segunda-feira, setembro 06, 2010

Pensam ser "donos" de Almada e da Verdade

Em...Almada, o semanário "Notícias de Almada" publicou no passado dia 27 de Agosto de 2010 um artigo de opinião do bideputado do PCP Bruno Dias, com o título "Só reentra quem saiu" .
Nele está inserido o destacável que aqui divulgamos "Não se pode branquear a verdade".
Que verdade?
clique no doc. para aumentar e ler
O subtema acima, refere-se aos murais com que o PCP tem sujado as paredes e muros do concelho de Almada.
Da elaborada argumentação do ilustre, ficamos a conhecer que toda a sujidade que o PCP e os militantes fazem em Almada é para expressar e defender a "justa luta dos trabalhadores".
Dizem eles que aqui vivemos em democracia e que Almada é um "baluarte" da democracia por ser gerida pelo PCP.
Então porque acham, o PCP e seus militantes, que devem sujar a cidade e o concelho com um comportamento primário, só aceitável em regimes totalitários tais como o fascismo e o social-fascismo?
Alguma vez houve democracia em regimes comunistas?
Informaram-nos que os murais e graffitis do PCP, denunciados (coincidência ou não) neste blog, foram todos pintados de branco.
Terá sido prática de " fascistas", de "inimigos" dos trabalhadores ou de militantes do PCP?
-Se foi mão de "fascistas" ou de "inimigos" dos trabalhadores, de acordo com a teoria do bideputado, vamos ter de novo os murais e graffitis repostos.
-Se foi obra de militantes do PCP, resultado de um arrepio do partido, o PCP está a tentar branquear-se e, de acordo com a teoria do bideputado, a trair os trabalhadores, a ter atitudes pró-fascistas, a renegar "a justa luta" dos trabalhadores.
Em democracia não é admissivel que ainda se defenda sujar paredes e muros para expressar opiniões políticas ou para " defender os trabalhadores", mormente quando isso é praticado militantes ou por um partido que se diz (diz) democrata.
Isso só é possível por mediocridade política, falta de dignidade e respeito para com o ambiente e os cidadãos.

23 comentários:

Anónimo disse...

oh que lindo. Que menino tão cândido.
Coitadinhos deles. São umas vitimas!
A culpa agora é do povo que se indigna com tamanha PORCARIA e SUJIDADE nas paredes da cidade de Almada.
Lembro a este lindo menino de esquerda Marxista/Leninista aburguesado, que também na China, em Cuba e na Coreia do Norte, não podem pintar murais como diz que se passava (e até se passava) No tempo de Salazar e Marcelo Caetano.
Mas porque só fala nesses dois?
Não branquei os ditadores que o seu partido sempre apoiou!
Oh jovem burguês, cresça, ganhe juízo e apareça!
E não sujem mas a cidade. Almada é do Povo e não de Moscovo!


Zé (O Povinho)

Anónimo disse...

Almada é mesmo um nojo, com tanta porcaria pintada nas paredes.
Presumo que eles só pintem nas paredes que pertencem ou à CMA ou ao Estado.

Anónimo disse...

Oh lindinho Buno Dias
Não foi "um gesto de cobardia e pulhice" o que os camaradas fizeram, insultando os almadenses que nos foruns do MST expressavam opinião diferente da câmara, da presidente e de vocês acerca do projecto que arruinou a vida em Almada, a cidade?

Pois vocês em relação a quem tem opinião diferente da vossa é esta que o menino lindinho escreve : "podem manifestar a vossa opinião mas sem incomodar" porque a decisão é do partido.
Foi o menino que num forum do metro se levantou "anónimo" para defender o metro dizendo que era o único não engenheiro na Comissão dos transportes e obras públicas da Assembleia da República, tão lindo o gesto, e que usava sempre os tranportes públicos.
Tão inocente, angélico e apartidário que o nino é!
Tem muita graça ouvi-lo na douta sabedoria que irradia tão novinho, que nunca trabalhou, a defender os trabalhadores que exploram, e já ter direito tão novinho a uma choruda reforma política à conta do zé povinho, que muito critica nos burgueses dos partidos capitalistas.

Anónimo disse...

Este? Menino?? este é um Fascista!!

Liberdade para o Povo Almadense!

Anónimo disse...

este menino é um burguês que se vem armando em comunista. O pagode acredita. penso que o Jerónimo nas próximas vai limpar da lista este burguês

Anónimo disse...

Aqui há uns dias, um fulano que passeava o seu cão, deixou-o aproximar-se da parede onde está o meu estabelecimento e, o bicho cheirinhando, preparava-se para alçar uma pata de trás quando eu sapateei assustando o pobre bicho. O dono olhou-me com uma cara de surpresa e quase desafio, disse-lhe que levasse o cão a fazer o que se preparava para fazer, na parede da casa dele, o ar de desafio continuou mas, o fulano virou as costas e desamparou-me a loja.
O conselho que dou a este defensor de grafitis políticos é o mesmo.
Ó amigo, vá fazer esse trabalho na parede do prédio onde vive e deixe a propriedade dos outros cidadãos em paz.
Oliveira

Anónimo disse...

Uma vez este menino mal educado armado em "enfant terrible" cretino, insultou o Vereador do PS Alberto Antunes numa Assembleia Municipal, em que o visado não estava presente.
Mostrou o petiz quanto limitado ele é em moral, relações pessoais, políticas, em ética social e educação.
É gente de calibre igual que infesta Almada na autarquia. Isto por si só explica porque Almada é um nojo politico e ambiental devido à poluição mental que prolifera nas mentes dos social fascistas comunistas.

Santos Mendes

Anónimo disse...

Almada merece! Não os meteram no poleiro? Agora aguentem, como aguentam o cheiro nauseabundo das ruas, os passeios cheios de dejectos dos cãozinhos, como aguentam as mortes das pessoas na linha férrea!!!

Bem vindos a Almada!

Anónimo disse...

Moral? Esta malta não tem moral, tem objectivos politicos a atingir.

Anónimo disse...

O sudbesenvovolvimento que Almada vive é fruto da mediocridade dos eleitos pela CDU-PCP sucessivamente para a CMAlmada.
Há trinta e seis anos que os eleitos do PS e do PSD, agora ajudados pelo BE andam a dar sustentabilidade e a promover a mediocridade dos eleitos CDU-PCP nos comandos de Almada.
PS PSD e agora BE os bons aliados da CDU-PCP.
ENGANAM BEM O POVO QUE NELES VOTAM.

Anónimo disse...

Vivo na rua Polonio Febrero Junior em Almada, uma das ruas que mas impostos paga nesta cidade e é uma vergonha a quantidade de lixo aculumado em toda a rua e junto dos contentores, além dos passeios estar cheios de ervas. Só se vê uma coisa assim no terceiro mundo.

Há uma quinta e ao redor dela não há passeio, é só mata seca, lixo e lama.

Semana da mobilidade, ambiente, contaminação, bla, bla, bla... é só conversa fiada. O que passa em Almada com o lixo é uma aberração.

Esta Câmara não tem vergonha. O problema é que a cidadania não se junta para realizar uma manifestação gigante para denunciar esta e outras milhares de mentiras levadas a cabo pela que ela mesmo diz ser uma grande a senhora.

Grande a senhora que fez de Almada uma cidade pequena, sem vida, feia e suja. Se há justiça algum dia pagará.

Anónimo disse...

http://partidopopularalmada.blogspot.com/2010/09/seminario-costa-da-caparica-ambiente.html

Ainda bem que há alguém que não tem medo de falar dos problemas de Almada.

Força CDS.

Anónimo disse...

A Emilia há años engolio um ácido e fico apanhada com a ecologia, só que com a ecologia dá treta.

Meio ambiente, ar limpo, etc. Isso se, cortam todo quanto é planta ou arbore, vejam os maravilhosos arbores do miradouro, os da avenida e para mas riso, na reunião da Incivel sobre a recualificação da Rúa Capitão Leitão, duas boas arbores que se encontran em um largo elevado, a encarregada desta obra disse que os iam cortar "POR QUE SÃO VELHOS". Semelhante gentalha só merece que lhe atirem pedras.

Meio ambiente, para estaescumalha é cortar tudo o verde e viver rodeados de lixo e merda espalhada por todos os cantos e recantos. Incompetentes.

Anónimo disse...

A Emília e os companheiros nao prestam nada.
Os do PSD BE e PSD ajudam e apoiam a incapacidade dos comunistas.
Almada morre destruída por esta gentalha incompetente.

Anónimo disse...

Bicicletas em Almada??? Onde estão ???

Um deserto às seis da tarde???

Se equivoca, é um deserto o dia todo.

E os palhaços dos comerciantes,no Almada Fashion???

A anormal,flipada e parasita da Emilia com seu discurso da mobilidade (inmobilidade] ) que arruinou o comércio nesta feia, suja e corrupta terra que é Almada ao lado do presidente da Associação de comércio que é igual que o antigo presidente, não faz nada novo, só repetir as mesmas estupidezes e sair na fotografia para propaganda da flipada Emili.

Anónimo disse...

Caro anónimo de Sábado, Setembro 18, 2010 10:38:00
O seu desgosto ao ver esta cidade como está é igual ao meu.
Há crise em todas as cidades mas aqui com a transformação rápida que fizeram, para alem da crise e muito pior que a crise foi desorganizarem a mobilidade,(repare que cortaram o transito da única artéria desta cidade) que levou ao afastamento de milhares de pessoas, ou seja, esta cidade desapareceu.Uma cidade que não tem orgulho no seu centro não é cidade e todo o valor do concelho é abalado, tudo é prejudicado. Está á vista, todo o concelho está muito mal.
Quando se refere à Sr D. Maria Emília e ao Dr. Gonçalo Paulino, quero-lhe dar a minha opinião: São duas pessoas muito bem informadas, que se dedicam ao seu trabalho e que têm muitas e muitas horas de reuniões em prol de Almada, isso não se vê mas é assim. É com esse trabalho que poderão chegar a um senso comum. Não é à tareia, que se resolvem as coisas. Nem a Câmara, nem a Associação, nem os comerciantes, nem os munícipes querem esta cidade sem vida.Temos que estar informados. Falar e chamar nomes é muito fácil mas agir, dar do nosso tempo e colaborar é que é muito difícil.
Tem razão, tanto comerciantes como munícipes são uns "palhaços" pois acobardam-se a todos os direitos que tinham como cidadãos e que lhes foram retirados. Que categoria de arquitectos e de engenheiros que tanto estudaram para conseguirem um resultado tão triste. De certo que bem pagos, esses estudiosos possivelmente com grande nome, mas só fizeram o que está á vista e que toda a gente vê (Destruição).Só não vê quem não quer.

Zé vendedor ambulante disse...

O Luis Henriques deve estar a rir-se dos seus críticos, os que agora ocupam o seu lugar.
Estes novos fazem o mesmo que ele fazia.
Beijam-na e bajulam-na.
Só as moscas mudaram. A Emília é a mesma.
Quanto mais porrada ela dá nos comercaintes mais estes a apoiam e fazem-lhe jeitos.
Almada com gente que se mete debaixo das saias da Emília continua em atraso gritante.
Volta Luis Henriques estás perdoado.

Dias disse...

Sr Zé vendedor ambulante em primeiro lugar quero dizer-lhe que eu próprio fui um critico em relação ao Sr Luís Henriques, não em relação á sua pessoa mas sim em relação aos anos que este Sr esteve na associação e que nos últimos anos de grandes problemas já lhe faltou o fôlego para o que deveria ter sido feito na hora certa e não o conseguiu, embora tivesse sido sua intenção pois esse Sr também quer o bem de Almada e os seus críticos nunca quiseram que ele tratasse com desrespeito a Sr Presidente e sempre estiveram de acordo com o Almada Fashion e com todos os eventos que beneficiem o centro desta cidade que tão abalado foi com as obras, com a pseudo zona pedonal (corte da única avenida de Almada) e com a intervenção brusca da Ecalma. Também sei que o Sr Luís Henriques não se está a rir, pois ele é um Sr informado e sabe o que que se tem feito. Quanto ao Sr Zé ambulante que fala de: (Beijam-na e bajulam-na, moscas, porrada, jeitos, debaixo das saias), diga-me o que que escreveu que seja útil para Almada e para os almadenses? Será o Sr mais um dos que falam pelas traseiras e não conseguem dizer nada a não ser ofender?Quantas horas tem passado em reuniões em prol de Almada e tentar levar a cabo aquilo que todos nós queremos, que é voltar a ver Almada com vida?Devemos estar esclarecidos e participar com sugestões positivas, com educação e todos unidos.De qualquer maneira sinto que o Sr Zé quer o bem de Almada e eu estou consigo.

Anónimo disse...

Voltar a ver Almada com Vida?

Ah,ah,ah!
Depois da Emília ter tirado a vida a Almada, nunca poderá ser ela a devolver vida.
Os negócios da CMA foram realizados. O comércio foi destruído e nunca conversa com os carrascos ou a carrasca deram valor em benefício das vítimas.

Dias disse...

Sendo assim, não vale a pena fazer nada? O que propõe?

Fernando Sousa da Pena disse...

Mais uma evidência da oposição com ideias do CDS. Seminário sobre Ambiente, Agricultura e Sustentabilidade, "Solos Agrícolas - Um Bem Comum", no próximo domingo, dia 26, à tarde, nas instalações do Inatel (Costa da Caparica).

Presenças confirmadas: Ministro da Agricultura, Deputado Europeu Nuno Melo, Arq. Gonçalo Ribeiro Telles, Prof. João Joanaz de Melo (GEOTA), Prof. Eugénio Sequeira (LPN), Octávio Machado (agricultor), Carlos Magno (jornalista moderador), Fernando Sousa da Pena (deputado municipal), Palmira Gonçalves (ARAB).

Abertura por António Maco (CDS Almada) e Deputado Nuno Magalhães. Encerramento com Paulo Portas, Presidente do CDS.

Al-Ma'dan disse...

Já leram o comunicado da concelhia de Almada do PCP sobre os murais que eles pintam e alguém despinta ?
Leiam, pois é muito educativo.
Primeiro desfiam o rosário da liberdade de expressão, do antifascismo, da revolução, etc. Como se fosse disso que se tratasse.
O costume, vindo de quem vem.
Depois dizem que vão resistir.
E no meio de tudo persistem sem perceber (percebendo claro!!) que do que se trata é de o espaço público ser isso mesmo, público, e não propriedade de qualquer força política, seja ela qual for.
Mas o problema mantém-se sempre o mesmo.
Para esta gente, Almada é o seu couto particular e fazem aqui aquilo que muito bem lhes apetece.
E fá-lo-ão, efectivamente enquanto os almadenses não terminarem com este triste estado de coisas.

Anónimo disse...

Infelizmente a CDU se alimenta sobre tudo da rejeição do cidadão normal. É gente que se sente rejeitada pelo sistema e que sente que viver onde estão é uma grande oportunidade porque têm dinheiro e fazem sua própria lei.

Acho que não se dão conta do sistema absurdo que criaram: um sistema de delação, um sistema de corrupção interna...

Que lhe pode oferecer a Almada, uma cidade polarizada, que alternativa pode se uma organização como a CDU, feita de ódio e corrupção? Se víssemos dentro da CDU um sistema no qual, pelo menos entre eles, houvesse grande camaradagem, carinho, ética, grandes ideais, o cidadão comum tinha dito: esta gente se pode ser uma alternativa para a cidade, mas o que se vê na CDU é a caricatura de todos os vícios de nossa sociedade.