terça-feira, dezembro 22, 2009

A TODOS BOAS FESTAS

Em...Almada, infelizmente nesta quadra festiva, as ruas da cidade estão vazias de pessoas e cheias de pedras, por vontade, por autoritarismo e autismo da Exma Câmara Municipal de Almada.
PARA TODOS UM NATAL COM CALOR HUMANO
UM NATAL HUMANIZADO

FELIZ

2010

17 comentários:

Regedor disse...

Boas Festas.

Já que o nosso Concelho está vazio, que se encham de esperança os cidadãos munícipes que tudo suportam.

* As ruas estão vazias mas o Almada Fórum está à pinha...

Anónimo disse...

Boas Festas para si também!

Esperemos que no próximo ano a czarina (que alguns dizem estar a ser altamente controlada pelo APARELHO, já que não falou na última Assembleia Municipal, a não ser de papel previamente escrito)mas dizia eu, esperemos que ela comece a perceber que é necessária uma outra atitude.
Não vale dizer ao Sócrates que as oposições é que têm a maioria e ele vai ter que se habituar...
É bom que ela tambem perceba isso.
Há quem diga que ela vai entrar numa de retiro religioso e que até mais simpática com o Pena, na Assembleia pele cumplicidade religiosa.
E os camaradas agradecem que ela vá embora! Até mais que as oposições... é que ser oposição de uma criatura inteligente é sempre melhor do que esbarrar numa "parede" pouco inteligente e muito condicionada pelo tal APARELHO.
Até para o ano!

Fernando Sousa da Pena disse...

Caro EMALMADA, para si - autor de um verdadeiro espaço de liberdade e consciência cívica -, para os colaboradores deste blogue e para os cidadãos de Almada, e respectivas famílias, os meus melhores votos de um Santo Natal.

Anónimo disse...

Tambem quero agradecer ao EMALMADA pela presistencia de um bom trabalho elaborado. Os meus parabens. Votos de um Santo Natal para todos que contribuiem.

Anónimo disse...

De facto este blog é um espaço de liberdade. Onde a mentira ,intriga e mal dizer é uma constante. O ponto alto deste blog é quando se lambem e engraxam uns aos outro ,umas bicadas à direita outra aos canhotos os extremos tocam-se, outros dão palpites ,em suma são uma corja de … … .
O Natal é todos os dias, ,de qualquer dos modos tenham umas boas festas.

Anónimo disse...

Para o anónimo 1:36:00 AM liberdade só no PCP, dentro dos critérios balizados pela nomenklatura.
Stalin foi um grande democrata e defensor da liberdade que tinha de mandar eliminar aqueles que o criticavam.
Stalin ditador?

Feliz Natal

Al-Ma'dan disse...

Caro EMALMADA,
Também para si BOM NATAL, sinónimo de solidariedade humana, e um ANO NOVO DE 2010 cheio de coisas boas.
Para a nossa Almada, vai um desejo especial, que 2010 seja um ano de viragem no futuro da nossa terra.
A esperança é sempre a última a morrer.

Anónimo disse...

As liberdades não cabem nas "amplas liberdades democráticas" dos pc's e das Coreias do Norte e outros que tais.
Portante aproveitemos nós a liberdade que temos para desejar um bom Natal a todos...porque se eles, os pc's pudessem...outro Natal cantaria...

Anónimo disse...

A construção da linha do Metro trouxe consequências positivas e negativas.Se por um lado a Câmara que concebeu este projecto ainda não inventariou todas as suas vantagens, por outro, fazendo o contraponto a esta visão optimista é preciso que se minimizem as consequências negativas da obra.

Quero aqui trazer um problema que
é consequência desta intervenção.
A Rua Anónio Feio passou em dias de grande queda de chuvas a ser um rio que ameaça introduzir-se em espaços de habitações que marginalizam o asfalto.
Foi o que aconteceu num destes chuvosos dias.Os carros que circulavam no sentido ascendente provocaram no período de maior intensidade das chuvas ondas que galgando o passeio chegaram a entrar para dentro de garagens.
A água muitas vezes porque as sargetas estão altas, entupidas ou são inexistentes dirigem-se para Cacilhas provindas da Rua Bernardo Francisco da Costa, da Alameda Afonso Henriques, passam sempre à superfície pela Praça Gil Vicente e o caudal vai engrossando e fazendo perigar o património de alguns moradores.

Diz quem observa este fenómeno que as águas que antes corriam pela Av. 25 de Abril a caminho do rio foram por força da intervenção do Metro canalizadas para a Rua António Feio que sendo muito mais estreita tende a subir muito rapidamente.
A drenagem do espaço canal apresenta deficiências e o escoamento não se faz, pelo menos suficientemente, para o sistema de drenagem.

Sabendo nós que há responsáveis camarários que lêem este blog, venho por este meio alertá-los para que seja encontrada solução para este problema que ameaça causar prejuízos se não forem tomadas medidas correctoras desta deficiência.

Anónimo disse...

Terminamos este ano com a consciência que temos um elenco municipal férreamente defensor do meio ambiente e da qualidade do ar que respiramos.
Assim, verificamos que os automóveis estão a ser expulsos da cidade para o campo, nomeadamente para os terrenos agricolas da Costa, os passeios da cidade estão cada vez mais entregues à erosão corroendo-se naturalmente contribuindo assim para uma maior elasticidade do membros inferiores dando-lhes maior resistência quando aguentam as torções, os circuitos de reconhecimento urbano estenderam-se a vias que até aqui eram práticamente desconhecidas contribuindo asssim para um conhecimento mais profundo da cidade onde vivemos, as estátuas de ferro que repõem o ferro, arduamente retirado das minas, no solo contribuindo assim para um equilibrio ecológico sustentável, uma politica urbana que pretende a erosão lenta do parque habitacional, devolvendo tambem ao solo todos os materiais utilizados na sua construção ao mesmo tempo que se constroi de novo em terrenos que irão sofrer o mesmo processo de equlibrio daqui a trinta ou quarenta anos, a aquisição de veículos amigos do ambiente que irão ser encostados à medida que as baterias perderem qualidade de carga, devolvendo mais uma vez ao ambiente o que lhe foi retirado, a criação de empresas pseudo municipais com o objectivo de colocação de compadres que de outra maneira continuariam a poluir os corredores do costume, devolvendo-os a uma ilusão de actividade para a qual contribuimos pelo menos com quatrocentos e noventa e quatro mil euros no ano que agora termina, a inauguaração de um busto do cardeal cerejeira na zona do Cristo Rei, contribuindo nas palavras de um vereador municipal para o enriquecimento democrático da cidade de Almada.
Estas são sómente algumas das pérolas com que temos sido brindados ao longo destes trinta e quase cinco anos de poder local amigo do utilizador e distraído do utilizado.
Que a próxima década contribua para que o nevoeiro que entorpece os sentidos se desvaneça.
Oliveira

Anónimo disse...

Que a próxima década traga a "Grande Mudança" para Almada.

Anónimo disse...

BOA OBSERVAÇÃO E ESCLARECEDORES COMENTÁRIOS DO ANÓNIMO (OLIVEIRA) DE 31 DEZº ÀS 10:09 AM

Anónimo disse...

Pelo menos aí a czarina teve de baixar as orelhas por perder a maioria. Aqui pelo Seixal continua o monhé a mandar como quer e pode. Infelizmente, a oposição deixou-o ganhar... agora teremos mais quatro anos de inferno, currupção, jobs e negócios for the boys e a porcaria de sempre.
Almada está no bom caminho, o Seixal terá de acordar ainda.

Anónimo disse...

OS ALMADENSES BEM AVISARAM OS AUTARCAS DE ALMADA...

OS RESULTADOS ESTÃO AGORA BEM À VISTA...

Um homem de 84 anos morreu esta segunda-feira atropelado em Almada, na sequência de um choque com o Metro Sul do Tejo (MST), que o projectou para a via de rodagem, disse fonte da PSP de Almada, citada pela Lusa.

«O acidente aconteceu pelas 07:39, na Avenida 23 de Julho, em Almada. O metro, que circulava no sentido Corroios-Almada, empurrou a vítima para a via de rodagem e esta foi atropelada por uma viatura que circulava no sentido Almada-Corroios», explicou a mesma fonte.

De acordo com a PSP, a vítima, residente no concelho, morreu ainda no local do acidente.

Segundo dados do Comando Distrital de Operações de Socorro de Setúbal, durante o ano de 2009, acidentes com o MST fizeram 13 vítimas, sendo quatro delas graves e uma mortal.

A primeira fase do MST, que inclui as linhas Cacilhas-Corroios, Corroios-Pragal, Cacilhas-Universidade e abrange os concelhos de Almada e Seixal, está a funcionar desde Novembro de 2008

Anónimo disse...

A propósito do post anterior, a Comissão de Utentes do Metro Sul do Tejo afirmou que é «necessário que a empresa olhe com mais atenção para a velocidade de circulação do metro».

«Assistimos muitas vezes a situações de velocidade excessiva por parte do metro», disse Luísa Ramos, representante da Comissão de Utentes.

«Sem poder reportar-se com pormenor à situação concreta deste acidente», acrescentou, «a Comissão tem, não obstante, desde sempre colocado a questão da segurança como uma das que deveriam merecer maior atenção por parte da Metro Transportes do Sul (MTS), concessionária do MST».

QUE ESPERAVA ESTA "COMISSÃO DE UTENTES" (incompetentes), MELHOR DIZENDO ALGUNS ELEMENTOS DO COMITÉ CENTRAL DO PCP, quando, contra tudo e contra todos defendeu, de braço dado com os irresponsáveis autarcas de Almada, a imposição do traçado MST pelo principal eixo viário da cidade?

Bem podem os elementos de tão ilustre COMISSÃO, chorar lágrimas de crocodilo...

Mais acidentes virão... É uma questão de tempo!

Anónimo disse...

A competeência destes gestores de cidades, ( se o chefe deles fosse o Belmiro de Azevedo já os tinha despachado há anos ), verifica-se mais uma vez na instalação de semaforos inteligentes; o alcatrão foi preparado para levar sensores de tráfego, esses sensores estão preparados para sentir veículos de quatro rodas e só a estes respondem, os veículos de duas rodas têm duas alternativas: ou esperam que um automóvel passe para acionar os sensores ou então passam o sinal vermelho arriscando-se a ser autuados.
E esta heim????
Oliveira

Anónimo disse...

O ano 2010 não trouxe boas perspectivas a Almada.