quarta-feira, março 30, 2011

A Câmara de Almada não respeita moradores

Em...Almada, a Presidente da Câmara que se diz ganhadora de prémios europeus e planetários em defesa do ambiente, mente para o exterior, quando por cá a prática da sua gestão é o contrário, prejudicando cidadãos e moradores, numa incompreensível falta de respeito para com seres humanos, a dignidade e respeito a que residentes e cidadãos têm direito.
De há muito, desde que a Rua Conceição Sameiro Antunes, na Cova da Piedade, Almada, foi transformada por vontade da Presidente da Câmara Municipal em Central de Camionagem de carreiras regulares urbanas, interurbanas, carreiras expresso (longo curso), serviços ocasionais e Praça de Táxis, para além de via de circulação normal com trânsito rodoviário intenso e ainda a presença, mesmo ao lado, da circulação e paragem dos comboios MST, os moradores desta rua não têm sossego nem descanso dia e noite, principalmente nas horas de maior movimento.
Para além do ruído do trânsito automóvel, da passagem e paragem dos comboios, os moradores levam adicionalmente com o barulho e gases poluentes de cerca de 500 autocarros/dia que têm as suas paragens nesta rua, por vontade de quem se julga dona de Almada, dos munícipes, da saúde e bem estar dos moradores locais.
Os moradores têm vindo a queixar-se junto da autarquia e outras entidades por esta anormalidade que lhes foi imposta por quem diz defender o ambiente, mas, até à data as queixas têm sido ignoradas pelos irresponsáveis que tomaram tal decisão prejudicial aos moradores.
Nesta notícia do "Correio da Manhã" de 01/09/2010, a Câmara Municipal de Almada expressa e concretiza bem o respeito que nutre pelas pessoas, pelo seu bem estar e saúde.
Para uma Câmara comunista, quando os comunistas dizem que querem o bem de todos e "um homem novo" numa sociedade socialista e solidária, a resposta da Câmara à reclamação dos moradores e desta cidadã é retrao fiel da honestidade de critérios e procedimentos que a edilidade almadense e a sua Presidente usam e praticam.
O que a Câmara diz na resposta não é gozar com os moradores?
clique no doc. para aumentar e ler
Todo este trecho da R. Conceição Sameiro Antunes é ponto de paragens de autocarros de passageiros 24/24horas ( à direita da imagem e a escassos metros ficam as linhas férreas e paragens do comboio MST que circula entre as 05:00 horas e as 02:00 do dia seguinte):
Os moradores dos prédios à esquerda na foto, são os mais sacrificados:
Os moradores expuseram há muito seus problemas aos "competentes autarcas" que se dizem comunistas, ambientalistas de 1ª categoria, solídários, que organizam "Fóruns de Participação", "Opções Participativas" para ouvir os munícipes, ( "para inglês ver"), mas que outra coisa não têm feito senão desconsiderar opiniões e as pessoas, arruinar Almada, cilindar direitos dos munícipes e dos cidadãos em geral e tentar enrolar-nos das mais variadas formas para levarem por diante ambições pessoais e obedecer às directivas do Partido ( sem as darem a conhecer), até à vitória final, arruinando Almada e a vida aos almadenses.
Fica o desabafo de indignação de uma moradora:
"que fizeram com os moradores da Rua Conceição Sameiro Antunes?... colocaram-lhe à porta uma média de 500 autocarros a passar e parar, com uma lomba que obriga a acelerações e desaceleração com respectivas emissões de co2 e ruído, transformando esta via num autêntico inferno. Como se não bastasse o ruído do metro de superfície... Não dão hipóteses de abrir janelas... de viver com qualidade. Reuniões sem êxito com responsável pelo pelouro da mobilidade; contactos com outras entidades que nada fazem e que até dizem "então não abram as janelas", resolvemos fazer uma exposição ao Sr. Inspetor do Ambiente e ao Srº Provedor da Justiça, mas com muitas reticências de conseguir ajuda. Gostaria de denunciar esta situação, mas não sei como. Será que pode dar uma ajuda a uma "info-excluída" denunciando esta situação no seu blog? Reformada dos serviços de saúde, não consigo aceitar que uma Cidade receba um prémio Europeu da Mobilidade, castigando munícipes com toda esta poluição atmosférica e sonora de madrugada a madrugada de cada dia. "
A oposição, PS e PSD, continua de costas voltadas para a população, para Almada e a pactuar com os comunistas, com a incompetência na gestão do concelho que tanto tem prejudicado moradores e visitantes, bem como as actividades económicas deste município.
EMALMADA agradece a colaboração de cidadãos

7 comentários:

Anónimo disse...

Parece até que existe uma rede de instituições que se permitem premiar umas a outras de maneira a tapar os olhos ás vitimas das alegorias. De facto, ao receber o prémio da mobilidade, a cidade de Almada fica estupefacta, como é possível tal acontecer? Pode um prémio ser atribuido sem que existe verificação in loco das condições publicitadas?
Pelos vistos pode e, pior ainda, pode-se premiar mesmo sabendo que a realidade é o contrário do publicitado; ora vejam noticia do Público 31/03/2011:
A Universidade de La Plata, na Argentina, atribui o prémio Rudolfo Walsh para a liberdade de imprensa ao Presidente da Venezuela Hugo Chavez.
Perante esta irrealidade, que se pode dizer ao que se passa em Almada?
Parece que não tem nada a ver?
Tem mais do que parece.

Anónimo disse...

Qual é a diferença entre a Maria Emilioa e o Hugo Chaves?

Anónimo disse...

São ditadores.
A única diferença, ela de vez em quando veste saia, enquanto o ele não.

margarida.mar disse...

Fez dia 1 de Abril um ano que nos calhou na rifa esta prenda. De uma rua pacata passou à rua mais poluida de Almada, tanto poluição sonora como ambiental. No PDM de Almada esta situação não estava programada para aqui, mas sim para o Pragal. A rede de Expressos e a Carris tinham a zona do Centro Sul como paragem, aí não incomodavam ninguém, mas a troco de um futuro hotel foram recambiados para a Rua Conceição Sameiro Antunes.
Os moradores ainda viveram 35 anos sossegados, agora vivem num autêntico "Inferno".
Assim se ganhou o 1º prémio Europeu da Mobilidade.
Parabéns!

Anónimo disse...

Em Almada não existe só o "Centro Comercial ao ar livre", também existe um "Terminal Rodoviário ao ar livre" (inclui:sol, calor, chuva, vento e frio) para quem chega e parte. Para quem no local reside e paga o IMI, (que deveria ser respeitado) sofre as consequências da "brilhante" ideia. Só ruído e poluição ambiental, os "comunistas" estão a enterrar os moradores vivos.
Como se ganha o 1º Prémio Europeu da Mobilidade?
O júri não viu este lado da cidade.
Será que é Almada?

EMALMADA disse...

margarida.nmar

Também sabia que de facto aquilo com que a CMA e a sua presidente, amiga da onça dos munícipes, vos contemplou como moradores, estava destinado para junto à Estação do Pragal, mas a superior moral dos comunistas faz todas as tropelias que lhes dá na gana.
O PS e o PSD colaboram e apoiam os comunistas para tramarem os munícipes, sem falar sequer no BE que está claramente colado aos comunistas oportunistas neste concelho.

Neste concelho não há oposição nem há dignidade em alguma gente que diz ser oposição.

EMALMADA disse...

Anónimo Abril 2 12:47 :00 AM

Veja por aí do que os comunistas e estes oportunistas que nos exploram são capazes de fazer.
Que se importam eles com o bem estar das pessoas, que respeito nutrem por seres humanos?
Conseguem ser piores que os ditadores que eles criticam.
Veja-se o que Lenine, Estaline e outros fizeram a seus compatriotas incluindo comunistas, a refugiados do nazismo após a 2ª Guerra Mundial e republicanos espanhois que fugiram para a URSS no tempo de Franco.

Gente desta não presta. Não interessa à democracia.
Eles nunca foram domocratas.
Vestem pele de cordeiro para se encherem à conta do capitalismo, da democracia burguesa, para nos morderem o pescoço e nos subjugarem à sua tirania, para nos atraiçoarem.