terça-feira, novembro 09, 2010

Fala...Fala...mas porquê?

Em...Almada, o eléctrico-comboio MST é um desastre económico e ambiental. Anda vazio, destruiu Almada, complicou a vida a toda a população, já matou cidadãos, mutilou outros, provocou acidentes.
Todos estes desastres porque a oposição, PS e PSD, se ajoelhou, com medo, aos pés da incompetente presidente da Câmara, que não deu ouvidos às criticas e sugestões dos almadenses.
Aliás, houve quem (alguém não comprometido com o projecto) dentro do partido político deste senhor, o PSD, tecesse duras críticas ao projecto e sua implantação.
Este sr. Ó Ramos, do PSD com estas declarações ao Jornal Sem+ parece ou quer desconhecer o desastre económico do MST e defende a continuidade do projecto falhado só porque é o PS que é Governo e é este governo que tem de pagar à concessionária os prejuízos.
Revela não conhecer a realidade, não ter consciência da situação, debita banalidades, não diz coisa com coisa sobre o que está em causa.
clique no doc. para aumentar e ler

Jornal SEM+ 6NOV2010

Diz:
«...o projecto acabou por ser bem aceite pela população que o utiliza com alguma regularidade»
-Verdade?
«As alternativas de transporte na região deixam muito a desejar e o metro veio revolucionar a mobilidade. Do ponto de vista de rentabilidade, na relação custo/benefício, a discussão já é outra».
-Vive cá e em algum prédio do espaço canal do MST? Conhece a região? ou também quer ser administrador na MTS?
-Está disposto a pagar do seu bolso, em vez dos contribuintes, a falta de rentabilidade?
É caso para dizer: pimenta no rabinho dos outros é refresco...
Alguma vez este sr. se mostrou preocupado com a destruição de Almada e sua actividade económica, com a vida das pessoas alterada e prejudicada pelo irracional traçado do MST?
A vida das pessoas não deve ser sacrificada à economia selvagem e à acumulação de lucro por minorias instaladas, à custa do sacrifício de maiorias.
"Por qué non te callas? "

EMALMADA agradece a colaboração de cidadão

30 comentários:

Ponto Verde disse...

O Governo veio hoje anunciar "cortes na oferta excessiva do MST " ... palavras para quê ?

Anónimo disse...

Agora, depois de terem matado o centro de Almada?? Se calhar o próximo passo é mudarem as duas cãmaras para dentro das carruagens do metro.
No caso do Seixal poupava-se alguns milhares por mês e aí podiam então falar das medidas de proximidade com a população.

Anónimo disse...

Mas estes gajos existem mesmo???!!!
Este histoire d'Ó não será um avatar?
Vejamos:
O gajo não quer saber dos prejuízos que o comércio de Almada sofreu e continua a sofrer mas, o gajo preocupa-se com a divida à EDP.
O gajo nunca se voluntarou para resolver os problemas causados pelo tgv de Almada mas, quer colaborar para resolver os problemas do pagamento à EDP ?
O gajo não quer que se corra o risco do tgv de Almada parar mas, nunca se preocupou com a paragem definitiva da actividade comercial de Almada.
O gajo está aqui para fazer o que estiver ao seu alcance!!!!
oliveira

disse...

O poder autarquico em Almada precisa urgentemente que os Almadenses sigam este conselho:

“Os políticos e as fraldas devem ser mudados frequentemente,
e pela mesma razão.”
Eça de Queiroz

Anónimo disse...

Mas este gajo mora aonde ???????
Se estivesse calado fazia melhor figura , era de esperar que problemas como estes haviam de aparecer.
" o MST veio revolucionar o meio de transporte em Almada"" diz este bronco.........é só rir com estes gajos.
Mas é claro que este bronco não podia dizer mal do MST e as suas consequências , já que um dos administradores desta empresa (MST) é um vereador desta câmara.

Anónimo disse...

Este Ó é um Grande CROMO.
É daqueles, igual a muitos infelizmente, que vão para a politica para se promoverem arrastando-se, rastejando para encaixarem em lugares preenchidos pelos que não pensam, não produzem, têm excelente folha de serviços de submissão aos chefes no partido, mesmo que nada valham.
Em resumo um competente "boy" recompensado pelo partido com dinheiro do Orçamento do Estado.

Anónimo disse...

Nem mais om tostão para o MST. Desta vez foram 7 milhões (sacados ao Mº. da Finanças) que não temos e que nos custam 7% de juros adquiridos a algum fundo "off shore" situado num qualquer paraíso fiscal.

É assim que o PSD QUER SER PODER E ESTANCAR A DÍVIDA.

O endividamento tem de parar de crescer. As parcerias público privadas sanguessugas tem de ser arrancadas da nossa garganta.

Ofereçam o metro a alguém que o queira explorar sem estar a sacar dos contribuintes actuais e vindouros 9 milhões de contos ano.

Uma grande notícia do Financial Times seria: "PORTUGAL vende MST sendo a base de licitação 1€."

A indemnização que houvesse a pagar aos TST seria discutida nas instâncias judiciais nacionais e internacionais. Ficava de certo mais barato e seria mais difícil de cobrar do que assim.

Será que este senhor entende as palavras da Drª. Manuela Ferreira Leite ou será que o dinheiro fala mais alto?

Não basta termos que nos endividar por causa das negociatas da turma do BPN e ainda querem mais e mais.Onde vamos parar. HELP!
Eu não quero gritar venha o FMI ou venha a SRª Merkl.

Mas com dirigentes assim terá que ser.

Os putativos sucessores de socrates
prometem continuar e agravar o desgoverno.Quem nos acode?

Anónimo disse...

Uma prenda de Natal para a D. Maria Emília.

E se fossemos surpreendidos pela seguinte notícia?

"Uma resolução do Concelho de Ministros reconhecendo os bons serviços desempenhados pela D.Maria Émília de Sousa oferece, como prenda de Natal, o MST (TST) às Câmaras de Almada e Seixal."

Anónimo disse...

Boa, boa, Anónimos anteriores! Voto nessa!
Prenda de Natal já!
Quem vota comigo?

Anónimo disse...

Vem hoje no jornal da região,que vão avançar as obras, do museu da musica na Capitão Leitão,o custo é de 8oo mil euros,e agora eu me pergunto,não criado a anos o museu da cidade,a propia palavra o diz museu da hitória desta cidade.
Ou só querem arranjar mais uns postos de trabalho para os camaradas do partido,e a opusição ainda não se deu conta, que com a crise economica que estamos sofrendo ,isto é um gasto surpefulo,

Anónimo disse...

Zona pedonale ciclável
de Cacilhas ao Cristo-Rei passa pelo museu da música

Anónimo disse...

continuem a votar no bando de falsos comunistas em almada(osvaldo, imilia, carreiras, matos,amélia, rasteiro) e os burgueses casanovas,

EMALMADA disse...

Um dos grandes problemas que Almada tem residede no facto de a oposição não fazer oposição porque se assume funcionalmente cega, surda e muda, isto é, não quer ver, não quer ouvir e não quer falar porque tem medo e não se assume.
A oposição, o triunvirato PS, PSD e BE ainda não viram:
1 - o desastre económico do MST?
2 - o erro que foi inserir o metro onde está?
3 - que Almada perde vida por culpa da péssima gestão da Maria Emília e amigos?
4 . que o "Futuro" da Emília e camaradas nunca chegou a Almada.
5 - que o comunismo nunca é futuro, embora ela e camaradas não sejam comunistas?
6 - que a requalificação de Almada não é nada?
7 - que Almada está uma vergonha como cidade?
8 - que o Polis também destruiu a Costa da Caparica?
9 - que a Câmara/Emília quer continuar a destruir a Costa da Caoparica e as terras da Costa, destruindo terras agrícolas?
10 - quanto negativa é a existência e prática da ECALMA, que explora os almadenses, e automobilistas, sendo uma empresa municipal para alimentar alguns "boys" protegidos pela Emília/CMA?

Por não verem estas e outras iguais ou piores a oposição é apontada pelos almadenses responsável também, pela destruição de Almada e pelo subdesenvolvimento que grassa pelo concelho.

Como é possivel que depois da Câmara/Maria Emília terem destruido Almada com o MST, a oposição ainda alinhe na "requalificação", vão tambem ser destruídas, das ruas Capitão Laitão e Cândido dos Reis?

Alguma vez a oposição esteve interessada na dignificação de Almada, no seu desenvolvimento e no bem-estar dos Almadenses com uma Almada dinâmica e com vida?
Alguma vez a oposição fez oposição junto dos almadenses, excluindo os três meses antes das eleições autárquicas?

Será que a oposição é de Almada, vive em Almada ou vive de Almada?

Provavelmente está de costas para Almada!

É que a Emília e os seus camaradas não são de Almada.Vão estando por Almada, a explorar Almada e os almadenses, a destruir Almada.
Para estes, Almada é vista unicamente como local onde o PCP está instalado, controla a oposição com métodos comunisto-capitalistas para se servirem e servir o partido com fundos.


Para os almadenses a oposição parece só querer alinhar nos negócios da Câmara/Emília.
Para os almadenses não existe oposição!

EMALMADA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
EMALMADA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Boa Tarde


HOJE (11 de Novembro) irá realizar-se uma ASSEMBLEIA MUNICIPAL com um único ponto de discussão: ECALMA. Terá início às 21:15 na Escola Básica do 1º Ciclo nº2 do Laranjeiro (paralela ao muro do Alfeite, junto ao portão verde).



Será uma boa oportunidade para se ASSISTIR À DISCUSSÃO PÚBLICA sobre o funcionamento ou até sobre a existência deste organismo em Almada. O sistema de votos das propostas será diferente das estantes AM pois cada força política terá direito a um voto, por isso, mais claro e equilibrado é impossível.



O Movimento está longe do seu momento de maior actividade porque fizemos aquilo que estava ao nosso alcance e por indisponibilidade dos seus dinamizadores, tivemos de reduzir a acção. No entanto, nunca nos deixamos de preocupar com este assunto e continuaremos a responder às dúvidas e a encaminhar os problemas e queixas.



Com os melhores cumprimentos

Anónimo disse...

Boa Tarde


Erradamente enviei a informação com a data de ontem, mas a Assembleia Municipal em questão será hoje (Sexta-feira), no local ontem anunciado.



Peço imensa desculpa por qualquer transtorno causado


Com os melhores cumprimentos

Anónimo disse...

Anónimo das 12.39:

Corrija também a forma de votação. Não é por grupos mas por representantes, como sempre.

A CDU tem 22 votos e a oposição outros tantos.
Quando haja empate o Presidente tem voto de qualidade que assim garante o vencimento da proposta da maioria CDU.

A CDU porém, na Câmara não está em maioria neste mandato. Até agora tem governado sem bloqueio por parte da oposição que não se coliga negativamente para travar a acção da Câmara.

Fernando Sousa da Pena disse...

Enquanto a Câmara se entretém a perseguir os automobilistas pelas mãos da Ecalma, a violência grave anda à solta pelas ruas da cidade.

A propósito dos últimos acontecimentos, o presidente da Distrital do CDS emitiu um comunicado, que se pode ler em http://almadaxxi.blogspot.com/2010/11/violencia-grave-em-almada.html

Anónimo disse...

Pelas mãos da Ecalma e colaboração dos partirdos amigos da doutura analfabeta da esquina Maria Emília.
Partidos e dirigentes concelhios sem vergonha que se vergam a uma mulher sem qualidades pessoais para as funções em que foi investida.
É adulteração da democracia, a democracia de nojo em que vivemos.

Zé silva disse...

O funcionamento da democracia em almada é um espectáculo circense do mais baixo nível.

Os meus agradecimentos a

Partido Socialista e dirigentes da concelhia,
Partido Social Democrata e dirigentes da concelhia,
Bloco de Esquerda da H. Oliveira e do L.F. Pereira.

Vocês são a fina flor de democratas de que o Partido Comunista de Almada gosta.
Não deseperem. alguns vossos camaradas já foram reconhecidos e medalhados. Vós sereis reconhecidos a seu tempo pela carvoeira Emilia e o calceteiro Maia.

Fernando Sousa da Pena disse...

A Assembleia Municipal Extraordinária sobre a Ecalma foi, de facto, ...extraordinária. Uma oposição vergada ao poder comunista, disposta a negociar com a Câmara Municipal em posição de subserviência, e ainda por cima chamando a isso «elevação» ou «oposição construtiva». Ao fim ao cabo, ficou tudo na mesma.

Ficou também a intervenção do CDS, que não escapou à resposta inflamada de donzelas ofendidas do PCP e à rotulagem de «fascista» da claque presente na assistência.

Sicut transit gloria mundi...

A intervenção do CDS pode ser lida em

http://almadaxxi.blogspot.com/2010/11/cds-rejeita-ecalma.html

Anónimo disse...

Tudo começa pela desvergonha de uma mulher (que não uma senhora ) que se cheia a boca com a mobilidade e a pedonalização, que vive a 500 mts da Câmara tenha todos os dias na sua porta um grande carro com chofer, pagados com nossos impostos, em vez de passear e falar com os cidadãos e comerciantes para saber a realidade de Almada.

Tem medo a quem ou a que ??? Quem não deve, não teme.

Anónimo disse...

Insisto na importância na criação de um movimento de criação de cidadãos para reinvidicar e apresentar propostas sérias. Chega de partidrismos e oportunismos como os que se verificam nas declarações visadas. Não chega só criticar, cumpre trabalhar. Deixo aqui o repto.

Fernando Sousa da Pena disse...

Na próxima edição do Notícias de Almada, cinco propostas para o orçamento municipal de 2011 que o CDS considera que fariam toda a diferença.

zé silva disse...

Insisto PS, PSD, e BE H.Oliveira e L.F. Pereira andam todos ao mesmo na babuge do P. Comunista de Almada. São lacaios do PC e da patroa Emília. Andam todos a tratar da vida. Essa de oposição construtiva é uma forme eufemistica de dizer que estão todos a tratar de negócios pessoais, dos negócios.
Os almadenses e Almada que vão para o caraças!
Oportunistas sem pingo de vergonha com trajes pelintras de democratas .

Anónimo disse...

O MST anda vazio? Eu não percebo isto... ando todos os dias nele e tem sempre gente.. ainda ontem, é verdade que era hora de ponta, mas não me deixaram entrar porque estava demasiado cheio!

Que ande muita gente sem bilhete - e principalmente sem passar o passe na máquina - isso acredito. Agora vazio...?


Ah, e atropelou o homem porque este (coitado, mas é verdade) se pôs à frente... Vamos banir os carros também porque há atropelamentos?

Anónimo disse...

Você é uma pessoa especial Anónimo anterior porque vê com lentes que outros rejeitam. Parabéns a si, porque a MTS diz que só transportam 30.000 dos 80.000 diários.

Anónimo disse...

Pois claro que diz, vai perder a oportunidade de sacar ao Estado o guito da indemnização por poucos passageiros?

Mas são eles uma entidade credível?

Dias disse...

Sou de esquerda porque sempre fui mas compreendo que sem o partido ter nenhuma culpa, existem pessoas de esquerda com mais formação cívica e sem nenhuma formação cívica.
Realmente o que temos em Almada é algo de que me interrogo.Será que os comunistas em Almada seguem o seu Rei sem pensarem se está correcto? Estou admirado sempre vi os comunistas lutarem pelos que estão a ser prejudicados no seu trabalho, não é assim? Quantos postos de trabalho já se perderam em Almada depois que o comercio e as pequenas empresas foram destruídas? E então onde estão as nossas mãos no ar? Cada vez mais a nossa cidade deixa de ter emprego para os nossos filhos, e então vamos continuar a aplaudir?