segunda-feira, agosto 24, 2009

Insegurança Permanente para os cidadãos

Em...Almada, a insegurança é uma realidade no quotidiano da vida dos almadenses em todo concelho.
Todos os dias, dia ou noite em locais onde menos se espera, cidadãos são assaltados na via pública.
Isto sem referir os assaltos a residências e estabelecimentos comerciais ou outros, que não chegam ao conhecimento público.
imagem da internet
Dizem-nos moradores da zona da Ramalha que ultimamente têm sido frequentes os assaltos a cidadãos naquela zona.
Um atelier de costura numa rua da Ramalha já foi "visitado" em pleno dia, duas vezes, pelos amigos do alheio em curto intervalo.
Um viatura foi roubada há duas ou três semanas em pleno dia, na mesma rua. Durante a noite tem havido roubos em viaturas.
Na última sexta-feira pelas 18 horas uma cidadã foi assaltada por dois jovens, (15 a 17 anos aparentemente), na passadeira do comboio na Bento Gonçalves junto à Travessa da Ramalhinha.
Os meliantes que se encontravam junto ao denominado "Parque da Juventude" na Rua Ramiro Ferrão, seguiram a senhora, que acabara de descer do autocarro naquela artéria e atacaram-na, um pela frente e outro por trás, roubando-lhe um pequeno fio e uma pulseira de ouro, provocando equimoses no pulso.
Na Rua Alfredo Keil durante o dia, e sobretudo à noite ocorrem cenas desagradáveis para os moradores. O local é palco de assaltos a pessoas, consumo, tráfico de drogas e outras cenas.
Isto gera e alimenta um real sentido de insegurança para os moradores ou a quem passa no local.
A iluminação nocturna é muito deficiente e a copa das árvores ajuda a que "os personagens" actuem resguardados.
A Câmara Municipal com o seu Conselho Municipal de Segurança e outras autoridades bem tentam camuflar as situações, artificialmente, para não aumentar o sentimento de insegurança que se vive na via pública, mas, sem êxito.
Melhor fosse que a Câmara Municipal de Almada e o seu Conselho M. de Segurança encarassem os problemas de frente e os resolvessem, do que ocultá-los, porque isso só dá mais alento à perpetuação das situações, dando ânimo e um sentimento de à vontade a quem pratica tais actos.
Quando as pessoas tentam participar "os casos", muitas vezes são dissuadidas a não fazê-lo. É claro que as estatísticas depois não "falam" verdade.
É verdade que actualmente os gatunos e assaltantes, parecem ou têm (?) mais direitos que os polícias e os cidadãos cumpridores, situação que é desmotivadora para os agentes policiais.
Almada não tem policiamento de proximidade. Quem se desloca a pé por Almada não vê patrulhamento da polícia, não vê agentes policiais.
Há cidadãos que já não saem de casa a partir das 20 horas, com receio de serem assaltados.
É perigoso andar na rua à noite por Almada.
Quer de dia quer de noite Almada é um deserto.
"Obrigado Câmara Municipal de Almada por ter despovoado e destruído Almada e, ter dado oportunidade à proliferação de uma fauna que intimida a população e afasta os cidadãos trabalhadores e cumpridores, do espaço público."
ALMADA, HOJE É UM CIDADE ADAPTADA À ACTUAÇÃO E AO TRABALHO DE OPORTUNISTAS.
Podem-nos dizer que o problema é uma questão social. Concordamos. Mas perguntamos:
Porque se deixou chegar Almada a este caos?
Como sempre, a CMA sacudirá a água do capote dizendo que é devido à crise e às politicas do Governo, quando a sua própria responsabilidade é enorme pelo subdesenvolvimento miserável que tem fomentado no concelho.
A CÂMARA MUNICIPAL DE ALMDA e os autarcas que a controlam, em sua propaganda, convidam com este painel, que existe também fora do concelho pago com dinheiro nosso, cidadãos e turistas a visitar o concelho... "experimentealmada"....
Só não diz... se forem roubados ou assaltados não estranhem nem reclamem , porque isso faz parte do quotidiano neste concelho e das condições criadas pelos actuais autarcas.
Esta é a situação e o clima que infelizmente arautos da liberdade, escondidos nos "ideais de Abril", proporcionam a esta terra e à população.
EMALMADA agradece a colaboração de cidadão

140 comentários:

Anónimo disse...

esta tarde estava cortado o transito rodoviário no sentido ascendente da av, nuno alvares pereira, depois do café tropical.
Após andarem com sondagens nas canalizações há várias semanas naquela avenida lá encontraram as aneiras resultado dos estudos técnicos e cientificos feitos para reabilitar e modernizar almada.
Há mexida de novo em canalizações e condutas feitas recentemente.
Almada está no seu melhor entregue a estes bichos vermelhos da couve.

Anónimo disse...

Almada, terra de cães perigosos à solta.
Na minha rua à meia noite sai todos os dias um cão perigoso de raça pitbul.
Esta vizinhança está como a Junta e todos fazem de conta que não vêm.
Leis para quê se todos fechamos os olhos!
Isto assim vai ficando entregue aos bichos.
A malta reivindica rendimento mínimo e outros direitos sociais.Quando é que ENTENDEM que também têm obrigações.
Então e o Conselho Municipal de Segurança não publica no Boletim Municipal quantos cães perigosos foram retirados aos seus donos?
Bla, bla que é o sentimento de segurança, que é tudo muito seguro, mais blá, blá...
Por aqui já não se vê polícia há muito tempo.

Ao ser hoje cheirado por um bicho destes mal saí da porta foi dos momentos mais desagradáveis que tive nesta cidade.
A dona lá meteu o cão em casa, donde só sai à noite, e eu lá pude sair também do meu prédio.

Não liguei à polícia com receio de represálias.


Chega de mais leis sem fazer cumprir as que já existem.Deixemo-nos de brandos costumes.
Ainda acabo por votar no Dr. Pena que me parece o único capaz de trazer padrões de ordem a esta cidade em que me reveja.

Anónimo disse...

Amanhã, Srª. Presidenta, peça ao motorista que às 18h30 desça as escadinhas junto ao miradouro e vá ao Ponto Final no Ginjal buscar um refresco.
Como vai encontrar o Ponto Final fechado vá até ao Atira-te ao Rio e na volta repare na boca de incêndio que está ao fundo das escadas. Se encontrar uma mangueira ligada fica sabendo que as pessoas que ali moram precisam de água. E já agora de borla será melhor e para se protegerem de transeuntes e fiscais é melhor terem um cão.

Dos tais que mordem sem ladrar nem avisar? Sim esses são mais intimidatórios.
Não limpem as escadas como o fizeram senhores autarcas porque só desce aquelas escadas quem goste de adrenalina.
Será que quem lá mora precisa para sua segurança de ter cães de raça perigosa? Estarão registados Sr. Presidente da Junta de Almada?

Quando é que os candidatos vêm ao Ginjal, como o fazia Romeu Correia que guardava deste local recordações de infância bem melhores que as nossas!

Liberdade disse...

Almada precisa da CDU/PCP... na oposição, que é o que eles melhor sabem fazer.

Vamos fazer-lhes a vontade e votar no PS e no BE em 11 de Outubro!

Anónimo disse...

O problema da insegurança não é só na Ramalha, é em toda a cidade! A tão "bonita" praça do Mac-donalds à noite é uma vergonha só escumalha. No principio ainda se via crianças ali a brincar mas agora nem vê los. Compreendo é só garrafas partidas, vidros por tudo o que é lado, pessoal à porrada e a ofender as outras pessoas, e tudo mais. Segurança em Alma nenhuma, só saindo de carro e com ele trancado!

Na quinta da Alegria também existe um pitbull que se passeia de manhã, à tarde e à noite sem trela e o dono sempre a milhas para não ser identificado como o dono do cão. Já o vi a querer atacar pessoas e uma delas teve sorte que se meteu dentro do carro a tempo. Mas isso não é nada! Agora até estão a construir uma barraca no antigo parque infantil, para abrigar a matilha de cães que foi ali abandonada,sempre serve para proteger a droga ali escondida...

Experimente viver em Almada e vai ver o que é viver numa cidade de 4º mundo!

Anónimo disse...

A coisa de 2 meses foi um rapaz roubvado e esfaqueado em almada velha chamei a policia mais uns amigos 2 vezes. A 1º o policia que me atendeu gozou conosco a pensar ser uma brincadeira, da 2º vez disse q o carro de patrulha tava de serviço e que ja ia para lá passados 30 minutos e mmuito sangue escorrido o ladrão teve tempo de ir ao bairro dele e trazer amigos para mais pancadaria. Fugimos com o rapaz a sangrare leva-o-lo nós a casa para que podesse ir ás urgencias. A pociia essa nunca apareceu pq ali ao pé do CALHAMBEQUE so se junta gente da treta. Não me intrepretem mal á muitos novos espaços em Almada Velha muito bem frequentados por pessoas ordeiras e boa pinta mas ali que é so gentinha a beber garrafas de litro de cerveja e a drogarem-se é so gente q mete medo. Sem falar da MAFIA QUE É A POLICIA DE ALMADA que são todos uns corruptos e uns bebados pq tb lá andam nos copos com os mainantes e vigaristas.

Anónimo disse...

Na costa da caparica é so gente da treta e montes de gente roubada e ja morreu uma pessoa na praia do DELMARE ESFAQUEADA e na praia doNGARU ouve porrada entre 2 bairros. A policia nem apareceu, so me espanta é que esses bares de praia não têm segurança e muitos delesnem licença para estarem abertos até AS 04H da manha. Sem contar que ja me partiram o vidro para roubar o carro as 18h da tarde no parque do waikiki. TEMOS UMA SUPERESQUADRA PARA OS POLICIAS FAZEREM JACUZZI E IREM AO GINASIO como ja vi muitas vezes que me dirigi lá. Policias nem ve los...

Anónimo disse...

Querem encontrar a policia em Almada? Vão de manhã ao terminal dos barcos é ver 2 e 3 carros parados e eles todos cá fora a contar piadas e anedotas e a ver passar as meninas jeitosas a caminho do barco!...

E a polir balcões por esses cafés fora? Ui!

Vida boa! Assim também eu! Não tenho nada contra a policia sei muito bem que preciso dela neste país.
Mas sei muito bem que à bons e maus policias!

Anónimo disse...

EM almada são todos uma corja, é velos pelos bares e cafes durante o espediante, é velos a passear no forum onde é "inseguro" e espreta ladrão, é velos beber copos a noite com os comuns, é velos com carros e objectos que vão ficando das rusgas que fazem, usufruem do pouco poder que têm sobre as pessoas, não actuam quando devem actuar, não representam e têm uma atitude correcta na sociedade como deveriam ter. Todos têm um ar de mafiosos e são mesmo uma corja. Vá la voce falar mal e dizer qq coisa a 1 policia, SÃO COMO AS COMADRES essa noticia viaja rapido pelos corredores de almada, todos os policias ficaram a saber que voce é o vigarista não o ladrão q o roubou. GENTE MAIS MALCRIADA, MAL FORMADA A POLICIA DE ALMADA... ALIAS FORAM FEITOS Á MEDIDA DA SUA PRESIDENTE DE ALMADA A EMILINHA que essa nem põe os pés em almada

Gustavo disse...

Então agora a polícia também é da responsabilidade da CM?... Muito honesto esse vosso blogue. Parabéns pelas tretas...

Anónimo disse...

Claro que não é responsabilidade da Câmara mas pode ajudar não?

Ou a Câmara não tem a função de proteger os habitantes do concelho?

Anónimo disse...

Almada tem o que merece!

Anónimo disse...

Olhe Gustavo volte la para o seu Pais das Maravilhas... tenha cuidado é quando tirar coelhos da cartola não lhe sair uma foice é que COMUNAS CONVERTIDOS já por aqui passam muitos, chegou a hora de voce ver a luz tb. Claro que a CMA tem responsabilidade em toda esta materia é ela q zela pelos interesses dos cidadãos que habitam aqui. Se a cidade é insegura e tem imensas problemas neste sentido têm de utilizar a sua influencia. O VAI ME DIZER QUE A SUPER-ESQUADRA NÃO FOI NIFLUENCIA DA CAMARA de Almada? se não foi não entendo porque MARIA EMILIA A UTILIZOU PARA PROMOÇÃO PESSOAL apreguando que Almada iria ser uma cidade muito mais segura agora com UMA SUPER ESQUADRA COM SUPER POLICIAS E SUPER CARROS PATRULHA E SUPER SUPER SUPER TUDO e deu no que se viu. OU vai me dizer que a POLICIA MUNICIPAL tb não é da alçada da CMA o "MUNICIPAL" tá la porque fica bonito... Olhe lá no País das maravilhas a rainha de copas ficou sme cabeça... PODE SER QUE A EMILINHA como lhe chamam DESTA VEZ FIQUE SEM A DELA TB! VOTEM TUDO MENOS NO PC/CDU

Anónimo disse...

Polícia? Câmara? Conselho Municipal de Segurança?
Que nomes tão estranhos! Existem?

Al-Ma'dan disse...

Caro Anónimo de Terça-feira, Agosto 25, 2009 12:12:00 PM,
Estou de acordo consigo. PSP não sei de existe. Agora do que não tenho quaisquer dúvidas é que a CMAlmada é em muitas áreas apenas virtual, não existe na realidade.
É na área da segurança, a MES não quis Polícia Municipal, é na área da limpeza urbana, é na área da manutenção dos poucos espaços verdes and so on and so on...

Anónimo disse...

Até no google maps, Almada mostra a qualidade de vida que existe por estes lados...

http://maps.google.com/?ie=UTF8&ll=38.686927,-9.149433&spn=0,359.998015&z=19&layer=c&cbll=38.686963,-9.149513&panoid=WeMAh3U4SxLT6Y6Fe8s3lw&cbp=12,195.68,,1,10.6

Anónimo disse...

MES não quis a Polícia Municipal. Não dava jeito.
Aqui não se tratava de uma questão política (outras autarquias PC a têm) mas sim de teimosia.
Como alguém queria ela disse que não e não e não.

Anónimo disse...

Sem polícia municipal sempre sobram mais uns milhares para propaganda (atão não é...)

Sabendo que há muitos jovens que não seguem estes padrões que vou enumerar atrevo-me a dizer que outros e são muitos se apropriaram do espaço público perante a indifernça cúmplice das autoridades.

Quem está como quer é a geração "cool" 2008. Apontem algumas características que eu começo por enumerar:
1-Ter um cão de raça perigosa não licenciado;
2-Deixar as marcas do animal onde ele quiser;
3-Beber umas mijecas, deixar algumas garrafas a meio e todas espalhadas pelo espaço público;
4-Fumar umas ganzas e sei lá que mais;
5-Grafitar os edifícios públicos e privados
6-E, no final da linha, sem nunca ter trabalhado, receber o Rendimento Mínimo porque não pediu para nascer e é fruto da sociedade capitalista.
7-Abster-se de votar porque o importante é curtir.
8-Exigir ser tratado gratuitamente no SNS e pena suspensa, sempre que for apanhado pelas polícias.
8-Exigir de toda a população silêncio cúmplice...

Pedro Aleixo disse...

Linda noticia para se receber á hora do jantar:

Noite de violência num bairro do Seixal

O Bairro Quinta da Princesa está cercado pela polícia, após uma troca de tiros entre moradores. Foram incendiados dois veículos e vários caixotes de lixo.

Pedro Aleixo disse...

A Marguel Sul só é falada por coisas boas.

Anónimo disse...

A Maria Emília negociou com o Ferreira do Amaral alojar pessoal do Casal Ventoso no concelho de Almada nos bairros sociais enquanto ele deferia o projecto do Metro Sul do Tejo.
Foi por tal que ela lhe ofereceu a "chave da cidade" mesmo depois do bloqueio na ponte 25 de Abril em que ela apareceu a conspirar na televisão, contra o Governo do PSD frente à igreja do Pragal.
Depois foi só beijinhos...para conquistar o MST.

Ela sempre a proteger "os excluídos" que lhe dão votos.
Almada tem hoje os bairros Amarelos, Brancos e Cor-de-Rosa, graças à Emília, cujo ambiente diurno é muito desagradável onde à noite só alguns saem à rua, para tratar da vidinha.

Percebe-se né?

Almada e a pobreza de Abril pela mão da MES!

Venâncio disse...

É do conhecimento publico que fui ofendido e injuriado por dois cidadãos almadenses de gema, na sequência das medidas de sensibilização que os comerciantes e a sua Associação levaram a cabo em almada.
Como não entro em discursos rasteirinhos e apupos no meio da via pública, os ditos srs foram identificados pela policia e o processo seguiu os tramites legais, ou seja, Ministério Público.
Perante tal facto dirigi-me á super-esquadra para formalizar a queixa onde me informaram que o processo estaria em casa com os agentes que tomaram a ocorrência, devido á falta de sistema informático.
No dia seguinte voltei pela manhã e realmente o processo já lá estava mas mantinha-se o problema informático.
Voltei no outro dia e esperei 5 HORAS para que a queixa fousse finalmente formalizada.Nesse periodo, convivi com policias/clientes, partilhei horas de fumo com eles e até vários cafézinhos; assisti a entradas e saidas de turnos dos mesmos policias e houvi as suas lamentações, que partilho, relactivamente ao funcionamento da super-esquadra e do seu expediente.
Não vou revelar as atrocidades que houvi em relação ao funcionamento da polcia de almada, por respeito aqueles bófias que me fizeram gentilmente companhia durante as 9HORAS perdidas na super-esquadra em 3 dias, mas seria bom que um bófia corajoso o fizesse...talvez assim percebecemos melhor porque é que almada continua a ser uma cidade violenta e insegura!

Anónimo disse...

O pântano está cada vez com as águas mais podres.
Como fazer as mudanças?
Caminhamos para o estado exíguo como diz Adriano Moreira?
António Guterres tentou criar os círculos uninominais mas os directórios dos partidos querem decidir tudo centralmente.
O maior exemplo desse centralismo partidário onde se encontra na sua opinião?
Almada tem sido gerida com este modelo fortemente centralista e perdeu a ligação à maioria do eleitorado.
Como dar poder ao eleitor?

Em anos anteriores no Verão ainda se iam vendo os gestores andando pela cidade.
Actualmente distanciam-se e só aparecem para actos oficiais com as inaugurações e beberetes.

Querem ou não pedir aos candidatos que falem pelas ruas com os eleitores para que estes lhes digam o que lhes vai na alma.

Anónimo disse...

Pois é, esta cidade está um desastre uma miséria o comunismo impéra e aí está ele em pleno a dar lições do que é o puro comunismo. EU, EU, EU! Democracia é só da boca para fora, uma gente falsa em todos os campos. A Pide fazia parte do outro regime, estes agora é só lacaios e informadores tudo somado = ou pior que a pide. Assim só há que correr com esta gente que são imperialista do mal fazer a cidade fala por si. Os comunas estão a estudar nova investida vamos estar atentos. CL

Anónimo disse...

Sr. Venâncio:
O meu respeito pela sua frontalidade. Estarei atento ao evoluir da situação e ao surgir de novo interlocutor indicado pelos comerciantes para poderem ter uma voz credível junto do governo da cidade.
Não o acompanho na designação dos polícias como bófias, linguagem que de marginal não me parece prestigiar aqueles cidadãos a quem confiámos a protecção de pessoas e bens.

Mal estaremos quando o nosso vocabulário for igual aos da marginalidade.
Gostava de lidar com uma polícia prestigiada e respeitada embora nessa matéria não seja um exemplo.
Tenho boas e más experiências. Os últimos polícias com quem contactei foram experiências positivas e também eu compreendi as suas queixas (polícia prende, juiz solta e meliante volta à prática).O que solta ganha bem e não tem que enfrentar as armas!...

venâncio disse...

Com todo o respeito pela classe policial, "bófia" é um termo popular para defenir a instituição da policia ou agente policial.
A prática convencionou certos neologismos que nada têm de ofensivo; pelo contrário, quem não acha piada ás fardas das "bófias", e as algemas...basta ter imaginação!
Ainda vou vestir os meus manequins de agentes da autoridade, assim sempre se viam alguns policias na Avenida em vez dos "bófias" da ecalma!

Anónimo disse...

Acabei de passar pela Avª D. Nuno Alvares Pereira onde está estacionada uma retroescavadora e um super camião, provávelmente para intervencionar a zona e ratificar a "cagada" que foi feita durante a obra do MST.
Estavam dois senhores agentes da autoridade a comandar o trânsito.Dizia a Srª policia para o Srº policia : " já não vejo um filme há BUÈ ! "
Acha mesmo ofensivo alguém chamar-lhes bófias?
Por amor de Deus!!!
Respeitar para ser respeitado

Anónimo disse...

pior eu ouvi a sr policia a dizer: "... aquele merdas não sai dali e não ve o metro que vem la ao fundo..." - é o jogo do foge foge com um sentido de transito e as obras no meio é todo mundo a andar em cima dos carris. OBRIGADO EMILINHA - AJA ALGUEM NO ESCURINHO DA NOITE COLOCAR UM CARTAZ LA A DIZER " OBRIGADO EMILIA PELO EXCENTE TRABALHO" mesmo afixado na obra!

Anónimo disse...

ahahaha EXECELENTE VENANCIO!!! E AINDA NÃO VIMOS OS ECALMAS DE SEGWAY já faltou mais!!!

Anónimo disse...

Hoje 24 de Agosto, na curva que liga a R. Lopes de Mendonça à Av. Bento Gnçalves o combóio da linha 3 ficou parado.
Durante 1 hora e meia não foi possível haver circulação de combóios.
Partiu-se uma peça do pantógrafo da carruagem que faz ligação à catenária ficando assim sem energia.
É estranho, material novo e já a partir-se.
Material ordinário com certeza...

Carlos Leal disse...

Esta cidade esta cada vez pior e agora com a nova propaganda emiliana paga com o dinheiro de todos os almandenses, em que nos e dito para experimentar Almada so pode ser para rir ate mais não mas eu acho que a CMA tem razao porque realmente devemos todos experimentar este concelho sem qualidade de vida, cheio de buracos nas estradas, pouco cuidado e por ai fora, realmente depois de experimentar esta Almada so dá vontade de votar na oposição.

Dia 11 de Outubro vamos votar em qualquer partido menos na Cdu.

Anónimo disse...

Já notaram que todas as imagens desses cartazes são imagens de Lisboa e não de Almada? Quando olho para o cartaz só posso concluir que se experimentar viver em Almada vai andar sempre a pensar em viver noutros lados!

Anónimo disse...

Couto dos Santos viveu em Almada.
Quando ascendeu e chegou a ser ministro emigrou para a margem norte.
Como este muitos enquanto não se afirmaram viveram na margem sul em Almada e depois partiram. É também o caso de Durão Baroso e todo o clâ a que pertence que deve ter desarvorado quase todo.
O Presidente da Assembleia Municipal Maia, ignoro se alguma vez viveu em Almada, mas certamente enquanto deputado nacional presumo ter ido para Lisboa e não voltado quando, depois de reformado, dedicou toda a sua capacidade de trabalho ao serviço da Assembleia Municipal.
Paulo Pedroso quando ascendeu a ministro deixou de viver em Almada e depois de ganhar as eleiçoes não virá morar para cá certamente.
O trânsito na ponte é mais complicado para quem mora na margem sul. Quem de manhã vem da margem norte ainda se safa.
Para termos uma grande Lisboa e atrair os quadros a morar cá teria de ser mais fácil a circulação entre as duas margens.
Um quadro da Sonae que conheci e que morava cá, desesperado com as filas da Ponte não descansou enquanto não foi para a margem Norte.
Hoje, não havendo postos de trabalho são os operários e pessoas com menos recursos a deixarem as suas casas e mobílias nas ruas. Se se inquirirem os funcionários da recolha de monos talvez percebamos melhor a crise em que a margem sul está mergulhada.
Talvez o Seixal esteja pior que Almada. É preciso criar postos de trabalho. Os emigrantes já estão a procurar outras terras e muitos mais vão ter de continuar a fazê-lo.
Se ainda fosse uma terra limpa, com espaços verdes e segura suportaria melhor as dificuldades e as pessoas poderiam preferir permanecer.
A debandada vai continuar com ou sem projectos de arco ribeirinho.
Para isso não ser tão forte é preciso que votemos em quem esteja disposto a intervir para que melhore Almada física e socialmente pondo um travão ao clima de degradação. Não basta a propaganda política insistente, precisamos escolher uma equipa que inverta o clima de degradação em que estamos desde que a Expo 98 terminou.

Al-Ma'dan disse...

Caro anónimo de Quinta-feira, Agosto 27, 2009 1:26:00 PM
A sua análise é curiosa e certeira.
Já viu algum governante ou figura grada do país que habitasse em Cascais ou Oeiras antes de ir para o governo e, que após a sua tomada de posse trocasse o anterior local de residência por Lisboa ? Não, isso não acontece.
Porquê, porque viver em Cascais e Oeiras não só é bom como dá prestígio.
A anos-luz desta realidade está Almada.
Almada continua a enfermar do estigma da Outra Banda e não se consegue ver livre dele, muito por culpa dos incompetentes e mais particularmente da incompetente que está à frente dos destinos desta terra há mais de duas décadas.
Almada tem tudo para ser um local bom para viver - rio, mar, pinhal -e com prestígio. Mas tal não é a nossa realidade porque MES não quer.
Ela sabe, que de burra não tem nada, que se um dia esta terra evoluir e se tornar num concelho desenvolvido, não haverá lugar nem para ela nem para os seus camaradas à frente dos destinos da câmara.
Por isso, ela não deixa que esta terra se desenvolva porque o desenvolvimento lhe tirará inevitavelmente toda a margem de manobra de que ela tem beneficiado até hoje.
Pois é meu caro, Almada não pode continuar mais tempo a ser governada por gente como esta, caso contrário todo o futuro desta terra estará hipotecado por muitas décadas, se é que já não o está.

Anónimo disse...

"Justiça: Governo cria mais cinco Julgados de Paz
27 de Agosto de 2009, 18:29
O Conselho de Ministros aprovou hoje a criação de mais cinco Julgados de Paz, elevando para 29 o número destes tribunais de proximidade.
As unidades hoje criadas são o Julgado de Paz de Alcochete, Barreiro, Moita e Montijo; Julgado de Paz de Alvaiázere, Ansião, Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande e Penela; Julgado de Paz de Câmara de Lobos e Funchal; Julgado de Paz de Loures; e Julgado de Paz de Odemira e Sines.
Os Julgados de Paz resultam de uma parceria entre o Estado e as autarquias locais e resolvem litígios muito directamente relacionados com a vida das pessoas, "de forma simples e rápida e com todas as garantias da decisão de um tribunal judicial", refere o comunicado do Conselho de Ministros."


Até nisto somos uma desgraça!
Por culpa do Executivo CDU, por culpa da czarina, nem isto conseguimos em 2 mandatos em que o assunto foi votado na AM.

É uma tristeza!
Temos que acabar com isto.

Anónimo disse...

Um exemplo da vantagem de haver julgado de paz:

As custas de processar um condómino que não pague feito num tribunal cível só se justifica a partir se a dívida for superior a 500€. Mas, havendo julgado de paz é económicamente boa decisão processar o devedor a partir de uma dívida de 100€.

Como não temos julgado de paz em Almada antes do processo ser instaurado prescreve a dívida e lá se ficam a rir os inúmeros devedores que por aqui andam que muitas vezes não pagam porque sabem que ninguém os vai obrigar a pagar.
Não termos julgado de paz é um factor a somar a outros do nosso atraso. O Seixal tem julgado de paz há mais de 10 anos.

O Governo da nossa cidade tem andado a dormir?
Se a sua resposta é sim sugiro que não se abstenha, se a sua resposta é não sugiro igualmente que não se abstenha.

Anónimo disse...

Corram daí para fora com os cretinos , Emília e associados, que governam Almada

Anónimo disse...

Nova cultura laboral com maior variedade e disponibilidade para tarefas de acordo com as necessidades de serviço público.

Esta será uma proposta que merecerá o meu apoio.
Qual o pensamento dos candidatos?
Se nada dizem é porque não têm coragem de dizer o que pensam com receio de perder eleitores.
Gostaria de ver propostas claras não apenas referentes ao território mas também em relação á organização do trabalho.
Na área da organização social já temos uma proposta de Paulo Pedroso que dessiminaria a população estabelendo uma maior vizinhança entre ricos e pobres, acabando com a política dos bairros sociais.Mas quero saber mais com o que contar e ouvir mais propostas e não apenas o agitar de cartazes e bandeiras partidárias.

Há uns anos presenciei uma cena de trabalho que me chocou:
um condutor da Câmara assistia ao esforço de uma funcionária jardineira para descarregar o veículo e o motorista não quis entender que era altura de colaborar na tarefa.
Para além do direito laboral naquela época não estaria acima o dever cívico de ajudar uma senhora como ele trabalhador?
Lembro isto porque hoje nas voltas do trânsito vi um condutor do SMAS que fumava ao volante e quando apareceu o sinal vermelho imediatamente se pôs a ler o Correio da Manhã.Afinal além de conduzir, fuma e lê. Se quando parado fizer mais alguma coisa não fará nada de mais.
Quando é que mudamos em Almada de cultura e percebemos que além dos direitos há deveres(cívicos...)?

No blog infinitos e aqui também têm aparecido trabalhadores do município a quem pergunto se estão dispostos a mudar a cultura que é visível principalmente nos motoristas e se dispõesm a justificar os pedidos de aumentos salariais com polivalência de acordo com as suas capacidades.
Também a aristocracia quando existia achava despresível todo o trabalho da terra, podendo apenas dedicar-se à caça e pesca...
Que acham: devia ser proibido fumar nos veículos do município?
E não caiam na tentação de fugir ao tema dirigindo-me palavras ofensivas.
Convençam-me de que a minha perspectiva devia ser outra e qual.

Anónimo disse...

Ao anónimo anterior respondo como funcionário da CMA.

É preciso cuidado e clareza quando fala em polivalência no trabalho. Se a ideia é respeitar o conteúdo funcional de cada profissão estou de acordo. Por exemplo, se eu for arquitecto tanto posso servir o município trabalhando no urbanismo, nas obras municipais, apreciar projectos, fazer projectos, acompanhar obras, etc..... estou de acordo.

Se acha que ao abrigo da tal polivalência posso ser mandado fazer tarefas fora do conteúdo profissional da minha profissão, por exemplo, conduzir viaturas municipais, claro que não concordo e duvido que alguém de bom senso concorde.

Os exemplos que refere são de má organização do trabalho, por um lado, e por outro de falta de civismo e solidariedade.

Mas não se confundam comportamentos individuais com regras gerais e direitos e deveres de cada profissão. Senão entramos na anarquia do vale tudo que só serve para destruir as organizações.

Anónimo disse...

Caro funcionário da CMA,

Supondo que é arquitecto ou engenheiro ou outro qualquer profissional (com carta de condução), no desempenho das suas funções, quando se desloca em serviço a uma qualquer obra requisita uma viatura e um MOTORISTA?

Vai lá vai...

Nem os Administradores de grandes empresas ou mesmo alguns Presidentes de Câmara o fazem...

Almada não é exemplo, claro! pois as viaturas são usadas para os mais diversos fins...
Os fiscais (?) dos SMAS usam-nas, por exemplo, para se deslocarem a casa dos "seus clientes" para recolha de elementos que lhes permitam elaborarem os orçamentos das suas obras particulares...
Nem têm qualquer pudor de o fazerem à hora de serviço...

Anónimo disse...

Não respondeu há minha questão, defende a polivalência com respeito pelo conteúdo profissional das profissões ou não não?

No caso que refere é uma questão de melhor gestão dos recursos. Na CMA os carros não estão afectos a um serviço em particular nem a um utilizador em particular, salvo algumas excepções. São geridos de forma centralizada.

Não me chocava nada conduzir um carro de serviço se tiver de ir ver uma obra é claro, mas isso não faz de mim motorista.

Mas se tiver de conduzir para outros isso já faria de mim motorista. É isso que defende?

O funcionário CMA

Presidente em Part Time disse...

Na CMA os técnicos requisitam viatura e motorista.
Se há há se não há, adia-se o trabalho.
É assim que funciona e estou a fazer uma afirmação.
Nos SMAS as viaturas são utilizadas para os mais diversos fins.
Em serviço e no âmbito particular.
É assim e estou a fazer mais uma afirmação.
Na Protecção Civil é grosseiro o que se passa.
O tal coordenador (até me dói pronunciar este título) vai com frequência passear a viatura do serviço.
Tem sido visto em Setúbal, no Seixal, em Sesimbra.
Petiscadas. Digo eu.

GMaciel disse...

Na paragem da Ramalha deste eléctrico-chamado-Metro, começam a ser frequentes os assaltos. É o que dá quando se estrutura um transporte num traçado que a ninguém serve porque passa por terrenos baldios. Entre a Ramalha e a estação da Fertagus, quem são os utilizadores do elefante azul? Cigarras? Grilos? Ratazanas? Enquanto isso, o Hospital ficou sem serventia. Assim determinaram os iluminados.

Porreiro, pá!

Al-Ma'dan disse...

Cara GMaciel,
Isso foi no que deu não terem ouvido as pessoas e terem feito o projecto nas costas dos cidadãos.
É o costume !
Em Almada, para a MES e seus acólitos, não há cidadãos, há súbditos.

Anónimo disse...

FAÇAM FOTOCOPIAS COM ESSES PEQUENOS GRANDES DETALHES E ESPALHEM POR ALMADA. CIDADÃO ANONIMO AJUDE A DAR A CONHECER O QUE SE PASSA EM ALMADA PARA QUE AQUELES Q N TÊM INTERNET CONHEÇAM E SAIBAM DA BURLONA EMILIA. QUERO ver ela mandar os funcionarios apanhar espalhadas na via publica milhares de fotocopias!

GMaciel disse...

Posso dizer, caro Al-Ma'dan, que quem teve a coragem de se fazer ouvir nos fóruns ditos de opinião pública, foi insultado por "forças afectas" à Dona Velha - vulgo, MES.

É a democracia comunista; o que parece não é e o que é, esconde-se.

Abraço

Anónimo disse...

Começo a perceber porque é (era) grande o prestígio do Vereador Carreiras junto dos funcionários dos SMAS que rejubilavam sempre com as suas vitórias eleitorais?
Tanta popularidade entre os trabalhadores do SMAS tinha que ter fundamentos.

Porque é que quando se confundem funções privadas depois das 14h e públicas antes deste horário usando os meios públicos os corruptores passivos se calam e não denunciam? Não será que assim também fogem ao pagamento do IVA fazendo as obras ilegalmente?

Deve haver muita gente bem de vida sem que tenha pago os impostos devidos pelos rendimentos.
É o desenrascanço nacional.

Anónimo disse...

Assunto:CÃES PERIGOSOS EM ALMADA

Quando é que a Câmara nos faculta números que traduzam as mudanças que são indispensáveis serem feitas, em vez da sistemática propaganda e inaugurações tentando passar a ideia que não fora o poder central esta seria a TERRA PROMETIDA?

Uma razão para que seja importante haver Polícia Municipal em Almada como tem defendido a oposição ao actual executivo:

No Diário Notícias de 16 de FEV09
PORTUGAl tem mais de 10 000 cães perigosos.
Ouvido o agente Rui Pedro de uma das Brigadas Especiais de Fiscalização de animais da Polícia Municipal de Lisboa garante "Se houver uma denúncia, nós vamos, seja onde for".
Em Lisboa foram levantados 700 autos e foram apreendidos 32 animais em 2008.

E em Almada o que constará do Relatório do Conselho Municipal de Segurança presidido pela Srª Presidente da Câmara?
Não havendo serviços não há números e essas realidades é como se não existissem.Só vemos aquilo que queremos o resto não existe.

Anónimo disse...

LIGAÇÃO do PARQUE da PAZ ao GINJAL.

Entre o Parque da Paz e o Rio há um Vale que passa por baixo do viaduto do Metro que está subaproveitado e que deve ser preservado como pulmão verde da cidade.
Proponho ligação pedonal e ciclável em circunvalação à volta da cidade com a natureza sempre por perto.
Chegados a Cacilhas devia ser possível continuar até ao Parque da Paz via Cova da Piedade. Acha que este cordão verde tem condições para ser desnvolvido pelas equipas multidisciplinares encarregues de criar cidade aprazível?

Anónimo disse...

Avaliando o trabalho deste executivo:

Parque da PAz um pulmão verde que é preciso continuar a valorizar.

Num esforço louvável decidiu a Câmara tentar salvar duas dezenas de tílias que foram arrancadas da Av. 25 de Abril por força da implantação do Metro e do Plano de Mobilidade.
Essas tílias foram transplantadas para a que seria a Av. das Tílias no Parque da Paz.
Sobrevivem 2 em estado muito precário e dificilmente vingarão.
Ficou a intenção e a Av. que era das Tílias será dos Plátanos que entretanto ali foram plantados.

MACACO disse...

A Corja dos comunas almadenses continua. Façamos fotocópias a desmascarar esta corja e distribua-se à noite de carro. era ver a comunada chupista sem saber o que fazer.

Jose Duarte disse...

Eu acho uma excelente ideia essa das fotocopias eu estou disponivel para isso se for necessario eu dou as fotocopias seja o numero que for.

Liberdade disse...

Comerciantes de Almada em guerra aberta com câmara municipal

"A Câmara Municipal de Almada indeferiu ontem o pedido de realização de uma manifestação de protesto dos Comerciantes para 10 de Setembro, na avenida Central da cidade, após o deferimento do Governo Civil de Setúbal.
A Associação do Comércio e Serviços do Distrito de Setúbal (ACSDS) solicitou a 18 de Agosto a realização de uma manifestação pública naquela data junto do Governo Civil, iniciativa integrada numa série de actos públicos de sensibilização da autarquia para a necessidade de abrir ao tráfego automóvel o eixo central de Almada.

O Governo Civil de Setúbal informou a Câmara Municipal de Almada da intenção, tendo a autarquia indeferido ontem o pedido, “porque a data e a hora previstas para a realização do desfile não são compatíveis com a legislação em vigor nesta matéria”.

Para os comerciantes, a Câmara de Almada, “além de se furtar ao diálogo, impede de todos os modos qualquer manifestação contra num claro abuso de poder e de falta de convivência democrática”.

“Julgamos que entramos na fase de Guerra Aberta, depois de nos terem retirado o nosso outdoor em tempo recorde e impedirem-nos de desfilar e de dar voz aos nossos protestos”, referem, em comunicado.

A ACSDS entregou ontem mesmo junto do Governo Civil novo pedido com data alternativa para 17 de Setembro.

Recorde-se que os mais de mil comerciantes da zona central de Almada contestam o fecho do eixo central da cidade ao trânsito, que no seu entender “tornou Almada num deserto”.

Com vendas em queda, que atingem em média 70 por cento, e com alguns casos de vendas zero, os comerciantes do eixo central de Almada contestam a obra do Metro de Superfície Almada associado à requalificação urbana da zona, nomeadamente do Eixo Canal, que instituiu uma zona pedonal e cujo Plano de Comunicação apenas foi colocado em prática no Natal do ano passado".



Os comunistas da Câmara de Almada até já utilizam argumentos proto-fascistas para impedir a liberdade de manifestação pública dos comerciantes da cidade como antes mandaram retirar o cartaz afixado na rotunda do centro sul. A máscara de democratas está a cair e o verniz está a estalar.

Almada precisa de liberdade, Almada precisa de respeitar as liberdades democráticas garantidas pela Constituição da República Portuguesa.

Basta de autoritarismo, basta de ditadura, Almada tem de estar do lado certo da democracia.

O que faz falta é avisar a malta e votar contra a CDU/PCP no próximo dia 11 de Outubro.

Vamos Votar PS!

Vamos Votar BE!

Anónimo disse...

Ah pois!

Quando o pão que comes sabe a merda, o que faz falta é animar a malta!

ACTUAL COMO SEMPRE...

GMaciel disse...

"até já utilizam argumentos proto-fascistas"

Quando um partido defende regimes totalitários e totalmente abjectos no que aos direitos humanos respeita, não pode ser democrático por mais que se pinte como tal.

Será muito difícil compreender isto?

Anónimo disse...

Alguém me sabe dizer se as banquinhas móveis de propaganda da CDU que estão na praça do MFA todos os fins de semana também estão licenciadas? e as mega-chapas que estão encostadas aos postes de eletricidade? e os cartazes plásticos agarrados a esses postes?

Puta k os pariu!!!!

Dia 11 de Outubro, dia da Liberdade para Almada, vota tudo menos CDU

Anónimo disse...

Srs. Engºs, Arquitectos e outros quadros da CM de Almada:

Quando critico abusos não pretendo fazer dos quadros motoristas.
Estou inteiramente de acordo com a posição do comentador que respondeu às minhas críticas a dois motoristas: um da Câmara outro do SMAS.Que os quadros conduzam quando isso seja funcionalmente vantajoso e aceite pelas chefias e pelo trabalhador que tendo essa competência se sinta com condições para o fazer acho normal e muitas vezes certamente será desejável.
Não estou é de acordo que se perca a noção de que se está a prestar um serviço público e se aproveite para tratar de seus interesses pessoais ou se esqueçam as normas de civismo, solidariedade e entreajuda que todos devemos uns aos outros, sem doutorices.
Como Marinho Pinto criticando o facto de advogados serem simultaneamente legisladores no Parlamento sou defensor da esclusividade de funções e não estar com um pé no sector público e a cabeça sempre no lucro e no sector privado.Não será esse o perigo de atibuir viaturas aos quadros.
Também os pequenos poderes não podem andar à solta, não acha?

Comerciantes:
Então com dificuldades em exercer as amplas liberdades?
Já outros passaram pelas mesmas dificuldades e foram derrotados estabelecendo-se acordos para não autorizar organizações reivindicativas.

Campanha Eleitoral:
Quanto à propaganda eleitoral tivemos um Verão folclórico com a ocupação de sinais de trânsito a serem disputados pela CDU e pelo Bloco com placas metálicas presas com cadeado à conquita de lugares estratégicos.Depois das europeias o Bloco ainda retirou as placas mas a CDU, porque está no seu território, nem isso fez (não fosse perder o local privilegiado).
A imaginação dos partidos tornou anacrónico as tabuinhas que a Comissão Nacional de Eleições manda colocar na véspera de eleições para as candidaturas utilizarem.
Será preciso rever a legislação que manda as autarquias por aquelas placas porque na maior parte dos casos não só são inestéticas como não são usadas. As horas de trabalho, a energia gasta talvez seja mais bem aproveitada noutras necessidades de boa organização do espaço colectivo.

Anónimo disse...

Haverá alguma relação entre avenças e corrupção?

O Ministério Público anda a ver se no caso free port, prova a relação entre ser-se do Instituto da Conservação da Natureza e assessor do organizações privadas.
Mas há por aí muitas avenças que são tabu. Todos muito caladinhos avençantes e avençados.
Também esta temática na Câmara de Almada tem TABUS?
Autocensura:
também tu querias ser avençado?
Psst. Bico calado! Zé, estás a usar expressões que nunca deves
usar. Sabes que não deves falar em corrupção, Ministério Público, assessor nos teus comentários anónimos porque podem deixar de sê-lo.
Desculpem lá assessores honestos não em acumulação de funções públicas e privadas as minhas dúvidas não são dirigidas a vós.

Anónimo disse...

caro Venâncio

Haja alguém no seio dos comerciantes que tenha "tomates" pa denunciar a premiscuidade que vai na associação de comerciantes de almada, nomeadamente no que diz respeito á relação do seu presidente com a CMA na defesa dos interesses da autarquia em vez da classe que deveria de representar com afinco e responsabilidade.

Em relação á questão do licenciamento também a CMA tem o hábito de primeiro executar e só dps licenciar, exemplo disso é o novo parque de estacionamento dito para os comerciantes.

O parque de estacionamento da Avª Afonso Henrriques foi inaugurado a 1 de Agosto sem condições de acessibilidade, sem sinalética e numa zona de acesso limitado. Só passado 20 dias é que a CMA colocou no sinal já existente de obrigação de mudança de direção a informação que exceptua a regra.
Sim! passado 20 dias e não apenas 12 horas, tempo que durou o cartaz dos comerciantes no centro sul de almada.

Dá que pensar, não é?

Já agora; e as obras que decorrem sem licenciamento? e as esplanadas? e, os cartazes da CDU que habitam por toda a cidade?

Afinal não é só a pulga que incomoda muita gente...o outdoor dos comerciantes também!

Sábado, Agosto 29, 2009 12:53:00 AM

Anónimo disse...

A hipocrisia deverá ser o lema de campanha da CDU.
Senão, vejamos:

O parque de estacionamento da Av. Afonso Henriques fica na zona pedonal.
Se eu vier pela zona pedonal antes de chegar à garagem, digo que vou para lá!
Se eu tiver passado, venho de lá!!!AH!AH!AH!
Hipócritas!

Outra: Denunciamos as vendas de serviços em "outsourcing" porque são lesivas dos direitos dos trabalhadores. Na Câmara de Almada vende-se a limpeza da cidade a empresas privadas.... mas aqui não se lesam os trabalhadores da Autarquia!

Outra: Aqui d'el-rei que os contentores vão para a Trafaria!
Malandros que fazem acordos sujos para aumentar a zona de contentores em Lisboa.

Outra: Diz o Jerónimo que as grandes superfícies matam o pequeno comércio... completamente de acordo!
Em Almada não... o Almadaforum , os Lidl's, os Intermarché's alimentam os bolsitos sabe-se lá de quem.... o comércio local é que não sabe modernizar-se!!!
AH!AH!AH!

Anónimo disse...

QUE FAÇAM FOTOCOPIAS MILHARES DELAS COM SITUAÇOES DESSAS A SEREM DENUNCIADAS! ESPALHEM ALMADA COM ELAS QUEREMOS VER OS FUNCIONARIOS CAMARARIOS A APANHA-LAS! ATE A SR PRESIDENTE DE PAPELINHO NA MÃO!

Anónimo disse...

Sabem o que fix? Uma vixinha minha tem 2 caes desses perigosos que deixam A BOSTA EM QQ LADO CAGAM MAIS QUE UMA PESSOA. Ninguem leva saquinho para apanhar a CACA dos animais ou entao passeiam se com o saquinho na mao mas na hora de apanhar nem pensar... PEGUEI NA BOSTA TODA DEIXADA PELOS CAES E COLOQUEI LHE Á PORTA DE CASA EM CIMA DO TAPETE, a guerra estava aberta. FARTA dos caezinhos fiz queixa á policia de almada ninguem me deu ouvidos.... FIX QUEIXA A ASAE E Á PRTOECÇÃO CIVIL CARTA REGISTADA AVISO RECEPÇÃO FORAM LA A CASA VER SE OS CAEZINHOS TINHAM AS VCINAS E LICENÇA E PIMBA BYE BYE CAEZINHOS! --------------------- FAÇAM QUEIXA DOS CAEZINHOS! FAÇAM QUEIXA DOS DONOS DOS CAEZINHOS---------------------------

Anónimo disse...

mais uma ideia alem dessa excelente das fotocopias. façam queixa a ASAE da camara municial almdada. Encontem um motivo e façam queixa com carta registada, ou seja pelo barulho do metro que foi prometido não fazer barulho, ou seja porque as ruas n
ao são limpas e lavadas e estão um nojo, ou porque cheira a esgoto qd as fossas n são limpas, ou porque a zona pedonal afinal tem carros e tudo mais, ou pq a camara quer que as pessoas reciclem e os depositos estão em cima dos passeisos cheiram mal e têm ratos e baratas atentado a saude publica, arranjem qq razão, escrevam e mandem! VAMOS DAR CABO DOSNERVOS DELES COM TANTA QUEIXA!

Presidente em Part Time disse...

Anónimo de sexta-feira, Agosto 28, 2009 10:48:00 PM
Nenhuma Câmara Municipal se pode sobrepor a uma decisão do Governo Civil.
Se a CMA entendia que a data proposta não encaixava, teria que disponibilizar outra.
Se fosse por causa do barulho, este é admissível por lei desde que o pedido tenha sido feito, e foi.
Não deve a Associação promotora da manifestação ficar de braços cruzados. Deve sim ir até ao fim.
Insistir junto do Governo Civil de Setúbal e pressionar a CMA no sentido de acatar o pedido com o parecer favorável do Governo Civil.
Ou só se podem fazer desfiles, marchas e festas de rua quando organizados com o patrocínio de dona Emília?
É notória a falta de ar que se agrava junto dos dirigentes autarcas do nosso Concelho.

Anónimo disse...

Perguntem ao Camarada Jerónimo e aos comunas o que diriam se o Governo da Nação impedisse manifestação do PCP/CGTP contra as políticas do Governo por a data e hora hora não serem compatíveis com a legislação da matéria.
OS COMUNAS SÃO os GRANDES E VERDADEIROS FASCISTAS.

Aqui vemos as amplas liberdades que defendem;

Vamos correr com quem não é democrata. Os comunistas não são democratas.

Anónimo disse...

Obrigado anónimo das 12h29 de 29 ainda bem que há entre nós pessoas que fazem cumprir as normas nomeadamente em relação ao CÃES.
Disseram-me que o Pittbull da minha rua hoje foi solto duas vezes:
uma lª. vez uma vizinha pediu para o recolherem e foi atendida; mais tarde disse voltou a vê-lo na rua.A vizinha disse que o cão tem tudo legalizado na Junta de Freguesia e que no apartamento onde o cão está, quando recolhido, há um jovem já maior que o solta.

Ainda bem que há ASAE e nem todas as autoridades assobiam para o lado demitindo-se das suas funções
numa política do deixa andar.

Srs. Comerciantes:
se não têm condições para se manitestar em Almada requisitem a Av. da Liberdade em Lisboa, seriam mais notícia.

Almada precisa de ser notícia mesmo que isso não agrade aos poderes instituídos apesar de a Câmara ser uma boa cliente.
Se o capitalismo monopolista nos pode esmagar pela amostra o capitalismo de estado também cercea as nossas liberdades.
Nos próximos actos eleitorais diga qual o caminho que quer que sigamos votando.

Anónimo disse...

O caminho a percorrer está indicado. Não há margem para dúvidas. Vamos derrotar pelo voto os inimigos da liberdadse de expressão, da liberdade de manifestação e do direito à indignação.
Os incompetentes da CMA que se dizem comunistas há muito mostram que não valem nada. São inimigos de Almada, da populaçao almadense e da democracia.
São hipócritas.
Dão vivas ao 25 de Abril para enganarem o povo. Têm sido mesmo assim amparados pelos partidos da oposição por interesse dos aparelhos desses mesmos partidos ( para manter os comunistas sob algum controle ), mas quem se tem lixado é Almada, e de alguns seus miltantes que não se importam de fazer alianças com os diabos vermelhos comunistas na corrida ao capital.
Comunistas e estes traidores da democracia têm uma coisa em comum : o capital, o lucro facilitado a expensas do povo.

Anónimo disse...

ALGUEM QUE CORTE O CARTAZ Q ESTÁ NO CENTRO SUL ONDE DIZ ALMADA AMADA ALMADA NÃI SEI QUÊ. FAÇAM NOTICIA viram o que aconteceu NA CAMARA DE LISBOA ao outro que tirou a bandeira? FOI NOTICIA EM TODOS OS JORNAIS! VISTAM A EMILINHA DE CARMEM MIRANDA E CHAMEM NA DE RAINHA DA COCADA, VISTAM O MATOS DE COWBOYO E CHAMEM LHE O LADRÃO DO FAROESTE. ESCREVAM LADRÕES NOS CARTAZES DA CDU. FAÇAM QQ COISA

Anónimo disse...

Este último anónimo é uma personagem curiosa.

Ele tem razão, eu até concordo.

Mas porque não faz ele isso?

Devia dar o exemplo, ser o primeiro a fazer o que sugere. Isso sim, seria uma boa atitude.
Mas ele não se sente capaz. Tem é o poder de querer mobilizar os outros.
Faz-me lembrar os garotos de antigamente quando pensavam ir roubar fruta de alguma quinta.

Havia sempre o chefe, geralmente era o mais velho que dizia: Vá, vão lá dentro que eu fico "a avisar o polícia".

Acho a sua ideia muito boa, mas em vez de sugerir aos outros para fazer, faça ele mesmo, que nós apoiamos...

Estamos fartos de gente que manda.
Cabe a cada um executar.

Anónimo disse...

Encontrei uma crónica de Rui de Lemos em http://muitobarulho.wordpress.com/cartas-de-angola/ sobre a cidade do Lubango: ...O trânsito é caótico e pontificado de candongueiros, os táxis daqui. São às centenas, carrinhas mal pintadas de azul, de aspecto inseguro, pejadas de gente amontoada que paga 50 kwanzas [€ 0,50] seja qual for a distância, circulam a grande velocidade, chamam-lhes “os mata povo” pelo índice altíssimo de acidentes e as consequentes mortes que causam...

Encontrem semelhanças: pintados de azul, circulam a grande velocidade, causam muitos acidentes, com as consequentes mortes.

O povo do Lubango, na seu peculiar sentido de humor, encontrou o termo certo: "Os mata povo".

RSL

Anónimo disse...

Copiado e colado do blog a-sul.blogspot.com

«REPOR A VERDADE DOS FACTOS!!! No dia 7 do corrente mês os comerciantes e a sua Associação agendaram uma reunião para a aprovação do outdoor, á qual a comissão directiva de almada faltou, nas palavras do seu presidente: " por esquecimento".

Provávelmente, digo eu, esqueceu-se de tomar o cerebrum ou as ampolas para a memória, e, como é prática habitual não convocar a sua direção para as reuniões da delegação, os associados viram-se obrigados a pedir auxilio á ACSDS ( Associação de comércio e serviços do distrito de setubal ) da qual depende juridicamente a delegação de almada, para a referida aprovação.

A ACSDS aprova a medida de sensibilização no dia 10 do corrente e formaliza junto da DECORX o pedido de produção e colocação do outdoor, imputando a responsabilidade do pedido de licenciamento precário junto dessa empresa. Tudo decorre dentro da legalidade e a DECORX formaliza o pedido junto da CMA em 17 de Agosto conforme docS comprovativos, inclusivé o da recepção do fax ( um OK é sempre um OK) Porém o Srª Vereador afirma públicamente a inexistência de tal documento.

Daqui decorre várias hipóteses: ou os serviços da CMA não funcionam em pleno, ou houve manifesta má fé na medida em que existem em todo o concelho mais de 400 outdoors não licenciados, colocados em pontos estratégicos e que em muitos casos ferem susceptibilidades. Passo a exemplificar:

Certo dia saio de casa com os meus filhos menores e deparo-me com um deles a perguntar o que é um dilatador anal? mais á frente as perguntas continuam...e um vibrador? e um lubrificante vaginal? Curiosamente aqueles outdoors ( presumo, devidamente licenciados) que proliferam por todo o concelho a promover uma sexy-shop, chamaram a atenção da putalhada pela sua cor rosa flurescente e amarelo o que me deixou naturalmente embaraçado em explicações que não são próprias das suas idades; e isso, curiosamente não preocupa e não fere na sua intimidade o Srº vereador.

O que o deixa verdadeiramente preocupado foi um outdoor institucional, totalmente legitimado pela ACSDS e cujo pedido de licenciamento existia e existe.

Da próxima vez, Srº vereador, direi aos meus filhos para lhe pedirem explicações, talvez o srº consiga descalçar a bota . »

Al-Ma'dan disse...

Perante a não autorização para a realização da manifestação, falta agora à associação de comerciantes mostrar que os tem no sítio.
Como já dito também me parece que um parecer da câmara não se pode sobrepor ao do governo civil.
Mas, é um facto indubitável: MES está com medo.
Está com medo e, como os seus camaradas, ela não está habituada à crítica nem à oposição pois tem reinado em Almada qual rainha absoluta, muito por culpa de quantos agora a criticam mas que no passado por omissão nada fizeram.
E a triste realidade é que não é de agora que Almada está a ser prejudicada por MES é pelo menos desde há 2 décadas.

Anónimo disse...

Ao anonimo de Domingo, Agosto 30, 2009 4:28:00 - Não custumo dar me ao trabalho de responder a quem DISCONVERSA pq simnplesmente n tenho pachorra, mas algo de divertido sobressai numa resposta eficaz á sua mesquinhez!
É verdade sou mesmo uma "personagem curiosa". E quando fala de que "EU DEVERIA DAR O EXEMPLO" deve estar a confundir papeis, poix quem "DEVERIA DAR O EXEMPLO" seria a própria Emilinha e seus lacaios... mais VOCÊ NÃO SABE SE EU NÃO DOU O "EXEMPLO" e o maior deles todos é votar sempre CONTRA A CDU/PC para Almada a alguns anos! VOCÊ NÃO SABE SE EU DOU O "EXEMPLO" pq simplesmente NÃO ME CONHECE e não sabe se tenho ou não uma atitude PRÓ-ACTIVA e ser o inverso de escrever apenas neste site (ao qual dou os parabens pelo trabalho que tem o moderador do mesmo)e continuar com a minha vida sem mexer uma palha! (e acredite que isto não é uma forma de gritar por atenção, ainda para mais pela sua, mas sim um gritar pela SUA "CONSCIENCIA CIVICA" de tb demonstrar a sua opinião de forma activa E DE TODOS OS QUE POSSIVELMENTE LEÊM O MEU COMENTARIO E DE OUTROS Q PASSAM POR AQUI que tambem de uma forma mais activa e outros não o fazem)... POUCO OU MUITO É PRECISO FAZER! e NÃO FALE NO PLURAL QUANDO DIZ: "ESTAMOS FARTOS DE QUEM MANDA. CABE A CADA UM EXECUTAR." POIS... EU TOU MAIS FARTO É DAQUELES QUE FALAM, FALAM , FALAM E NÃO FAZEM NADA!------- EU nunca roubei nada na vida muito menos combinei em "GAROTO" roubar fruta... utilizando a sua analogia, você faz me lembrar aqueles "GAROTOS" que se sentavam sem se sujar e que antigamente quando eram apanhados a "roubar fruta" de surra eram os primeiros a dizer "EU AVISEI" aos outros meninos não tendo qq problema em apontar dedos a "quem fez o quê"... NO meio dessa sua triste prestação tem razão em uma coisa: "SIM A MINHA IDEIA É FANTASTICA..." a sua por outro lado com tanta mesquinhez nem se ouviu, perdeu-se nessa sua tentativa de ser prespicaz. Em Almada á muito disso e simplesmente NÃO HÁ PACIENCIA!

Anónimo disse...

Na sexta feira já passava das 19 horas e Almada foi atacada de novo...

Não faltou poste, sinal luminoso ou candeeiro que não levasse com um grande cartaz de propaganda. Ainda procurei em alguns a ver se via o número da licença mas nada! O que importa é que se veja o cartaz mesmo que tape a visibilidade nos cruzamentos, esconda pessoas na passadeira o que interessa é ver a propaganda...

Anónimo disse...

Há cartazes de propaganda política CDU e também da Festa do Avante colocados em locais que se tornam perigosos para quem por lá passa. Ou em postes de iluminação ou em estruturas criadas para o efeito.
Para além do perigo que se observa já que prejudica os peões por falta de visibilidade do percurso, gostava de saber se esta propaganda está devidamente licenciada.

Al-Ma'dan disse...

Reparem que, por regra, todas as forças políticas, limitam-se a colocar outdoors nos locais mais estratégicos do concelho. Todas, excepto a CDU.
Esta coloca não só os outdoors como ainda os "pendões" em todos os candeeiros de iluminação pública.
Concerteza que estes pendões não estão licenciados e após as eleições quem os vai retirar: os camaradas que os colocaram ou os funcionários da Câmara ?
Por aqui se vê que a CDU beneficia em Almada de uma situação de privilégio até porque aqueles pendões só se vêm nos concelhos CDU e não nos outros.
Por aqui se vê que MES está a precisar que os almadenses lhe dêem uma valente vassourada, pois, ao contrário do que ela pensa, Almada não é uma sua coutada particular onde faz o que bem entende.
Está na hora de os almadenses mostrarem que querem mudar, e de apearem do poder a autocrata MES.

Anónimo disse...

Ao anónimo de 31 9:21:00AM.

Eu também não perco tempo a dialogar por escrito. Também sou dos que não têm pachorra.

O que escrevi não foi "DESCONVERSAR".
Foi tão somente uma chamada de atenção.

Só quis dizer que "ALGUÉM FAÇA" não chega.
É preciso que o anónimo diga: "VAMOS FAZER" e tente organizar a executação de tal tarefa.

Não sei sei de facto, se "DÁ o EXEMPLO".
Só sei que o anónimo diz: "ALGUÉM QUE CORTE O CARTAZ", quando poderia dizer: VOU TENTAR CORTAR O CARTAZ.
Isto seria mais consentâneo com a intenção.

"CORTAR O CARTAZ" era o que a MES merecia, mas isso era descer ao baixo nível dela e do seu partido.

De resto mais não tenho a dizer.
Espero que tenha compreendido a minha intenção.

VAMOS CORRER COM A CDU.
É preciso que se vote no PS ou BE.
Cumprimentos.

Anónimo disse...

FESTA:
A marcha já começou. Pagar pouco aos seus trabalhadores, pedir muito aos seus militantes para que a organização seja rica e não tenha falta de meios.
Prefiro organizações mais modestas e que as pessoas tenham algo de seu.
Se, por absurdo, os funcionários autárquicos aceitassem usar pulseira electrónica veríamos uma baixa pressão situada no Seixal para onde, de muitos concelhos se dirigiam muitos: dispensados, de férias ...sei lá que mais. Pelo menos o movimento das viaturas oficiais será controlável.

Bairros Sociais:
No passado domingo um partido, no âmbito da pré campanha, ofereceu uma festa aos moradores de Vale Figueira e pôs os seus candidatos a fazer propostas aos moradores.Enquanto a rua parecia dos jovens e a festa era das crianças, havia muitos adultos que assistiam nas janelas de suas casas curiosos mas desconfiados.
Certamente os jovens estranharam este passo de aproximação em período pré-eleitoral. O desafio ficou feito: se quiserem uma melhor integração e aceitar a ajuda que lhes é oferecida é altura de se juntarem num esforço comum para procurarem melhores oportunidades.
Ainda bem que há políticos que estão a fazer um esforço sério de se aproximarem das populações a quem é suposto servirem antes de a si próprios, os seus partidos ou os seus patrões.
Parabéns à Comissão de Moradores do 2º Torrão onde há um diálogo franco com a Junta de Freguesia da Trafaria.

Anónimo disse...

A Maria Emília é um embuste tal como o é o partido comunista Português. De Democracia ela nada percebe.Nunca foi democrata. O Partido Comunista não é democrático.
Almada é vítima de uma ausência de valores democráticos dos seus autarcas.
Em 35 anos de gestão o PCP e autarcas que se apoderaram da Câmara aproveitaram-se do concelho para fortalecerem economicamente o PCP através dos conluios da construção civil e baniram a oposição através de um trabalho terrorista de intimidação junto da população que levantava a voz indignada com as abitrariedades dos autarcas.
Presentemente isto está demonstrado.
Depois das asneiras feitas e dos erros urnbanisticos com que destruiram Almada , quando os comerciantes mostram a sua "revolta" depois de terem sido sucessivamente enganadios pelo seu presidente da associação conluído com a Maria Emília, a CMA treme e receia perder a fonte de rendimentos que alimenta o PCP - os proventos que retira por controlar o município.

è vergonhoso o que estamos a assitir. O bloqueio da liberdade de expressão e manmifestação feito pela Emília/Gonçalves/Matos/PCP e comunas associados de irresponsabilidade ilimitada, é uma afronta aos democrats ao país e aos ideais do 25 de Abril.
Os comunistas nunca me deixaram dúvidas relativamente ao seu conceito de democracia.

Quem pretente a ditadura do proletariado e trabalha na clandestinidade em democracia não merece o respeito que só as pessoas dignas merecem.

Anónimo disse...

Se eu vivesse em Almada já tinha feito um molde com a palavra FASCISTA VAI EMBORA! e tinha pintado todos os cartazes da Emilia/CDU/PCP, contra os novos fascistas vermelhos.

Aqui está a minha proposta, é fácil e barato, basta uma cartolina recortada e uma lata de tinta em spray, e dava enormes dores de cabeça aos fascistas da CMA.

Anónimo disse...

O José Gonçalves continua igual a si mesmo: PATÉTICO!


Autarquia impede manifestação de comerciantes
Os comerciantes de Almada acusam a Câmara Municipal de estar a querer impedir a realização de uma manifestação de protesto contra o corte ao trânsito na avenida central da cidade que, afirmam, tem sido fatal para os seus negócios.

"A Câmara Municipal de Almada (CMA) transmitiu-nos a informação de que o pedido de autorização feito pela Associação do Comércio e Serviços do Distrito de Setúbal (ACSDS) para se manifestar no centro da cidade no próximo dia 10 de Setembro não estava conforme a legislação com base num argumento falacioso", afirmou Ricardo Venâncio, representante dos comerciantes. "Isto manifesta claramente má fé por parte da Câmara Municipal", acusa.

"A autarquia afirma que o pedido de manifestação contraria o disposto no artigo 4º do decreto-lei nº 406/74, que regulamenta os dias e as horas a que, e cito, 'cortejos e desfiles' podem decorrer", explicou. Ricardo Venâncio argumenta que "no pedido a referência é a uma manifestação e não a um desfile ou cortejo. Nesse sentido, o argumento não tem qualquer validade".

"Ainda assim", disse, "a Associação endossou já um novo pedido à autarquia, alterando o que propunha - que incluía uma marcha de protesto - e propondo agora apenas uma manifestação, sem movimentações, para não haver desculpas".

"É preciso esclarecer que o pedido de autorização foi feito à autarquia, não porque a manifestação tenha que ser autorizada - porque não tem -, mas porque, por razões de segurança, a associação entendeu requerer um incremento do policiamento", acrescentou.

Contactado pela Lusa, José Gonçalves, vice-presidente da CMA, esclareceu que "não se tratou de um indeferir ou inviabilizar a manifestação, mas de fornecer aos requerentes a informação de que o processo fora mal instruído

Anónimo disse...

Srs Comerciantes por que não fazem a manifestação;
Os Srs já têm a autorização do Governo civil de Setíbal. Não precisam de nenhuma autorização da Câmara.
A Emília não vos pode proibir e a PSP não vos vai impedir de se manifestarem. A PSP não recebe ordens da Câmara e da Emília porque estas não se sobrepõem às do Governo Civil de Setúbal.
Força façam ouvir a vossa voz desmas carando os comuniostas e a Emília mais o Gonçalves Matos e Maia.

Anónimo disse...

Essa gentinha que usurpou almada aos almadenses não vale nada.
Almada não pode ser governada por serralheiros mecânicos como o Maia, bancários incompetentes como a Emíla, picaretas falantes como o Maia e cretinos como o Gonçalves ou torneiros tal como o matacão do carreiras que continua a mamar,muito menos por comunistas falhados e ressabiados que nada seriam se não se tivessem aproveitado da revolução dos cravos apunhalando os portugueses.
o povo português nunca foi comunista nem adepto de ditaduras.

Em 11 de Outubro vamos votar e mandar os incompetentes e ressabiados comunistas para fpora de almada para as suas origens ou para férias nos palops ou cuba com gostam ou se for preciso para a sibéria.

Anónimo disse...

Ao último comentador:
A palavra ressabiados é muito cara a quem está do outro lado da barricada.
Adoptou esta palavra porque é recente no movimento contra o "status quo"? Ao vir integrar a oposição sugiro-lhe que deixe ficar o vocabulário característico de certa maneira de pensar do outro lado que resolveu abandonar.

Sei que é difícil e os tiques do nosso passado sempre nos acompanham e acabam por revelar os caminhos por onde andámos. Não lhe levo a mal porque isso acontece com todos nós. Cumprimento-o com simpatia pedindo desculpa se errei no meu juízo.

Al-Ma'dan disse...

Ontem passei pelas rotundas do Centro Sul e do Brejo e reparei que na primeira não há outdoor da CDU para as autárquicas mas que esse existe na 2.ª.
Nesse Outdoor aparece a cacique almadense recauchutada mais o seu séquito de incompetentes.
Será que o recauchutamento de MES, que parece ter menos uns 15 anos, faz parte da moda dos políticos de, muitas vezes para esconderem as suas reais incapacidades de governação, se esconderem por trás de um corpo agradável para caçar votos aos mais desprevenidos?
Quanto ao financiamento ao PCP por parte da autarquia almadense não tenho provas, mas não me custa a acreditar que ele exista.
Almada é a maior autarquia CDU do país (talvez agora ultrapassada pela do Seixal)e daí que, por portas travessas, seja possível esse financiamento.
Além disso, as finanças do PCP estão de rastos, pois as contribuições escasseiam, e portanto a necessidade de financiamentos alternativos é uma realidade. Que esse financiamento venha através das autarquias, mais precisamente através dos conluios das autarquias com os privados não só é possível, mas mesmo provável.
Porque, os privados não gostam do PCP e o PCP não gosta dos privados mas, se da mútua relação, houver proventos para ambas as partes, todos eles fecham os olhos e o negócio faz-se.
Quanto aos privados nada tenho a criticar, essa é a lógica do capitalismo: fazer negócio.
Já no que se refere aos camaradas do PCP, em tese, ao fazerem negócios com os capitalistas estão a trair os seus ideiais. Mas isso é só em tese: já repararam que quando um ex-comunista passa a trabalhar para os capitalistas ou se torna capitalista, ele é em geral muito mais fundamentalista que os seus congéneres não oriundos do PCP ?
Querem um exemplo acabado disso mesmo ? O Pina Moura, esse ex-comunista, actual neo-liberal defensor do capitalismo "laissez faire, laissez passer".

Anónimo disse...

A propósito do trabalho que a CDU vem fazendo desde 1974 para conquistar as almas, deve ser lido o artigo publicado no jornal Avante de 20 de Agosto do ano corrente e verificar a credibilidade do discurso consoante se está no poder ou se pretende conquistá-lo....http://www.avante.pt/noticia.asp?id=30374&area=7
Oliveira

Al-Ma'dan disse...

Caro Oliveira,
Os políticos são assim mesmo, seja em que lugar do planeta for. É um dos males das democracias com que temos de viver.
E, na minha opinião, a nossa democracia portuguesa é muito má mas, mais vale uma má democracia que qualquer tipo de ditadura.
Quanto ao PCP, o que o distingue das outras forças políticas em Portugal, é que não é intrinsecamente, uma força democrática: durante o PREC e se as coisas não tivessem sido como foram, o PCP tinha-se assenhoreado do poder e pode ter certeza de que se tal tivesse acontecido não o iriam partilhar com ninguém e em menos de nada estaríamos novamente em ditadura.
A experiência, noutros locais do mundo, demonstra-o indubitavelmente.
Portanto, o PCP mesmo em democracia e mesmo só e apenas nas autarquias não é uma força democrática. Se a isso somarmos, como em Almada, 35 anos ininterruptos de poder absoluto sem qualquer oposição digna desse nome, temos o estado miserável a que esta nossa terra chegou.

Anónimo disse...

O PCP numca foi, não é nem nunca será um partido democrático com a prátiva que usa.

Todo e qualquer comunista critica o sistema capitalista ó enquanto não pode passar para esse lado, para um lugar onde possa gerir interesses capitalistas em benefício próprio e do partido. Uma vez aí como bom comunista tudo fará para não ser desmascarado e continuar a viver à sombra dos bem bom do capitalismo - o capital

Passa então a divir as benesses entre si , os camaradas e o partido.
O mal vem quando entra em conflito com o partido. Quando quer mais, alicerçado nas suas faculdades de negociante.
Quer comer mais do que merece um intermediário. O partido não gosta desse jogo e tratará de o marginalizar.
Afinal não foi isso que ocorreu com alguns militantes autarcas que a partir de determinado momento deixaram de interessar ao partido que defende interesses do povo?

Anónimo disse...

A MES tem vergonha de apresentar a cara real.
Não me espanta que pretenda ser nova ou se apresente com rosto de jovem.
Nunca a MES foi sincera nem honesta com a população .
Porque seria agora?

Anónimo disse...

Almada é um nojo, os cidadões são um porcos, por isso merecem o que tem!

Quem quer respeito dá-se ao respeito e pode exigir mais...

mas o povo almadense não pode exigir mais...

Furia do Cajado disse...

Convido a um comentário em
http://furiadocajado.blogspot.com/2009/09/anonimato-talvez-um-dia-se-faca-um.html

Anónimo disse...

Em Almada so existe 3 ou 4 exemplos de qualidade no comercio, restauração e lazer... não muito mais... 1ou outra loja de roupa, um ou outro cabelereireiro, um outro restaurante, um ao outro bar... não mais É UMA VERGONHA! UMA CIDADE QUE SE DIZ CIDADE! QUE SAIAM DE LA ESSES COMUNISTAS! s pessoas que têm os seus negocios têm de ter condições para prosperarem e poder investir para a qualidade aumentar! É OBVIO! A população tem de ter condiçoes para se sentir bem a passear e comprar senao n aparece é uma vergonha a cidade parece uma cidade fantasma

Anónimo disse...

e a COSTA parece um antro de gente feia. GENTINHA.

Al-Ma'dan disse...

Eu ainda sou do tempo em que o comércio de Almada metia no chinelo o comércio de qualquer outra localidade dos arredores de Lisboa, talvez com a excepção de Cascais.
Ao longo destes últimos anos, o comércio de Almada foi definhando, definhando...
Mas, não nos iludamos, não foi só o comércio a definhar, Almada como um todo está a definhar.
Há 3 décadas atrás, esta terra era das mais progressivas do país, em todos os aspectos.
Ao longo destes 30 anos, Almada tem decaído e outros concelhos têm evoluído muito mais.
O motivo desta decadência relativa, todos nós sabemos bem qual é: o poder absoluto de uma força política que não quer, nem sabe fazer desta uma terra desenvolvida.
MES e companhia limitada não têm competência para estar à frente dos destinos de um concelho como Almada, é muita areia para a camioneta deles.
Esta é a verdade nua e crua.
E enquanto muitos almadenses, por omissão ou por comissão, continuarem a dar luz verde a esta gente, Almada não mais vai parar de definhar.

Anónimo disse...

A Maria Emilia neste momento só tem uma boa acção a fazer, arrumar a roupinha na mala e abandonar Almada em direcção a S. Bartolomeu de Messines.
Almada está farta e cheia da incompetência dos comunistas.
Os seus camaradas deverão fazer o mesmo.
35 anos a destruir Almada e a comunidade almadense é uma que humilhação à população.
Pessoas sem vergonha e sem sentimentos que os ligue à terra são um empecilho ao desenvolvimento social comunitário.

Anónimo disse...

Caros almadenses

A Emília não vale um tostão como autarca para estar à frente do concelho de Almada.
Com toda a sinceridade da minha parte ela nem serve para ser presidente da Junta de Freguesia da terra onde nasceu.
A mulher é redundante a falar e nada democrática. Faz sempre o mesmo choradinho: é o 25 de Abril para aqui, o 25 de Abril para ali e sempre o 25 de Abril que permitiu a ela e aos incompetentes comunistas governarem-se e encherem o bandulho por vossa exploração.

Admiro-me como um concelho frente a Lisboa com inúmeras possibilidades turisticas e sócio económicas permanece há 35 anos em mãos de inúteis e analfabetos políticos que unicamente vêem a vitória do comunismo e a ditadura comunista sobre as pessoas.

Conseguem dar lições de ditadura aos ditadores de direita.

Ergam-se e de uma penada só a 11 de Outubro façam justiça diante da injustiça que é terem incompetentes analfabetos políticos na vossa Câmara Municipal.

Boa Sorte e que a democracia bata desta vez a vossa porta.

Liberdade disse...

"Os protestos servem para testar qualquer democracia — assim o direito a reunião pacífica é essencial e desempenha um papel fundamental na facilitação do uso da liberdade de expressão.

Uma sociedade civil permite o debate vigoroso entre os que estão em profundo desacordo." in Princípios da Democracia

Se Almada fosse um território democrático a CMA/PCP/CDU era a primeira a garantir a liberdade de expressão dos comerciantes. Mas Almada vive numa ditadura disfarçada de democrata.

Queremos a DEMOCRACIA em Almada, vamos votar PS e BE no dia 11 de Outubro.

Liberdade disse...

"Os protestos servem para testar qualquer democracia — assim o direito a reunião pacífica é essencial e desempenha um papel fundamental na facilitação do uso da liberdade de expressão.

Uma sociedade civil permite o debate vigoroso entre os que estão em profundo desacordo." in Princípios da Democracia

Se Almada fosse um território democrático a CMA/PCP/CDU era a primeira a garantir a liberdade de expressão dos comerciantes. Mas Almada vive numa ditadura disfarçada de democrata.

Queremos a DEMOCRACIA em Almada, vamos votar PS e BE no dia 11 de Outubro.

Anónimo disse...

Mari Emília de Sousa e os camaradas Maia, Carreiras, Gonçalves, Matos e outros tais não nasceram nem cresceram em Almada , nem têm laços afectivos e emocionais com o concelho.
Os únicos laços emocionais e afectivos que têm é com o partido em que estão acoitados.
A Maria Emília só despertou para a luta operária após o 25 de Abril quando oportunistamente aparecia nos piquetes de greve a insultar os colegas bancários dizendo que estavam ao serviço do patronato, que eram lacaios dos patrões.

Estes autoapelidados comunistas não servem almada nem interesses do concelho.
Ela que criticava os colegas de profissão por servirem o patrão, faz hoje o que então criticava.
Hoje a madame serve os patrões do capital para interesse seu e do partido.
Despreza muitos os trabalhadores da câmara municipal que não a bajulam nem servem o partido.
A madame não tem competência para gerior o concelho.

Anónimo disse...

O que a senhora (MES) quer é publicidade em todos os cantos, postes e pavilhões com o dinheiro suado dos municipes em proveito próprio, o apego ao poder não tem preço nem moral. O Cartaz dos comerciantes nem pensar. Uma verdadeira democrata do 25 de Abril. Almada fashion feito no Laranjeiro que serve Almada? ainda por cima sem comerciantes de Almada é contra naturo. Mas o importante é a publicidae eleitoral ; vale tudo. O cunho político à conta dos comerciantes. Os comerciantes que vão participar é o refugo na aflição para os encontrar, mas o Almada fashion tem que ser feito a presidente e a sua "trupe" quer. O LACAIO Luis Heriques, ao serviço exclusivo de sua Exª (MES) não vê mais nada; fugura não grata no seio dos comerciantes; estes sentem-se altamente atraiçoado por este "lider" fantoche mais um oportunista;.

Anónimo disse...

Devo lembrar ao anonimo de quinta-feira,3 de setembro, 11.24, que apesar de ter razão a MES e os seua lacaios que têm de tudo menos comunistas mas sim de funcionários da antiga PIDE, que a maior parte dos habitantes de ALMADA não têm origens almadenses, mas sempre lutaram e trabalharam para que a sua cidade de acolhimento fosse uma das mais prosperas de portugal.
Mas com esta politica de represão é impossivel alguem vencer as suas lutas.

PCP=Sistema disse...

Existem figuras ligadas à cdu da Cãmara, que tiveram familiares que eram da legião. A Dª Emília essa é tanto comunista como o hitler era democrata. O partido comunista portugues é um partido do sistema, que não tem mais de 400.000 mil votos em dez milhoes de portugas.
Em almada embora o PS e o PCP nacional se entendam e não apresentem ninguém credível, mesmo assim vou votar PS.

Anónimo disse...

Abençoadas eleições autárquicas:

Por todo o País os autarcas se esmeram e as terras estão mais cuidadas.(jardins, limpeza, reparação rápida do que vai aparecendo danificado).
Chegados a Almada vemos que na Rua D.Sancho um mês depois de terem posto um novo tapete betuminoso ainda não encheram os buracos círculares à volta das tampas de ferro de esgotos e outras infraestruturas. Nesta rua o passeio do lado direito de quem desce para o Posto Médico mais parece um telhado inclinado para a via e não se espante se levar uma baforada de tintas e fumos de um oficina que sopra directamente para os narizes das crianças que por ali passem a pé.

A Câmara de Almada que é tão diligente a fazer cumprir a Lei quando de cartaz que lhe é desfavorável posto por comerciantes não parece mais diligente a corrigir os defeitos que o espaço público apresenta nalguns casos ha décadas.

Em propaganda e bandeirolas talvez ninguém leve os autarcas almadenses a melhor mas falta fazer muito para tornar os espaços públicos convidativos.
Os donos de grande número de cães continuam a soltá-los horas e horas sem conta, independentemente do tamanho e raça do animal.
Embora eu saiba que há um cão na cidade que chama os donos quando precisa de defecar para que os donos apanhem e assim deixar o espaço público limpo, não é regra e falta a trela...
O comportamento destes proprietários não é sancionado por ninguém. Se não concorda com esta forma desleixada de estar na cidade tem duas formas de resolver o problema:
1-Apostar em autarcas mais urbanos e que vivam consigo na cidade que criem uma polícia municipal que obrigue a cumprir regras e não apenas reguladores do parque automóvel (ECALMA);
2- Caso não haja mudança política em Outubro, pense em encontrar um local em Portugal ou na Europa para onde transferir a sua residência.
Por mim estou a pensar mudar-me por ver que a evolução aqui é muito lenta e talvez esteja na hora de procurar um síltio mais agradável para viver.

Nota: Na Rua Ramiro Ferrão onde mora o vereador Matos há inúmeros ecopontos porém há Ruas da cidade com mais de 400 m onde não há um único. Porquê tanta abundância nuns locais e o quase abandono noutros?

Cunha disse...

Viram o debate entre o Jerónimo e o Sócrates, tão amigos que são . O jerónimo na festa do avante açanhava-se todo a falar para a populaça. Na televisão e junto do sócrates pareceiam dois cordeirinhos. Ele lá sabe as contrapartidas oferecidas pelo engº. Por exemplo o PS não ganhar a cãmara aos comunas de almada, não apresentando uma personagem credível. Todavia, vou votar PS olhando para o lado.

departamento da camara disse...

A Emília é a personificação do mal, do lobo mau que se veste de avózinha.

Anónimo disse...

Caro Cunha
Não quero saber desse tipo de conversas.
Mas vou fazer como você. Votar PS.
Quero a CDU e a Emília fora daqui. Quanto mais depressa melhor.

Anónimo disse...

António Matos precisa dos ecopontos bem perto de onde mora.
Têm que perceber que o homem precisa ter por perto muito sítio para onde deitar a m**** que faz.

Anónimo disse...

É verdade que a Emília e o partido comunista têm muita gente segura porque essa gente tem rabos de palha.
Toda essa gente tem os seus problemas de antigamente ou alguma coisa por onde poderão ser denunciados.
Não é verdade que o pcp ficou com parte dos arquivos da pide?
Ora isso é um cheque-mate para alguns. Com medo de serem denunciados fazem favores à Emília e ao PCP. Este e ela retribui-lhes não denunciando publicamente "as fraquezas".
Esta é a porca politica feita por falsos democratas aldrabões e cínicos.
A Emília não vale um chavo.
O Maia é um troglodita, um tosco armado em democrata.Nem vive em Almada.Quando deixar o tacho fica com bruta reforma que ele nunca imaginou.
O carreiras já anda também a gozar dos benefícios de se dizer comunista. É outro que vive bem à conta do povo, mas cuidado . Ele não é burguês. Se fosse outro cidadão com as mesmas regalias que essa pedra com pernas tem, esse cidadão era um fascista, mas sendo ele é um progressista, um "operário inteligente".
SEm o 25 de Abril teria de andar ainda asujar as mãos na ferrugem.
O Maia idem idem
Realmente o que ele é é um xulo da democracia.

Iguais a estes sanguessugas há no concelho outros protegidos pela medíocre e mesquinha Emília.

Noutros tempos os presidentes da Câmara e vereadores viam-se nas ruas e nos cafés.
O Dr. Glória Pacheco, o Dr. Silveira Júnior, o Dr. Caldeira Pais.
Hoje esta Emília que se diz democrata e eleita pelo povo, tem medo de andar na rua, tem medo da população. Ela sabe porquê.

Os almadenses pediriam-lhe contas por ter conduzido o concelho e a cidade a ruínas, a um vazio, a um local triste , sujo, feio e incómodo para viver.

A emília gosta muito dos pobres e arma-se em defensora deles porque lhe interessa o voto dos miseráveis.Por tal faz a apologia da pobreza e do subdesenvolvimento.
Apesar disto a Emília adora os ricaços, os construtores, os empreiteiros com quem estabelece negociatas ou parcerias das quais arrecada os milhares que lhe dão alento para ela e camaradas continuarem a querer manter o tacho.
A perda da Câmara em 11 de Outubro próximo representa um rombo económica a estes sanguessugas e ao partido comunista português.

Anónimo disse...

O eléctrico fantasma
Por Joaquim Letria

TODOS NÓS NOS LEMBRAMOS do guterrismo a brincar aos comboios e a guiar carros eléctricos. O melhor símbolo desse tempo festivo é um eléctrico fantasma que percorre vazio, lúgubre, as vias de Almada e do Seixal, como a Camioneta da Morte das noites da Carbonária.

Chamam-lhe metro de superfície, mas não passa dum eléctrico articulado, de vidros escuros, que atropela silencioso e mata sem remorsos, depois de ocupar faixas de rodagem para nada e desalojar estacionamentos para coisa nenhuma.

O balanço mostra grande competitividade: 6 acidentes, com um morto e dois feridos graves recentes. No dia 8 de Julho, um homem foi morto instantaneamente e sua mulher ficou em perigo de vida, recuperando só agora, mas necessitando de tratamento para o qual a família não tem meios. A Junta de Freguesia de Corroios e a Câmara Municipal do Seixal têm valido nesta situação.

A Metro Transportes do Sul já disse o que tem a dizer nestas circunstâncias: “a concessionária deu já cumprimento às suas obrigações de informação, quer legais, quer contratuais”. A família diz que “o acidente podia claramente ter sido evitado”. A PSP do Seixal, impecável como sempre, afirma que “os acidentados não haviam transgredido nenhuma regra porque não existe nenhuma passadeira naquela zona”.

Se vier a Almada, ou ao concelho do Seixal, tenha muito cuidado com um eléctrico lúgubre e silencioso que puseram a andar por aqui, a matar umas pessoas e, eventualmente, a transportar outras tantas.

Publicado no

«24 horas» de 4 de Setembro de 2009

Anónimo disse...

A PORCARIA DA FESTA DO AVANTE JÁ PODE FAZER BARULHO TIVE ATE AS 6H da manha a ouvir a porcaria da festa dos comunas.... não deixam ninguem fazer festas em almada porc ausa do barulho mas essa porcaria de festa já n tem problema em afectar as pessoas que têm de acordar paa ir trabalharou simplesmente descansar

Anónimo disse...

Almada é a cidade porca que conhecemos.
Uma visita a Almada ou ao concelho deixa ao visitante uma imagem negativa.
A poluição imagistica prolifera por ruas avenidas e rotundas. A CMA contribui para isso com os outdoors pagos com verbas municipais dos municipes.
Esta é a resposta ecológica dos autarcas para agravarem a imagem negativa do município que existe.
É degradante, miséria urbana e subdesenvolvimento mental dos autarcas proporcionar a cidadãos verem tantos outdoor com propaganda às obras virtuais dos autarcas comunistas.
É a imagem da sua ineficácia em gerir o concelho terem de recorrer a propaganda mentirosa.

Anónimo disse...

o dono deste blog está de ferias ou morreu ?
Ou será que a MES já o reconverteu???
Não apresenta nada de novo.........

Fernando Meireles disse...

Aqui vai mais uma:

O pseudocomunista, ou se quisermos o falso comunista, Marreiros, mais um que veio da lisnave, finais dos anos 80, quando aquilo deu o berro, encaixou-se na CMA, no sector do desporto como técnico, era um camafeu algarvio com dois olhos, começou a estudar, pois na Cãmara este senhor fazia o que queria, tirou o 5 ano, a licenciatura parece-me durante o tempo de serviço, e tirou o mestrado em évora, parece-me também durante o dia. Arranjaram-lhe concurso para técnico superior, passado um ano para Chefe de Divisão e a um ano de ir para a reforma eis que vão abrir concurso para director do desporto para esta criatura oportunista. entretanto meteu a filha na Câmara. são estes os comunas de almada. Um fulano que pouco tem trabalhado irá levar uma reforma choruda de 2300 euros. Quando for director reforma-se e vai viver para o alentejo- Chulos. estes comunas almadenses são uns chulos.

Anónimo disse...

Mas esse Marreiros é um tosco de todo o tamanho, o gajo mal sabe ler...

Anónimo disse...

Toda a acção da MES e da camarilha que a acompanha tem a virtude de comportamento fascizante .

Os autarcas eleitos com uma minoria de votos constituem uma oligarquia comunista que pretende bater o record de Oliveira Salazar.
Para eles 48 anos de salazarismo era fascsimo.
Os 35 anos de ditadura comunista para os mesmos é simplesmemte doçura vida à grande e à francesa à conta dos almadenses;

Almada vai a 11 de Outubro acabar com com o domínio dos excêntricos que destroem diariamente o concelho.

A 11 de Outubro é fundamental, é preciso que os almadenses votem.
A abstenção só serve à Emilia e à oligarquia comunista.

A derrota da Emília e da camarilha em Almada será o golpe de morte para o comunismo no País.
Os almadenses estão a sustentar o partido através da CMUnicipal de Almada.

Força almadenses. Não fiquem em casa.
Votem sempre em qualquer partido. Nunca na CDU nem PCP.

Carlos Filipe de Sousa disse...

Também há a hipótese de o dono do blog estar com o computador em pane.

apesar da falta de postes acho que o blog MANTEM UM NUMERO ELEVADO DE VISITAS DIÁRIAS e com comentários interessantes relativos à vida política de Almada.
Assim as oposições tivessem blogues como este ou fizessem oposição. Almada não estaria com tantos anos de social fascismo, atraso social, com tanta pobreza,exploração e miséria e o concelho teria dinâmica socioeconómica.

Como é possivel que uma Câmara Municipal proiba o direito a livre expressão daqueles que são explorados e enganados pelos autarcas do PCP.
A oposição ficou calada com a proibição da manifestação dos comerciantes autorizada pelo Governo Civil de Setúbal.
Por isso Almada é o que se conhece graças igualmente à fraquinha e colaborante com o executivo municipal, oposição que proliera no concelho.

Espero que o blog se mantenha dinâmico para bem de Almada.

Anónimo disse...

Cá para mim o dono deste blog, foi mais um que conseguiu fugir de Almada. Se foi isso que lhe aconteceu digo com todas as letras que estou cheio de inveja dele.

Se foi de férias com certeza que está num local muitíssimo melhor que Almada. Por isso invejo-o. Bem é só inveja...

Anónimo disse...

Senhor Carlos Filipe de Sousa:
Presumo que não seja familiar de uma Sousa que amargura os nossos dias em Almada!
Mas só quero dizer-lhe que as oposições tambem fazem o seu trabalho...
Sem ter mandato, recomendo:
http://www.almada2009.com/
http://psalmada.blogs.sapo.pt/
http://bancocorrido.blogspot.com/
http://metoscano.blogspot.com/
e outros que poderá encontrar nos links destes...

Anónimo disse...

Esta vereação está a fazer uma cidade por decreto e contra a população. Opções incompreensíveis e sem sentido.

A propósito deixo um comentário curioso deixado no blogue a-sul:

« A Senhora Presidente já perdeu completamente o decoro...sabendo quem circula em Almada que entre a Praça S.João Baptista e a a "Antiga Fonte Luminosa" que já não existe, não se pode circular (somente residentes e veículos autorizados), a dita Senhora afirmou,há coisa de 2 dias,ao chegar à Rua Luís de Queirós(Capas Negras, onde os comerciantes se queixam da falta de compradores, que não percebia porque é que as pessoas se queixavam porque ela tinha ali chegado com a máxima das facilidades...pois é nem todos podem passar 2 sentidos proíbidos, circulando de BMW e "chauffer"...assim acho que qualquer pessoa chegará com mais facilidade a qualquer lado...mesmo aqueles que possam ter alguma dificuldade motora ao se deslocarem...pois é,Sr.a Presidente ir ao cabeleireiro de "chauffer" há muito que não é acessível não só à maioria como a quase todos e por muito que as obras que decorrem possam vir a servir bem a população de Almada, há que admitir também e com humildade o transtorno que estas tem causado à população. Honesto mesmo só o "burguesismo" tão declaradamente assumido para quem a quis ouvir....» Joana A.L.

esquerda radical disse...

Almadenses ela a cuja Emília não é gente com sensibilidade para lidar com humanos. Ela não reconhece a natureza humana que há nos seres humanos.
A deformação de que enferma, deformação comunista, causa-lhe tamanha nebulosidade na mente que a impede de ter um racicínio normal. Por isso ela fala fala fala mas nada diz.
Debita verborreias dos palanques e dos palcos protegida e aplaudida por gente sua. Ninguém com o senso mínimo aplaude as suas incongruências.
Entre seus apoiantes não esquecer aqueles associativistas, escritores e artistas "almadenses" que só e fazem "associativismo", "publicam livros" , fazem "arte" à conta do erário municipal (do PCP/Emilia) e que se escusam a tecer criticas publicamente aos autarcas PCP ou à emilia,( são muitos cautelosos, mas sempre são de esquerda independente " à cause" que o subsídiozito desaparecia e desapareciam os livros, a arte comunista e o associativismo popularucho.

Almada com tal gente continua a ser a podridão democrática "dejá vu".

Anónimo disse...

Almada entrou numa lenta agonia há 35 anos.
A MES desde 1986 acelerou o mal estar, a saúde de Almada.
Actualmente a recuperação vai ser muito traumática. Os danos são muitos e grandes, alguns irreversíveis.

Anónimo disse...

Mesmo sem novos posts este blog é um espaço visitado por almadenses que querem dizer o que lhes apetece, com aceitável elevação, o que é uma vitória.

Faço votos para que o propritário deste espaço retome a sua actividade bloguista que bastante apreciamos.

Deambulando pela cidade:
1-Encontrei o centro Comercial M. Bica com muitas lojas fechadas;(teve uma vida curta, pouco mais de uma geração);

2-A parafarmácia da Praça Gil Vicente faz, na montra da Av. 25 de Abril, apelo aos donos dos cães que não sujem o espaço à volta da Porta e das montras do estabelecimento. Tem toda a razão os bichinhos gostam muito daquelas colunas, ficando a ganhar os pneus dos carros;
3-Há um cão enorme na Avenida 25 de Abril perto da Junta de Freguesia de Cacilhas.
Um cão depôs uma bosta enorme que parecia de um bezerro no passeio em frente da porta da referida Junta de Freguesia de Cacilhas.
Alguém pisou e deixou marcas dos seus passos por ali.(azar)
Terá sido o tal cãozarrão que anda sempre com trela e que o dono não apanhou porque as feses estavam demasiado moles? (façam-se análises para identificar os animais e obriguem-se os donos a pagá-las (além da multa).

Estou de parabéns porque que eu me lembre tal não me acontece há mais de 6 meses. Por agora tenho a sorte de não ser cego, amblíope e não andar muito distraído.

Nos meus vinte e poucos anos, cruzando-me com uma pessoa especialmente interessante dei uma cabeçada num candeeiro na Rua Ferreira Borges em Coimbra.Em Almada é melhor não nos distrairmos porque não é nada romântico pisar estes presentes que são demasiado frequentes.
Quem educa, vigia e multa estes proprietários que deviam ter que pagar o esforço suplementar de limpeza que é necessário haver?

A Câmara comprava as máquinas necessárias para limpar a cidade com o dinheiro cobrado aos proprietários e sempre que aumentasse a despesa indexada era aumentada a licença.
Quem achasse que era muito convencesse os proprietários faltosos a contribuir para a diminuição da despesa.
Parece-me que uma das zonas mais porcas que conheço se situa no passeio, da Av. 25 de Abril entre a Alfaiataria Venâncio e a tal para farmácia da Praça Gil Vicente.
Se não nos calarmos e os propritários e autarcas ouvirem o protesto de muita gente vão acabar por intervir, entusiasmados pela frontalidade de exigirmos mais limpeza e cumprimrnto das regras por parte dos proprietários dos canídeos.

Comecemos por exigir civismo aos vizinhos almadenses já que as autoridades não acham esta tarefa prioritária.

Liberdade disse...

Realiza-se hoje, pelas 22 horas, na TVI 24, um debate entre os candidatos à Câmara Municipal de Almada. Desejamos a todos um bom debate e em particular desejamos que os candidatos da oposição democrática saibam denunciar o sub-desenvolvimento e o autoritarismo a que Almada tem sido condenada pela gestão autocrática do PCP/CDU.

Porque É ALMADA QUE ESTÁ EM JOGO!

Anónimo disse...

O comentador que se distraiu a olhar uma jeitosa em Coimbra, nunca se distraiu na Costa da Caparica e deu com a testa numa espia que segura os postes da Rua Manuel Agro ferreira?
Pois olhe que ali é fácil isso acontecer.
Nem as obras do POLIS resolveram aquela aberração.

Al-Ma'dan disse...

E a MES vai participar no debate ?

Anónimo disse...

Caros CURIOSOS/PREOCUPADOS

O debate autárquico é gravado hoje na TVI24, com todos os candidatos á CMA, MES inclusivé, mas só será transmitido no próximo dia, Sabado, pelas 22.00

Anónimo disse...

Caros CURIOSOS/PREOCUPADOS

O debate autárquico é gravado hoje na TVI24, com todos os candidatos á CMA, MES inclusivé, mas só será transmitido no próximo dia 12, Sabado, pelas 22.00

Anónimo disse...

MES terá justificado a indisponibilidade de agenda.
E o nariz cresceu-lhe mais ainda.

Anónimo disse...

Debate:
Atenção. A informação de que o debate autárquico não é transmitido hoje mas sim no sabado, não será contra informação?
Pelo sim e pelo não veja nps dois dias.

Anónimo disse...

Andando por Almada ouvi um comerciante dizer que o seu negócio diminuiu mais de 50% e que não há remédio para o centro de Almada.
No Parque da excitroen às 16 horas estavam apenas 7 carros estacionados, 2 funcionários da Eclma com o seu computador, e um autocarro de museu. O incentivo oferecido aos consumidores não está a ter a procura desejada da parte dos automobilistas.
A Câmara tira mais um coelho da cartola para atrair gente para a Praça do MFA, publicita pelos estabelecimentos e no chão que ali é um espaço onde pode aceder gratuitamente à internet.

Não tenhamos dúvida que esta busca de resolver os problemas não se vai manter nacionalmente depois do dia 27 porque a dívida cresce 1 milhão de euros por hora. As autarquias nesta fase não vão olhar despesas para justificarem mais um mandato.
Tem sido fácil aos autarcas renovarem os seus mandatos porque possuem instrumentos para conquistar os votos quando é preciso.
Mais dificuldade têm tido os governos do País. Daqui por 4 anos por força da lei vai surgir uma nova geração de autarcas que esperemos só possam estar 12 anos no poder.
As relações próximas de funcionários, partidos e autarcas induzem o voto no rei ou na czarina.
É a lei do menor esforço. Porque procurar saber se justifica a mudança se isso dá muito trabalho?

Anónimo disse...

>> Almada centro tem cerca de 8 parques de estacionamento.
>> almada centro tem internet gratis.... ninguem la está!
>> almada ja fechou 70€ das suas lojas, inclusive asqueles que chamamos lojas gancho
>> almada não tem uma loja do cidadão, serviços
>> almada não tem marcas de roupa
>> almada não tem animação
>> almada não tem pessoas
>> almada tem uma zona pedonal com um metro que rasga essa zona e que mata pessoas
>> o chão da unica via de automoveis cedeu á dias depois de ter sido feito requalificação da via
>> ninguem visita os pouco sitios distintos de almada - casa da cerca, miradouros
>> almada cada vez tem menos espaços verdes, estão os poucos a ser substituidos por betão e estatuas de ferro
>> almada na NOVA COSTA como lhe chamam tem parquimetro para ir a praia
>> os bares da costa ja foram assaltados
>> a prisedente de camara não quer policia municipal para almada
>> o novo centro de emrpesas do pragal está ás moscas
>> almada não tem uma rotunda emblematica, uma zona que representa a cidade
>> o poster mais recente que a camara espalhou pela cidade que diz EXPERIEMNTE ALMADA tem como foto LISBOA
>> ALMADA CENTRO SHOPPING é um embuste não existe animação, a zona está deserta
>> ir para a praia custa 2.80€ ida + 2,80€ = 5,60€ fora o comboiopara as praias 3,50€ e ainda querem queas pessoas não levem o carro na cidade que se diz damobilidade
>> leva-se 30 minutos para chegar ao centro da cidade de almada - levasse 15 minuto para chegar a lisboa
>> foi esfaqueado uma pessoa no novo passadiço da costa
>> crianças ja partiram as pernas no novo passadiço de madeiras da costa
>> as fontes qd estão ligadas no centro de almada regam tudo menos a fonte, as estradas molhadas provocam acidentes
>> a camara aniquilou mais de 60€ da vegetação no centro de almada e substituiu por betão
>> a calçada portuguesa esta a ser substituida por betão
>> existem cães perigosos a solta em almada
>> as ruas estão sujas e cheiram mal em almada
>> a camara gastou 200mil euros na costrução da rotunda no pragal com restyo de sucata do arsenal e pedra
>> comerciantes e lojas foram agredidos e baleados por comunistas
>> não existem eventos para jovens alem daqueles q a camara elabora
>> o almada fashion é feito no polivalente no feijo ao pe das barracas
>> os jovens não habituam almada
>> os residentes têm de pagar para deixar o carro estacionado
>> os residentes vêm se gregos com a falta de circulação
>> as lojas principais de almada que existiam á anos e toda a gente as conhecia como sendo de qualidade e referencia nacional fecharam
>> apenas existem lojas dos chineses
>> o museu da musica em almada velha não existe apenas uma fachada com um grande poster
>> a casa da dança não existe apaenas um grande poster a tapar a fachada
>> gangs assaltaram os bares da costa
>> as praças de almada estão grafitadas
>> a praça sao joao baptista esta 50% fechadas as lojas
>> a praça são joao baptista tem as pedras partidas, candeeiros partidos, drogados
>> o metro de superficie apartir da 00.00 é o metro zombie, vazio e barulhento
>> os velhos fugiram de almada
>> os jovens fugiram de almada
..................................
30 anos desta merda... alguem quer mais?

Anónimo disse...

O debate será transmitido no sábado, às 23 horas, na TVI24.

Anónimo disse...

Não percam o debate para verem a má educação duma candidata que não deixou falar ninguém.

Anónimo disse...

Há meia dúzia de anos alguém da CMA quis fazer uma Casa da Música em Almada à conta de um comerciante-construtor civil muito conhecido no burgo exigindo-lhe à volta de 400.000 mil contos (200.000 seriam para a Casa da Música) para passar a licença de contrução do prédio que se levantava das fundações.
Como o homem não foi na conversa da dita pessoa, porque teria de vender os apartamentos muito caros para recuperar a "ajuda municipal" que lhe pediam, abandonou a obra que está parada desde então.
Até hoje não tem licença de construção.


Moral da história, as notas musicais da CMA são muito caras.

Anónimo disse...

Prespectiva alargada feita com mérito pelo comentador anterior.

Deambulando por Almada, hoje fui à Cova da Piedade e andei pela Rua Manuel José Gomes, a Rua da Moagem.
No meio de ruinas e destrição notava-se algum mau cheiro.

SEremos excedentários em produção de energia?
Já noutros pontos da cidade tenho verificado que às 15h em plena luz do Sol as luzes dos candeeiros públicos estão acesas.Era o que acontecia hoje na RUA da MOAGEM, onde funcionários da câmara carregam e descarregam coisas que estão nos armazéns da autarquia.
Ninguém vê o desperdício, passamos ao lado porque somos novosricos.O que é público não doe no imediato no bolso de cadaum...
A quem interessam estes gastos de energia? Certamente à Câmara e aos contribuintes de modo nenhum porque têm que a pagar à EDP.
No domingo passando na Rua do Arsenal caiu-me às 21h um pingo de água que presumo ser de ar condicionado e uma dúvida me assaltou com esta temperatura de 22º seria necessário o pessoal de serviço da marinha ter o ar condicionado ligado? Ou pior ainda:terá ficado ligado todo o fim de semana?

Voltando a Almada: no parque de estacionamento da Av. 25 de Abril é difícil sair e é preciso cuidado e mesmo assim ao virar-se para o Rio facilmente se bate na esquina do canteiro, dada a exiguidade da faixa de rodagem.
Quem é que ainda não bateu em elevações que a requalificação do Plano de Mobilidade trouxe?

Anónimo disse...

A construção a que refere o comentador 7:03:00 PM hoje, é na r. da liberdade junto à estatua do bombeiro.
O proprietário parece ser o mesmo que agora aluga (?)o espaço para a Loja do Munícipe na Praça Estalin da CDU (ex-praça da renovação).

C´a grande caldeirada!

Só fumaça, diria Pinheiro de Azevedo.

Anónimo disse...

Inaugurar a loja do munícipe a todo o gaz.
Hoje às 21h30 ainda era grande a azáfama com berbequins a perfurarem os materiais. Será que todos os trabalhadores estavam a receber por trabalho em horário nocturno e extraordinário?

Se lá fizerem o atendimento que é feito no SMAS fico com a vida facilitada porque nos últimos tempos apenas precisei de me deslocar aos SMAS.

O que eu precisava mais era de de uma loja do cidadão porque como frequentemente recorro aos serviços de saúde não convencionados preciso de 3 em 3 meses entregar os recibos de saúde particulares.
Precisava também de um julgado de paz para que o condomínio onde me encontro envolvido poder mais facilmente obrigar os devedores do condomínio a pagarem.

O Seixal vai ter loja do cidadão e certamente quem for ao Continete poderá entregar no futuro os seus recibos de saúde, evitando ir a Lisboa.
Julgado de Paz o Seixal ao contrário de Almada teve-o muito mais cedo e talvez há mais de 10 anos.

Para estes dois serviços Almada parte no próximo mandato com um lamentável atraso.Quem quer que ganhe vai inaugurar estes dois serviços em Almada embora com lamentável atraso.
Com a inauguração da Escola do Pragal EB1 chegou ao fim uma disputa iniciada há muitos anos entre a Câmara e Leonor Coutinho.
Finalmente foi possível construir a Escola com a intervenção dos Fundos Europeus, do orçamento do Estado (governo) e Câmara.
Convenhamos que já não era sem tempo.

Anónimo disse...

Todos falam, mas não fazem nada. Informo que na ùltima semana de campanha para as autáquicas, estarei num dia de semana depois de sair do trabalho a distribuir fotocópias pagas por mim, a apelar ao não voto na CDU. Provavelmente será em Cacilhas à saída dos barcos.Façam o mesmo. Se quiserem combinamos uma acção em conjunto. Eu pelo menos irei.

Carlos Filipe de Sousa disse...

Ao anónimo em questão
obrigado pelos endereços.

Anónimo disse...

Como posso combinar com o senhor para que me de fotocópias para repartir em meu bairro ?

Obrigado.