sábado, novembro 07, 2009

Cuidado com Ela

Em...Almada, quando detinha a maioria absoluta, os seus dotes "de democrata" nunca se evidenciaram.
Recusou sempre ouvir sugestões construtivas e iniciativas dos munícipes que não eram da sua cor política. Os comunistas são mesmo assim. Não sabem o que é democracia, nem se vive democracia onde os comunistas ocupam a cadeira do poder.
Em nenhum sistema comunista existe democracia.
Agora que perdeu a maioria absoluta, quer dar a aparência que voa baixinho e tentar convencer -nos que é democrata.
clique sobre a imagem para aumentar e ler
Jornal da Região 3-9Novembro2009
Cuidado com ela e com o que esconde na mão atrás das costas.

23 comentários:

Anónimo disse...

Que vergonha de cidade de Almada,que suja, que pobre, que feia, que desértica, que abandonada, que triste, que saloia.

Anónimo disse...

... que mal gerida.

Anónimo disse...

Das duas uma, ou o PCP vai governar com o PSD, como já vinha fazendo anteriormente nas Juntas em que não tinha maioria. É um facto.
Ou então vai governar com o BE, de acordo com o que deixou antever a sua cabeça de lista.
O que iremos ver?
Aceitam-se apostas.

Al-Ma'dan disse...

Bem, é melhor governar com o PSD ou com o BE que governar absolutamente só. Estou a falar do ponto de vista de Almada e dos almadenses, claro.
De resto não me parece que vá haver grandes alterações para melhor. Vamos ter 4 anos de mais do mesmo.
Claro que o que diz MES não é para ser levado a sério, a conversa dela é para atrasados mentais.
Depois, lá vamos continuar com vereadores que não têm a mínima competência seja para o que for. Por exemplo, o inenarrável Rui Jorge Martins que é uma verdadeira anedota.

Anónimo disse...

Uma anedota mas que nem dá para rir...

Anónimo disse...

Uma agradável surpresa:
em Almada,
os vereadores da oposição não aceitaram nenhum pelouro oferecido pela Srª. Presidente da Câmara.

Desta (e por enquanto), a CDU vai beber do próprio veneno em Almada porque ninguém quis aceitar as migalhas da Presidente.
A dúvida é se MES vai aguentar a maior dificuldade do exercício do poder nestas circunstâncias e vai ter a calma que com maioria absoluta já lhe ia faltando.

Desde a véspera da inauguração do Metro Sul do Tejo que não há foruns de participação. Foi-se embora o encarregado de missão da obra Engº. Aurélio e com eles os foruns.
Até quando?

Forum disse...

Vamos ter de aguardar por um milagre:
Que as forças da oposição saibam fazer oposição e consigam trabalhar para defender Almada das arbitrariedades da MES.

Salvo Seja disse...

Essa é a principal dúvida.
Saberá a oposição sê-lo?

Anónimo disse...

Se os vereadores eleitos tiverem a coerencia de respeitar as propostas que apresentaram ao eleitorado Almadense não irão sempre contra as propostas da cdu, no entanto, não podem nem devem afastar-se do seu manifesto eleitoral: chumbar quando fôr caso disso e votar favorávelmente quando a coerencia os obrigar. O trabalho necessário para a credibilidade dos partidos que ambicionam a CMA tem um calendário de quatro anos e os Almadenses devem ser informados das escolhas feitas pela oposição no momento. O boletim municipal terá que ser transformado na sua transparência e o trabalho da assembleia municipal tem de ser publicado, doa a quem doer, mas tem de deixar de ser um instrumento de propaganda da czarina para se tornar num verdadeiro instrumento informativo, credível, imparcial, enfim... , verdadeiro.
Oliveira

Anónimo disse...

A população que vota em Almada deu a confiança uma vez mais à CDU, especialmente na Assembleia Municipal.
Metade, exactamente metade da AM são deputados municipais da CDU, o que determina que, a não haver faltas, e em situação de empate, o Presidente tenha voto de qualidade.
Isto significa que as propostas da czarina passam sempre.
E depois, no Boletim Municipal nunca é referido o sentido de voto das oposições nem sequer é referido se foram votadas por unanimidade ou por maioria.
Só quem ler as actas pode ficar informado. É por essa razão que muitas vezes as oposições são acusadas de votar as propostas mesmo que tenham votado contra e tenham apresentado razões sérias e coerentes para um voto negativo.
A meu ver, isto só se resolvia se as oposições fizessem um boletim informativo paralelo ao Boletim Municipal, onde estas questões fossem clarificadas.
Mas tenho dúvidas de que haja uma tal solução.
Os meios são escassos e teria que existir uma comissão de redacção eficaz e de qualidade... mas nunca se sabe se a ideia pode germinar e crescer!!!
A PONTA DO VÉU

Anónimo disse...

Alguém me pode dizer que raio de pelouro é este do Rui Jorge Martins "partido veterinário" – é que já lá vai cerca de 20 anos que trabalho nesta porcaria de autarquia e nunca ouvi falar deste pelouro.
Agradecia quem me possa dizer e esclarecer sobre este novo tacho.

E.H

Anónimo disse...

Os comunistas são como o sal, não podem ser demais abusam e machucam. Abusam do poder e fazem tudo para lá chegarem passando por cima dos sentimentos dos outros. O apego ao poder não tem limites, por isso fazem dessa gente uns facistas iguais aos outros melhor, piores.

Anónimo disse...

O Gabinete do Partido Veterinário faz a gestão do Centro de Recolha de Animais Errantes e recebe munícipes para esclarecimento de dúvidas no que se refere à posse e detenção de animais.

Anónimo disse...

,Oh.E.H
Se “trabalhas” à 20 anos na “ porcaria desta autarquia” e não sabes o que é o Partido Veterinário é porque não passas de um cão raivoso que necessita de ir para o canil. Ou deves ser mais um rato daqueles que aguarda sentado o dia 25 para receber aquilo que devia ser repartido pelos outros que trabalham.V.P

Anónimo disse...

Aqui está a linguagem de mais um dos tais, ordinário; é uma postura dos comunas daqueles que não o sabem ser.Mas é quase tudo igualzinho, não estranhe.

Anónimo disse...

Cuidado, o Centro de Recolha de Animais Errantes pode recolher algum "animal político" errante e incompetente!
Em Almada há muitos desde há trinta anos a esta parte...

Anónimo disse...

Os vereadores da oposição devem fazer uma espécie de greve de fome, votando contra todas as propostas da MES até que o BOLETIM MUNICIPAL seja aprovado por unânimidade de todos os vereadores ou pelo memnos pela sua maioria.

Em nome da verdade e (não só das meias verdades) do esclarecimento dos leitores impõem-se uma maioria construtiva nesta área, sem a qual não seria possível qualquer colaboração.
É que já cansa ler-se e dizer-se que a oposição colabora com a CDU, desconsiderando o trabalho de muitos que ao longo de mais de duas décadas exerceram o mandato de serem oposição.
A oposição sempre colaborou menos do que se quer fazer crer quando isso convem à maioria.
Claro que houve excepções mas não se deve generalizar a todos os vereadores da oposição sem sermos injustos.
Se assim não fosse não ouviríamos as queixas dos porta vozes da maioria de alguns vereadores da oposição.

O grau de satisfação do exercício de tal função de vereador da oposição em Almada terá sido negativo para a grande maioria dos que desempenharam essa função e poucos terão saído a elogiar a SRª. Presidente como o fez Torres Couto.

Confio na inteligência de Nuno Matias e Paulo Pedroso neste jogo de mestres em que a CDU tem tido sempre vantagem.
Irá Helena Oliveira unir-se aos outros dois partidos para que haja alguma mudança?

GMaciel disse...

A mudança evidente que tem de haver está nas mãos dos eleitores.
O problema é que há muito que os almadenses se estão nas tintas para as autárquicas e não é com este "deixa andar" que corremos com a incompetência, a arbitrariedade, a arrogância e a prepotência da CDU.

Temos quatro anos para mudar as mentalidades e acabar com o laxismo. O EmAlmada e alguns outros fazem o seu papel, e bem, quanto a todos os que aqui comentam... mãos à obra.

abraço

Anónimo disse...

O anónimo de 8 de Novembro 7:43 , que me tentou me ofender devo dizer que não sei se á funcionários que ficam sentados á espera do dia 25 , mas de uma coisa lhe posso dizer de certeza que enquanto dorme eu sou dos tais e os meus colegas trabalham durante a noite para lhe limpar o que você suja durante o dia, enquanto você deve estar a dormir ou a tentar saber da vida das outras pessoas para que possa dizer depois aos comunas o que se passa, mais lhe digo que este pelouro nunca existiu nesta câmara e apesar de ser um simples operário tenho orgulho de não partilhar uma cultura tão baixa e ordinária como o Sr. Enfim resumindo é a cultura de um comunista .

E.H

Cidadão Livre disse...

HOJE COMEMORA-SE 20 ANOS DE UMA VITÓRIA DO MUNDO LIVRE SOBRE O OBSCURANTISMO E O SUBDESENVOLVIMENTO SOCIOECONÓMICO PERSONALIZADO POR UM REGIME DITATORIAL - O COMUNISMO.

Al-Ma'dan disse...

Apoio a 100% a Graça Maciel.
Pela minha parte já sei que fazer: vou escrever ao vereador cabeça de lista do partido em que votei (PS, Paulo Pedroso) e sempre que quiser estar informado e quiser protestar vou fazê-lo, como habitualmente, junto do vereador com o respectivo pelouro e junto do vereador que eleji.
Se eles não se mexem, temos de obrigá-los a mexer.
Por mim é o que farei.
Não esqueçamos que a democracia não é só votar de 4 em 4 anos. Se a CDU tem legitimidade de governar, todos nós na nossa qualidade de cidadãos de Almada temos direito a protestar e exigir.
É assim que se constrói uma melhor democracia.

Anónimo disse...

A maioria na CMA bem podia aproveitar para fazer do Boletim Municipal um espaço democrático. Ou terão medo de enfrentar a minoria comunista?

Anónimo disse...

Sem o fim do Boletim Municipal ou a garantia do seu pluralismo de nada valerão os esforços da maioria dos vereadores hoje oposição.

Se querem, Srs. vereadores da oposição, comecem por se reunir e exigir que o Boletim reflita o vosso trabalho e as vossas propostas.Mas para isso ninguém pode furar o jogo e dar uma ajudinha na formação de uma maioria permanente.
Se se unirem pode ser que nenhum tenha a lata de se vender por um prato de lentilhas mandando às malvas o esforço dos que querem encontrar uma base comum de exigência ao executivo que às vossas reivindicações desta vez não poderá responder com prepotência como o fez no triângulo da Ramalha.