segunda-feira, maio 18, 2009

O Défice Democrático da Câmara de Almada

Em...Almada, a notícia abaixo inserida fez estalar todo o verniz municipal e da Presidente da Câmara, que julgava ter todos os comerciantes sob seu controle à boa maneira do antigamente ( do regime antes de 25 de Abril), que os comunistas apelidavam de fascista. Pois os comunistas municipais, seres de superioridade moral e cívica, utilizando a mesma metodologia do medo, da intimidação, da ameaça, da insinuação matreira, do controle a distância, da perseguição como os outros, os fascistas... enfim, tudo métodos pidescos.
Julgavam poder continuar a subjugar os comerciantes e os almadenses para viver numa paz social podre prejudicial a Almada.
clique sobre o doc. para aumentar e ler
(in Jornal da Região 12-18MAIO2009)
Esta notícia e o cartaz que os comerciantes afixaram nas suas montras na passada sexta-feira, deixaram os autarcas comunistas sem sono. A correr fizeram um insensato comunicado que distribuiram à população, onde ocultaram os 700.000 euros gastos pelo Natal na campanha de pseudo apoio ao comércio. Foi dinheiro que se evaporou para outras paragens e o comércio continuou de rastos. A Presidente da Câmara e um vereador foram à pressa incorporarem-se na procissão das velas do dia 16 deMaio último (Festividades do Cristo-Rei) imediatamente atrás da Imagem da Nossa Senhora de Fátima, para se redimirem de seus pecados de comunistas mas, uma procissão religiosa não é lugar para gente que diz ser "a religião o ópio do povo".
Não conseguiram limpar-se dos "pecados" e dos males que têm feito a Almada, ao concelho e à sua população, apesar da presidente ir de velinha na mão.
A revanche não tardou...
Hoje começaram os caciques do partido e da Câmara a exercer represálias sobre comerciantes que afixaram cartazes, indignados com o estado miserável a que Almada chegou pela mão dos actuais autarcas com o projecto do Metro Sul do Tejo (MST) e o desastrado Plano Mobilidade Acessibilidades 21, que arruinaram Almada, a sua vivência, levou o comércio à ruína e custaram aos portugueses mais de 400 milhões de Euros.
Foram partidos vidros de estabelecimentos, cuspiram sobre montras, apareceram montras urinadas e vigiaram os movimentos de pessoas/comerciantes.
"Terrorismo urbano"? Os comboios do MST andam vazios. Estão a dar um prejuízo ao erário público da ordem de algumas dezenas de milhar de euros diariamente.
Menosprezando a participação, as críticas e sugestões dos almadenses ao projecto camarário do MST e ao seu Plano de Mobilidade Acessibilidades 21, este é o "Futuro" com que a Câmara Municipal e a sua Presidente presentearam Almada, o concelho e a população.
Temos hoje uma Cidade paralizada, sem movimento, sem vida, sem pessoas, sem actividade e vivência sócio-económica.
Almada é hoje uma cidade desconfortável, onde as pessoas se sentem mal.

37 comentários:

Anónimo disse...

Autarcas grandes artistas portugueses da porca política que engana o povo.

Anónimo disse...

Ainda percebo que MES como presidente do município estivesse na cerimónia em representação da autarquia.
Mas na cerimónia de domingo e não na de sábado.
Já a presença do Matos não se justifica nem se compreende.
Nem no sábado nem no domingo.
E o que fazia o Osvaldo Azinheira que é assessor da MES junto à igreja de Cacilhas?
Oportunistas macabros.

Esta gente está mesmo a perder o sono.

Anónimo disse...

Caros Amigos que foram vitimas participem à policia qualquer ocorrencia não o deixe de fazer porque a soma conta. Se forem registadas ficam lá como prova. O tempo da outra senhora parece que voltou o que é estranho. Estes que se diziam vitimas estão a fazer o mesmo. Apego ao poder?... pois é sejam democratas defacto, não vivam apenas com essa campa do antigamente fazendo agora o mesmo ou pior. Saudações democráticas.

Sniqper ® disse...

Quando se faz alguma coisa na vida deve-se no mínimo ter em atenção a qualidade da mesma, ou seja se criticamos os outros então não fazemos o meso que os outros fazem, lixo.
Isto que acabei de ver é puro e simples lixo, este na blogosfera e com uma agravante muito feia, direi mesmo de gente que em vez de lutar contra junta-se ao deboche...
Artigos publicados sem qualidade sequer de imagem, layouts que nem respeitam as cores da cidade e para finalizar comentários anónimos... Meus senhores e minhas senhoras mudem de cidade.

Liberdade disse...

Numa verdadeira democracia o poder político não amba de braço dado com a Igreja. Há uma clara separação entre as coisas do espirito e as coisas do Estado.

Mas com a febre eleitoral à porta até os comunistas de Almada vão celebrar o Cristo-Rei que é o maior símbolo construído em Portugal da campanha anti-comunista do Salazar e Cerejeira.

Muito curioso ver a MES e os seus ajudantes de campo a festejar a obra anti-comunista do fascismo.

Os extremos por vezes tocam-se mesmo... em particular quando se trata de manter o poder a todo o custo.

Liberdade disse...

Anda uma grande confusão lá para as bandas do PCP. Ainda não se sabe quem vai integrar a lista?
O Jerónimo não quer a MES...
A concelhia de Almada não quer a MES...
A distrital de Setúbal não quer a MES...

A sondagem mandada fazer pelo PCP garante que a maioria absoluta vai ao ar, com o BE a eleger um vereador e o PS a eleger o 4º vereador.

Neste cenário dizem-me que a MES também não quer entrar... mas há sectores que estão a empurrá-la para a frente.

Outros garantem que ela está disposta a ir a votos mas empurra o Gonçalves para fora da lista (nem se podem ver...) e que o Matos em segundo, para herdar o trono.

Mas o Matos não é comunista e o PCP não lhe vai dar o lugar de Vice-Presidente... com o trono à vista.

Sinais do tempo: isto é o princípio do fim da ditadura cominsta em Almada.

Mas se todos formos votar na oposição BE, PS e PSD, em Outubro vamos ter uma revolução democrática em Almada.

Anónimo disse...

Estava prevista para dia 17 a divulgação das listas da CDU para Almada.
Era conhecido o desencontro de ideias e vontades entre os cenógrafos do PCP.
Já se conheciam os candidatos pelo PS e pelo PSD.
No dia 17 foram indicados os nomes do BE.
Não é em vão que o PCP esteja a arrastar a situação ao limite.

Anónimo disse...

Finalmente o povo português começa a perceber o que é o PCP e quais os seus ideais. O PCP é o lobo vestido de cordeiro. Mente para conseguir segurar-se no poder que tem e conquistar mais algum. O PCP não é o partido de defesa dos pobres ou dos desprotegidos. Não é o partido da liberdade. O PCP é uma fraude. O PCP e seus menbros são corruptos mais do que qualquer outros. Fazem os negócios urbanísticos vergonhosos que todos já vamos conhecendo. Dão cobertura à toda a corrupção existente nas autarquias onde são maioria. Nas camaras onde têm poder não zelam minimamente pelo bem estar dos trabalhadores tiram-lhe todas as regalias como nem o fascismo fazia. Não permitem que ninguem tenha opinião diferente da sua onde é que está o partido da liberdade. Desestabilizam o pais com greves e manifestações mas os comunistas que fazem estas manifestações trabalhar não é com eles. Os outros que trabalhem para o país porque eles querem é destruição. Tal como nos outros paises da Europa o PCP em Portugal não pode continuar a ter o poder sob pena da degradação da qualidade de vida dos cidadãos da margem sul.

Anónimo disse...

Acabemos com eles...
Em Almada já são

P oucos
C om
P oder

Acabemos com a "maioria" (?) de 20%...

Votemos todos!

Anónimo disse...

Em vez de chamar EMALMDA ao blog porque não RESSABIADOS CLUB?

O club da rapaziada pequenina...

Sérgio disse...

Essa tal de Maria Emília envergonha os comunistas

Anónimo disse...

Caro anónimo de Terça-feira, Maio 19, 2009 10:18:00 PM
Tome boa nota que o "poder da maioria" tem cavalgado os Almadenses, é certo, mas como escreveu o grande poeta Alexandre O’Neill...

"Você tem-me cavalgado, seu malvado
mas não me tem posto a pensar como você
que uma coisa pensa o cavalo
outra quem está a montá-lo"

emalmada, continua disse...

Andam por aqui dois oportunistas a atacarem o blog. Só poderao ser dois chulos com TACHO NA CAMARA. VÃO TRABALHAR SEUS CHULOS

Anónimo disse...

Défice Democrático?

Ditadura com requintes disfarçada é o que é!

Anónimo disse...

Parece que alguém ou alguns comerciantes (?) tentam lavar ou maquilhar o rosto da Emília de Sousa.


5 preguntas:
Porque haverá arrependidos?
Resolveram baixar os braços?
Que promessas ou que receberam da CMA?
Não têm conciência de seus interesses de classe e de quantos prejuízos a câmara infligiu?
Têm medo de quê, de quem?

Anónimo disse...

Está confirmado: O PCP candidata José Gonçalves a Presidente da Câmara Municipal. O Jovem Revez fica de fora e entra na lista uma subordinada do António Matos, que será corrido ao pontapé para deixar entrar o Nuno Vitorino que ficou no inelegível 6.º posto.
O rosto do plano da imobilidade quer agora ser Presidente. Vamos dar um chuto nesta gentalha.

Anónimo disse...

NOTÍCIA DE HOJE (SOL) online InterNet

Almada
Comerciantes em protesto afixam cartazes nas montras
Os comerciantes de Almada colocaram cartazes nas montras dos estabelecimentos onde se lê «Comércio Mal Apoiado» como forma de protesto pela perda de clientes que dizem ter origem no aparecimento do Metro do Sul do Tejo


Os comerciantes alegam que «o comércio tradicional morreu» e que estão a perder clientes desde Dezembro de 2008, data em que o metro foi inaugurado.

A Associação de Comércio e Serviços do Distrito de Setúbal (ACSDS) já entregou na Câmara Municipal de Almada (CMA) uma moção em que exigiu a «abertura total do eixo-canal ao trânsito automóvel», fixando-se uma velocidade máxima de circulação de 30 quilómetros por hora.

«Tivemos uma reunião com os senhores vereadores José Gonçalves (Urbanismo e presidente da empresa municipal de estacionamento - ECALMA) e António Matos (Acção Social) onde lhes dissemos que dispensamos os milhões que foram investidos porque nós precisamos é de estacionamento autorizado para que a ECALMA actue em conformidade», disse à Lusa uma comerciante.

Na moção, os comerciantes exigiram ainda a «abertura imediata» da Praça do MFA, controlada por semáforos, e do acesso da Avenida D. Nuno Álvares Pereira à Avenida do Cristo-Rei.

Os comerciantes criticam o funcionamento da ECALMA que tem recorrido ao «excessivo uso das multas», ou seja, quem visita o centro de Almada corre «sempre o risco» de ter o carro «bloqueado», isto porque onde existiam os lugares de estacionamento passou a ser «zona pedonal» ou então de «passagem só para os transportes públicos».

«Estivemos durante dois anos a assistir aos consumidores a afastarem-se devido às obras do Metro Sul do Tejo (MST), os parques de estacionamento só agora é que estão a ser construídos, não há sítio para estacionar e quando o cliente decide vir ao centro da cidade ainda é penalizado», apontaram os empresários.

Em entrevista à Lusa Maria Emília de Sousa, presidente da autarquia, reconheceu que faltam parques de estacionamento admitindo que quando estiverem concluídos os três que estão em execução as condições vão melhorar.

No entanto, não deixou de alertar para a necessidade dos cidadãos «alterarem os seus hábitos» uma vez que «há pessoas que preferem dar a moeda a quem anda na rua a arrumar e não estacionam no parque e não pagavam mais por isso».

No dia seguinte a ter sido entregue a moção (14 de Maio), a autarquia, distribuiu em Almada um boletim intitulado de «Esclarecimento Público Indispensável» onde é feito o alerta para ser tida em linha de conta a crise que o país atravessa sendo as «micro e pequenas empresas as mais afectadas».

No documento são enumeradas as iniciativas que a autarquia suportou financeiramente, como a Campanha de Natal e o sorteio de um automóvel, o Almada Fashion, entre outras.

Com esta iniciativa, a autarquia pretendeu mostrar que tem «consciência da importância que o comércio local representa para o concelho».

«A câmara municipal está solidária com todos aqueles que exigem e lutam para que sejam tomadas medidas de âmbito nacional capazes de combater e vencer esta crise que afecta e prejudica gravemente sobretudo quem vive do seu trabalho», lê-se no documento.

A ACSDS deu um prazo de quinze dias à Câmara de Almada para averiguar a moção dos comerciantes e para dar uma resposta aos seus problemas, alertando para o facto de que «se não forem tomadas decisões, virem a ser tomadas medidas mais drásticas».

Lusa/SOL

Anónimo disse...

Meu caro anonimo de quarta-feira, maio 20,4:48, gostaria de saber se é verdade essa noticia, porque pelos vistos a MES e companhia foram corridos do pcp,mas a ser verdade essa noticia do goncalves

Liberdade disse...

Um construtor protegido do Gonçalves e financiador da CDU garantia-me ontem que ele ia ficar, o que bate certo com a notícia do anónimo das 4:48.

Mas alguém pode mesmo confirmar? Quando é tornado público?

Anónimo disse...

Então o trio(goncalves,reves,vitorino) naõ andavam ás turras com o pcp e a MES ????????????
Parecem uns pombos doidos já não sabem o que querem nem querem aquilo que sabem.......só visto , os poleiros estão a desaparecer vão cair que nem tordos.....
E.H- funcionario municipal

Anónimo disse...

Rui Jorge, Revés, Vitorino são franguitos de aviário e o Gonçalves quer ser galo, mas também não deixa de ser frango de aviário. Nunca chegará a galo.
O Matos ficou decepado por aparecer ao lado da Emília, a madrinha, na procissão.
Provavelmente seguiu instruções do oportunista Osvaldo Azinheira e desorientou-se.
Que grandes cromos (todos).

Anónimo disse...

Quem é Osvaldo Azinheira?

Militante do partido...
Assessor municipal...
Ou GUIA ESPIRITUAL da MES?

Alguém pode fazer o favor de explicar qual é o papel deste dinossauro?

Anónimo disse...

«A câmara municipal está solidária com todos aqueles que exigem e lutam para que sejam tomadas medidas... blá, blá, blá...

Solidária, uma ova...

Esta frase (discurso) agora incluída no panfleto a que a agência Lusa se refere, está decorada há muito...

Como discurso, foi ouvida vezes sem conta nos Foruns ditos de participação do MST, quando os Almadenses se insurgiam contra o traçado que, como a realidade veio a demonstrar, se constitui agora como um verdadeiro pesadelo para os comerciantes e residentes ao longo do espaço canal...

Vamos democraticamente acabar com o regime ditatorial vigente em Almada...

Vamos todos votar..

Liberdade disse...

O Osvaldo Azinheira é um velho cacique do PCP e fiel servo da MES sendo o seu adjunto na presidência.

Tem influência junto da MES ao ponto de ter arranjado um lugar de chefe à sua amiga engª Margarida, no urbanismo.

Osvaldo$$$$$$ disse...

Este Osvaldo é mais um taxista que se reformou da siderugia e está a ganhar mais uns milhares na camara à anos. É um dos comunas oportunistas.

Otelo disse...

Confirmado venceu subtilmente a facção da Emilia. O Gonçalves fica para já é corrido como aconteceu com a antónia. O matos fica em terceiro e depois são os lacaios da MES.

Anónimo disse...

O PCP em Almada está na mão da MES. O resto é conversa

Liberdade disse...

É a ditadura a dar tudo para se manter e a MES a preparar o caminho para o Matos. Depois de eleitos vai correr com o Gonçalves e passar o Matos a Vice para herdar o trono...

Guerreiro disse...

Mais uma ratoeira que a MES deu ao PC Almada. Vence, dá um chuto no Gonçalves, como aconteceu com a Antónia, o matos vai para presidente dos SMAS e o resto são para encher a lista

Liberdade disse...

A lista da CDU cheira a mofo, é mais da mesma ditadura dos últimos 35 anos.

Só há uma solução, vamos todos às urnas votar contra a CDU!

Vamos votar no BE!
Vamos votar no PS!
Vamos votar no PSD!

Vamos votar o fim da ditadura comunista que atrofia Almada!

Anónimo disse...

Os chulos comunistas andam em manobras oportunistas. Afrontam comerciantes, amigam-se com construtores... Está para rebentar um grande escândalo. Há um antigo dirigente municipal, muito protegido de um outro durante anos que denuncia com grande à vontade junto de alguns sectores umas quantas coisas, a começar pelo sítio onde se fazem a maior parte dos projectos que depois são aprovados.

Anónimo disse...

O anónimo anterior deve estar a referir-se ao gabinete de projectos do arquitecto José Lima Ribeiro, que é o testa de ferro para os negócios do director do urbanismo arquitecto Veríssimo Paulo.

Mas essa situação é conhecida e toda a gente, a começar pela MES e o Gonçalves, e ninguém quer fazer nada. É que o arquitecto Veríssimo também faz todos os fretes que o poder precisa.

Uma mão lava a outra...

Anónimo disse...

Não acredito em bruxas... Mas que existem, existem.

Anónimo disse...

CONSELHO SUPERIOR DE MAGISTRATURA ALERTA PARA CRIMES EM MASSA COMETIDOS POR ESTRANGEIROS
O Conselho Superior da Magistratura alerta o Parlamento para os «crimes cometidos em série, de forma mais ou menos homogénea», por «indivíduos de nacionalidade estrangeira» que apenas se deslocam ao território para a prática dos crimes.
Nas sugestões que esta terça-feira entregou no Parlamento, a propósito da nova Lei de Política Criminal, citadas pela Lusa, o Conselho refere ainda que o carjacking não foi erradicado nem minorado, e que surgem cada vez mais situações de homejacking, situações em que as casas são assaltadas com os residentes sequestrados no seu interior.
O carjacking significa o roubo de viaturas com violência ou sob ameaça contra o condutor ou proprietário.
O Conselho aconselha ainda o emagrecimento do catálogo dos crimes de investigação prioritária, sob pena de tornar essa priorização ineficaz.
Ferreira Girão, vice-presidente do CSM, bem como os membros Laborinho Lúcio e Rui Moreira foram ouvidos esta terça-feira na Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias sobre o projecto da nova lei de Política Criminal e o novo Código de Execução de Penas e Medidas Privativas da Liberdade.
Quando um orgão do sistema chega ao ponto de fazer uma declaração pública desta natureza, pode-se ter uma vaga, pálida ideia, de como é que a situação já está em matéria de criminalidade alienígena...

Claro que entretanto a súcia de Esquerda, e da «claque» capitalista, sempre apostadas em obrigar o Povo a acatar a cassete imigracionista, não gostam nada destes avisos, que, costumam dizer, «servem a agenda da extrema-direita»... o povinho tem é de estar conformado com a ideia da inevitabilidade da imigração e acabou-se, nada de lhe dar ideias de resistência e voto nos «nazis».

Anónimo disse...

Cenas dos próximos episódios:
MES abdiqua a favor do José Gonçalves; Amélia Pardal passa para vice presidente; Martins assume a pasta do urbanísmo; Vitorino volta aos SMAS; Veríssimo é corrido; Carlos Dias é corrido; Margarida é corrida; Ricardo Carneiro vai para director municipal; o Armando das bibliotecas vai para director municipal; as 4 divisões do urbanismo vão acabar para dar lugar a uma única divisão; o chefe dessa divisão virá de lisboa e o futuro director virá de alcochete, para onde foi mandado em formação.

Liberdade disse...

Metam o Viegas em director e vão ter uma revolta armada no urbanismo ou já estão esquecidos que quase ninguém gosta da gajo?

Anónimo disse...

vamos votar no BE pois tudo é porcaria mas o voto no BE serve para tirar a maioria aos comunas e não serve para mais nada.o municipio comuna sempre foi ,é e será prejudicial para os almadenses,para quem lá trabalha(os pequenos claro...)e para todos aqueles que necessitam dos seus serviços,pois se és comunista tudo se resolve se não o és entras na lista negra,e não resolves nada.Que viva a LIBERDADE,abaixo os comunas.