quarta-feira, fevereiro 14, 2007

Requalificação Urbana e Mobilidade

Em...Almada, haveria nesta rua : - requalificação urbana com "originais" postes para suporte da catenária; - os autocarros de transportes públicos deixariam de circular por este local para assegurar o monopólio e a rapidez do comboio; - seriam colocados recipientes para lixo que não servem os cidadãos; - seriam colocados nos passeios públicos bancos voltados para os edifícios, para que os cidadãos admirassem os moradores; - seriam instalados candeeiros pós-modernos de iluminação pública; - uma desqualificação da mesma, a qual passaria a ter uma linha ferroviária implantada no seu eixo, criando uma barreira à mobilidade das pessoas. Em Augsburg é assim : - uma rua ao serviço e dispor dos cidadãos; - não há postes de sustentação de catenárias no meio da via; - os autocarros de transportes públicos circulam ao serviço dos cidadãos em alternativa ao metro de superfície; - não há monopólios nos transporte públicos; - não há barreira no meio da rua a criar dificuldade à mobilidade das pessoas; - os cidadãos usufruem todo o espaço público. Em Augsburg, cidadão é respeitado. A cidade está ao seu dispor. Os transportes públicos servem-no, sem se servirem dele. Em Almada, cidadão é contribuinte, utilizador, utente, pagante, sustentador, subordinado, "escravo", obstáculo a ser ultrapassado. O transporte público serve-se dele. Será que pensam que nós somos débeis (?), marionetes/fanfoches ou idiotas?

1 comentário:

Reporter disse...

Uma curiosidade:
Augsburg é mesmo uma terra onde a verdadeira democracia impere e onde a população sinta bem estar?
Outra coisa ... as árvores plantadas são-no feito indiscriminadamente ou são escolhidas as melhores, evitando as que causam alergias e outros males?
Como em Almada, por exemplo...
Ai este meu coração!!!