segunda-feira, setembro 28, 2009

A Febre Municipal do Betão e do Ferro

Em...Almada, a destruidora Câmara Municipal que propaga aos quatro ventos seu empenho na defesa do ambiente, preservação da natureza e espaços verdes e, conservação do património cultural, sacrificou e liquidou irremediavelmente tudo o que havia nas antigas quintas da zona da Ramalha em benefício do negócio do ferro e do betão.
A Ramalha, zona com relevantes vestígios arqueológicas foi vitima do progresso autista e subcultural de quem tem estado à frente do município, para quem progresso é sinónimo de construção desenfreada e realização de mais valias, contra a preservação da memória das gentes e do património edificado que fez a história de Almada.
nas duas fotos vêem-se casas já destruídas de quintas da Ramalha:
Todas as construções das antigas Quintas (Regil, S.João da Ramalha, Malquefarte etc) foram demolidas e os terrenos, potenciais espaços verdes foram sendo sucessivamente considerados fonte de rendimento fácil, sujeitos à especulação imobiliária.
A passagem do caminho de ferro para o MST pela zona destruiu construções antigas e enterrou "documentos" arqueológicos.
A atracção da CMA pelo negócio do betão é realidade indesmentível dada por dois exemplos:
- a venda do terreno doado à CMA pelo urbanizador para fins públicos, junto ao actual Tribunal de Almada, que a presidente da Câmara vendeu para construir um cinzento complexo de betão, sem vida, quando poderia ser uma área verde de lazer para os moradores.
- a "catedral do betão e ferro" que está a ser construída junto à antiga Capela da Ramalha, em terreno doado pela CMA à Centro Paroquial da Cova da Piedade.
Vale a pena uma deslocação ao local para observar quanto ferro e betão está sendo usado na edificação onde a presidente da Câmara deu área de passeio público para ser ocupado pela referida construção.
Será legal a construção em cima de área roubada ao passeio público?
Será legal construir esta "catedral do betão" junto a um monumento histórico?
O organismo público que cuida do património histórico edificado aprovou esta construção?
Há gente que duvida da legalidade da obra.
A ditadura que governa Almada, não governa.
Destroi Almada.
No dia 11 de Outubro é imperioso votar para desalojar os ditadores.
Sim pelo nosso voto se quisermos, conseguimos.
Eles são poucos. A actual ditadura foi eleita só por 20% do eleitorado. A elevada abstenção tem permitido isto.
Os democratas são muito mais que aqueles que votam na ditadura
Dia 11 de Outubro vamos votar para libertar Almada.

31 comentários:

Carlos Pinto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlos Pinto disse...

Caros almadenses, está disponível no portal da candidatura o Programa Eleitoral do PS-Paulo Pedroso.

São 70 páginas com propostas concretas de futuro para Almada.

Leiam e divulguem, porque É ALMADA QUE ESTÁ EM JOGO!

Anónimo disse...

ABUSOS DO PODER - 35 anos eles fazem moças em todos os sentidos. Quando estes parasitas caírem certamnte se vai conhecer muitos buracos. Este apego ao poder, esta luta desenfreada do partido comunista e seus autarcas é impiedoso. Neste momento saltam por cima de tudo e todos com mentiras descaradas, recorrendo aos lacaios comunistas divisionistas. Ao ler um jornal semanal vi um tal Tomaz militante do partido comunista inscrito mesmo, elemento da Associação de Comerciantes a fazer o jogo da Câmara contra a classe que deveria de defender. Neste momento tambem repudiado pelos Comerciantes como os outros elementos que ainda se mantem contra tudo e todos embora por pouco tempo. Vai haver eleições na Assoc. Comerciantes é altura de tambem se correrem com estes parasitas e limpar, limpar esta espuma poluente. Quase todas as Assoc. e colectividades estão minadas desta gente propositada; a base de sustentabilidade do PC e da autarquia. Por isso quando são substituidos ficam muito aflitos em saber quem é que os vai substituir, a corrente não pode desligar. É preciso acabar com isto rápidamente... AL

Al-Ma'dan disse...

Os senhores da CDU são uns refinados mentirosos!
A CDU de Almada fez um comunicado a congratular-se pelos resultados eleitorais em Almada, dizendo que foram a segunda força (mentira, foram a 3.ª força) e que ganharam votos (mentira perderam mais de 700 votos, quem ganhou os votos que o PS perdeu foram o CDS e o BE.
A CDU é de facto mestre na arte de deturpar e de enganar, fazendo de uma derrota, uma vitória.
Esta gente não presta!

Leiam o comunicado em

http://www.almada.pcp.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=100&Itemid=31

Anónimo disse...

" acabar com a arrogância e o poder absoluto" em Portugal é um desejo do secretário geral do partido comunista.

Almada é um concelho onde a arrogância e o poder absoluto da Maria Emília e comunistas eleitos por uma minoria no universo dos eleitores fazem estragos sociais, políticos, económicos, ambientais, urbanos, desqualificam a cidade, mantêm o concelho atrasado, negoceiam com o capitalismo selvagem , não respeitam a população e suas opiniões, gastam recursos de todos nós na sua autopromoção, enfim são forças destruidoras e desagregadoras, não motivam os almadenses, contribuem para a desagregação comunitária, perseguem pessoas etc,etc.
Em duas palavras apenas: NÃO PRESTAM.

ELA NÃO PRESTA


Temos de votar para acabar com arrogância e o poder absoluto de uma mulher sem qualificão para o cargo, sem qualidade humanas para ouvir os almadenses, só ouve os seus e sem competência.Desertificou Almada, matou o comércio local, destroi o património histórico a troco de novas construção que diz ser requalificar, que aposta na realização de mais valias para exibir dinheiro retirado a todos que vivem em Almada e mantém bolsas de miséria e atraso no concelho, sendo ela um ditador de saias.


Sejamos objectivos, não percamos esta oportunidade.
Acabemos com a arrogância e o poder absoluto do partido comunista e da Emília.
35 anos de diatadura é horroroso nos nossos tempos.
Votemos em quem tem um bom projecto para Almada, em quem nos pode libertar desta longa noite escura de 35 anos de opressão.

Al-Ma'dan disse...

Leiam o comunicado da CDU-Almada, obra-prima da deturpação e da manipulação informativa:

"Os resulados eleitorais da CDU, no concelho de Almada, para as eleições legislativas de 27 de Setembro foram parte do sucesso eleitoral da CDU que, confirmando-se como segunda força e com mais percentagem, constituiu a eleição de mais um deputado no distrito de Setúbal.
Estes resultados fruto do empenhamento e dedicação dos activistas da CDU contribuiram também para o PS perder votos e mandatos e assim acabar com a sua maioria absoluta."

Não tenhamos dúvidas, esta gente não presta!

Anónimo disse...

Este comunismo não vale nada.É repudiante. Sustenta-se na manutenção de bolsas de miséria e excluídos pela sociedade capitalista. O comunismo apoia-se eleitoralmente nos cidadãos que o capitalismo marginaliza e que como todo ser humano tem direito à dignificação social e a um bem-estar na sociedade.
É aqui que o comunismo vai buscar votos, mas não só. Vai buscar também aqueles capitalistas que vivem à conta do comunismo que lhe dá oportunidade para obter votos e deoutros que os ricaços comunistas demagogicamente ainda conseguem enganar. Assim alguns comunistas mais espertalhões guindam como defensores dos oprimidos para enriquecerem . Existe um determnado laço afectivo entre o capitalismo selvagem o lixo humano que cria, e o comunismo que utiliza e se alimenta eleitoralmente desse lixo humano.
É triste mas é isto.
O capitalismo selvagem é amigo do comunismo e o comunismo só sobrevive à cusat do despederdíciohumano criado pelo capitalismo.

Anónimo disse...

Antecipando a fase de intervenção, é presumível, em qualquer obra, a obrigatoriedade de um acompanhamento arqueológico rigoroso. Este procedimento confere uma estratégia e um plano de segurança impeditivo de devastação e consequente perda de identidade de áreas de interesse histórico, artístico e paisagístico. Qualquer projecto deveria obedecer a rigorosos métodos científicos exigidos pelos organismos tutelares da Administração Central nesta área, (nomeadamente o IGESPAR), acautelando, desde logo, a realização de um programa de investigação que possa ser efectuado antecipadamente, como instrumento de prevenção.

Neste momento, entre várias ocorrências preocupantes, assiste-se frequentemente a situações de afectação negativa no decurso de acções urbanísticas em solo de elevada sensibilidade patrimonial, como acontece actualmente nos terrenos adjacentes à Capela de S. João da Ramalha, anteriormente pertencentes à Quinta do mesmo nome, conjunto referenciado na listagem do Plano Director Municipal de Almada, que decorrem, apesar de devidamente licenciada pelos serviços da Câmara, sem o aconselhável acompanhamento arqueológico.

O levantamento patrimonial exaustivo e hipotética intervenção arqueológica, posteriormente passíveis de integração em instrumentos reguladores da Autarquia, ou seja, a constituição preventiva de um inventário municipal complexo, devem ser claramente assumidos como ferramenta imprescindível de gestão e salvaguarda. A existência de uma equipa de arqueologia municipal interventiva (actualmente omissa em território Almadense) deveria constituir um factor incontornável no apoio ao planeamento urbano nas vertentes de licenciamento, aconselhamento, aplicação de medidas preventivas e de minimização, fiscalização e acompanhamento e funcionar como gestor nas várias frentes: angariação, divulgação, inventariação, descodificação de conteúdos, etc..

João Freire disse...

Pois, Anónimo... E aos comunistas interessa que haja cada vez mais excluídos ou, pelo menos, que as pessoas não invistam, não subam na vida, não conquistem uma vida melhor para si - poderiam cair no erro de acreditar que cada um deve trabalhar para ter aquilo que quer e não ficar sentados à espera de subsídio e votar em quem lhe pagou a rodada de 4 em 4 anos! Percebem por que razão a Costa foi confinada ao turismo pé-descalço, quando poderia ser um centro de turismo de qualidade ou até mesmo de luxo, com muita maior formação de riqueza (para não falar num ambiente urbano menos mitra e só quem é cego não sabe do que falo). Percebem por que razão NENHUM concelho comunista alguma vez sai da cepa torta? A sério, desafio qualquer pessoa a apresentar-me um concelho governado pela CDU que não seja: (a) um dormitório, assolado pela criminalidade e sem emprego ou (b) uma pasmaceira sem jovens, sem trabalho, sem futuro.

Anónimo disse...

O desespero leva as pessoas a cometerem loucuras!!!!


O desespero é tanto que os srs vereadores andam na rua de bandeirinha e panfleto a tentarem convencer os velhotes da praça do MFA a votarem neles, nem que para isso seja preciso mobilizar todas as ambulâncias e carros da proteção civil para deslocar os pobres velhinhos ás urnas...cambada de oportunistas, tomara que o comboio lhes passe por cima, talvez assim compreendessem melhor a agonia dos ALMADENSES...pu'ta'pariu!!!!

Al-Ma'dan disse...

Esmiuçando o comunicado da CDU:

"Almada parte do sucesso eleitoral". Mas qual sucesso, se em números absolutos perderam 754 votos e em percentagem passaram de 14,42% para 17,36% ?

Depois, no meio do texto, tenta-se fazer crer, deturpando, que é a 2.ª força política em Almada, quando o que acontece é que 2.ª força no distrito de Setúbal, sendo em Almada apenas a 3.ª força.

No final, acabaram com a maioria absoluta do PS: ora se a CDU apenas ganhou um deputado, precisamente ao PS e em Setúbal, não foi a perda desse deputado que tirou a maioria absoluta ao PS.
Foram o CDS e o BE que tiraram mais deputados ao PS, e esses sim, tiraram-lhe maioria absoluta.

O comunismo não funcionou em parte nenhuma do mundo porque foi implantado sempre à custa das pessoas. Na URSS, logo nos primeiros tempos, o partido assassinou todos os opositores: camponeses, operários, militares, intelectuais, a família imperial.
Um regime, seja ele qual for, que se implante e sobreviva à custa da perda de milhões de vidas, não presta.

O comunismo, tal como foi implantado, fez-se à custa de ceifar milhões de vidas por todo o mundo. E isto não há nada que justifique.
Para sobreviver, os regimes comunistas controlavam tudo e todos, manipulando as consciências, manipulando a informação e instaurando um terror universal.
Mais, se nos últimos anos ressurgiu o capitalismo selvagem que nos levou à actual crise, isso também é culpa do falhanço do comunismo.

Portanto, meus caros, necessistamos de um mundo melhor, mais justo e equilibrado, mas não é com regimes nem com partidos comunistas que lá chegaremos.

Al-Ma'dan disse...

Corrijo "percentagem passaram de 17,42% para 17,36% ?

Anónimo disse...

Na pagina do CDU na internet há um afastado de denúncia e resposta, mas quando você põe a direção de e-mail, te diz direção inválida.

Esta foe minha denuncia.

Se,conheço a destruição de cartazes eleitorais do PS, feita por militantes do CDU em [Almda], além disso conheço também as ameaças realizadas por, também militantes do [CDUa] os comerciantes desta cidade, que não concordam com a política de destruição da cidade e seu comércio feita pela CDU de Almada, e que já estão em [denunciadasen] tribunal ao ser reconhecidos os agressores.

Arrastão disse...

Desculpem o abuso. Mas só para informar que o Arrastão está a fazer um inquérito às intensões de voto nas próximas autárquicas em 38 concelhos. Almada é um deles. Se quiserem ajudar a divulgar... Obrigado.

Anónimo disse...

Resultados eleitorais de 27 de Setembro de 2009

28-Set-2009
Os (resulados,como vêm no comunicado) resultados eleitorais da CDU, no concelho de Almada, para as eleições legislativas de 27 de Setembro foram parte do sucesso eleitoral da CDU que, confirmando-se como segunda força e com mais percentagem, constituiu a eleição de mais um deputado no distrito de Setúbal.

Estes resultados fruto do empenhamento e dedicação dos activistas da CDU contribuíram também para o PS perder votos e mandatos e assim acabar com a sua maioria absoluta.

A votação da CDU, aumentando o número de votos nas freguesias da Charneca de Caparica, Costa de Caparica e Feijó, prova que a CDU é uma força em crescimento no plano eleitoral, mas igualmente no apoio social para continuar a luta contra as politicas de direita responsáveis pela grave situação económica e social em que o país e as famílias se encontram.


Aí está mais uma das muitas mentiras do PCP.
Como podemos ver o PCP foi a terceira força politica nas legislativas no concelho de Almada de 2009 e não a segunda como o PCP quer fazer parecer no comunicado emitido, no concelho de Almada: com 1ª PS-31.702 2ª PSD-16.556 e em 3º-15.474
Com menos votos que a ultima eleição (2005) nas legislativas, 1ª PS-40894 2º PSD-16649 e em 3º novamente o PCP-16228.
Ou seja o PCP no concelho de Almada perde cerca de 758 votos, não vejo onde está a sua grande vitoria e ajuda para o distrito.



E.H

Anónimo disse...

peço desculpa são 754 votos a menos e não 758, é melhor corrigir antes que o PC diga que os estou a difamar...
E.H

Anónimo disse...

Os PCs são uma negação democrática.
Lutam contra ditaduras enquanto não são eles no poder e a ditadura.
Depois a ditadura deles é democracia(só para eles).
São uma cambada negra ao estilo mais fascizante do pior que se possa imaginar.

Al-Ma'dan disse...

Caro E.H.,anónimo de Terça-feira, Setembro 29, 2009 2:49:00 PM,
Toda a gente vê que eles não ganharam nada, aliás até perderam, mas para eles (mentes tontas e formatadas) ganharam.
Você lembra-se em todas as eleições pós-25 de Abril, o PCP ter perdido alguma ?
Nunca, eles ganham sempre!
Como querem depois que nós os levemos a sério e se ele são um verdadeira anedota!

GMaciel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
GMaciel disse...

Apraz-me verificar que as consciências estão acordadas, mas a mudança não nasce da vontade mas sim da acção.

A CDU já percebeu que a mudança se vislumbra no horizonte, sabem que têm de se mobilizar e estão a fazê-lo desesperadamente. Por outro lado, sabe-se que é nos outros partidos que a abstenção mais se verifica. Assim, mobilizem-se: temos 12 dias para levar os abstencionistas às urnas - e sei que todos conhecemos alguns.

Pela parte que me toca já ando em campanha há algum tempo. Tenho chagado a cabeça de todos aqueles que me dizem que "não querem saber", porque temos todos de querer saber o que desejamos para a nossa cidade, e NÃO é a permanência desta gente medíocre.

Força e perseverança, nem que os levemos de arrasto.

:)

abraço

Salvo Seja disse...

O PCP ganha sempre mesmo quando as derrotas são evidentes.
É uma mania destes senhores.

Anónimo disse...

Peço desculpa pelo o que vou dizer,mas os comunas já parecem o que eu digo ás vezes em relação ao meu BENFICA: "o benfica nunca perde, não consegue é ganhar ás vezes...".
Assim é ditos comunas que não aceitam de maneira nenhuma uma derrota.
E.H

Al-Ma'dan disse...

O problema deles (PCP) é mais profundo. Lembram-se dos tempos da velha União Soviética ?
Na dita, não havia acidentes fossem eles de origem natural - sismos, cheias, furacões - nem de origem humana - descarrilamentos de comboios entre outros. Ou melhor, havia tantos ou mais que em todos os outros lugares do mundo, mas nada transpirava para o exterior, nem mesmo interiormente.
Muitas vezes, só meses passados se sabia no Ocidente de muitas coisas que se ocorriam na URSS. A promoção do desporto de alta competição e da alta cultura tinha exactamente o mesmo objectivo, demonstrar a criação do dito HOMEM NOVO.
ESta obsessão com a perfeição, ou melhor, com a aparência de perfeição, era uma forma de mostrar ao mundo a superioridade soviética, como se nós fôssemos atrasados mentais para acreditarmos nessa perfeição.
A obsessão na demonstração da superioridade/perfeição soviéticas constituia o contraponto a uma sociedade extremamente frágil e repleta de problemas e tensões de todo o tipo.
Isto é, mostravam-se fortes para esconder as fraquezas.
O mesmo se passa com o PCP, herdeiro português de todos os bons costumes soviéticos: o quererem mostrar-se superiores aos outros como se fossem sobrehumanos, mais não é que uma forma de esconder as suas fraquezas.
E é isso que o PCP é hoje: um partido particularmente frágil, que à esquerda foi ultrapassado por uma força com apenas uma década de vida, mas com uma grande dinâmica, goste-se ou não.
A influência eleitoral do PCP é hoje marginal na sociedade portuguesa. A maioria do seu já escasso eleitorado é constituído por idosos. Os trabalhadores até podem fazer parte e usar os sindicatos controlados pelo PCP, mas na hora do voto, não lhe dão a sua confiança. Parece-lhes que o PC serve para fazer oposição e para ser do contra, mas não serve para governar.

E é este um terrível dilema com que o PVC vive desde há longos tempos a esta parte e que se me afigura inssolúvel.

Aníbal Moreira disse...

Mas à alguma dúvida de quem ganhou as eleições legislativas?

Penso que não!

Partido Socialista vitorioso em Almada

José Sócrates será reconduzido enquanto Primeiro-ministro, após a vitória eleitoral de domingo nas Eleições Legislativas.
O Partido Socialista obteve o desejado e merecido resultado com números globais bastante positivos, sendo o partido mais votado na maioria dos distritos, incluindo Setúbal, com um total de sete deputados eleitos.

Os números foram particularmente esclarecedores em Almada.

O Partido Socialista voltou a merecer a confiança dos cidadãos almadenses, vencendo destacado face às principais forças políticas, com mais quinze mil votos que o PSD e, não menos relevante, com mais do dobro dos votos da CDU.

35 anos depois, já ninguém duvida.

O futuro está a chegar a Almada!


Resultados das Eleições Legislativas - Almada

Partido Socialista - 35,57% - 31.702 votos

Partido Social Democrata - 18,57% - 16.556 votos

CDU - Coligação Democrática Unitária - 17,36% - 15.474 votos

Bloco de Esquerda - 13,12% - 11.699 votos

CDS - Partido Popular - 9,09% - 8.100 votos

Nota Final:

Não esquecer dois pormenores:

O BE - Bloco de Esquerda, fico atrás do CDS - Partido Popular a nível nacional, é a quarta força politica, com isso perderam a sua arrogância.

Quanto à CDU passou a ser a ultima força politica.

Porque é que existem tantos anónimos a comentar por aqui, porque será?

Aníbal Moreira

Al-Ma'dan disse...

Sem dúvidas!
Muitos anónimos, sinónimo de muito medo!
35 anos de CDU em Almada deu nisto, as pessoas têm medo de assumir publicamente as suas opiniões políticas por receio de represálias, tão simples quanto isto!
E o medo é o pai de todas as ditaduras, elas sobrevivem pelo medo.
Está na hora, dia 11 de Outubro, de terminar com o medo e renovar a esperança em Almada!

Al-Ma'dan disse...

Sem dúvidas!
Muitos anónimos, sinónimo de muito medo!
35 anos de CDU em Almada deu nisto, as pessoas têm medo de assumir publicamente as suas opiniões políticas por receio de represálias, tão simples quanto isto!
E o medo é o pai de todas as ditaduras, elas sobrevivem pelo medo.
Está na hora, dia 11 de Outubro, de terminar com o medo e renovar a esperança em Almada!

almada livre disse...

Votação de 27 de Setembro de 2009 no concelho de Almada

PS 31.702
PSD 16.556
PCP 15.474
BE 11.699
CDS/PP 8.100

É possível acabar com a ditadura comunista no concelho.
Vamos mobilizar nossos vizinhos e amigos para não se absterem, para ser possível libertar Almada.

Com estes votos a distribuição dos mandatos para a Câmara seria esr

PS 5
PSD 2
PCP 2
BE 1
CDS/PP 1

É POSSÍVEL REPETIR ESTA VOTAÇÃO.

É POSSÍVEL ACABAR COM O MEDO EM ALMADA.

É POSSÍVEL ACABAR COM O DESCALABRO EM QUE O CONCELHO SE ENCONTRA
É POSSÌVEL PÔR FIM À EXPLORAÇÂO DOS ALMADENSES PELA CMA.

É POSSIVEL ACABAR COM A VILANAGEM NA CMA QUE USA DINHEIRO DOS ALMADENSES PARA SUA PROMOÇÃO PESSOAL.

Vamos Votar no dia 11 para acabar com a arrogância e o poder absoluto como o camarada Jerónimo quer.
Vamos Votar para acabar com uma ditadura de 35 anos
Vamos Votar para dar vida a Almada.

Anónimo disse...

Movimento Independente dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Almada


http://mitcma.blogspot.com/

Anónimo disse...

Pois..... foi com votaçoes assim que a CDU à 4 anos ganhou a maioria absoluta. E este ano biza em cheio, para a despedida.

Anónimo disse...

Quantos rostos tem a peixeira?
Em menos de um mês já vai no 3º autodoro.

o cheiro a fénico obriga a rodar o rosto.

De onde vem toda a massa para pagar?

ou os militantes estão de tanga ou é dinheiro da câmara a pagar a propaganda do partido.
são as boas contas.

os almadenses estão a ser enganados.lixados e surripados.

Anónimo disse...

Há 4 anos a maioria absoluta do PCP cdu foi arranjada com trafulhice.
O PCP CDU não quis a recontagem dos votos porque sabia que perdia.