sábado, outubro 17, 2009

CDU - esquerda firme no poder local

Em...Almada, a letra e a música são as mesmas, mas com o ruído de fundo da votação do PCTP/MRPP para a Câmara Municipal.
clique na imagem para aumentar e ler
Jornal Avante - 15 de Outubro de 2009
A - RESULTADOS NACIONAIS DO PCP-PEV (CDU) 1. ASSEMBLEIAS DE FREGUESIAS 2005 Votos - 644 535 Mandatos - 2 555 Presidências - 244 2009 Votos - 606 211 Mandatos - 2 275 Presidências - 215 2. ASSEMBLEIAS MUNICIPAIS 2005 Votos - 628 987 Mandatos - 722 2009 Votos - 588 006 Mandatos - 651 3. CÂMARAS MUNICIPAIS 2005 Votos - 590 598 Mandatos - 203 Presidências - 32 Maiorias absolutas - 26 2009 Votos - 539 693 Mandatos - 174 Presidências - 28 Maiorias absolutas - 24 B - RESULTADOS TOTAIS DO PCP-PEV (CDU) NO CONCELHO DE ALMADA - Assembleias de Freguesia 2005 Eleitores inscritos (141 360) Votantes (68 043)
Votos - 26 391 Mandatos - 65 Presidências - 8 2009 Eleitores inscritos (147 308) Votantes (71 160)
Votos - 26 687 Mandatos - 61 Presidências - 8 - Assembleia Municipal 2005 Eleitores inscritos (141 360) Votantes (68 041)
Votos - 26 406 Mandatos - 14 Maioria absoluta - Não 2009 Eleitores inscritos (147 308) Votantes (71.087)
Votos - 27 247 Mandatos - 14 Maioria absoluta - Não - Câmara Municipal 2005
Eleitores inscritos (141 360) Votantes (68 043) Votos - 28 799 Mandatos - 6 (Maioria absoluta) 2009
Eleitores inscritos (147 308) Votantes (71 171)
Votos - 27 521 Mandatos - 5 (maioria relativa)
Balanço relativo a Almada ( 2005 -2009): - Subida de 296 votos na votação para Assembleias de Freguesia
- Manteve o mesmo número de freguesias ganhas - Perda de 4 mandatos nas Assembleias de Freguesias
- Perda de uma maioria absoluta nas Assembleias de Freguesia (de 4 passou a 3) - Subida de 841 Votos na votação para Assembleia Municipal - Inalterado número de mandatos na Assembleia Municipal (sem maioria absoluta) - Perda de 1 278 votos para a Câmara Municipal
- Perda de um mandato na Câmara Municipal com perda da maioria absoluta Fontes A- Título do Post e Dados Nacionais: Jornal Avante 15 de Outubro de 2009 B- Dados de Almada: http://www.autarquicas2009.mj.pt

16 comentários:

Anónimo disse...

Não brinquem com o PCP.

Quem tem dúvidas que o PCP é o maior partido político de Portugal da estrema esquerda à estrema direita?
A consolidação do PCP no panorama político nacional ficou demonstrada nas eleições autárquicas.
O comunismo vencerá.

Viva o PCP
Viva o Partido da Classe Operária
Viva o camarada Stalin
Viva o camarada Jerónimo de Sousa
Viva a camarada Maria Emília de Sousa

Anónimo disse...

Uma coisa é a convicção...
Outra coisa é a realidade.
E esta última é bem real.
O PCP está em queda.
É tudo uma questão de tempo.

Al-Ma'dan disse...

É a lenta, mas inexorável, queda do comunismo à portuguesa.
Mas, para o PCP e o seu líder, cada derrota é uma vitória. Palavras para quê ? O pior cego é o que não quer ver...

Anónimo disse...

Caro Al-Ma'dan
È claro que em Almada quem venceu foi o PS. Só os tontos e tolinhos não entenderam que Paulo Pedroso é o novo presidente de cãmara. Que na Trafaria o PS perdeu a maioria absoluta na Assembleia de Freguesia.
Ainda bem que há mentes iluminadas que vivem noutro planeta.
Força.

Liberdade disse...

Está á vista de todos:

- O PCP venceu novamente em Almada, mas perdeu votos e mandatos nas câmaras, assembleias municipais e de freguesia a nível nacional, em particular no Alentejo. A nível nacional e é um dos derrotados.

- O PS perdeu novamente em Almada mas foi o partido mais votado a nível nacional tendo aumentado no número de votos e mandatos nas câmaras, assembleias municipais e de freguesia. Conquistou importantes câmaras ao PCP, em particular no Alentejo. A nível nacional é um dos vencedores.

O resto é conversa fiada.

Anónimo disse...

Queda garantida, se nos paízes do leste tudo caiu é nos paízes do ocidente que vao suportar a factura; No ocidente o comunismo não tem expressão nem no leste, em Portugal estes focos existentes teem mostrado bem a sua democracia, felizmente que a sul as coisas estão a mudar naturalmente, Almada é o nucleo onde esta pandilha continua a prescindir por enquanto; o povo Almadense não se pode abster senão o resultado está á vista e a população tem que os suportar onde a maioria já não os suporta.

Salvo Seja disse...

Naturalmente se percebe que o comunismo está em vias de extinção.
Com mais ou menos história, são disso exemplo a queda do muro de Berlim e o fim do regime soviético.

O PCP, embora vá perdendo mas ganhe sempre, como afirmam alguns dos seus (ir)responsáveis, começa a não fazer sentido.
E, bem vistas as coisas, não faz.

Não se trata de gostar ou não mas é esta a verdade.

Em Almada, não foi a CDU que ganhou. Sabemos isso. Deixando de lado o facto de jogar em coligação, temos que com honestidade fixarmos as ideias em duas coisas.
A figura de Maria Emília que ainda vai rendendo alguns votos, e a larga abstenção - maior que em 2005 - ditaram uma vitória tirada a ferros qual cesariana dificultada pela subida de outros partidos/coligações políticos.
Mas cuidado. O futuro começa a ficar negro, muito negro, para quem continua a erguer a bandeira.
Ah pois, a que tem a foice e o martelo.
Saudações de início de semana.

Anónimo disse...

Notícia TSF hoje no sapo.pt

Acidente

Colisão entre Metro Sul do Tejo e automóvel provoca dois feridos
Hoje às 11:48
Uma colisão entre o Metro Sul do Tejo (MST) e um automóvel, na Cova da Peddle, Almada, provocou esta manhã dois feridos ligeiros, informou a PSP.

Os dois feridos ligeiros, que eram passageiros do automóvel, foram de imediato encaminhados para o Hospital Garcia de Orta, de acordo com o comandante da esquadra de Trânsito da PSP de Almada, José Calado.

José Calado, citado pela Agência Lusa, explicou que «o acidente ocorreu numa zona de sinalização ambígua, em que uma parte tem semaforização e a outra não».

«É uma situação temporária há muito tempo, embora, de acordo com as informações que recebi, deva estar concluída esta semana», adiantou.

O Metro Sul do Tejo inclui as linhas Cacilhas-Corroios, Corroios-Pragal, Cacilhas-Universidade e abrange os concelhos de Almada e Seixal. Esta primeira fase do projecto começou a funcionar a 26 de Novembro de 2008.

Salvo Seja disse...

É engraçado.
Fala José Calado de sinalização ambígua e tem razão.
Diz que é situação temporária há muito tempo.
Uma situação temporária há muito tempo (falta dizer quanto) e num local perigoso.
Passei há instantes no referido local e os semáforos estão totalmente desligados.
O que fazer nesta situação? Avança o automobilista, o metro, os peões? Com que segurança? Nem elementos da PSP estavam no local para orientar o trânsito.
Provavelmente foram requisitados há muito tempo mas não se deslocaram porque ... é uma situação provisória.

Al-Ma'dan disse...

Caro anónimo Domingo, Outubro 18, 2009 10:47:00 PM,
Aqui ninguém vive noutro planeta, aqui todos vivemos com os pés bem assentes na Terra. No meu caso, nunca confundi os meus desejos com as realidades: pode crer que se assim fosse, MES já não seria presidente da CMAlmada há muitos anos.
Quem parece não ver a realidade são os senhores: ganharam em Almada, claro que sim, têm toda a legitimidade para governar. Mas, se atentarem nos resultados verão, não é difícil, que mesmo em Almada a perda de influência da CDU é notória e, note-se, em Almada quem ganha as autárquicas não é a CDU é MES.
No resto do país a perda de influência da CDU é ainda maior. Deveria ser para os senhores motivo de reflexão, mas nada disso se vê porque o PCP não é um partido de paredes de vidro mas de paredes de betão, completamente insondáveis.
E enquanto assim persistir a sua influência na sociedade portuguesa será cada vez menor.
Onde está a auto-crítica ?
Onde está o reconhecimento de erros ?

Anónimo disse...

Caro Al-ma'dan
Não me está a dar novidade nenhuma, que quem ganhou estas eleições foi Maria Emilia de Sousa, e não o PS. Mas isso sempre eu fui dizendo por aqui. A diferença é que os senhores pensaram que os almadenses estavam fartos da sua governação e a iam mandar embora. Esse foi o erro fundamental desta campanha. È muito dificil destronar uma autarca com tantos anos à frente da CMA, que conhece os problemas, que conhece as pessoas pelos nomes, que quando visita uma instituição sabem com quem está a falar, de um - e volto a insistir - parquedista, que tem sido o que o PS tem brindado Almada. Figuras apagadas, sem perfil para autarcas. A CDU está em queda livre, em todo o país, e Almada não é excepção. Paulo Pedroso era um candidato fragilizado logo à partida, quer pelas confusões da Casa Pia, quer pelo desconhecimento da realidade de Almada. Procurou um trunfo com a questão dos comerciantes da praça da renovação, à ultima hora, com os cartazes sobre o coração da cidade, mas esta sempre foi uma questão lateral a quem reside noutras freguesias como a Costa e Charneca.
O PS tem 4 anos para fazer o trabalho de casa, uma boa oposição que se mantenha em contacto com a população, que apresente soluções, que se saiba manter "á tona de àgua".
Caso contrário, daqui a 4 anos, o candidato da CDU seja ele quem for, vai uma vez mais ganhar as autarquicas.
Em Almada a oposição surge de 4 em 4 anos. Esperemos que tenham aprendido a lição.

Anónimo disse...

Palavras para quê?

Com papas e bolos se enganam os tolos (Almadenses)...

Al-Ma'dan disse...

Caro anónimo de Segunda-feira, Outubro 19, 2009 6:30:00 PM,
Se tivesse sido eu a escolher o candidato, pode crer que não teria escolhido Paulo Pedroso. Mas, como não sou militante do PS, nem de qualquer outro partido, não fui tido nem achado na escolha.
Contudo, à partida não me parecia um mau candidato e o programa era até bastante interessante.
Mas, o que "matou" o candidato foi, julgo eu, o problema Casa Pia.
Que, para mim, não era problema algum mas que para outros talvez o tenha sido.
Sempre pugnei, e continuo a fazê-lo, por uma coligação pré-eleitoral PS-PSD.
Mas, tenho sido nesse aspecto, apenas um a clamar no deserto e no politicamente incorrecto.
Por isso, Almada está mais uma vez mal entregue nas mãos da CDU (é claro é a minha opinião)e lá vamos cantando e rindo, com muitas festas e fogos de artifício para entreter e encher o olho ao povo!
Enfim, em Almada nada de novo!

Anónimo disse...

Caro Al-Ma'dan

Uma coligação PS-PSD? Acha isso mesmo possivel? A arrogância com que o PS viveu estas duas campanhas, como se apresentou ao eleitorado, tinha de levar a este desaire mais que evidente. O PS ainda teve menos votos este ano que em 2005.
A aliança que se vai realizar agora, CDU-PSD é contra natura à nascença porque estão em campos diferentes no espectro político. Mas uma aliança PS-PSD seria impensável. Para o PSD quer nacional quer em Almada, o adversário será sempre o PS. Não conheço nenhuma coligação camarária com estes dois coligados.
Paulo Pedroso, não tinha só o óbice da Casa Pia como já lhe disse. É um desconhecido para a maioria dos almadenses. Aqueles comuns, que vivem em Almada e não frequentam tertulias etc. Maria Emilia tem a vantagem de conhecer as pessoas, está à vontade em todo o lado. Pedroso, só estava à vontade rodeado dos elementos do partido, era e é um desconhecido em Almada.
O pernicioso do actual regime, é que a oposição não tem meios para poder fazer um trabalho como deve de ser, não sendo remunerados, não conseguem fazer oposição a sério, apenas nas horas vagas, e isso é muito pouco.
Até agora o PS tem-nos brindado com desconhecidos. Este ano trouxe-nos alguem conhecido a nivel nacional, mas por muitos maus motivos. Quem ganhou? O Bloco de Esquerda como já se esperava.
Os portugueses são muito conservadores. Só mudam, quando estão mesmo insatisfeitos, e isso não aconteceu em Almada. Até a colagem aos comerciantes da praça da renovação se revelou desastrosa, porque mostrou que que havia manipulação por trás.
Agora, e fico por aqui, não com posts como os que aqui abundam, a dizer que o Mendes é um chulo, que arrasta os pés, que o carreiras é outro chulo, que vão ajudar a mudar o panorama politico por cá. Por isso à dias referi, que este blog, por causa de muitos dos comentários ofensivos que publicava, estava a prestar mau serviço à oposição.
Pode ser que surjam surpresas...
Desafio-o caro amigo, a avançar com um Blog seu. Faz falta blogs moderados e lúcidos, sem primarismos.

Salvador Duarte disse...

anónimo outubro 21, 2009 12:25:00 AM
avance você com um blog ou já tem o seu? diga qual é para o visitar.

O anónimo de certo não precisa de blogs porque tem o boletim municipal e encartes de jornais de qualidade elevada até no papel a custos extraordinários para os almadenses.

Al-Ma'dan disse...

Caro anónimo de Quarta-feira, Outubro 21, 2009 12:25:00 AM,
Como já deve ter percebido sou de há muito opositor à gestão CDU da CMAlmada. Mas, comigo, porque não é o meu estilo nem a forma como estou na vida, não há cá calúnias.
Quanto à coligação PS-PSD não me parece que seja tão contra-natura assim.
O que acontece, em Almada e não só, é que cada um pensa mais no seu pequenino quintal que no concelho como um todo.
Enquanto assim for estamos conversados.
Quanto ao blog EMALMADA já aqui referi e reafirmo, tem prestado um excelente serviço a Almada na denúncia do muito que está mal na nossa terra e que de outra forma não seria revelado.
Quanto às calúnias ficam com quem as faz, e o autor do blog nada tem a ver com elas.
No tocante a um blog meu, nunca pensei seriamente no assunto, pois para isso é estar em contínuo em Almada para ir sabendo o que se passa, o que não é o meu caso, e é preciso ter muito tempo disponível, o que também não é o meu caso.
Assim, sem blog, vou continuar a intervir em todos aqueles que têm como temática Almada.
Já agora quanto a si gostaria que revelasse melhor o seu pensamento quanto ao futuro de Almada.