terça-feira, agosto 21, 2007

6 Postais Actuais de Almada 6

Em...Almada, o passado vai sendo apagado para dar lugar a um futuro com metro, mas sem método.
clicar sobre as imagens para aumentar
1. Av. D. Afonso Henriques numa manhã de Domingo às 12 horas
Perante a desertificação e desolação a população refugia-se no Almada Fórum
2. Uma Rotunda Estaleiro (ex- Praça Gil Vicente)
3. Um exemplar das árvores do futuro
Secas, mas com um tufo natural de vegetação indígena na base. Têm sido aos milhares as pessoas que se deslocam de comboio MST, para vir observar e estudar estas árvores e espécies indígenas, largamente referidas nas várias sessões do Fórum de Participação MST, pelos técnicos e convidados municipais e muito comentadas pelos moradores da zona, que já estão cansados de explicar aos forasteiros, as particularidades e o exotismo destas espécies.
Constituem o ex-libris do futuro que chegou à Cova da Piedade com o meio metro.
4. Aprazível recanto, atração turística de um parque de estacionamento em Cacilhas.
Integra-se perfeitamente no exótico Programa Municipal "Almada Turismo".
5. No principal e único eixo viário de Almada (em extinção), pintam-se paredes municipais.
"Excelente" manifesto de cultura e conservação do património municipal. Direitos, Liberdades e Garantias, onde, quando e de quem?
6. E...em Cacilhas também se escreve em paredes.... Almada Turismo...mau e muito mais...bad and much more!

10 comentários:

moradora disse...

E eu acrescento: e o muro do Almaraz cai com a ventania...
É só vir cá ver, para crer!
Mas eu já registei a fotografia...
Podemos acrescentar esse aos postais de hoje.

Anónimo disse...

O estado geral é o de mazelas generalizadas, com alguma profundidade,que só a arrogância dos autarcas não lhes permite reconhecer a incompetência que demonstram no enfrentar os problemas que afectam Almada.

homem do norte disse...

Almada a cidade já!!!
Desculpem, Almada já é cidade?
Não me digam carago!!!

EMALMADA disse...

Dia a dia Almada degrada-se e envelhece.
Os jovens abandonam-na e a população residente fica reduzida aos mais idosos.
A vila que foi elevada a cidade em 1973 há muito parou no tempo. O betão dominou as preocupações dos autarcas que têm gerido o concelho nas duas últimas decadas e os resultados estão à vista:
a cidade não tem vida,à noite é um vazio, o comércio agoniza,não há limpeza urbana, o espaço público degrada-se e quem a visita não
não reconhece neste espaço urbano características de cidade, apesar e estar tão perto de Lisboa. É mesmo a localidade/cidade que está mais perto da baixa lisboeta. Só isso nada mais.
Almada nem sabe receber os turistas que estando em Lisboa decidem atravessar Tejo.
Chegam a Cacilhas e nada encontram que os possa apoiar e informar sobre Almada...mas informar o quê?

Pedro Santana disse...

Aqui fala-se e critica-se muito mas nada de sugerir o que quer que seja. Em vez de polarizar o conteúdo do texto para a destruição de algo porque não apontar soluções para o problema? Não se entende.

EMALMADA disse...

A opinião é livre.
Os almadenses têm uma larga experiência de apontar sugestões e soluções para para problemas que existem em Almada, como o fizeram nos Fórum ditos de Participação, mas a reacção da parte da CMA é sempre a mesma: não aceita as sugestões ou criticas e dizem presidente e vereadores, que estão a fazer o melhor por Almada.Se preciso for, ainda haverá elementos afectos à CMA entre a assistência para insultar e agredir verbalmente esses almadenses que sugerem algo, que apresentam propostas e criticam.
Só uma ressalva: se quem sugere ou critica for elemento afecto à Cãmara ou ao PCP ser-lhe-á dada toda a atenção, caso não seja está "tramado".
Se melhor não há,perante isto o que sugerem?
É possivel alguma participação assim?
Perante este quadro, colaborar com quê, em quê e que fazer?

José Lopes disse...

Assisti há uns tempos a uma sessão de Assembleia Geral em Almada e fiquei bem impressionado com dois pontos:
1- As sessões são ao fim da tarde o que permite uma maior e melhor participação dos municipes (no distrito de Lisboa e não só, é comum realizarem-se as sessões às duas da tarde, o que obviamente limita a participação externa - será essa a razão para a os horários vespertinos ??? Lol ).

2- na sessão a que eu assisti a Presidente deu a cara, participou, respondeu e enfrentou- independentemente das questões serem petinentes ou não. Mais uma vez é comum o refúgio da presidência atrás de vereação e assessoria em muitas outras Autarquias.

A senhora pode ser intransigente, gestora compulsiva, visionária que não permite interrupções adversas, mas a bem da verdade ela pareceu-me carismática, decidida, guerreira e sobretudo honesta na forma de conduzir uma Assembleia.

EMALMADA disse...

Oh josé lopes parece que até já aconteceu esta: um bispo terá dito que a senhora é uma santa senhora e por isso merecia o altar. Veja bem onde se chegou!
Veja uma dita comunista num altar da Igreja
Una, Santa, Apostólica, Católica e Romana!
Isto parece que se passou na cerimónia de inauguração de uma igreja onde até há uma placa de agradecimento à santa "senhora".
Essa de Assembleia Geral de que é?

José Lopes disse...

Pensei que falávamos de Autarquia e não de Catequese Católica ou Beatificação Canónica. Você gosta de desconversar quando não lhe agrada e depois acusa a outra senhora de pirotécnia verbal. Lol Aprenda com ela a ser coerente para fazer melhor figura e ser um menino decente. O seu problema, meu amigo é que não lhe apararam os golpes, e agora quer bater-se de rebelde. Nós, eu e você, sabemos isso muito bem.

E obviamente que a Assembleia geral, de que falei no meu post, é a Assembleia Geral de Almada. O senhor sabe muito bem quais são as Assembleias... ;)

bem haja a quem gosta de Almada

Anónimo disse...

O josé lopes é divertido.