quarta-feira, agosto 08, 2012

Acidentes MST, sempre a somar

Em...Almada, os acidentes com o comboiozinho MST (metro sul do tejo) somam e seguem.
Na manhã do dia 2 de Agosto  2012, cerca das 8h30m, quinta-feira da semana passada, o dito chocou com a frente num automóvel na Rotunda da Rua Conceição Sameiro Antunes, Cova da Piedade.
No último fim de semana, domingo dia 5 de Agosto 2012, à tarde, outra composição do comboiozinho MST voltou a colidir com um automóvel na designada "Rotunda dos Bancos" em Almada.

O comboiozinho que tem sempre prioridade para causar acidentes!

Fotos do acidente do dia 2:
Na primeira vêem-se os passageiros a abandonar a composição, pouco depois da rotunda, após o acidente e na segunda é visível a frente danificada da composição.

Os acidentes vão-se sucedendo e a comunicação social já nem os publica.
Haverá censura para que os cidadãos não acumulem mais razões para detestar o TGV de Almada que só transporta 30% dos passageiros previstos e é fonte de despesa para os contribuintes?
São milhões de euros que o Estado é obrigado a dar regularmente à empresa concessionária, a MTS, como indemnização pela falta de passageiros.

Um lindo futuro, o que a Exma Presidente Emília de Sousa impôs a Almada, aos almadenses e aos contribuintes!

O Governo enquanto distribui milhões à MST para recompensa da falta de passageiros, tira aos funcionários públicos, reformados e pensionistas os subsídios de Férias e de Natal, para além dos aumentos de impostos e aumento da carestia de vida.

Desta injustiça, subsidiar empresas e grupos económicos deficitários à custa do sacrifício dos cidadãos, nem a Câmara de Almada nem o PCP falam.
EMALMADA agradece a colaboração de cidadão

7 comentários:

Anónimo disse...

É um bom sinal que os almadenses tem de começar a aprender o código da estrada e a ter olhos na cara enquanto conduzem.

Anónimo disse...

Felizmente que ainda há um cidadão que sabe o código da estrada e que tem os olhos na cara: o anónimo 5:10:00 pm.
Só com mais comboios e mais acidentes os almadenses acelerarão a aprendizagem.
Só para isso se justifica que sejam governados por uma câmara comuna.

motoqueiro disse...

Posso concluir que os almadenses são burros porque só a Maria Emília metendo o metro em Almada ira conseguir que eles aprendam a conduzir.

Anónimo disse...

motoqueiro,

infelizmente o MTS não serve como vacina anti-burrice, visto que mesmo com um comboio a circular a passo de caracol essa gente não chega a esboçar senso comum suficiente para não se pôr à frente dele. Ou será que os comboios andam a perseguir as pessoas pelas ruas?

Anónimo disse...

estes comunas como o anónimo que lançou estas críticas aos condutores Almadenses, são os mesmos que criticam (e bem) as péssimas PPP que os governos PS/PSD/CDS fizeram. A nível Nacional para os comunas está tudo mal, se a ideia, mesmo sendo um sorvedouro de dinheiros públicos, vier do PCP é sempre boa, então a do Metro foi brilhante. Quantos subsidios de Natal se pagavam com este erro que se chama MST? Que tamanha hipocrisia tem esta gentalha...

Anónimo disse...

Os comunas não estão sós em Almada. Tem os naturais aliados nos partidos da oposição BE PSD e PS que com eles colaboram.
Por isso esses partidos nunca estiveram interessados em vencer as eleições autárquicas.

Luis Estêvão disse...

Gosto muito de subir e descer a Bento Gonçalves e percorrer aquelas curvas triangulares... ao mesmo tempo que acompanho o MTS, é tão divertido! Nunca tinha visto uma estrada com este formato. Somos mesmo os maiores em Almada!

Ficou mesmo mesmo uma bela obra.. de caca!