domingo, outubro 28, 2007

Puro Folclore Municipal

Em...Almada, o cenário pirotécnico panfletário continua a servir de pano de fundo para a livre demagogia autárquica, querendo fazer dos almadenses uma massa não pensante, seguidora e obediente a quem se quer apropriar do concelho.
"FAÇA OBRAS NO SEU PRÉDIO EM CADA 8 ANOS
A IMAGEM DO CONCELHO TAMBÉM PASSA POR SI"
clique sobre as imagens para aumentar
Este prédio é propriedade da Câmara Municipal de Almada e esta é a imgem que a Câmara Municipal de Almada dá do Concelho e de si:
Quem protege o proprietário do imóvel, na imagem seguinte, do vandalismo: Câmara Municipal de Almada (CMA), Polícia de Segurança Pública (PSP), Guarda Nacional Repúblicana (GNR), CMA+PSP+GNR, Fiscais da ECALMA (nos seus tempos livres), Assembleia Municipal ? Quem protege o proprietário deste imóvel para que esta imagem degradante não passe por ele?
Ser obrigado a gastar em obras de conservação e no dia seguinte acontecer isto será justo?
Se a autarquia exige ao cidadão a conservação do seu imóvel porque permite que estas cenas ocorram?
Por que a CMA não cria, em primeiro lugar meios, em colaboração com a PSP e GNR, que salvaguardem o cidadão destes atentados à propriedade privada e à degradação da imagem de Almada e do Concelho?
Esta não é a Almada dos Almadenses!

5 comentários:

santos disse...

Em casa de ferreiro espeto de pau!

Ponto Verde disse...

Pois é...

E não esquecer que muito "vandalismo mural" apelidado estrangeiristicamente de grafitti é fomentado pelas autarquias como sinal de "cultura urbana" (ainda este semana houve um festival de grafitti patrocinado pela Câmara do Seixal).

Quanto á degradação de património municipal nem falar...

Ainda sobre o património e o ambiente urbano, em poucos meses depois de ter tomado posse como Mayor da então cidade mais perigosa dos Estados Unidos, Giulliany mandou apagar grafittis e vidros partidos, limpar zonas degradadas... e logo se viu uma redução brutal na criminalidade!

Hoje NY é considerada uma das cidades mais seguras do mundo.

degradação chama degradação, espaços urbanos mal cuidados criam insegurança e mal-estar aos cidadãos (não será esse o objectivo?) são uma bola de neve a mais degradação e a mais criminalidade...A autarquia devia dar o exemplo...já que até é campeã nas "boas contas"...

observador disse...

Não tarda, aparece aqui alguém a defender a autarquia por embelezar, ou permitir o embelezamento dessas paredes.
O velho quartel dos BVC é uma enorme vergonha.
O panfleto profusamente distribuído pela autarquia, com a assinatura do Departamento de Administração Urbanística, é uma farsa.
Almada cheira a bolor.
Não é, realmente, esta Almada que queremos.
Mas é, infelizmente, a que temos.

fernando sousa da pena disse...

Caro Ponto Verde, tenha cuidado. A dizer coisas dessas será rapidamente classificado como fascista. Não vê que os rapazes que vandalizam o espaço público são apenas umas vítimas da sociedade... E que o Giulliani é um perigoso imperialista.

Ordem pública só se for à Kim Jong II, ou à Joseph Staline, para os mais saudosistas. Esses sim, são modelos de democracia e respeito pelo povo.

Anónimo disse...

Credit cards have
revolutionized the purchasing experience since Diners Club released
the first credit card in the year 1950.

The Dinners Club credit card gave consumers limited credit that, at
times, even surpassed the personal savings of some participants. It
allowed them to buy items they usually could not afford if they were
to make a straight cash purchase. It also provided the convenience and
safety of not having to carry large amounts of cash.

On average, American households possess 4 credit cards or a total of
13 payment cards if debit cards and store cards are included. There
are, actually, 1.3 billion payment cards of assorted types in
circulation in the United States.

But, if you think that credit cards have made the lives of modern
American consumers easier, you may be wrong...

Statistics show that the average credit card debt for each household
in the U.S. is $4,800 per month. Also, there were 1.3 million credit
card holders declaring bankruptcy in the year 2003.

And if you still consider yourself unaffected by credit card debt,
then consider this: upon retirement, most Americans can only expect to
receive about 37% percent of their annual retirement income because of
prior debt payment. This will leave many individuals depending on the
government, family and charity for economic survival.

These are some scary facts. So before you find yourself in a position
of economic uncertainty, it might be wise to evaluate your spending
and current credit card debt.

If your credit card debt exceeds what seems to be a reasonable level,
you may want to consider credit card debt consolidation.

So what is credit card debt consolidation?

In a nutshell, credit card debt consolidation is taking all your
credit card payments and consolidating them into one monthly payment.
This way, you dont have to worry about managing the payments
individually. Aside from this advantage, it may also provide you with
the following additional benefits:

- Reduce interest payments
- Waive late and overtime fees
- Reduced monthly payments
- Debt relief in a shorter time
- Credit improvement
- Save more money in the long run

There are actually two major types of credit card debt consolidation...

You may want to consider a Credit Card Counseling firm. They assist
consumers by consolidating all their monthly payments into one single
payment and then dispersing this to the creditors on behalf of the
consumers.

The other type is through a home equity loan or other secured loan.
This is done by exchanging an unsecured debt (such as
credit card debt) for a secured debt (a debt backed by specific assets
such as real estate

Debt1Consolidation.com