos, mal.

Anónimo disse...

Uma das coisas que mais me preocupa na cidade de Almada, é a questão da circulação de carros de bombeiros e ambulâncias, numa situação de acidente, incêndio ou catástrofe natural.
Vejo com algum pessimismo a actual situação.
As culpas a atribuir não serão sómente à autarquia mas também às entidades a quem deveria competir aconselhar, como por exemplo aos bombeiros.
Já sabemos que as oposições têm também responsabilidade, quanto mais não seja por omissão, mas o partido da situação tem essa mesma responsabilidade acrescida do facto de ser poder.
A ver vamos, mas quando for altura de imputar responsabilidades, algumas das pessoas a responsabilizar já estarão a "banhos".