segunda-feira, maio 17, 2010

QUEM ACODE A ALMADA?

Em...Almada, a incompetência e o mau trabalho da Câmara Municipal de Almada na gestão do concelho, revela-se no dia a dia de quem vive, trabalha ou visita Almada.
clique no doc. para aumentar e ler
Notícias de Almada 14 Maio 2010
Actualmente circula na internet uma petição pública -"Petição Almada Sem (E)CALMA" clique aqui: http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2010N1562 contra o caos instalado na cidade pela Câmara Municipal de Almada e a sua empresa municipal/centro de emprego/fonte de receita pecuniária ECALMA, em relação a estacionamento e circulação auto, que complica e prejudica a vida a moradores, comerciantes e visitantes, metendo-lhes abusivamente a mão no bolso para tirar dinheiro através de multas.
Se ainda não assinou a petição, aceda à mesma e assine.
Ao assinar, está a defender Almada, a sua actividade económica, residentes e visitantes.
Dê o seu contributo para que a Câmara Municipal de Almada e a sua empresa caça-niqueis ECALMA deixem de meter a mão no bolso do cidadão e dos munícipes.
Com a ECALMA, a Câmara Municipal de Almada está a contribuir para que os cidadãos vejam reduzido ainda mais o dinheiro que os governantes lhes autorizam a ficar, depois de pagar os excessivos impostos, dívidas que os governantes resolveram contrair só porque foram eleitos "democraticamente" e agravamentos do custo de vida.
A Câmara Municipal de Almada junta-se assim para sugar mais "a seiva" aos cidadãos e reduzi-los à miséria mais rapidamente.
A expoliação aditiva é enorme.
Junta-se a fome com a vontade de comer.
Pobre cidadão... pobre "zé povinho", pobre povo português... pobre almadense.
Os eleitos dão cabo do País.
Os eleitos dão cabo de Almada.
CIDADÃO SOFRE.
Almadense sofre. Almada está a morrer. QUEM LHE ACODE?

20 comentários:

Anónimo disse...

Almada sempre foi prejudicada com autarcas comunistas e colaboradores, mas a oposição tem ajudado ao descabro comunista.
O subdesenvolvimento vigente, a miséria latente, a sujidade, a falta de vida nas ruas e avenidas e o atraso económico são o resultado das opções feitas pelos comunistas para Almada.
Maria Emília de Sousa e os comunistas só têm feito mal a Almada.

Anónimo disse...

SENTE-SE A IMPUNIDADE': António Ramos, Pres. Sindicado Profissionais de Polícia

Correio da Manhã – São muitos os casos de polícias agredidos?

António Ramos – São à média de quatro a cinco por dia. Tem-se registado um aumento acelerado de agressões a agentes.

– Porquê?

– Porque há um sentimento de impunidade desde que foi aprovada a lei de 2001. Defendemos que deveria haver o processo sumário. Quem comete crimes deveria ser logo presente ao juiz, julgado e punido. E se não fosse logo julgado deveria esperar em prisão e não em liberdade. Depois, muitos nem sequer se apresentam e alguns até fogem.

– Há muitos casos?

– Sim. Principalmente de cidadãos estrangeiros. Deveriam ser extraditados e julgados e condenados nos países de origem.

Por dia são agredidos cerca de quatro agentes da PSP por todo o País, num total de 1460 todos os anos. É esta a convicção do presidente do Sindicato Nacional de Polícia, Armando Ferreira, que fez recentemente esta revelação em Madrid, durante um encontro de sindicatos europeus do sector.
Este responsável sindical disse, no mês passado, que muitas destas agressões não chegam sequer a fazer parte dos relatórios da PSP, já que muitas 'acontecem no decorrer de acções policiais e que ficam encobertas pelo facto de haver necessidade do recurso à força nas mesmas. Muitas das vezes não constam das estatísticas'. Devido ao número de agressões, decorre mesmo a nível europeu uma campanha contra a violência a agentes da autoridade.
No entanto, e tendo em conta o Balanço Social 2008 da PSP, os números são completamente diferentes. O relatório denuncia apenas 177 vítimas de agressões, 18 delas com ferimentos graves. Segundo o documento elaborado pela força, 152 dessas agressões tiveram lugar na via pública e 11 dentro das esquadras. Do total de agredidos, nove eram mulheres.

Na Bela Vista, Setúbal, há um ano, agentes da PSP foram alvo da ira de jovens, que chegaram a disparar sobre a esquadra e arremessaram cocktails molotov contra patrulhas.
Dois dos cinco homens que assaltaram uma bomba em Setúbal, a semana passada, revelaram ao juiz que queriam matar um polícia para vingar as mortes de Antonino (gang do multibanco) e ‘MC Snake’.
Um jovem de 19 anos detido, dois polícias feridos, pedradas contra a PSP, gás-pimenta e tiros de shot-gun contra os moradores marcaram o bairro Fim do Mundo, Carcavelos, há um ano.
(...)

Anónimo disse...

A Ecalma actua como actua e faz o que faz porque a criação do monstro só foi possível com a colaboração e concordância do PS PSD e BE que se juntaram à CDU/Maria Emília na aprovação do projecto e estatutos.
Porquê carpir agora?
Compreendo porque PS PSD e BE estão calados que nem ratos.

A oposição continua igual a si sempre no concelho, disposta a vida fácil sem fazer ondas à associada.

BelmiroV disse...

O BE falava tanto antes de lá estar.
Agora e de repente deixaram de falar.
Estratégia?

Anónimo disse...

E quem pode multar a Ecalma? Será que se eu tirar fotos de eles a transgredirem, eles poderão ser multados?

Por exemplo à dias atrás estava uma Renault Kangoo estacionada na retiro para a paragem dos autocarros no Largo do Repuxo!

Se eu tivesse tirado fotos poderia enviá-las para onde para a Ecalma e o respectivo condutor da viatura serem multados?

Abraço

FASCISTA disse...

Caro anónimo 4:42:00

Os comunistas não são bons exemplos nem os dão à sociedade, para não falar do caso da Emília,Maia, Matos, Gonçalves, Carreiras, Mendes, Leais, Mourinhos, Azinheiras, Luisa Ramos e rebentinho, amigos, cúmplices e dependentes.

É pessoal com défice muito grande de cultura cívica. De cultura política nem é bom falar nem perder tempo com eles porque se reduz à estafada cassete.

E o fascista sou eu?

Movimento queremos acabar com a ecalma disse...

O povo já não é quem mais ordena.
Tenho dito.

André Moura Salvado disse...

E porque é que o povo já não é quem mais ordena? porque o povo já não parece interessar à Câmara. Uma sociedade não vive sem regras e como tal não concebemos uma cidade sem regras, mas também não vive de sistemas feudais bafientos como esta Cãmara se tornou. Recentemente vi o Robin Hood de ridley scott e pareceu-me tão actual e adequado a este tempo. As pessoas confiam no líder e depois eles paga com mais impostos e perseguição. Será que nos temos de tornar foras-da-lei. "Movimento queremos acabar com a ECalma"

Al-Ma'dan disse...

A câmara de Almada sempre foi trapalhona, como trapalhona é MES y sus muchachos e agora muchacha.
Mas, de trapalhice em trapalhice cada vez estão piores e estão a levar Almada para o abismo.
É preciso perceber que esta senhora nem para gerir Alguidares de Baixo serve.
Aliás, leiam o editorial da dita cuja no Boletim Municipal de Maio sobre o Polis da Costa e perceberão tudo.
O POLIS originalmente com 9 planos de pormenor tem apenas 2 terminados (mal) e sete provavelmente nunca verão a luz do dia.
Mas, subliminarmente a dita cuja lá vai dizendo que se tal acontecer ela lava as mãos qual Pilatos.
Enfim, mais uma vergonha inqualificável desta equipa de incompetentes que tem estado à frente dos destinos de Almada.
Mais uma trapalhada made by MES.

Ex. comunista disse...

Segundo consta por aí o mendes da junta tem uma reforma da empresa onde fingia que trabalhava de 2000 euros, ganha outros tantos na junta e parece que tem uma avença na camara de 2000 euros. Ao que estes chulos chegaram. Volta Salazar e pide estao perdoados.

Bolota disse...

Ex- comunista,

A isto chamasse cegueira politica.

Não faço ideia nenhuma quem é o Mendes, mas acha crível que nos dias que correm um individuo qualquer ganhe 6.000 €uros assim sem mais nem menos???

Qual é a junta que pode pagar 2000 €uros a quem quer que seja???

Anónimo disse...

Já viram a reportagem de NOS POR CA ??? Se a Emilia, tivesse vergonha, que não tem, se lhe cairia a cara. Esta inutil, só cria miseria e merda a sua volta.

Ver também no jornal PÚBLICO outro comentário que a miséria e a pobreza na costa de Caparica é uma bomba a esplodir que aumenta a um ritmo acelerado e preocupante. O Comunismo da treta.

NOS POR CA:

http://videos.sapo.pt/sic/playview/82

Anónimo disse...

Não só é uma porcaria o litoral. E se todo o povo português soubesse que nestes tempos de crises está a pagar mas impostos por causa do falido Metro de Almada??? Já viram a área que envolve do metro??? buracos, pedras e miséria.

Anónimo disse...

A coragem dos Almadenses devería começar a revelar-se sempre que é possível enfrentar a czarina, seja na rua, seja no cabeleireiro, até quando circula com o seu chaufeur, (buzinas para cima), em qualquer opurtunidade, as assobiadelas deveríam voltar a estar na moda, o ' vai prá tua terra pá! ' , deveria voltar a estar na moda, o ' tem vergonha rapariga ' devería voltar a estar na moda.
Deveríamos fazer o possível para fazer com que a czarina se sentisse indesejada.
O meu AVÔ já dizia: mais vale ser desjado que chato!!!
Oliveira

Anónimo disse...

Parabéns Oliveira, apoio suas idéias, é o que faz falta em Almada, o problema é que o cidadão daqui esta anestesiado ou não tem tomates. Desculpe, chamar à emilia rapariga não me parece adequado, melhor velhaca falida.

Anónimo disse...

Já há algum tempo que não visitava este BLOG, porque as conversas se tem tornado redundantes, massacrantes e nada de novo. Mas hoje resolvi dizer qq coisinha:
1º é possível sim senhor, ganhar o vencimento de presidente de Junta (+/-1000,00€) e receber uma avença da CMA e receber a sua aposentação. E já agora, são estes papões que provocam desemprego nos jovens (não encartados pelo PCP, claro) e constroem os desequilíbrios no OE! Se podem trabalhar receberão a aposentação quando se reformarem realmente!
2º Os rapazes(PSD e BE) de "Não queremos a ECALMA" votaram a favor do seu relatório e contas... ah! pois!!!
3ºO silêncio do BE: como diria o outro...how convennient!
A ponta do véu

Anónimo disse...

Estão todos feitos com a Maria Emília.
Vou votar CDS.

Descontente.

SINÉDRIO disse...

redundante massacrante e nada de novo tem sido a gestão da maria emília e dos pc,s
redundante massacrante e nada de novo tem sido a oposição de BE PS e psd que tacitamente vÊM APOIANDO A CZARINA
REDUNDANTE MASSACRANTE E NADA DE NOVO TEM SIDO O POIO DA OPOSIÇÃO AOS COMUNISTAS QUEM DESTROEM aLMADA.

PELO MENOS AQUI AINDA VEJO UM ESTAR CONTRA SISTEMÁTICO COM O QUAL NEM SEMPRE CONCORDO, MAS LOUVO A PERSISTÊNCIA - NÃO VEJO ISSO NA OPOSIÇÃO-, QUE NÃO AGRADA POR CERTO AOS BENEFICIÁRIOS E ASSOCIADOS DA CZARINA. QUEM SÃO?

DE CERTO NINGUÉM, DA OPOSIÇÃO OU DOS BOIZITOS DA FULANA, DÁ UM PASSO EM FRENTE.

VIVER EM ALMADA COM ESTAS OPOSIÇÕES É EXTREMAMENTE MASSACRANTE E REDUNDANTE PARA CABEÇAS DE LIVRE PENSAMENTO NÃO SUBJUGADAS A APARELHOS PARTIDÁRIOS OU A CHEFES FRUSTRADOS.

Anónimo disse...

Sr.ª Presidente da Câmara de Almada já não chega de fazer asneiras? Quando é que pára de brincar com o dinheiro dos contribuintes?
Vejam o que encontrei neste blog: http://almadanofuturo.blogspot.com/

Anónimo disse...

O ministro da Presidência garantiu esta quarta-feira que as políticas de apoio social aos imigrantes não serão prejudicadas com as medidas de austeridade e contenção de despesa anunciadas pelo Governo.
Respondendo a uma pergunta do deputado social-democrata Bacelar Gouveia na Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, Pedro Silva Pereira afirmou que as medidas de redução da despesa pública reflectir-se-ão no campo da «despesa corrente», nomeadamente com «despesas de pessoal e recurso a outsourcing».

«Não está previsto que as despesas das políticas sociais para a integração dos imigrantes sofram prejuízo», disse, referindo-se às de «apoio às associações de imigrantes e financiamento do programa Escolhas» de integração de jovens em bairros problemáticos, que no período de vigência actual (2010-2012) tem prevista a aplicação de 38 milhões de euros.

Pedro Silva Pereira adiantou que o novo plano para integração de imigrantes, a vigorar até 2013, deverá estar pronto durante o mês de Junho e contemplará, entre outros aspectos, o diálogo intercultural com novas comunidades de imigrantes vindos da Europa, que não falam português, e a integração dos idosos imigrantes.
http://diario.iol.pt/sociedade/tvi24-pedro-silva-pereira-imigracao-medidas-de-austeridade-combate-defice/1163903-4071.html.


Pode ser que não seja verdade, pode ser que também os imigrantes venham a ver reduzidos os seus apoios e este discurso governamental seja apenas a treta do costume a querer pôr água na fervura...

Mas, se desta vez o governo estiver a dizer a verdade, e se afinal só mesmo os Portugueses é que acabem por ser prejudicados com a perda de ainda mais poder de compra e agravamento do fosso sócio-económico, e o apoio aos alienígenas em solo nacional continuar sem beliscadura, então constitui isto mais um testemunho de que, de facto, a nova religião da elite reinante é a da Santa Madre Igreja Multiculturalista, cujo deus é o Amado Outro, ou seja, o Alienígena, o racial e etnicamente estranho. É a xenofilia no seu ponto mais abjecto, é o maior veneno que alguma vez esteve em solo ocidental, é um veneno que deriva desse outro mundialismo identicida que foi o Cristianismo - e, para este veneno, só o Nacionalismo é antídoto.